Você está na página 1de 3

c   

   

A Importância da Matemática no Pré-Escola

A matemática é antes de mais, um modo de pensar. Se a criança for


estimulada quanto antes nesse modo de pensar é maior a possibilidade na
aprendizagem significativa desta disciplina. Numa fase de abertura, de
flexibilidade, de curiosidade, de criatividade e de descoberta por parte da
criança torna propício para o desenvolvimento do pensamento lógico cabendo
ao professor estimula-lo.

As crianças vão construindo noções matemáticas de forma espontânea


pelas vivencias do dia-a-dia. A criança está em contacto diário com formas,
com grandezas, números, medidas, etc e isso é um bom motivo para que a
matemática seja uma actividade começada no pré-escolar tal como o facto a
matemática desenvolve na criança o raciocínio lógico, a sua capacidade para
pensar logicamente e resolver situações problema, e estimula a sua
criatividade.

A criança constrói noções através do processo lento e gradual em qu e


têm por ponto de partida as actividades espontâneas e lúdicas fundamentadas
na vivencia do tempo e espaço . Daí a importância do Educador iniciá-las
informalmente por meio de jogos, actividades manipuláveis e de explorações
espontâneas e muitas intuitivas.

Aparentemente muitas actividades podem não ter a ver com um


determinado conceito matemático mas que são no fundo fundamentais na sua
formação.

É a partir da consciência da sua posição e deslocação no espaço, bem


como a sua relação com outros objectos que a criança pode aprender o que
está longe e perto, dentro e fora, entre, aberto e fechado. Actividades com
objectos, blocos permite a aquisição do conceito de classificação, podendo
constatar diferenças e semelhanças em formas tamanhos, cores, etc e dessa
forma agrupar objectos, isto é, cria conjuntos de acordo com um determinado
critério. Aparentemente o que é apenas uma brincadeira proporciona -lhes de
facto uma aprendizagem.

Com o tempo nessas brincadeiras vão surgindo situações que expõem


gradualmente dificuldades, surgem novos desafios que lhes permitem
aprofundar pouco a pouco o conhecimento das diversas noções matemáticas.
Através dessas noções matemáticas a criança passa a compreen der melhor o
mundo em que vive e a perceber que além de um modo de pensar lógico a
matemática é útil no seu dia-a-dia.

As oportunidades variadas de classificação e seriação são também


fundamentais para que a criança vá construindo a noção do número, como
correspondendo a uma série (numero ordinal) ou uma hierarquia (numero
cardinal). Deve haver a preocupação em dar materiais concretos ou explicar de
diferentes formas o que é número, no entanto isto não garante que a criança
abstraia o conceito de número ou assimile esse conceito. Por isso há a
necessidade de promover actividades, proporcionar experiencia diversificadas,
colocando questões que lhe permitam ir construindo noções de número.

Piaget estabeleceu no seu estudo que a criança estabelece dois tipos de


relação entre objectos. A criança organiza objectos mentalmente, mas essa
não é a única operação mental que a criança deve fazer, pois assim não
teríamos ideias de quantificação, essa relação nos permite saber que a criança
inclui mentalmente as quantidades anteriores a um certo número. O número
não é uma propriedade que se pode observar em objectos, mas sim uma
propriedade de acções exercidas sobre objectos e articuladas no nosso
pensamento: propriedade e colecções.

Há objectos Específicos para o Ensino da Matemática na Pré -Escola


Além de desenvolver a capacidade de pensar e resolver problemas práticos do
dia-a-dia, há objectivos específicos mais directamente relacionados com o nível
pré-escolar que passamos a enumerar. Oferecer a criança condições para que
assimile com compreensão e aprenda a:Grandeza: pe queno, grande...Posição:
à direita, à esquerda...Direção e sentido: para frente, para trás...Tempo: antes,
depois...Capacidade: cheio, vazio...Massa: pesado, leve...

A atividade mental e física da criança é fundamental para construção do seu


próprio conhecimento, e é nela que se alicerça a metodologia na pré -escola.
Atividades concretas, em que a criança usa o próprio corpo, materiais de
sucata ou estruturados, num clima desafiador, livre para pensar e descobrir,
levam-na a um pensamento mais organizado, mais estruturado e mais lógico.A
criança é mais capaz de fazer e compreender agindo do que expressando
verbalmente. Passar verbalmente um conceito para a criança sem que ela
própria explore, manipule e descubra, e tirar dela a sensação importante da
descoberta, do ³eu sou capaz´.

Objetivos Específicos do Ensino da Matemática na Pré -Escola


Na construção de ideias matemáticas ao mesmo tempo em que constrói
conceitos e conhecimentos, a criança vai resolvendo a situação -problema e
novos desafios são colocados. E este enfoque metodológico que defendemos
ao trabalhar as idéias matemáticas com as crianças na pré -escola.

Objetivos Específicos do Ensino da Matemática na Pré -Escola


A pré-escola é um espaço privilegiado para o ensino da s bases da matemática,
essa idéia é defendida pelas autoras Rosa Maria Maciel e Maria Luiza do
Benedetti.A matemática na pré -escola deve visar a construção de um saber
que capacite as crianças a pensar e a refletir sobre a realidade, dessa forma
como agir e transforma-la.

Objetivos Específicos do Ensino da Matemática na Pré -Escola


É necessário que as crianças encontrem motivos para aprender à matemática.
O conhecimento matemático inclui-se no conceito de alfabetização num sentido
maior e não pode ser trabal hado separado, principalmente na pré -escola.Numa
edição da nova escola saiu uma reportagem dizendo que a ³literatura traz mais
sentido a matemática´, com a ajuda de um livro infantil cheio de humor as
crianças aprendem a matemática de forma mais agradável