Você está na página 1de 2

Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

Centro Sócio Econômico – CSE


Disciplina: Administração Orçamentária
Turma: 08316 - Administração Noturno
Alunos: Ana Paula de Souza Moraes
Bruna Luiza Santos
Helton Peres
Layo Alves

ANÁLISE DE CENÁRIOS
De acordo com o que foi expressado nos artigos disponibilizados pelo professor
desta disciplina, Prospec e Dinâmica de Sistemas e Cenários, podemos perceber a
importância e relevância desta técnica de projeção aplicada nas administrações
atualmente.
Seguindo alguns passos que foram pontuados por ambos artigos, podemos
demonstrar a análise de cenários da empresa DryBaby, fabricante de fraldas
descartáveis do seguinte modo:

FATORES CONDUTORES
Políticos
1. Alteração na carga tributária para artigos de higiene pessoal

Social
2. Diminuição da taxa de natalidade brasileiras e catarinense
3. Aumento na cultura de fraldas do tipo “pull-up”
4. Aumento da preocupação ambiental

Ambiental
5. Diminuição/escassez da produção de petróleo (necessária para a fabricação do
plástico), aumento do custo de MP

Econômica
6. Globalização (difusão de marcas globalmente conhecidas)

Tecnológica
7. Tecnologia e produtividade para além da capacidade de expansão da empresa.

Todos os fatores acima foram considerados relevantes, de acordo com estudo


breve feito utilizando ferramentas de pesquisa da Internet.

Cenários plausíveis de acordo com os fatores condutores:


Cenário 1: Político-Social
Neste cenário, houveram alterações na carga tributária de artigos do setor de
higiene pessoal, diminuição da taxa de natalidade brasileira e catarinense e aumento da
preocupação ambiental.
Este cenário caracteriza-se por uma queda considerável na produção, pois a
carga tributária diferenciada fez aumentar o custo de fabricação das fraldas, a taxa de
natalidade reduzida diminuiu a população consumidora (bebês) e o aumento da
preocupação ambiental possibilitou a inserção de novos tipos de fraldas, com materiais
diferentes do plástico. Parte da população voltou inclusive a utilizar fraldas de pano,
como antigamente.
DECISÕES: Aqui é importante que a empresa analise diferentes possibilidades de
redução de impostos e esteja preparada para diminuir a produção ou até mesmo cessá-la.

Cenário 2: Social-Ambiental
De acordo com estas prospecções, a taxa de natalidade reduzida diminuiu a
população consumidora (bebês) e o aumento da preocupação ambiental possibilitou a
inserção de novos tipos de fraldas, com materiais diferentes do plástico. Isto também
ocorreu devido a escassez apresentada na matéria-prima do plástico, o petróleo. Com
fontes de energia alternativas, esta matéria encareceu demasiadamente e fez com que a
população de compradores a encarasse com “maus olhos”.
DECISÕES: Neste cenário, a organização deverá estar atenta para a fabricação de
outros tipos de fraldas, feitas inclusive com outros materiais, afim de atingir a
população consumidora preocupada com o meio ambiente.

Cenário 3: Econômica-Tecnológica-Ambiental
Neste cenário, a globalização vence a produção local. Com marcas
mundialmente conhecidas pela população consumidora, a inserção de novas (e caras)
tecnologias, torna a produção local muito cara e pouco vantajosa. As novas tecnologias
também podem surgir da necessidade do consumo de outras fontes de matéria-prima
que não o petróleo.
DECISÕES: Novamente surge a necessidade da organização de avaliar o mercado
constantemente, ficando atenta às movimentações da concorrência e surgimento de
novas tecnologias. O fator ambiental tem sido bastante motivador na alteração de
decisão de consumo da população atual e provavelmente futura.