Você está na página 1de 10

Custo de Capital Geral

A Taxa de Desconto para se Chegar ao VPL

VPL

O VPL de um projeto é a soma dos valores presentes dos fluxos de caixa descontados a uma taxa de desconto subtraída do investimento inicial

Fluxos de Caixa

• Os fluxos de caixa que estimamos são os que irão pagar todos os financiadores da empresa.

• Por exemplo, este fluxo pode ser o EBITDA (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização). Uma espécie de lucro operacional ajustado.

Taxa de Desconto

• Deve refletir o risco do projeto analisado

• Caso o projeto seja de risco típico da empresa, a taxa de desconto usada pode ser o custo médio ponderado de capital.

• O custo médio ponderado de capital reflete o custo das diversas fontes de financiamento da empresa segundo a sua importância.

Por que o WACC?

• Se os projetos de ativo da empresa constituem uma certa classe de risco, então o custo dos itens de financiamento da empresa (passivo mais PL) reflete o retorno esperado pelos ativos, consistente com seu risco.

Usando o conceito de carteiras

D E E ( R ) = × E ( R ) × (1 −
D
E
E
(
R
)
=
×
E ( R
)
×
(1
T
)
+
× E R
(
)
a
D
E
V
V

• Onde D é o valor de mercado da dívida, E é o valor de mercado do capital acionário (PL),

V=D+E, é o valor de mercado dos ativos, e R a é o

retorno dos ativos, R

R

IR é T.

D

é o retorno esperado da dívida e

E

é o retorno esperado pelos acionistas. A alíquota de

O WACC sempre é a taxa de desconto?

• Não.

• O WACC só pode ser emprega como a taxa de desconto quando o risco do projeto for similar ao risco dos ativos existentes.

• Quando isso não ocorrer, há que se procurar outra taxa compatível com o risco do projeto novo.

Como Chegar ao WACC?

Um enfoque gráfico

Custo de Capital de Terceiros (YTM)
Custo de Capital
de Terceiros
(YTM)
Custo de Capital de Terceiros (YTM) Custo de Capital do Acionista diversificado (Modelo de Fatores)
Custo de Capital
de Terceiros
(YTM)
Custo de Capital
do Acionista
diversificado
(Modelo de
Fatores)
Custo do
Capital
Próprio
Estimativa do
Custo de
Capital do
Acionista por
Fluxo de Caixa
ou Múltiplos
Custo de Capital de Terceiros (YTM) Custo de Capital do Acionista diversificado (Modelo de Fatores)
Custo de Capital
de Terceiros
(YTM)
Custo de Capital
do Acionista
diversificado
(Modelo de
Fatores)
WACC
Custo do
Capital
Próprio
Estimativa do
Custo de
Capital do
Acionista por
Fluxo de Caixa
ou Múltiplos
Custo de Capital de Terceiros (YTM) Custo de Capital do Acionista diversificado (Modelo de Fatores)
Custo de Capital
de Terceiros
(YTM)
Custo de Capital
do Acionista
diversificado
(Modelo de
Fatores)
WACC
Custo do
Capital
Próprio
Valor
Estimativa do
Custo de
Capital do
Acionista por
Fluxo de Caixa
ou Múltiplos
Fluxos de caixa
operacionais
do projeto

WACC

• O WACC representa o custo de capital da empresa, usando a meta, a valores de mercado, de sua estrutura de capital como pesos

• É uma média ponderada do custo médio do capital de terceiros e do custo de capital próprio

• A ponderação é a meta para a fração do capital de terceiros e próprio estimada segundo os valores de mercado do financiamento.

Exemplo

• O valor de mercado do capital de terceiros é de R$415 milhões e o valor de mercado do capital próprio é de R$900 milhões

• Assim, o valor de mercado da estrutura de capital é R$1.315

• O capital de terceiros corresponde a 31,6% e o capital próprio a 68,4%

• suponha que a empresa está no seu nível ideal de endividamento

Capital Próprio

• Se o custo estimado do capital acionário é de 41,6% e

• Se o custo do capital de terceiros médio antes do IR é de 36,1%

• Se a alíquota do IR é de 34%, então

• O WACC é:

0,316 x (1-34%) x 36,1% + 0,684 x 41,6% = 36%

WACC e Risco ( De novo!)

• O WACC reflete o projeto cujo risco é similar ao risco da empresa como um todo

• Se o projeto é mais ou menos arriscado que o projeto típico da empresa, não se deve usar o WACC

• Usar uma única taxa para projetos de riscos diferentes leva à aceitação de maus projetos mais arriscados e à rejeição de bons projetos menos arriscados

Enfoque Subjetivo

• Como ajustar o WACC ao risco?

– Buscar empresas simples cujo negócio tenha risco similar ao do projeto analisado (aposta simples ou pure play)

– Ajustar empiricamente o WACC para cima ou para baixo por um fator arbitrário ou fudge factor (não é muito recomendado)

– Calcular o retorno esperado do negócio a partir de unidades de negócios específicas de outras empresas (melhor enfoque)

Empresas Multi-Divisionais

• Empresas formadas por vários negócios, de risco diferentes, deverão estimar o custo de capital de cada divisão

• O WACC dessas empresas refletirá uma média dos diversos negócios em diferentes classes de risco e terá pouco significado

• Pode-se usar o enfoque subjetivo, o enfoque da aposta simples, ou um enfoque estatístico para estimar o custo de capital de divisões

Final da Apresentação

Ricardo P. C. Leal rleal@ufrj.br ricardoleal.wikispaces.com