Você está na página 1de 16

SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-1

SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

ÍNDICE

TANQUE DE COMBUSTÍVEL ....................................................................... 4- 2


REMOÇÃO ................................................................................................ 4- 2
INSTALAÇÃO............................................................................................ 4- 2
TORNEIRA DE GASOLINA ........................................................................... 4- 3
REMOÇÃO E INSPEÇÃO ......................................................................... 4- 3
FILTRO DE COMBUSTÍVEL ..................................................................... 4- 3 4
INSTALAÇÃO............................................................................................ 4- 3
CARBURADOR............................................................................................. 4- 4
CONSTRUÇÃO ......................................................................................... 4- 4
ESPECIFICAÇÕES ................................................................................... 4- 5
LOCALIZAÇÃO DO NÚMERO DO DIÂMETRO INTERNO ...................... 4- 5
SISTEMA DE MARCHA LENTA ................................................................ 4- 6
SISTEMA DO ENRIQUECEDOR ............................................................... 4- 6
SISTEMA PRINCIPAL ................................................................................ 4- 7
SISTEMA DA BOMBA DO ACELERADOR ............................................... 4- 8
SISTEMA DO AFOGADOR ........................................................................ 4- 9
SISTEMA DA BÓIA .................................................................................... 4- 9
REMOÇÃO ................................................................................................ 4-10
DESMONTAGEM ....................................................................................... 4-10
LIMPEZA ................................................................................................... 4-13
INSPEÇÃO ................................................................................................ 4-14
MONTAGEM .............................................................................................. 4-15
INSTALAÇÃO............................................................................................ 4-15
SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO ..................................................................... 4-16
QUADRO DO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO ......................................... 4-16
4-2 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

TANQUE DE COMBUSTÍVEL
REMOÇÃO
Remova o assento e as tampas laterais. ( 6-2)
Gire a torneira de gasolina para a posição “OFF”.
Desconecte a mangueira de combustível.

! ADVERTÊNCIA

Gasolina é altamente inflamável e explosiva.


Mantenha calor, faíscas, e chamas longe da gasolina.

Remova o tanque de combustível.

INSTALAÇÃO
Instale o tanque de combustível na ordem inversa da remo-
ção.
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-3

TORNEIRA DE GASOLINA
REMOÇÃO E INSPEÇÃO
Remova o tanque de combustível. ( 4-2)
Drene todo o combustível.
Remova a torneira de gasolina.

! ADVERTÊNCIA

Gasolina é altamente inflamável e explosiva.


Mantenha calor, faíscas, e chamas longe da gasolina.
Troque o O-ring removido para evitar vazamentos
de combustível.

Aperte os parafusos de fixação da torneira de gasolina com


o torque especificado.

Parafuso de fixação da torneira de combustível:


4,4 N·m (0,44 Kgf-m)

FILTRO DE COMBUSTÍVEL
Se o filtro de combustível estiver sujo com sedimentos ou oxi-
dação, a vazão de combustível diminui e pode ocorrer perda
de potência no motor. Limpe o filtro de combustível com ar
comprimido.

INSTALAÇÃO
Instale a torneira de gasolina na ordem inversa da remoção.
4-4 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

CARBURADOR
CONSTRUÇÃO

1 Tampa superior
2 Haste do pistonete
3 Pistonete
4 Conj. da alavanca do acelerador
5 Corpo do carburador
6 Coletor de admissão
7 O-ring
8 Giclê de ar de baixa
9 Giclê de ar principal
0 Giclê de ar
A Sensor de posição do acelerador
B êmbolo do afogador
C Mangueira
D Conjunto do enriquecedor
E Mangueira
F Mangueira
G Parafuso piloto
H Giclê de partida
I Difusor
J Giclê de baixa
K Giclê de alta
L Válvula de agulha
M Sede da válvula de agulha
N Pino da bóia
O Bóia
P Cuba
Q O-ring
R Parafuso de marcha lenta
S Conjunto da bomba de aceleração
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-5

ESPECIFICAÇÕES
ESPECIFICAÇÃO
ITEM DR-Z400 DR-Z400E
E-01 E-03, 28 E-01 E-03, 28
Tipo de carburador KEIHIN FCR39H ← ← ←
Diâmetro do venturi 39 mm ← ← ←
No. do diâmetro interno 29F0 29F1 29F3 29F4
Marcha lenta 1.800 ± 100 rpm ← ← ←
Altura da bóia 9,0 ± 1.0 mm ← ← ←
Giclê de alta (M.J.) #165 #142 #165 #142
Giclê de ar principal (M.A.J.) #200 ← ← ←
Agulha do pistonete (J.N.) OBDXP - 4ª ← ← ←
Difusor (N.J.) 2,9 mm ← ← ←
Giclê de marcha lenta (S.J.) #45 ← ← ←
Giclê de ar de baixa (S.A.J.) #60 ← ← ←
Giclê de ar (A.J.) #90 ← ← ←
Parafuso piloto (P.S.) 1 1/2 voltas p/ fora ← ← ←
Folga do cabo do acelerador 2 – 4 mm ← ← ←

E-01: Geral E-03: E.U.A. E-28: Canadá

LOCALIZAÇÃO DO No. DO DIÂMETRO IN-


TERNO
O carburador possui um número de diâmetro interno 1 im-
presso em seu corpo.

1
4-6 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

SISTEMA DE MARCHA LENTA


Este sistema fornece combustível durante o funcionamento do motor o pistonete 1 está completamente
fechado ou ligeiramente aberto. O combustível da cuba 2 é dosado pelo giclê de baixa 3 onde ele se
mistura com o ar proveniente do giclê de ar piloto 4. Esta mistura, rica em combustível, sobe através da
passagem piloto para o parafuso piloto 5. Uma parte da mistura é descarregada no furo principal através
das janelas de derivação (bypass) 6. A outra parte da mistura é dosada pelo parafuso piloto 5 e pulve-
rizada no furo principal através da saída piloto 7.

SISTEMA DO ENRIQUECEDOR
O sistema do enriquecedor está embutido no sistema de marcha lenta. Em funcionamento normal, ele
aproveita o ar da passagem de ar 8 pelo lado da admissão do carburador, que fornece a proporção
adequada da mistura ar/combustível. Quando o pistonete é repentinamente fechado, um alto vácuo, ge-
rado no furo principal, é aplicado no diafragma 9. A válvula 0 que interage com o diafragma 9 fecha a
passagem de ar 8, e deste modo, produz uma mistura de ar/combustível que é rica em combustível.
Através do controle do fluxo de ar no circuito piloto, este sistema é capaz de manter a combustão constan-
te variando a proporção da mistura ar/combustível.

Cabeçote

VÁCUO
AR
MISTURA AR/COMBUSTÍVEL
COMBUSTÍVEL
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-7

SISTEMA PRINCIPAL
À medida que o pistonete 1 abre, a rotação do motor aumenta e o vácuo no Venturi A aumenta.
O combustível na cuba 2 é dosado pelo giclê de alta 3. O combustível dosado entra pelo difusor 4, se
mistura com o ar admitido pelo giclê de ar principal 5, e forma uma emulsão.
O combustível atomizado então passa pela folga entre o difusor 4 e a agulha do pistonete 6, e é descar-
regado no Venturi A, no qual ele encontra o fluxo de ar principal que está sendo fornecido pelo motor.
A proporção da mistura é concluída no difusor 4. A folga pela qual o combustível atomizado deve fluir
depende da posição do sensor de posição do acelerador.

AR

MISTURA AR/COMBUSTÍVEL

COMBUSTÍVEL
4-8 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

SISTEMA DA BOMBA DE ACELERAÇÃO


Este sistema funciona apenas quando o condutor abre o acelerador rapidamente, fazendo com que a
bomba de aceleração envie a quantidade necessária de combustível para o carburador para corrigir a
proporção da mistura ar/combustível. Quando o condutor abre o acelerador rapidamente, o volume do ar
de admissão aumenta e a velocidade do ar no fundo do pistonete é lenta e o volume de sucção de
combustível é menor.
A haste do pistonete 1 empurra as hastes (2, 3), e a haste 4 gira e empurra a alavanca 5. A alavanca
5 empurra o êmbolo 6. Este êmbolo empurra o combustível para fora pelo tudo de saída 7, pulverizan-
do o combustível no Venturi.

COMBUSTÍVEL
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-9

SISTEMA DO AFOGADOR
Puxando o botão do afogador (enriquecedor), o combustível é admitido no circuito do afogador da cuba 1.
O giclê de partida 2 dosa o combustível, que flui pela passagem 3 e se mistura com o ar proveniente da
cuba. A mistura, rica em combustível, alcança o êmbolo 4 e se mistura novamente com o ar proveniente
da passagem 5 que se estende por trás do diafragma.
As duas misturas sucessivas de combustível com o ar fornecem a mistura adequada de ar/combustível
para a partida. Isso ocorre quando a mistura é pulverizada pela saída 6 no Venturi.

AR
MISTURA AR/COMB.
COMBUSTÍVEL

SISTEMA DA BÓIA
A bóia 1 e a válvula de agulha 2 estão associadas pelo mes-
mo mecanismo, ou seja, enquanto a bóia sobe ou desce a vál-
vula de agulha se move da mesma forma.
Quando o nível de combustível na cuba do carburador 3, está
alto, a bóia está em cima e a válvula de agulha permanece
pressionada para cima contra a sua sede. Sob estas condi-
ções, nenhum combustível entra na cuba.
À medida que o nível de combustível cai, a bóia desce e a
válvula de agulha se desaloja de sua sede para admitir com-
bustível para a cuba.
Desta maneira, a válvula de agulha, abre e fecha alternada-
mente para manter o nível de combustível da cuba pratica-
mente constante.

COMBUSTÍVEL
4-10 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

REMOÇÃO
Remova o tanque de combustível. ( 4-2)
Remova a tampa lateral (LE). ( 6-2)
Desconecte o conector do sensor de posição do acelerador.

Desconecte os cabos do acelerador.

Desconecte a mangueira da bomba do enriquecedor.

Solte os parafusos da braçadeira do carburador, e em se-


guida, remova o carburador.

DESMONTAGEM
Remova as mangueiras do carburador.
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-11

Remova primeiro a porca de fixação da válvula de ar 1, e


depois o parafuso de fixação 2 da válvula de ar, e finalmen-
te o conjunto da válvula de ar 3. (DR-Z400)
1

2
3

Remova o sensor de posição do acelerador.

Remova o conjunto da bomba de aceleração.

! CUIDADO
Troque o O-ring removido para evitar vazamentos de
combustível.

Remova o conjunto da bomba do enriquecedor.

! CUIDADO
Troque o O-ring removido para evitar vazamentos de
combustível.

Remova o botão do afogador.


Remova a tampa superior.
4-12 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

Remova o conjunto da alavanca do acelerador.

Remova o pistonete.

Remova o coletor de admissão.

! CUIDADO
Troque o O-ring removido para evitar vazamentos de
combustível.

Remova a cuba.

! CUIDADO
Troque o O-ring removido para evitar vazamentos de
combustível.

Remova o pino da bóia 1, a bóia 2, e a válvula de agulha 3.

2
1

3
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-13

Remova as seguintes peças.


1
1 Sede da válvula 6 Giclê de partida
2 Giclê de alta 7 Giclê de ar principal 2
3 Giclê de marcha lenta 8 Giclê de ar de baixa
4 Parafuso piloto 9 Giclê de ar
5 Difusor 6
NOTA: 3
Antes de remover o parafuso piloto 4, a sua regulagem deve
4 5
ser determinada. Gire o parafuso piloto lentamente em sentido
horário e conte o número de voltas até que ele encoste leve-
mente. Anote o número de voltas.
Ao montar o parafuso piloto, ajuste-o de acordo com o número
8

de voltas anotadas.
9
! CUIDADO 7
Não use um arame para limpar as passagens, nem a sede
de válvulas, e nem os giclês. Apenas ar comprimido.

LIMPEZA
! ADVERTÊNCIA

Algumas soluções para limpeza de carburador, especi-


almente aquelas onde o carburador é mergulhado, são
muito corrosivas e devem ser manuseadas com cuida-
do. Sempre siga as instruções do fabricante da solu-
ção quanto ao uso correto, manuseio e armazenamento.

Limpe todos giclês com um limpador de carburador do tipo


spray, e seque com ar comprimido.
Limpe completamente todos os circuitos do carburador - não
apenas a área percebida como problema. Preencha os cir-
cuitos do corpo do carburador com um limpador de carbura-
dor do tipo spray para permitir que as partículas de sujeira se
desprendam das suas paredes. Seque com ar comprimido.

! CUIDADO
Não use um arame para limpar giclês, sede de válvula
ou passagens. Se o componente não pode ser limpo
com um limpador de carburador do tipo spray, Use uma
solução para limpeza de carburador. Sempre siga as
instruções do fabricante da solução quanto ao uso
correto na limpeza de componentes de um carburador.

Após a limpeza, monte o carburador com O-rings novos.

! CUIDADO
Troque os O-rings removidos.
4-14 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

INSPEÇÃO
Inspecione os itens a seguir quanto a danos ou obstruções.
Caso encontre alguma irregularidade, troque a peça afetada.
Giclê de baixa Sede da válvula
Giclê de alta Agulha do pistonete
Giclê de ar principal Pistonete
Giclê de ar piloto 1 Giclê de partida (enriquecedor)
Giclê de ar piloto 2 O-ring
Furo de sangria do difusor Válvula de aceleração
Bóia Diafragma
Válvula de agulha Saída piloto e bypass

INSPEÇÃO DA VÁLVULA DE AGULHA


Se alguma partícula ficar entre a sede da válvula e a válvula,
a gasolina continuará a fluir para a cuba causando um trans- 109
bordamento da cuba. Se a sede e a válvula estiverem desgas-
tadas além do limite permitido problema similar irá ocorrer. Ao
contrário, se a válvula colar, a gasolina não fluirá para a cuba. CORRETO INCORRETO
Limpe a cuba do carburador e peças da bóia com gasolina. Se
a agulha estiver desgastada como mostra a ilustração, substi-
tua o conjunto válvula e sede. Limpe as passagens de com-
bustível da cuba com ar comprimido.

AJUSTE DA ALTURA DA BÓIA


Para verificar a altura da bóia, inverta o corpo do carburador,
com o braço da bóia livre, meça a altura A com um paquíme-
tro, enquanto o braço da bóia está apenas tocando a válvula
de agulha. A
Para trazer a bóia para a altura A conforme o especificado,
entorte a haste da bóia.
z
Ferr 09900-20101: paquímetro
;
DADOS
Altura da bóia A: 9,0 ± 1,0 mm

INSPEÇÃO DO SENSOR DE POSIÇÃO DO ACELERADOR


Meça a resistência entre os terminais, conforme a ilustração.
;
DADOS
Resistência do sensor de posição do acelerador: Bl Y
Aproximadamente 5 KΩ Ω

NOTA:
Ao fazer este teste, não é necessário remover o sensor de
posição do acelerador. B
SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO 4-15

MONTAGEM
Monte o carburador na ordem inversa da desmontagem. Pres-
te atenção aos seguintes pontos:

PARAFUSO PILOTO
Após a limpeza, instale o parafuso piloto 1 de acordo com
o ajuste original, girando-o para dentro até que encoste, e
depois voltando para trás o mesmo número de voltas conta-
das durante a desmontagem.
1 Parafuso piloto
2 Corpo do carburador

! CUIDADO Bl Y

Troque os O-rings removidos. Ω2 Ω1

INSTALAÇÃO DO SENSOR DE POSIÇÃO DO ACELERADOR


Instale o sensor conforme descrito abaixo. B
Meça a resistência Ω1 entre os terminais do sensor confor-
me a ilustração.
;
DADOS
Resistência do sensor de posição do acelerador Ω1 :
Aproximadamente 5 KΩ Ω

Meça a resistência Ω2 entre os terminais do sensor confor-


me a ilustração.
Abra totalmente a válvula de aceleração com a alavanca
do acelerador.
Posicione o sensor de posição do acelerador até que a re-
sistência Ω2 esteja entre 3,09 – 4,63 KΩ.
Quando a resistência Ω2 estiver dentro da especificação,
aperte os parafusos de fixação do sensor.
;
DADOS
Resistência do sensor de posição do acelerador Ω2 :

3,09 – 4,63 KΩ 4

Instale o conjunto da válvula de ar.


Aperte primeiro o parafuso 3 e depois aperte a porca 4.
(DR-Z400)
3

INSTALAÇÃO
Instale o conjunto do carburador na ordem inversa da remo-
ção. Após instalar o carburador no motor, faça os seguintes
ajustes:
Folga do cabo do acelerador ................................ 2-13
Marcha lenta .......................................................... 2-14
4-16 SISTEMAS DE COMBUSTÍVEL E LUBRIFICAÇÃO

SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO
QUADRO DO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO

Quadro (Tanque
FRAME de óleo)
(OIL TANK) CYLINDER WALL
Parede do cilindro
POSITION
Parte superior da biela
Ressaltos
IN & EX CAMADM FACE
e ESC CONROD SMALL END

OILFiltro
SUMP de FILTER
óleo
CAMde
Corrente CHAIN
comando
Mancais do eixo
CAMSHAFT comando
JOURNAL CONRODColo
BIGda
END
bielaBEARING

CYLINDER HEAD
Cabeçote CRANK
Pino PIN
do virabrequim

PISTON PIN
Pino do pistão CYLINDER
Cilindro
RIGHT CRANKSHAFT
Virabrequim (LD)

OIL HOSE
Mangueira de óleo PISTON JET
Giclê do pistão OILde
Giclê JET
óleo CRANKSHAFT RIGHT END
Extremidade do virabrequim (LD)

RIGHT CRANKCASE
Carcaça (LD) OIL de
Tubo PIPE
óleo

CHECK
Válvula de
RIGHT CRANKCASE
Carcaça (LD) OIL PUMP
Bomba de óleo
retenção
OIL
FiltroFILTER
de óleo CLUTCH
Tampa COVER
da embreagem
VALVE

BY-PASS
By-pass OIL de
Tubo PIPE
óleo

LEFTCarcaça
CRANKCASE
(LE)

COUNTERSHAFT LEFT
Rolamento do eixo
COUNTERSHAFT
Eixo motor
END BEARING
motor (LE)

OIL HOSE
Mang. de óleo CLUTCH
Discos de PRIMARY GEARS
Engr. primárias DRIVE GEARS
Engr. motoras
DRIVESHAFT LEFT
Rolamento do eixo
PLATES
fricção
END movido
BEARING(LE)

DRIVESHFT
Eixo movido

LEFTCarcaça
CRANKCASE
(LE) KICK IDEL
Engrenagem DRIVEN GEARS
Engr. movidas
GEAR
pedal partida
(DR-Z400)
(DR-Z400)

OILBomba
PUMPde óleo OIL SUMPde
Pescador FILTER
óleo
(FOR(retorno)
RETURN)

OIL PAN
Cárter