Você está na página 1de 7

Linhas de Tendência de Alta - LTA

As Linhas de Tendência de Alta, conhecidas pelas siglas LTA, podem ser comparadas aos
suportes do preço como foi explicado anteriormente, mas ao invés de uma região
horizontal no gráfico, traçamos linhas diagonais ascendentes.
O preço em uma tendência de alta definida encontra fundos acendentes no gráfico onde o
mesmo se mantém jogando os preços ainda mais para cima.

Ao se aproximar dessa linha projetada após tocar em pelo menos 2 pontos (sendo o
segundo ponto mais alto que o primeiro) o mercado entende que dali para baixo o preço
não pode ir, pois irá acontecer uma reversão de tendência, então os compradores ao
perceberem o preço chegando próximo a essa LTA começam a lançar ordens de compra,
fazendo com que o preço continue na tendência de alta.
Só consideramos uma reversão de tendência após a LTA ser rompida com no mínimo 2
candles e após isso podemos pensar em uma operação de venda quando acontecer o
Pullback nessa LTA.

Canal de alta.

Anteriormente vimos a Lta ( linha de tendência de alta, o canal se assemelha, mas ao invés
de termos um suporte diagonal apenas, temos um suporte e uma resistência diagonais em
paralelo, formando um canal ascendente.

Podemos operar dentro deste canal, vendendo quando tocar na resistência (linha de cima)
e comprando quando tocar no suporte (linha de baixo). Mas também a podemos esperar o
rompimento deste canal e o pullback para entrarmos na operação.

Linhas de Tendência de Baixa - LTB

As Linhas de Tendência de Baixa, conhecidas pelas siglas LTB, podem ser comparadas as
resistências do preço como foi explicado em postagens anteriores, mas ao invés de uma
região horizontal no gráfico, traçamos linhas diagonais descendentes. O preço em uma
tendência de baixa definida encontra pontos descendentes no gráfico onde o mesmo se
mantém jogando os preços baixo, como normalmente encontramos nas resistências porém
em uma tendência de baixa, como mostra a figura.

Ao se aproximar dessa linha projetada após tocar em pelo menos 2 pontos (sendo o
segundo ponto mais baixo que o primeiro) o mercado entende que dali pra cima o preço
não pode ir, pois irá acontecer uma reversão de tendência, então os vendedores ao
perceberem o preço chegando próximo a essa LTB começam a lançar ordens de venda,
fazendo com que o preço continue na tendência de baixa.

Só consideramos uma reversão de tendência após a LTB ser rompida com no mínimo 2
candles, e após isso podemos pensar em uma operação de compra quando acontecer o
Pullback nessa LTB. ⠀
- Canal de baixa

Anteriormente vimos a Ltb ( linha de tendência de alta, o canal se assemelha, mas ao invés
de termos uma resistência diagonal apenas, temos um suporte e uma resistência diagonais
em paralelo, formando um canal descendente.

Podemos operar dentro deste canal, vendendo quando tocar na resistência (linha de cima)
e comprando quando tocar no suporte (linha de baixo). Mas também a podemos esperar o
rompimento deste canal e o pullback para entrar na operação.

Padrão de Candles

O Martelo, também chamado de Bullish Pin bar, é um padrão de alta, encontrado após um
movimento de baixa definido ou em região de suporte, sinalizando a reversão do
movimento.

Suas características

1. Ocorre após um movimento de baixa nos preços.


2. Formado por um candle de pequeno corpo na parte superior e uma sombra maior na
parte inferior do candle.
3. A sombra deve ter no minimo 2x o tamanho do corpo do candle.
4. Não deve apresentar sombra superior, porém é aceitável caso essa sombra seja pequena.
5. A cor do corpo não importa, pode ser um candle positivo ou negativo.

A Estrela Cadente é um padrão de reversão de uma tendência, encontrado após um


movimento de alta, preparando para uma queda na sequência.
Suas características

1. Padrão formado por um candle de corpo pequeno com uma longa sombra na parte
superior, lembrando uma estrela cadente, porém sua posição no gráfico importa muito,
deve ser o Candle mais alto, após uma tendência de alta ou em uma resistência do preço.
2. A sombra deve ser no minimo 2x maior que o corpo, e quanto menor o corpo e maior a
sombra superior, mais significativo será o padrão de reversão.
3. A cor do candle não importa, ele pode ser tanto positivo quanto negativo.
4. Preferencialmente não deve aparecer sombra inferior, porém se essa sombra for muito
pequena podemos ainda considerar o candle.
5. O padrão ocorre também dentro de uma tendência de baixa, na correção do preço,
indicando uma força vendedora ainda maior.

O que fazer?
Venda na perda da minima do candle (estrela cadente) com stop acima da máxima da
sombra.
O Martelo Invertido é um padrão de alta, encontra-se após um movimento de baixa,
sinalizando a reversão de um movimento, muito semelhante ao conceito do martelo visto
a alguns posts atras, porém a figura é invertida, como o nome já diz.

Suas características

1. Ocorre após um movimento de baixa nos preços.


2. Formado por um candle de pequeno corpo na parte inferior e uma sombra maior na
parte superior, muito semelhante ao martelo, porem totalmente invertido.
3. A sombra deve ter no minimo 2x o tamanho do corpo do candle.
4. Não deve apresentar sombra inferior, porém é aceitável caso essa sombra seja pequena.
5. A cor do corpo não importa, pode ser um candle positivo ou negativo.

O Enforcado, é um padrão que sinaliza a reversão de um movimento de alta do preço


para um movimento de baixa, se assemelha a um martelo no topo, ou estrela cadente
invertida.

Suas características

1. Ocorre após um movimento de alta ou próximos a resistências do preço


2.Este padrão é formado por apenas um candle de corpo pequeno e longa sombra na parte
inferior do corpo, sendo essa sombra em média 2x o tamanho do corpo, quanto maior a
sombra mais forte a figura.
3. Preferencialmente não deve aparecer sombra acima do corpo, porém se esta sombra for
pequena pode se considerar.
4. A cor do corpo não é importante, podendo o candle ser positivo ou negativo.

O Inside candle, como o próprio nome indica, é a formação de um candle dentro de outro,
sendo esse primeiro chamado de candle mãe.
Normalmente o inside candle é um excelente padrão de continuação de tendência,
deixando oportunidades para entrar em uma tendência de alta ou baixa (no meio do
caminho), mas também pode indicar uma reversão de tendência caso este apareça em
regiões de suportes ou resistências.

As cores dos candles não importa, o importante é que o segundo candle esteja totalmente
dentro ou envolvido pelas máximas e mínimas do primeiro candle.

Como operar esse padrão?
Comprar alguns (pontos ou ticks) acima da máxima do segundo candle com Stop alguns
(pontos ou ticks) abaixo da mínima, para a venda aplicar o inverso.
Triângulos

São classificados como padrões de continuação de tendência, eles se formam quando as


flutuações dos preços começam a atingir amplitudes cada vez menores conforme o tempo
passa.

Existem três tipos básicos de triângulos: ascendentes, descendentes e simétricos.

No começo de sua formação o triangulo está em seu ponto mais largo, a medida que o
tempo passa os preços passam a oscilar entro duas linhas. A inferior de suporte e a superior
resistência. Não existe verdade absoluta, mas a tendência é a continuação do movimento
atual após o rompimento, em especial ao que se refere a triângulos ascendentes e
descendentes.

O que é o Triângulo Simétrico?

É um padrão gráfico ou figura que representa um momento de consolidação ou equilíbrio


do preço durante um determinado período. É uma formação típica de indecisão de preço e
a sua tendência está mais relacionada com a continuação da tendência corrente do que
com reversão.

O triângulo simétrico é formado por no mínimo dois topos descendentes e dois fundos
ascendentes, ou seja, uma LTA e uma LTB que se encontram formando um funil simétrico,
ao traçar essas linhas fica muito mais fácil a visualização do padrão.

Para saber o alvo da operação, basta pegar a altura do triângulo, diferença entre o topo
mais alto e o fundo mais baixo do padrão, e projetá-la após o rompimento da linha
diagonal que foi superada, tanto pra cima ou para baixo, com isso podemos ter uma ideia
até onde o preço pode chegar.

Como operar esse padrão? como nos outros padrões é aconselhado esperar o Pullback
para entrar na operação.

Triângulo de Alta(Ascendente).

O triangulo ascendente possui o lado superior horizontal e o inferior como uma linha
ascendente. O rompimento indica a continuação da tendência. Umas das técnicas para
utilizar o triangulo ascendente como instrumento de operação é aguardar o rompimento
da linha horizontal (Resistencia) com alto volume. O alvo esperado é o tamanho da altura
do lado mais largo do triangulo.
Padrão bastante comum e quando surge apresenta excelente assertividade.
Formado por uma LTA e uma resistência, mercado testa essa resistência e vai fazendo
fundos mais altos.
O rompimento dessa resistência, aplicasse uma projeção de Alta, conforme mostrado na
figura.
Como Operar:
O ideal é esperar a confirmação com um pullback nessa região de rompimento.

Triângulo de Baixa

Padrão bastante comum e quando surge apresenta excelente acertividade.


Formado por uma LTB e um supoete, mercado testa essa suporte e vai fazendo topos mais
baixo.
O rompimento desse suporte, aplicasse uma projeção de baixa, conforme mostrado na
figura.
Como sempre ressalto, o ideal é esperar a confirmação com um pullback nessa região de
rompimento.

O que é o Fundo Duplo?

Podemos aplicar a regra para o fundo duplo, invertendo tudo que sabemos do topo duplo,
ou seja, é um padrão gráfico que sinaliza a mudança de uma tendência de baixa para alta.
É formado por dois fundos consecutivos no mesmo nível de preços separados por um topo,
formando uma figura parecida com a letra W, ocorre dentro de uma tendência de baixa.

O alvo da operação é a distancia vertical entre a linha que liga os fundos e a máxima do
topo, projetada para cima após a confirmação do rompimento do topo, aconselho esperar
o Pullback para entrar comprado na operação.

No caso do fundo duplo, normalmente já estamos comprado no segundo fundo, onde seria
a confirmação de um suporte do preço.

COMO OPERAR

Como o segundo fundo trata-se de um suporte do preço você poderia entrar na operação
neste ponto.
Caso você queira ver a confirmação do fundo duplo, o ideal é esperar que o topo entre os
dois fundos seja rompido, esperar o preço retornar na linha do rompimento e entrar
comprado no pullback.
O que é o Topo Duplo?

É um padrão gráfico que sinaliza a mudança de uma tendência de alta para baixa.
É formado por dois topos consecutivos no mesmo nível de preços separados por um fundo,
formando uma figura parecida com a letra M, ocorre dentro de uma tendência de alta.

O alvo da operação é a distancia vertical entre a linha que liga os topos e a mínima do
fundo, projetada para baixo após a confirmação do rompimento do fundo aconselho
esperar o Pullback para entrar vendido na operação.

No caso do topo duplo, normalmente já estamos vendido no segundo topo, onde seria a
confirmação de uma resistência do preço.

COMO OPERAR

Como o segundo topo trata-se de uma resistência do preço, você poderia entrar vendido
na operação neste ponto.
Caso você queira ver a confirmação do topo duplo, o ideal é esperar que o fundo entre os
dois topos seja rompido, esperar o preço retornar na linha do rompimento e entrar vendido
no pullback.

O que é o OCO e OCOI?

É um padrão gráfico que sinaliza a mudança de uma tendência de alta para baixa no caso
do OCO (ombro-cabeça-ombri) e de baixa pra alta no caso do OCOI (ombro-cabeça-ombro
Invertido). OCO é formado por três topos consecutivos, separados por dois fundos,
chamado de linha do pescoço. Esses topos não obrigatoriamente devem ser super
desenhados como nos livros, mas precisam ser muito bem visíveis, sendo os dois topos da
ponta menores que o topo do meio, como um corpo, ombros mais baixos que a cabeça.
No caso do OCOI, basta invertir a imagem.

O alvo dessa operação é a mesma distância da linha do pescoço até a ponta da cabeça,
porém para o lado contrário. Você pode entrar na operação após romper a linha do
pescoço, porém aconselho esperar o Pullback para ter essa confirmação.

Encontramos essa figura nos topos (OCO) ou fundos (OCOI) dos gráficos.

Bandeiras

A bandeira de Alta/baixa, é um padrão de continuidade do movimento (padrões que


representam uma pausa, `lateralização do preço`, congestão ou consolidação e após isso
retoma a tendencia principal)
A bandeira tem esse nome por aparentar com uma bandeira, sendo a primeira perna o
mastro e a consolidação o tecido da bandeira.

Gosto de operar este padrão pois depois do rompimento dessa consolidação


(normalmente um movimento contrário a tendência principal) temos um alvo definido,
sendo este a mesma distância do inicio ao final do mastro, projetado para cima após o
rompimento no caso da bandeira de alta. Para a bandeira de baixa aplicar totalmente o
inverso!

Pivô de Alta

O Pivô de Alta é um Padrão gráfico onde o preço de um ativo rompe a máxima do topo
anterior, após 2 fundos ascendentes.
Funciona da seguinte forma, é formado o e o primeiro fundo, seguido de um topo, após
isso o preço retornar formando um segundo fundo mais alto que o primeiro, este é o
primeiro ponto importante do pivô de alta, assim o preço para de cair e não chega no
primeiro fundo, e após isso sobe novamente rompendo o topo anterior

Pivô de baixa

O Pivô de baixa é um Padrão gráfico onde o preço de um ativo rompe a minima do fundo
anterior, após 2 topos descendentes.
Funciona da seguinte forma, é formado o e o primeiro topo seguido de um fundo, após
isso o preço retorna formando um segundo topo mais baixo que o primeiro, este é o
primeiro ponto importante do pivô de baixa, ai o preço para de subir e não chega no
primeiro topo, e após isso vai novamente rompendo o fundo anterior, confirmando o pivô
de baixa