Você está na página 1de 15

24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital

Boletim de Serviço Eletrônico em 22/03/2019

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA


POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
DIRETORIA-EXECUTIVA

EDITAL Nº 18/2019/ANPRF

XV CURSO DE OPERAÇÕES DE CONTROLE DE DISTÚRBIOS - XV COCD

O COORDENADOR DA ACADEMIA NACIONAL DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL SUBSTITUTO, no uso das


atribuições que lhe são conferidas pelo art. 70 c/c art. 119 do Regimento Interno da Polícia Rodoviária Federal, aprovado pela
Portaria nº 224, de 5 de dezembro de 2018, do Ministério da Segurança Pública,

RESOLVE:

Tornar pública a abertura de inscrições e estabelecer normas relativas à realização do processo seletivo para o XV Curso de
Operações de Controle de Distúrbios - XV COCD, nos termos que se seguem:

1. DA FINALIDADE

1.1. O presente Edital foi elaborado com a finalidade de definir os requisitos necessários à realização do processo
seletivo para classificação e matrícula no XV COCD, o qual tem execução prevista para o primeiro semestre de 2019, conforme
cronograma definido no Anexo I.

2. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

2.1. O processo seletivo será regido por este Edital, pelos diplomas legais e pelos regulamentos emanados pela
ANPRF.
2.2. O presente processo seletivo será composto por:
a) Inscrição dos interessados;
b) Validação das inscrições pelos NUCAPs, NGPs ou DEC/ANPRF, conforme o caso;
c) Classificação e homologação das inscrições pela ANPRF;
d) Testes de Aptidão Física - TAF, de caráter eliminatório e classificatório;
e) Testes de Habilidades Específicas - THE, de caráter eliminatório e classificatório;
2.3. Os períodos de realização de cada uma das etapas previstas para o presente processo seletivo estão elencados no
cronograma - Anexo I.

3. DAS VAGAS

3.1. Este processo seletivo resultará em um total máximo de 45 (quarenta e cinco) vagas para matrícula no XV
COCD, sendo 40 (quarenta) vagas específicas para PRFs e 05 (cinco) vagas para servidores oriundos de outras instituições,
conforme quadro abaixo:
VAGAS PARA
PARTICIPANTES
MATRÍCULA
PRFs 40
Candidatos de outras
05
instituições
TOTAL 45

4. DO PÚBLICO ALVO

4.1. Serão ofertadas vagas para Policiais Rodoviários Federais em pleno exercício de sua função, conforme os
critérios de pontuação definidos neste Edital.
4.2. Também serão ofertadas vagas para instituições de segurança pública que desempenhem atividades de controle
de distúrbios e/ou cuja parceria seja estratégica para a PRF.
4.3. Para participar do processo seletivo, o servidor deve possuir os seguintes requisitos:
4.3.1. Candidatos ocupantes do cargo de POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL:
a) estar no quadro de servidores ativos da PRF;
b) não estar, no período estabelecido para a realização do TAF, do THE e do XV COCD (conforme
Cronograma do Anexo I), em gozo de férias, licença médica, licenças previstas no Art. 81 da Lei nº

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 1/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
8.112/90, cumprindo pena de suspensão decorrente de punição administrativa disciplinar ou pena privativa de
liberdade, ou convocado para participar de qualquer processo de capacitação instituído pela PRF, seja como
instruendo ou instrutor;
c) não possuir impedimento para ausentar-se temporariamente da sua unidade de lotação em
virtude de procedimento administrativo disciplinar em apuração, frente a sua situação correicional;
d) não ter concluído com aproveitamento alguma edição anterior do COCD;
e) estar autorizado pelo Superintendente Regional/Coordenador-Geral/Diretor, conforme o caso,
para que possa ausentar-se da sua unidade de lotação para participar do processo seletivo e do curso presencial;
f) estar em boas condições de saúde, comprovado por meio da apresentação de Teste Ergométrico
de Esforço, com laudo, e também de Atestado Médico (modelo do Anexo IV), todos emitidos em até 90
(noventa) dias antes da data prevista para a aplicação dos testes;
g) declarar disponibilidade para atuar em operações regionais e nacionais de controle de distúrbios,
atendendo as convocações por um período mínimo de 3 (três) anos, caso conclua com aproveitamento o XV
COCD;
h) declarar que concorda com as regras estabelecidas no Edital deste processo seletivo; e
i) estar com a Carteira Nacional de Habilitação - CNH, de categoria "B" ou superior dentro da
validade e sem quaisquer restrições durante todo o período previsto para o XV COCD.
4.3.2. Candidatos oriundos de OUTRAS INSTITUIÇÕES:
a) ser servidor ativo no seu órgão de origem;
b) estar com a Carteira Nacional de Habilitação - CNH, de categoria "B" ou superior dentro da
validade e sem quaisquer restrições durante todo o período previsto para o XV COCD;
c) estar em boas condições de saúde, comprovado por meio da apresentação de Teste Ergométrico
de Esforço, com laudo, e também de Atestado Médico (modelo do Anexo IV), todos emitidos em até 90
(noventa) dias antes da data prevista para a aplicação dos testes;
d) ter sido indicado pelo seu comandante ou chefe imediato por meio de ofício entregue dentro do
prazo estabelecido no Cronograma do Anexo I.
e) Deve o ofício de indicação ser enviado para o e-mail choque.coe@prf.gov.br, endereçado ao
Coordenador da Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal - ANPRF, e deverá trazer as seguintes
informações pessoais e funcionais dos servidores indicados, de modo a possibilitar a análise quanto à
admissibilidade e classificação neste certame:
I - Nome completo;
II - CPF;
III - Indicação do posto/graduação ou do cargo/função, a depender do órgão;
IV - Local ou unidade de lotação do servidor;
V - Data de posse na instituição;
VI - Data de nascimento;
VII - Telefone celular do servidor para contato; e
VIII - E-mail do servidor.
4.3.2.1. Após recebido tempestivamente o ofício de indicação do servidor de outra instituição, será
gerado acesso ao ambiente eletrônico LÚMEN da PRF por meio do e-mail informado do servidor, pelo qual serão
repassadas todas as informações necessárias para inscrição.

5. DO PROCESSO SELETIVO

5.1. CLASSIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES PELA ANPRF:


5.1.1. De posse de todas as inscrições devidamente validadas pelos NUCAPs, NGPs ou pela DEC/ANPRF, se
for o caso, os PRFs inscritos serão classificados conforme a Nota Final (NF), resultante do somatório da pontuação relativa a
sua unidade de lotação ou da portaria de designação para atuação no grupo específico, com a pontuação da sua Unidade
Federativa, de acordo com os quadros a seguir:
5.1.1.1. Pontuação referente a lotação atual ou portaria:
LOTAÇÃO ou PORTARIA PONTUAÇÃO (LOT)
COE 50
NOE 40
GPT 30
GOC, GMR ou BOA 20
Demais lotações ou grupos 10
5.1.1.2 Pontuação referente a Unidade Federativa de sua Lotação:
UNIDADE FEDERATIVA PONTUAÇÃO (UF)
RJ, SP, MG, RS, BA 8
MS, AL, ES, PR, PE, PA, MA, GO,
6
RR, MT
SC, RN, PB, CE, DF 4
SE, RO, PI 2

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 2/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
AP, AC, AM, TO 1
5.1.1.3. Fórmula que será aplicada para cálculo da Nota Final (NF) para fins de classificação:

NF = LOT + UF

Legenda
NF: (Nota Final);
LOT: (pontuação de acordo com o índice atribuído a sua lotação ou
portaria).
UF: (pontuação de acordo com o índice atribuído a sua unidade da
federação onde o servidor for lotado, incluindo as Sedes das
Regionais e do DPRF)
5.1.2. Serão convocados para realização do TAF e do THE os 60 (sessenta) candidatos com maior pontuação
no processo de Classificação e Homologação das Inscrições deste certame, conforme o quadro demonstrativo abaixo:
VAGAS PARA A
PARTICIPANTES SELETIVA DO
TAF E DO THE
PRFs 60
A critério da
Outras instituições
ANPRF

5.2. REALIZAÇÃO DOS TESTES DE APTIDÃO FÍSICA - TAF E DOS TESTES DE HABILIDADES
ESPECÍFICAS - THE
5.2.1. Para execução do TAF e do THE, a ANPRF designará uma Comissão Especial para aplicação
destes testes, composta por instrutores de PBS, de OCD e de AMT, além de outros colaboradores que eventualmente sejam
necessários.
5.2.2. Ressalta-se que tanto o TAF quanto o THE acontecerão para verificação da manutenção das capacidades
físicas, cardiorrespiratórias e técnicas mínimas às vésperas do curso, quando o candidato deverá ser capaz de executar os
exercícios exigíveis para as competências do COCD e atingir os respectivos índices mínimos, conforme tabelas do Anexo II e
disposto no Anexo III. Neste escopo, merece destaque o Memorando nº 571/2018/DISAS (SEI nº 11630120), de 23 de abril
de 2018, que versa sobre TAF específico para cursos internos.
5.2.3. O TAF e o THE serão aplicados pela Comissão Especial, comum a todos os candidatos.
5.2.4. Esta etapa acontecerá no período de 5 (cinco) dias, nos moldes do Cronograma do Anexo I.
5.2.5. Testes de Aptidão Física - TAF
5.2.5.1. Os candidatos convocados para participação do TAF deverão se apresentar nas datas, locais e
horários, conforme Cronograma do Anexo I.
5.2.5.2. Os candidatos deverão trajar vestuário adequado para a prática de atividades físicas, sendo de
sua própria responsabilidade qualquer tipo de providência no tocante a alimentação e hidratação.
5.2.5.3. Nesta fase os servidores da PRF concorrerão entre si em igualdade de condições, independente
da sua lotação de origem ou local de trabalho, respeitando os critérios, regras e condições estabelecidas no presente
Edital, até o preenchimento das vagas reservadas para a PRF. Da mesma forma, os convidados das outras instituições
também serão classificados obedecendo a reserva de vagas própria.
5.2.5.4. Para realização do TAF será necessária a apresentação de Teste Ergométrico de Esforço, com
laudo, e também de Atestado Médico (modelo do Anexo IV), todos emitidos em até 90 (noventa) dias antes da data
prevista para a aplicação dos testes.
5.2.5.4.1. Os candidatos deverão entregar os documentos acima para a Comissão Especial no dia
anterior dos testes, quando se verificará:
a) nome do servidor;
b) datas de emissão;
c) nome, carimbo e CRM dos médicos, que devem estar claros e legíveis; e
d) se os documentos informam aptidão física, sem restrições que comprometam a realização
do TAF e do THE.
5.2.5.4.2. Será impedido de fazer o TAF o servidor que deixar de apresentar o atestado médico e o
exame de teste ergométrico de esforço com respectivo laudo, bem como aquele candidato que seja avaliado pela
Comissão Especial como não recomendado, com base nas informações prestadas nos documentos médicos.
5.2.5.4.3. Os casos de alteração psicológica e/ou fisiológica temporários (indisposições, câimbras,
luxações, fraturas, estado menstrual, etc.) que impossibilitem a realização ou prejudiquem o desempenho do
servidor no TAF ou no THE não serão levados em consideração.
5.2.5.5. É proibido o uso de substâncias anabolizantes e estimulantes que visem maximizar o
desempenho do servidor durante os testes.
5.2.5.5.1. O servidor que necessite utilizar alguma substância para fins de manutenção da saúde,
sendo que esta favoreça a melhora do seu desempenho físico, só poderá utilizá-la mediante apresentação de
receituário médico, com consequente aceitação pela Comissão Especial.
5.2.5.6. O TAF terá caráter classificatório (apenas para a flexão na barra) e eliminatório (todos os
exercícios), e será aplicado nos moldes do publicado no Edital nº 1/2019/CGGP (SEI nº 17609364) naquilo que couber,
devendo ser alcançado pelo menos os índices mínimos exigíveis para o COCD, conforme tabela abaixo e detalhamento
do Anexo II:

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 3/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
TAF Flexão na Flexão Flexão de
Barra Abdominal Braços
Índices
1 5 5
Mínimos

5.2.6. Testes de Habilidades Específicas - THE


5.2.6.1. O THE, composto de 4 (quatro) atividades, terá caráter classificatório (apenas para o arremesso
de granada) e eliminatório (todos os exercícios), aplicado nos moldes do Anexo III, devendo ser alcançado pelo menos
os índices mínimos exigíveis para o COCD, conforme tabela abaixo:
Arremesso de Corrida Carabina
Espingarda
THE simulacro rústica de cal. 5,56 x 45
cal. 12
de granada 4.000 metros mm
Índices
1 APTO APTO APTO
Mínimos

5.2.6.2. Conforme detalhado no Anexo III, as avaliações com os armamentos Carabina cal. 5,56 x 45
mm e Espingarda cal. 12 serão precedidas das seguintes atividades, todas de participação obrigatória aos candidatos:
a) Instruções para habilitação em Carabina cal. 5,56 x 45 mm.
b) Instruções de recapitulação e nivelamento do conhecimento técnico para a Espingarda cal. 12.
5.2.6.3. As avaliações nos armamentos Carabina cal. 5,56 x 45 mm e Espingarda cal. 12 acontecerão de
acordo com o detalhado no Anexo III.
5.3. Para fins de desempate em quaisquer das etapas onde houver classificação, serão obedecidos os seguintes
critérios de desempate (caso necessário), em ordem de prioridade:
a) Avaliação de Desempenho Individual - ADI, quando aplicável (no caso de candidatos que se encontrem no
topo da carreira de policial rodoviário federal considerar-se-á a nota máxima neste quesito); e
b) Maior tempo de serviço na instituição.
5.4. A classificação final, após a realização do TAF e do THE, será obtida apenas por meio da soma dos índices dos
exercícios que possuem esse tipo de pontuação e sem levar em conta a classificação da seletiva anterior.

6. DO CURSO PRESENCIAL

6.1. Serão considerados aptos à matrícula do XV COCD os candidatos que cumprirem os critérios estabelecidos
neste Edital, respeitando o número de vagas, conforme classificação final a ser divulgada.
6.2. O Curso Presencial tem previsão de ser realizado predominantemente nas dependências da Academia Nacional
da Polícia Rodoviária Federal - ANPRF, na cidade de Florianópolis/SC, conforme cronograma do Anexo I.
6.3. No primeiro dia de aula, antes mesmo do Ato de Matrícula, será realizada uma apresentação do XV COCD
pelos coordenadores na qual serão repassadas todas as informações necessárias ao bom andamento do curso, tais como: as
diretrizes gerais, os objetivos das disciplinas, os métodos e processos de ensino, a organização e funcionamento do COCD, o
regime do curso, as situações de cancelamento de matrícula e desligamento, as formas de avaliação e aprovação, os direitos e
deveres dos alunos, dentre outros.
6.4. O XV COCD ocorrerá em regime de internato para todos os alunos matriculados no XV COCD. Dessa forma,
no período do curso, os servidores farão jus à meia diária, conforme previsto no artigo 2º, §1º, inciso I, do Decreto nº 5.992, de 19
de dezembro de 2006.
6.5. O Curso Presencial terá caráter eliminatório, com avaliações processuais e somativas de maneira teórica e
prática referentes às unidades de aprendizado, bem como de avaliações conceituais, às quais serão arbitradas notas aos alunos por
todos os instrutores e coordenadores, individualmente.
6.6. No ato da matrícula no Curso Presencial, o candidato a aluno deverá:
a) apresentar a CNH de categoria B ou superior, dentro da validade e sem quaisquer restrições;
b) apresentar o enxoval obrigatório exigido para o XV COCD, conforme Anexo VII; e
c) declarar que concorda com as regras apresentadas pela Coordenação do XV COCD por meio do
Regulamento do curso.
6.7. O COCD é dotado de características que levam o aluno a situações estressantes e desconfortáveis, visando
trabalhar a ansiedade, o controle e o equilíbrio emocional, a iniciativa de ação em situações de estresse, a autodisciplina, o
condicionamento físico, a capacidade de trabalhar em equipe, o uso da força sob pleno controle, a obediência hierárquica, entre
outros atributos necessários para o operador de controle de distúrbios. Estes e outros atributos estão descritos nas dimensões de
competências do curso e encontram sólido amparo teórico-metodológico.
6.8. A jornada de trabalho do aluno do XV COCD será de acordo com o Quadro de Trabalho Semanal –
QTS constante no Projeto Básico do curso, respeitando as adequações que poderão ser efetivadas pela Coordenação do Curso
visando a melhoria do processo de ensino-aprendizagem a ser estabelecido.
6.9. Ao final do XV COCD, para ser considerado APROVADO e receber o certificado de conclusão do curso, o
aluno deverá:
a) possuir presença integral, admitindo faltas devidamente justificadas, conforme o regulamento do curso e
demais legislações pertinentes;
b) ter concluído com aproveitamento todas as atividades propostas; e

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 4/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
c) obter aproveitamento mínimo de 70% (setenta por cento) da pontuação máxima nas avaliações teóricas e
50% (cinquenta por cento) em todas as demais avaliações do curso.
6.10. A carga horária total prevista para o XV COCD é de 404 (quatrocentas e quatro) horas-aula.
6.11. Em caso de desistência, cancelamento de matrícula ou reprovação, o aluno do XV COCD será desligado sem
possibilidade de substituição. A Coordenação do Curso enviará documento para a ANPRF para que seja providenciada a sua
desconvocação, de forma que os responsáveis das regionais de origem de lotação dos servidores possam adotar os procedimentos
de integralização da diária e de alteração ou compra das passagens aéreas de retorno o mais breve possível.
6.12. Os eventuais desligados do XV COCD deverão desocupar o alojamento, ficando à disposição da Coordenação
do curso para atender qualquer demanda enquanto não for providenciado o seu retorno para a regional de origem.

7. DAS INSCRIÇÕES

7.1. INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO:


7.1.1. Os interessados em participar deste processo seletivo deverão se inscrever no ambiente de acesso
eletrônico LÚMEN, que ficará disponível on-line na página http://www.prf.gov.br/lumen/ no período constante no
Cronograma do Anexo I.
7.1.1.2. No caso dos servidores de outras instituições, somente será possível ter acesso ao ambiente
LÚMEN para realizar as inscrições, após recebimento do ofício de indicação constante no item 4.3.2., alínea "f".
7.1.2. Os candidatos deverão inserir informações de identificação pessoal, anexar documentos que comprovem
a sua lotação atual, declarar concordar com as regras deste certame, além de declarar disponibilidade em atuar por pelo menos
3 (três) anos na atividade de controle de distúrbios, atendendo as convocações regionais e nacionais caso conclua o curso com
aproveitamento, tal como previsto nos requisitos de inscrição.
7.1.3. Consideram-se expedientes comprobatórios de lotação e de designação para atuação no grupo específico:
a) Publicação oficial contendo a designação de lotação atual;
b) No caso de servidores de GPT, GOC, GMR ou BOA, portaria em vigor designando o servidor para
integrar o respectivo grupo.
7.1.4. A inscrição no LÚMEN é de inteira responsabilidade do candidato, sendo vedada a inscrição condicional
ou extemporânea, bem como a realizada por quaisquer outros meios não previstos neste Edital.
7.1.5. A ANPRF não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem
técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros
fatores que impossibilitem a transferência de dados.
7.1.6. A inscrição com informações inverídicas ocasionará desclassificação do candidato, além de exclusão do
processo seletivo, sem prejuízo às ações penais, cíveis e administrativas cabíveis.
7.2. Validação das Inscrições dos Candidatos pelos NUCAPs, NGPs ou DEC/ANPRF:
7.2.1. Caberá aos Núcleos de Legislação e Capacitação de Pessoal - NUCAP da Regional de lotação do
servidor, os Núcleos de Gestão de Pessoas - NGP nas Superintendências Regionais tipo B ou C, ou ainda a Divisão de
Educação Corporativa - DEC/ANPRF, no caso dos candidatos lotados na Sede do DPRF, processar as inscrições do LÚMEN
referentes a sua Unidade Regional e iniciar um único processo, conforme descrito abaixo, e enviá-lo a unidade SEI:
"COCD", até a data e horário limites estabelecidos no Cronograma do Anexo I.
a) iniciar processo;
b) tipo de processo - Pessoal: Curso promovido pela própria Instituição;
c) especificação - Inscrição XV COCD - "UF";
d) interessados - Curso de Operações de Controle de Distúrbios (COCD);
e) nível de acesso - Público; e
f) incluir documento - Formulário (um para cada UF, contemplando todos os candidatos no mesmo
documento), conforme Modelo - SEI nº 17671427 (ou o do Anexo VI).
7.2.2. A validação da inscrição do servidor será formalizada por meio de assinatura eletrônica no Formulário de
Inscrição de todos os envolvidos no processo: conforme o caso, Corregedor Regional ou Corregedor-Geral e pelo
Superintendente Regional ou respectivo Coordenador-Geral/Diretor.
7.2.3. A ANPRF designará Comissão de Seleção que ficará responsável por recepcionar os processos,
acompanhando suas tramitações na Unidade SEI "COCD".
7.2.4. Caso a Comissão de Seleção não receba o processo com o formulário devidamente preenchido e
assinado pelas autoridades competentes dentro do prazo estabelecido no Anexo I, a inscrição do(s) candidato(s) da respectiva
regional será automaticamente indeferida.

8. DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS E RECURSOS

8.1. Todos os resultados das etapas do presente certame serão publicados por meio de edital, publicados nos boletins
de serviço da ANPRF e disponibilizados no LÚMEN, conforme o Cronograma do Anexo I.
8.2. Após a divulgação do resultado de cada etapa/avaliação, os interessados poderão interpor recurso no LÚMEN,
por meio do endereço eletrônico www.prf.gov.br/lumen/ dentro dos prazos previstos no Anexo I.
8.3. Os candidatos deverão concentrar todas as alegações em um único recurso por etapa/avaliação, sendo
considerado válido apenas o último recurso recebido de cada recorrente dentro do prazo estabelecido no Anexo I.

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 5/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
8.4. Serão indeferidos, sem julgamento de mérito, os recursos extemporâneos, ineptos ou enviados por outro meio
não previsto em edital.
8.5. Compete à Divisão de Educação Corporativa - DEC/ANPRF julgar os recursos em primeira instância.
8.6. Os recursos tramitarão, no máximo, por 2 (duas) instâncias administrativas, quais sejam: DEC/ANPRF e
Coordenação da ANPRF.
8.7. Os recursos em segunda instância (Coordenação da ANPRF) não possuirão efeito suspensivo e deverão ser
encaminhados via Sistema SEI à ANPRF utilizando o modelo do formulário constante no Anexo V.

9. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

9.1. Para fins de classificação das inscrições na etapa inicial deste certame, as pontuações estabelecidas na tabela do
item 5.1.1. fundamentam-se no fato de que todas estas unidades são as que regimentalmente e/ou operacionalmente possuem maior
capacidade de pronto emprego, principalmente em ações atípicas e de intervenções especiais de combate ao crime, além de
poderem disponibilizar efetivo para convocações nacionais sem comprometer a prestação dos serviços ordinários da PRF.
9.1.1. De forma complementar, a precedência na classificação inicial também se dará por Unidade da
Federação, conforme critérios baseados nos estados contemplados com cidades sede da Copa América 2019 e por dados
estatísticos oficiais da PRF referentes a interdições por manifestações sociais e a atual disponibilidade de efetivo
especializado. Estes dados se referem às ocorrências do ano de 2018 em rodovias federais - SEI nº 16557253, em conjunto
com a informação da quantidade de operadores controle de distúrbios disponíveis e em condições operativas de cada estado,
conforme Portaria nº 121/2018/CGO, de 31 de outubro de 2018, publicada no Boletim de Serviço Eletrônico em 06 de
novembro de 2018 - SEI nº 15345588.
9.2. No caso de impedimento apresentado por ocasião da convocação para qualquer etapa deste processo seletivo e
consequente desistência do certame ou impossibilidade de comparecimento, em havendo tempo hábil, será chamado o
próximo candidato classificado, respeitados os critérios definidos neste Edital, até o limite de vagas.
9.3. A critério da ANPRF, eventuais vagas não preenchidas por policiais rodoviários federais poderão ser
redistribuídas para as instituições convidadas, e vice-versa.
9.4. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar o processo SEI de validação das inscrições, bem
como as publicações de todos os atos, editais e comunicados, referentes a este processo seletivo.
9.5. A realização do curso e o quantitativo de vagas previstas neste Edital ficarão sujeitos à disponibilidade
orçamentária e à inexistência de pendências de ordem executiva.
9.6. Os casos omissos serão dirimidos pela DEC/ANPRF com o apoio da área demandante do curso.

ASSIS FERNANDO DA SILVA

Documento assinado eletronicamente por ASSIS FERNANDO DA SILVA, Coordenador(a) da Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal
Subs tuto(a), em 22/03/2019, às 15:56, horário oficial de Brasília, com fundamento no art. 10, § 2º, da Medida Provisória nº 2.200-2, de 24 de
agosto de 2001, no art. 6º do Decreto nº 8.539, de 8 de outubro de 2015, e no art. 42 da Instrução Norma va nº 116/DG/PRF, de 16 de fevereiro
de 2018.

A auten cidade deste documento pode ser conferida no site h ps://sei.prf.gov.br/verificar, informando o código verificador 17825111 e o código
CRC 6F732FCB.

ANEXO I

CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO PARA O XV COCD

ITEM ATIVIDADE RESPONSÁVEL DATA HORA


1 Publicação do Edital de Seleção para o XV COCD e abertura das inscrições no LÚMEN ANPRF 22/03/2019 17h00
2 Encerramento das inscrições de interessados da PRF no LÚMEN PRF interessado 27/03/2019 17h00
3 Início da validação das inscrições NUCAPs/NGPs/DEC 28/03/2019 08h00
4 Encerramento da validação das inscrições NUCAPs/NGPs/DEC 03/04/2019 12h00
Divulgação do resultado preliminar da classificação das inscrições dos PRFs e abertura de prazo
5 ANPRF 04/04/2019 09h00
para recursos
6 Limite para interposição de recursos referentes às inscrições PRF interessado 05/04/2019 09h00
7 Divulgação do resultado definitivo da classificação das inscrições dos PRFs ANPRF 08/04/2019 12h00
8 Convocação dos candidatos PRFs classificados para as seletivas do TAF e do THE ANPRF 08/04/2019 16h00
Limite para recebimento dos ofícios com solicitação de inscrição de servidores de outras
9 Outras Instituições 10/04/2019 17h00
instituições
10 Limite para inscrições dos interessados de outras instituições no LÚMEN Interessado 18/04/2019 17h00
11 Divulgação da relação de servidores de outras instituições com inscrições homologadas ANPRF 19/04/2019 09h00
12 Designação da Comissão Especial para aplicação do TAF e do THE ANPRF 19/04/2019 17h00
13 Apresentação dos candidatos na ANPRF e entrega dos exames médicos e atestados Candidato 22/04/2019 20h00

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 6/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
14 Reunião para explicação detalhada sobre a aplicação dos testes Comissão Especial 22/04/2019 20h00
15 Realização do TAF e do THE (corrida rústica e granada) Comissão Especial 23/04/2019 08h00
Divulgação do resultado preliminar e abertura de prazo para recursos, ambos referentes ao TAF e
16 ANPRF 23/04/2019 16h00
ao THE (corrida rústica e granada)
17 Limite para interposição de recursos referente ao TAF e do THE (corrida rústica e granada) Candidato 23/04/2019 18h00
19 Início das instruções para habilitação em carabina 5,56 e de nivelamento na espingarda cal. 12 Comissão Especial 24/04/2019 09h00
20 Continuação das instruções e aplicação do THE (carabina 5,56 e espingarda cal. 12) Comissão Especial 25/04/2019 08h00
Divulgação do resultado preliminar e abertura do prazo para recursos, ambos referentes ao THE
21 ANPRF 25/04/2019 16h00
(carabina 5,56 e espingarda cal. 12)
Candidato
22 Limite para interposição de recursos referente ao THE (carabina 5,56 e espingarda cal. 12) 25/04/2019 18h00
Interessado
Divulgação do resultado definitivo do processo seletivo e dos candidatos aptos para matrícula no
23 ANPRF 26/04/2019 17h00
XV COCD
Coordenação XV
24 Apresentação do curso, matrícula e início do XV COCD 29/04/2019 06h45
COCD
Coordenação XV
25 Término das instruções do XV COCD 02/06/2019 20h00
COCD
Coordenação XV
26 Debriefing do curso e desmobilização 03/06/2019 09h00
COCD
27 Retorno de todos os envolvidos para as suas lotações de origem ANPRF 04/06/2019 --

ANEXO II

TESTE DE APTIDÃO FÍSICA - TAF

1. O TAF terá caráter eliminatório e classificatório para todos os candidatos, e será aplicado nos moldes do publicado no Edital nº
1/2019/CGGP (SEI nº 17609364) naquilo que couber, tendo que ser alcançado pelo menos os índices mínimos exigíveis para o COCD, conforme
exercícios constantes na tabela abaixo:
TAF Flexão na Barra Flexão Abdominal Flexão de Braços
Índices Mínimos 1 5 5

2. Além do atestado médico original contendo a informação de que o servidor está apto a realizar atividades físicas, conforme
modelo apresentado no Anexo IV deste Edital, também será obrigatória a apresentação do original de exame de teste ergométrico de esforço, com
laudo.
3. Para a seleção ao XV COCD apenas serão exigidos os seguintes exercícios referentes ao TAF:
a) TESTE DE FORÇA DE MEMBRO SUPERIORES - FLEXÃO NA BARRA (protocolo de Johnson e Nelson - modificado);
b) TESTE DE FORÇA DE FLEXÃO ABDOMINAL (protocolo de Pollock, M. L. & Wilmore J. H. - modificado); e
c) TESTE DE RESISTÊNCIA DE FORÇA DE MEMBRO SUPERIORES - FLEXÃO DE BRAÇOS (protocolo de Pollock, M.
L. & Wilmore J. H. - modificado).
4. Tabelas de classificação para a FLEXÃO NA BARRA:
FLEXÃO NA BARRA - MASCULINO
IDADE
Repetições Até 24 25 a 29 30 a 34 35 a 39 40 a 44 45 a 49 Acima de 49
1 - - - - - - 01
2 - - - - - 01 02
3 - - - - 01 02 03
4 - - - 01 02 03 04
5 - - 01 02 03 04 05
6 - 01 02 03 04 05 -
7-8 01 02 03 04 05 - -
9 - 10 02 03 04 05 - - -
11 - 12 03 04 05 - - - -
13 - 15 04 05 - - - - -
15 ou + 05 - - - - - -

FLEXÃO NA BARRA - FEMININO


IDADE
Tempo de suspensão (em segundos)
Até 24 25 a 29 30 a 34 35 a 39 40 a 44 45 a 49 Acima de 49
até 10 - - - - - - 01
11 - 12 - - - - - 01 02
13 - 15 - - - - 01 02 03
16 - 18 - - - 01 02 03 04
19 - 21 - - 01 02 03 04 05
22 - 24 - 01 02 03 04 05 -
25 - 27 01 02 03 04 05 - -
28 - 30 02 03 04 05 - - -
31 - 33 03 04 05 - - - -
34 - 36 04 05 - - - - -
37 ou + 05 - - - - - -

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 7/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital

5. Tabelas de classificação para a FLEXÃO ABDOMINAL:


Classificação para HOMENS (repetições/60 segundos) - ABDOMINAL
Idade 1 2 3 4 5
Até 24 até 32 33 a 39 40 a 46 47 a 52 53 ou +
25-29 até 28 29 a 35 36 a 41 42 a 47 48 ou +
30-34 até 25 26 a 31 32 a 37 38 a 42 43 ou +
35-39 até 21 22 a 26 27 a 31 32 a 37 38 ou +
40-44 até 16 17 a 21 22 a 27 28 a 32 33 ou +
45 - 49 até 12 13 a 17 18 a 22 23 a 27 28 ou +
50 ou + até 06 07 a 12 13 a 17 18 a 22 23 ou +

Classificação para MULHERES (repetições/60 segundos) - ABDOMINAL


Idade 1 2 3 4 5
Até 24 até 28 29 a 35 36 a 41 42 a 47 48 ou +
25-29 até 25 26 a 31 32 a 37 38 a 42 43 ou +
30-34 até 21 22 a 26 27 a 31 32 a 37 38 ou +
35-39 até 16 17 a 21 22 a 27 28 a 32 33 ou +
40-44 até 12 13 a 17 18 a 22 23 a 27 28 ou +
45 - 49 até 06 07 a 12 13 a 17 18 a 22 23 ou +
50 ou + até 04 05 a 08 09 a 13 14 a 17 18 ou +

6. Tabelas de classificação para a FLEXÃO DE BRAÇOS:


FLEXÃO DE BRAÇOS (tempo 60 segundos)
SEXO IDADE (ANOS) 1 2 3 4 5
Até 24 ≤ 17 18-28 29-38 39-49 ≥ 50
De 25 a 29 ≤ 16 17-26 27-35 36-44 ≥ 45
De 30 a 34 ≤ 14 15-23 24-31 32-39 ≥ 40
MASCULINO
De 35 a 39 ≤ 11 12-19 20-27 28-34 ≥ 35
De 40 a 44 ≤ 09 10-16 17-23 24-29 ≥ 30
De 45 a 49 ≤ 06 07-12 13-18 19-24 ≥ 25
50 ou + ≤ 04 05-09 10-14 15-19 ≥ 20

FLEXÃO DE BRAÇOS (tempo 60 segundos)


SEXO IDADE (ANOS) 1 2 3 4 5
Até 24 ≤ 16 17-26 27-35 36-44 ≥ 45
De 25 a 29 ≤ 14 15-23 24-31 32-39 ≥ 40
De 30 a 34 ≤ 11 12-19 20-27 28-34 ≥ 35
FEMININO
De 35 a 39 ≤ 09 10-16 17-23 24-29 ≥ 30
De 40 a 44 ≤ 06 07-12 13-18 19-24 ≥ 25
De 45 a 49 ≤ 04 05-09 10-14 15-19 ≥ 20
50 ou + ≤ 01 02-06 07-11 12-16 ≥ 17

ANEXO III

TESTE DE HABILIDADES ESPECÍFICAS - THE

1. DA FINALIDADE
1.1. Aferir os níveis de aptidões cognitivas e psicomotoras mínimas para que os servidores candidatos ao Curso de Operações de
Controle de Distúrbios - COCD tenham condições de aproveitamento no evento de capacitação.
1.2. Ser utilizado como critério de seleção para o COCD, de forma a motivar a preparação do candidato, e potencial aluno, da
melhor forma possível para o curso, além de aumentar as margens de segurança e proficiência nas instruções de Armamento, Munição e Tiro -
AMT, antes mesmo do curso.
2. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
2.1. Deverão participar do THE da Polícia Rodoviária Federal os servidores que se candidatarem para matrícula no Curso Presencial
do COCD.
2.2. Poderão participar do THE os servidores da PRF e de instituições convidadas que tenham sido pré-selecionados para fins de
mensuração da aptidão técnica individual, conforme a quantidade de vagas disponíveis no certame.
2.3. O THE terá caráter eliminatório e classificatório, e seus índices serão universais baseados nas necessidades finalística da
atividade de OCD, ou seja, independente de idade e gênero, baseados em protocolos aplicados por outras forças policiais e/ou militares, ou mesmo
com fundamentação desenvolvida pela própria PRF.
2.4. A vestimenta padrão para aplicação do THE é o uniforme operacional da instituição, composto por:
a) coturno;
b) calça tática com cinto;
c) blusa tática de combate (será admitida a gandola para outras instituições); e
https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 8/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
d) boné ou outra cobertura própria da instituição.
2.5. Os equipamentos obrigatórios para os testes com utilização de armas longas serão:
a) cinto tático;
b) colete balístico;
c) óculos de proteção; e
d) abafadores e/ou protetores intra auriculares.
3. DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO
3.1. Os requisitos gerais são os definidos neste Edital, em especial a apresentação do Teste Ergométrico de Esforço, com laudo.
3.2. Estará impedido de realizar ou será eliminado do THE, o servidor que, em qualquer dos exercícios:
a) usar ou tentar usar de meios fraudulentos;
b) faltar ou chegar atrasado (tolerância máxima de 10 min);
c) não atender às diretrizes dos membros da Comissão Especial ou de seus auxiliares; e
d) não atender aos requisitos expostos neste Edital.
3.3. A eliminação formal impedirá a continuidade dos testes ora realizados.
4. DA COMISSÃO ESPECIAL DE APLICAÇÃO DO THE
4.1. A ANPRF nomeará a Comissão Especial de aplicação do THE, que será composta ao menos por:
a) um servidor do quadro de instrutores da disciplina de Princípios Básicos para a Saúde - PBS e com graduação em educação física,
ou servidor com formação em Educação Física, com diploma emitido por entidade de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação;
b) um servidor do quadro de instrutores da disciplina de Operações de Controle de Distúrbios OCD, conforme a última publicação
em portaria da ANPRF; e
c) um servidor do quadro de instrutores da disciplina de AMT.
4.2. À Comissão Especial compete:
a) aplicar o THE para os candidatos ao COCD;
b) compilar os dados atendendo os prazos constantes neste Edital;
c) informar a ANPRF todo e qualquer fato relevante que possa interferir no andamento dos trabalhos de execução do THE;
d) julgar os recursos relacionados ao THE; e
e) confeccionar o relatório final do THE.
5. DO TESTES ESPECÍFICOS
5.1. ARREMESSO DE SIMULACRO DE GRANADA
5.1.1. Objetivo: aferir a potência muscular, a coordenação, o equilíbrio e a concentração de forma compatível com o
mínimo exigível equivalente ao emprego de granadas explosivas de menor potencial ofensivo de dotação do CHOQUE PRF.
5.1.2. Materiais mínimos necessários:
a) 4 simulacros de granada (objeto cilíndrico com 30 cm de circunferência e de 280 g de massa, com tolerância de 10%).
b) 1 trena de pelo menos 20 m.
c) 1 kg de cal para marcação dos círculos concêntricos e da posição do arremesso.
d) 4 bandeirolas pequenas para marcação dos impactos.
e) 1 apito.
5.1.3. Procedimentos (para homens e mulheres):
a) o simulacro de granada deverá ser arremessado a partir da posição demarcada no solo, tendo como objetivo atingir os círculos
concêntricos que estarão demarcados à frente, distando 17,5 m do meio dos círculos até a posição do arremesso;
b) serão 5 círculos concêntricos ao todo, sendo o menor deles com 1 m de diâmetro, e os outros de 2 m, 3 m , 4 m e 5 m, de modo
que este último círculo esteja, em seu ponto mais próximo, a 15 m de distância da posição de arremesso;
c) o candidato deverá arremessar o simulacro de granada por cima do ombro, sem que os seus pés encostem ou ultrapassem a
marcação da posição de arremesso no solo;
d) serão permitidas 4 tentativas de arremesso, as quais deverão ser executadas num intervalo de tempo máximo de 2 min, iniciados e
finalizados por apito, sendo que ao final da sessão será considerada apenas a melhor dentre as 4 execuções para fins de pontuação no exercício;
e) será considerado, para fins de medição e pontuação, o local de impacto inicial no solo por parte do simulacro de granada;
f) caso o candidato pise ou ultrapasse a linha de marcação da posição de arremesso, solte o simulacro abaixo da linha dos ombros,
ou arremesse o simulacro fora do círculo maior, a tentativa será perdida e pontuada com 0 ponto;
g) caso o simulacro impacte sobre a linha divisória de algum dos círculos, será considerada a pontuação referente a área de maior
valor;
h) as áreas delimitadas pelos círculos concêntricos serão pontuadas em razão decrescente de 1 ponto, de forma que o maior
círculo vale 1 ponto e o menor vale 5 pontos;
i) a cada simulacro arremessado, o servidor encarregado de apontar o local de impacto do objeto deverá posicionar uma bandeirola
para indicar o ponto exato;
j) não será permitido o reteste;
k) o local de impacto dos simulacros deverá ser, preferencialmente arenoso, de forma a preservar os objetos e permitir uma pronta
visualização da marcação;

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento=… 9/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
l) será considerada apenas a melhor pontuação dentre os 4 arremessos;
m) o candidato deverá estar vestindo tênis, meia, calção para práticas esportivas e camiseta, não sendo permitido o uso de qualquer
outro tipo de vestimenta ou acessório; e
n) os arremessos que por ventura acontecerem além do tempo de 2 min não serão validados e o teste do candidato será declarado
encerrado, sendo considerados apenas as tentativas válidas.
5.1.4. Precauções:
a) presença de equipe de socorristas;
b) isolamento do local; e
c) ao menos um integrante da Comissão Especial deve se posicionar ao lado do candidato para avaliar o arremesso, e outro
posicionado próximo dos círculos concêntricos para verificar o local exato de impacto dos simulacros e fixar as bandeirolas.
5.1.5. Índice mínimo: Para continuar no certame, o candidato deve conseguir ao menos 1 ponto, considerando qualquer uma das 4
tentativas possíveis.
5.1.6. Resultado: A Nota Final no teste será de 0 a 5, sendo considerada apenas a melhor das 4 tentativas válidas. O candidato que
eventualmente ficar com 0 pontos será considerado reprovado no teste, sendo excluído do certame.
5.1.7. Croqui:

5.1.8. Sugestão de simulacro para treinamento e aplicação do teste:

Garrafa do tipo PET com 250 ml de água


5.2. CORRIDA RÚSTICA DE 4.000 METROS
5.2.1. Objetivo: medir indiretamente e estimar a capacidade cardiorrespiratória, além de avaliar a rusticidade, a resiliência, a
resistência, o controle emocional, a adaptabilidade, dentre outros fatores emocionais, físicos e psicológicos desejáveis ao operador de controle de
distúrbios.
5.2.2. Materiais necessários:
a) cronômetro;
b) apito;
c) material para anotações;
d) pista de corrida plana, de no mínimo 300 metros de extensão, em terreno firme e regular; e
e) cones para a marcação da chegada.
5.2.3. Procedimentos:
a) na posição de pé, o avaliado deverá correr ou andar até a distância mínima de 4.000 metros e no tempo de 24 minutos, podendo
haver ou não interrupções ou modificações do ritmo de corrida;
b) os candidatos deverão estar trajando apenas calça tática e coturno, sendo que as mulheres deverão estar com top apropriado para a
prática de atividades esportivas;
c) a prova deverá ser realizada em piso duro e plano, sendo aceitáveis pequenos desníveis compensados ao longo do
percurso, considerado-se como resultado final a ultrapassagem do cone de marcação da chegada por parte do avaliado;
d) o aplicador do teste deverá informar sobre os 3 sinais de apito que ocorrerão: 1º silvo - normal, indicará o início do teste; 2º silvo
- curto, aos 23 minutos alertará os candidatos que resta 1 minuto para o final; e o 3º silvo - longo, indicará o final do teste; e
e) considerar que, como os batimentos cardíacos estarão em um ápice ao final do teste, os membros da Comissão de aplicação do
THE deverão aconselhar que o avaliado não interrompa abruptamente seus movimentos, a fim de evitar mal estar. Para tanto, e para o fim de dar
confiabilidade à aferição, deverá deslocar-se lateralmente e próximo à marcação alcançada ao final dos 24 minutos.
5.2.4. Precauções: O aquecimento e alongamento inicial, dos executantes, deverá sempre ser precedido de estímulos físicos, que
provoquem as adaptações orgânicas específicas. Para tanto serão destinados os primeiros 10 minutos que antecedem o primeiro teste. O membro da

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento… 10/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
Comissão para aplicação do THE que for instrutor de PBS, fará as demonstrações e também a forma adequada para a realização dos exercícios de
aquecimento e alongamento.
5.2.5. Resultado: O candidato que ultrapassar a marcação de chegada dos 4.000 metros será considerado APTO no exercício,
independente do gênero, da idade ou do quanto desejar continuar correndo até o término do tempo de 24 minutos. O servidor que eventualmente
não conseguir ultrapassar o cone quando do término do tempo, será considerado inapto no teste, sendo excluído do certame.
5.3. CARABINA IMBEL IA2 E/OU ARMALITE M15 - CALIBRES 5,56 X 45 mm
5.3.1. Objetivos: Treinar, habilitar e avaliar o candidato quanto ao manuseio e emprego básico dos armamentos calibres 5,56 mm de
dotação da PRF.
5.3.2. Procedimentos: Armamento, Munição e Tiro - treinar no manejo e emprego do armamento longo de dotação da PRF,
dominando suas especificações básicas, visando sempre a eficiência e segurança, dentro dos princípios do uso legal e diferenciado da força.
Durante a instrução serão apresentados e demonstrados pelos instrutores, e praticado pelos candidatos a teoria do tiro com treinamento em seco,
montagem, desmontagem e limpeza dos armamentos, fundamentos de tiro, base, empunhadura, posições de tiro, acionamento do gatilho, técnicas
de pronto-emprego, condução e transporte, operações de manejo, MAC, troca de carregadores.
5.3.3. Prática de Tiro: Realização de disparos em alvos do tipo silhueta padrão PRF, de adaptação e instintivo policial, com
variação nas distâncias de 08, 12, 15 e 25 metros do alvo e nas posições em pé, de joelhos e deitado. O candidato deverá estar com uniforme
operacional completo, utilizando cinto tático, colete balístico, óculos de proteção e abafadores.
5.3.4. Resultados:
a) o candidato será avaliado a todo momento, observado o seu atitudinal, manuseio correto e seguro do referido armamento e o
desempenho nos exercícios de tiro, registrando em formulário próprio o somatório de aproveitamento dos impactos no alvo, sendo o percentual
mínimo de 80% (oitenta por cento) de acerto dentre todos os disparos para ser considerado APTO no THE e habilitado no respectivo
armamento, com possibilidade de realização de mais uma tentativa em caso de inaptidão, a ser realizado na sequência;
b) serão considerados acertos todos os impactos que atingirem qualquer parte da silhueta do alvo padrão PRF, excetuando-se as
partes onde apresenta a marcação 0 (zero).
c) os instrutores poderão, em concordância unânime, após preenchimento da ficha de acompanhamento pedagógico, e a qualquer
tempo, retirar do treinamento e considerar inapto, o servidor que julgarem colocar em risco a segurança da instrução por deficiência grave no que
tange a Conhecimento (âmbito cognitivo), Habilidade (motricidade e procedimento) e Atitude (âmbito afetivo e comportamental), que a equipe
julgue gerar um risco ao policial que porta armamento desses calibres especificamente ou a terceiros; e
d) caso algum candidato seja considerado inapto após a segunda tentativa, ou caso seja retirado da instrução por motivo de risco a
segurança, será imediatamente retirado da instrução e excluído do certame.
5.4. ESPINGARDA CBC 586P E/OU BOITO BSA 5T84 - CAL. 12
5.4.1. Objetivos: Treinar, nivelar conhecimento e realizar o teste de manuseio e tiro básico, de caráter eliminatório, que visa avaliar
as condições do policial rodoviário federal de manusear a espingarda calibre 12 com segurança e habilidade necessária para se submeter a
treinamentos mais avançados com munições de impacto controlado.
5.4.2. Procedimentos: Antes das avaliações, todos os candidatos serão submetidos a instruções de recapitulação em que serão
repassados, treinados e detalhados todos os exercícios de manuseio e tiro básico.
5.4.2.1. O teste de manuseio e tiro básico será composto pelas seguintes etapas, na ordem:
a) desmontagem da espingarda calibre 12;
b) montagem da espingarda calibre 12;
c) três disparos simples; e
d) três disparos, após procedimento de recarga.
5.4.2.2. Todas as etapas do teste de manuseio e tiro básico serão realizadas no mesmo dia da realização, com exceção dos
treinamentos em seco, conforme cronograma previsto neste Edital.
5.4.2.3. O teste de manuseio e tiro básico deverá ser realizado exclusivamente com armamentos e munições fornecidas pela PRF.
5.4.3. Detalhamento das etapas do teste de manuseio e do tiro básico:
5.4.3.1. Desmontagem da espingarda calibre 12.
Esta etapa do teste será realizada com a espingarda calibre 12, marca CBC, modelo 586P. Após autorização do avaliador, o
candidato deverá seguir os seguintes passos:
a) voltar o cano para baixo em uma angulação de 45 graus;
b) travar a arma, com o dedo fora do gatilho;
c) abrir a arma;
d) verificar se a câmara está vazia, por meio de uma inspeção visual e tátil;
e) verificar se o tubo do depósito está vazio, por meio de uma inspeção visual e tátil;
f) com a arma aberta, remover o bujão do tubo de depósito;
g) retirar o cano; e
h) remover a telha, a corrediça e o conjunto ferrolho.
As peças devem estar obrigatoriamente ordenadas na mesa de forma que facilite a remontagem. Deixar peças caírem ao solo ou
desordenadas implica em perda de pontuação conforme descrito abaixo neste Anexo. O tempo máximo para a execução da desmontagem será de
45 segundos.
5.4.3.2. Montagem da espingarda calibre 12.
Esta etapa do teste será realizada com o mesmo armamento utilizado na etapa anterior. Após autorização do avaliador, o candidato
deverá seguir os seguintes passos:
a) colocar a telha, a corrediça e o conjunto ferrolho no receptáculo da arma;
b) colocar cano da arma;
https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento… 11/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
c) fixar o bujão;
d) fechar a arma; e
e) com o cano voltado para baixo, em uma angulação de 45 graus, realizar dois manejos.
Deixar peças caírem ao solo implica em perda de pontuação conforme descrito abaixo neste Anexo. O tempo máximo para a
execução da montagem será de 60 segundos.
5.4.3.3. Disparos simples.
Esta etapa do teste poderá ser realizada com a espingarda calibre 12, marca CBC, modelo 586P ou com a espingarda calibre 12,
marca BOITO, modelo BSA 5T84. A uma distância de 15 metros, após autorização do avaliador, o candidato deverá efetuar três disparos, sendo
um em cada alvo metálico, tipo “plate” ou “pepper” com dimensões da área circular entre 25 e 30 centímetros, posicionados em paralelo a uma
distância de 5m (cinco metros) um do outro. Esta prova terá o limite de tempo de 15 segundos. A munição empregada será com o chumbo tipo SG.
5.4.3.4. Disparos após procedimento de recarga.
Esta etapa do teste poderá ser realizada com a espingarda calibre 12, marca CBC, modelo 586P ou com a espingarda calibre 12,
marca BOITO, modelo BSA 5T84. Após autorização do avaliador, o candidato deverá seguir os seguintes passos:
a) com cano da arma voltado para baixo em uma angulação de 45 graus, travar a arma;
b) abrir a arma;
c) com a arma apontada na direção dos alvos (recarga tática), colocar um cartucho pela janela de ejeção;
d) fechar a arma;
e) ainda com a arma apontada na direção dos alvos, introduzir mais dois cartuchos no tubo de depósito; e
f) efetuar três disparos, sendo um em cada alvo metálico.
Esta etapa será realizada a uma distância de 15 metros, em alvos metálicos, tipo “plate” ou “pepper” com dimensões da área
circular entre 25 e 30 centímetros, posicionados em paralelo em a uma distância de 5 m um do outro. Esta prova terá o limite de tempo de 25
segundos. A munição empregada será a MUNIÇÃO DE TREINAMENTO CALIBRE 12 HI-IMPACT TREINA CH-3T PLAST.
5.4.4. Pontuação e Conceitos:
a) as etapas do Teste de Manuseio e Tiro Cal.12 serão avaliadas conforme a Ficha de Avaliação abaixo.
b) na etapa de desmontagem, o candidato que deixar de realizar TRÊS procedimentos descritos no item 5.4.3.1. será considerado
INAPTO.
c) na etapa de desmontagem, o candidato que não realizar toda a etapa em 45 segundos será considerado INAPTO.
d) na etapa de montagem, o candidato que deixar de realizar DOIS procedimentos descritos no item 5.4.3.2. será considerado
INAPTO.
e) na etapa de montagem, o candidato que não realizar toda a etapa em 60 segundos será considerado INAPTO.
f) se alguma peça do armamento cair ao solo nas etapas de montagem e desmontagem será considerado como procedimento não
realizado.
g) na etapa de disparos simples, o candidato que deixar de realizar DOIS procedimentos será considerado INAPTO.
h) na etapa de disparos simples, o candidato que não realizar toda a etapa em 15 segundos será considerado INAPTO.
i) na etapa de disparos com recarga, o candidato que deixar de realizar DOIS procedimentos descritos no item 5.4.3.4. será
considerado INAPTO.
j) na etapa de disparos com recarga, o candidato que não realizar toda a etapa em 25 segundos será considerado INAPTO.
k) nas etapas de disparos simples e disparos com recarga, o alvo metálico que após o disparo não cair ao solo será considerado como
procedimento não realizado.
l) Caso o candidato não obtenha o desempenho mínimo exigido no Teste de Manuseio e Tiro Básico, será oportunizada uma segunda
tentativa do teste completo. Caso novamente seja considerado INAPTO em qualquer das etapas, o candidato será eliminado do certame e NÃO será
facultada a realização de novas tentativas.
m) A cada status avaliado com SIM, será computado 01 ponto.
n) Modelo ilustrativo da Ficha de Avaliação:

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento… 12/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento… 13/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital
ANEXO IV

MODELO DE ATESTADO MÉDICO

ATESTADO MÉDICO

Atesto, para os devidos fins, que o(a) senhor(a)


_________________________________________________ CPF:_____________________ goza de boas condições de saúde, estando apto(a)
a realizar testes de aptidão física.

______________________/____, ___ de _________________ de 2019.

Assinatura, carimbo e CRM do médico

ANEXO V

MODELO DE FORMULÁRIO DE RECURSOS DE SEGUNDA INSTÂNCIA

FORMULÁRIO PARA RECURSO

Servidor: Matrícula:
Curso: Edital:
1. DOS FATOS (discorrer sobre os fatos ocorridos)

2. DO DIREITO (indicar legislação aplicável)

3. DO PEDIDO (especificar o que se pede)

Local: Data:

ANEXO VI

FORMULÁRIO DE PROCESSAMENTO DE INSCRIÇÕES PARA O XV COCD

(Modelo disponível por meio do documento SEI 17671427)

AUTORIZAÇÃO DA
AUTORIZAÇÃO DO
CORREGEDORIA PARA
NOME DO CANDIDATO (1) MATRICULA (2) SUPERINTENDENTE
AUSÊNCIA
REGIONAL (4)
TEMPORÁRIA (3)

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento… 14/15
24/11/2019 SEI/PRF - 17825111 - Edital

Observações: (1) Nome completo; (2) SIAPE; (3) SIM ou NÃO; (4) SIM ou NÃO
Naquilo que compete, declaramos que os servidores acima relacionados:
a) Estão no quadro de policiais rodoviários federais ativos da instituição.
b) Não estarão, no período estabelecido para a realização do curso presencial, em gozo de férias, licença médica, licenças previstas
no Art. 81 da Lei nº 8.112/90, ou cumprindo pena de suspensão decorrente de punição administrativa disciplinar ou pena privativa de liberdade
durante o processo seletivo e o período de realização do curso.
c) Não possuem impedimentos para ausentar-se temporariamente da sua unidade de lotação em virtude de procedimento
administrativo disciplinar em apuração, frente a sua situação correicional.
d) Não concluíram com aproveitamento alguma edição anterior do COCD.
e) Estão autorizados pelo Superintendente Regional/Coordenador-Geral/Diretor, conforme o caso, para que possam ausentar-se da
sua unidade de lotação para participarem do processo seletivo e do curso presencial.

Este formulário deverá ser assinado, conforme o caso, pelo NUCAP/NGP/DEC, pela Corregedoria Regional/Corregedoria Geral
e pelo Superintendente Regional/Coordenador-Geral/Diretor.

ANEXO VII

ENXOVAL DO ALUNO

ITENS OBRIGATÓRIOS ITENS OPCIONAIS RECOMENDADOS


Coturno preto extraleve sem zíper (par) Blusa, bermuda e calça térmica (segunda pele)
Calçado para práticas esportivas (par) Protetor solar
Calça tática padrão da instituição Repelente para insetos
Gandola tática padrão da instituição Isotônico em pó (Reidrat ou similar)
Calção para práticas esportivas, na cor preta, sem bolsos e sem detalhes Esparadrapo de 5 cm de largura
Meias táticas pretas (para uso com coturno) Anti-histamínico
Meias cano alto brancas (para uso em atividades físicas) Anti-séptico local (iodo povidona ou similar)
Colete balístico padrão da instituição Pomada para assadura
Pistola padrão da instituição Relaxante muscular
Carregadores de pistola (dois) Pomada ou spray para hematomas e torções
Algemas com chave Desinfetante aerosol para roupas e calçados (lysoform ou similar)
Cinturão com coldre de perna, porta carregador e porta-algema, todos na cor preta Apito
Cantil, caneca para cantil e porta-cantil cor preta Gandola extra
Material de anotação (caderno, canetas, etc.) Par de coturnos extra
Kit limpeza de armamento para: cal. 5,56 (c/ cordelete), cal.12 e pistola Calça tática extra
Escova e graxa para coturno Par de luvas de raspa
Lençóis e cobertor de solteiro e fronha, todos na cor preta Canivete multifunção
Travesseiro Protetor intra auricular extra
Toalha de banho na cor preta Mochila preta para transporte de objetos pessoais em áreas externas
Material de higiene pessoal Material para lavar roupa e equipamentos (sabão, escova, balde, etc.)
Mala ou bolsa com cadeado para guarda de objetos de valor Extensão para energia elétrica
Cadeado para armário de aço Computador portátil ou tablet para estudos
Touca de natação em tecido na cor preta (apenas para as mulheres) Normógrafo para desenho de letras e números 30-20-10 mm
Top de sustentação na cor preta (apenas para as mulheres) Par de joelheiras (cor preta)
Bermuda térmica na cor preta Fita isolante
Capa tática com bolsos para carregador de fuzil cal. 5,56 na cor preta Caneta preta para tecido
Telefone celular (smartphone)
Óculos de proteção com lente incolor
Protetor intra auricular
Chinelo de dedo na cor preta
Protetor bucal
Kit costura c/ linhas (preta e caqui), agulhas, tesoura, alfinetes e fita métrica)
Lanterna tática
Obs: Todo material que o candidato levar para o XV COCD deverá, quando aplicável, ser identificado com o nome funcional.

Rodovia SC 401, Km 2,3 - Bairro Vargem Pequena , Florianópolis / SC , CEP 88052-401 Telefone: (48) 2106-1200 - E-mail: @fax_unidade@

Referência: Processo nº 08812.000400/2019-91 SEI nº 17825111

https://sei.prf.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=iframe_documento_visualizar&id_publicacao_legado=&id_documento… 15/15