Você está na página 1de 5

23/01/2019

`REGIME JURÍDICO
ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO

FOCO CONCURSOS JURÍDICOS www.fococj.com.br Fone: (95)


4141-0908

1
23/01/2019

DIREITO
ADMINISTRATIVO
• DEFINIÇÕES:
• “é o ramo do direito público que disciplina a função administrativa e os órgãos
que a exercem” –
• Celso Antônio Bandeira de Mello.

• “conjunto harmônico de princípios jurídicos que regem os órgãos, os agentes e


as atividades públicas tendentes a realizar concreta, direta e imediatamente os
fins desejados pelo Estado”.
• Hely Lopes Meirelles

OUTRAS DEFINIÇÕES
• “o ramo do direito público que tem por objeto os órgãos, agentes e pessoas
jurídicas administrativas que integram a Administração Pública, a atividade
jurídica não contenciosa que exercer e os bens de que se utiliza para a
consecução de seus fins, de natureza pública”.
• Maria Sylvia Zanella Di Pietro

• “o conjunto de normas e princípios que, visando sempre ao interesse


público, regem as relações jurídicas entre as pessoas e órgãos do Estado e
entre este e as coletividades a que devem servir”
• José dos Santos Carvalho Filho

2
23/01/2019

CRITÉRIO PARA DEFINIÇAO DO OBJETO DO


DIREITO ADMINISTRATIVO
CRITÉRIO FUNCIONAL → o Direito
Administrativo é o ramo jurídico que
estuda a disciplina normativa da função
administrativa, independentemente de
quem esteja encarregado de exercê-la:
Executivo, Legislativo, Judiciário ou
particulares mediante delegação
estatal.

OUTROS CRITÉRIOS

• Corrente Legalista → conjunto da legislação administrativa existente no país;


• Critério do Poder Executivo → ignora que a função administrativa também pode ser
exercida fora do âmbito do Poder Executivo;
• Critério das Relações Jurídicas → todos os ramos do Direito Público possuem relações
semelhantes;
• Critério do Serviço Público → administração Pública moderna desempenha muitas
atividades;
• Critério Teleológico → inconclusiva em razão da dificuldade em definir quais são
os fins do Estado;
• Critério Negativista → conceituado por exclusão;

3
23/01/2019

FUNÇAO ADMINISTRATIVA
• Diversos critérios:

• Critério subjetivo ou orgânico;


• Critério Objetivo- material;
• Critério objetivo-formal;
• Critério de Maria Sylvia di Pietro (baseada em Renato Alessi);

FUNÇÕES DO ESTADO :
Critério subjetivo ou orgânico
• a) Função legislativa – aquela exercida pelo poder legislativo;

• b) Função jurisdicional – aquela exercida pelo poder judiciário;

• c) Função administrativa – aquela exercida pelo poder executivo;


• Obs: Desconsidera a existência de funções típicas e atípicas de cada um dos
poderes.

4
23/01/2019

FUNÇÕES DO ESTADO :
Critério Objetivo- material
• a) Função legislativa – expedição de atos normativos gerais e
abstratos;

• b) Função jurisdicional – solução de controvérsias jurídicas;

• c) Função administrativa – realização direita e imediata de utilidade


pública.
• Obs: Criticado por excluir das funções administrativas os atos normativos.

CRITÉRIO OBJETIVO-FORMAL (adotado pelo


Brasil)
• a) Função legislativa – inova na
ordem jurídica.
•- Se o ato geral e abstrato não inova, é
apenas um ato normativo (função
administrativa).
• Cria direitos e obrigações ou competências.
• b) Função jurisdicional – solução de
controvérsias jurídicas com força
definitiva (coisa julgada);
• c) Função administrativa – consiste
em comandos infralegais ou
infraconstitucionais (art. 84, VI, CF),
produzidos em uma estrutura
hierárquica.
10