Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE


NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA – CESP/2019

AVALIAÇÃO ESCRITA INDIVIDUAL

COMPONENTE CURRICULAR: MODELOS DE ATENÇÃO À SAÚDE

DISCENTE: ____________________________________________________________________________________ DATA: _____/_____/_______.

Explorando o texto: Modelos de Atenção à Saúde no SUS: transformação, mudança ou conservação?

TEIXEIRA, C.F; VILASBÔAS, A.L.Q. Modelos de Atenção à Saúde no SUS: transformação, mudança ou conservação? In: PAIM, J.S.; ALMEIDA-FILHO, N. (org.). Saúde
coletiva: teoria e prática. 1 ed. Rio de Janeiro: MedBook, 2014, p. 287-301.

PARTE 1 – Faça uma releitura minuciosa do texto acima referenciado e responda às questões:

1. Quais as definições de modelos de atenção à saúde que são apontadas pelas autoras? Qual delas você considera a mais abrangente e adequada à
realidade brasileira?

2. Preencha o quadro-síntese abaixo, identificando:


- Para os modelos de atenção à saúde hegemônicos: o contexto histórico, as características organizacionais, o período de vigência e as medidas
governamentais que contribuíram para o seu fortalecimento;
- Para as propostas de mudança no modelo de atenção: o contexto no qual surgiram, as bases conceituais e as características organizacionais.
PARTE 2 – QUADRO-SÍNTESE SOBRE OS MODELOS DE ATENÇÃO À SAÚDE – Preencha com informações advindas da consulta ao material de base

A) MODELOS DE ATENÇÃO HEGEMÔNICOS

Medidas governamentais
MODELO DE ATENÇÃO Contexto histórico Características organizacionais Período de vigência que contribuíram para seu
fortalecimento

Modelo médico-assistencial
hospitalocêntrico

Modelo sanitarista

B) PROPOSTAS DE MUDANÇA NO MODELO DE ATENÇÃO

PROPOSTAS DOS MOVIMENTOS


IDEOLÓGICOS DE REFORMA EM Contexto no qual surgiu Bases conceituais Características organizacionais
SAÚDE

Medicina preventiva, comunitária e


familiar (mudanças na organização
da prática médica)

Promoção da saúde, “nova” saúde


pública e determinantes sociais de
saúde (mudanças na forma de
intervenção do Estado sobre os
problemas e necessidades de saúde
da população)
PROPOSTAS REDEFINIDAS E/OU
Contexto no qual surgiu Bases conceituais Características organizacionais
ELABORADAS NO ÂMBITO DO SUS

Distritos Sanitários

Oferta organizada/ações
programáticas

Vigilância da saúde

Acolhimento/clínica ampliada

Saúde da família

Boa avaliação!

Profs. Lavínia Uchôa e Roberval Pinheiro.