Você está na página 1de 7

O 10º MANDAMENTO

NÃO COBIÇARÁS

Cobiçar é desejar impacientemente aquilo que outra pessoa tem. É ficar


triste porque o outro tem o que você não tem.

ANTES DE COMEÇAR...

Como esta é uma história Legal Demais! Você também vai


precisar de moedas de cinco e de dez centavos (uma para
cada criança; podem ser moedas de qualquer valor, desde
que diferentes) e um brinde, como por exemplo, um chaveiro,
um pequeno ímã, uma canetinha ou lápis diferente, etc.
Separe as moedas de acordo com os valores e os brindes
em três saquinhos de papel, respectivamente. Nesta história
bíblica sobre a ocasião em que Esaú negociou seu direito
de primogenitura com Jacó, as crianças vão decidir se querem
trocar de brindes ou, estando satisfeitas, ficam com o que já
têm. Para iniciar a lição, entregue a moeda de menor valor
para cada criança. Durante a história, quando Esaú decide
negociar a benção do pai e seu direito de primogenitura por
um prato de cozido, as crianças decidirão se querem manter
suas moedas ou se vão trocar por outra mais valiosa. Muitos
vão querer trocar, porém acabarão descobrindo que as
moedas menores são mais valiosas! A lição, retirada da
história bíblica fará com que as crianças percebam que os
tesouros que Deus nos dá não devem ser trocados nem
desperdiçados, pois as consequências serão bem ruins.

HISTÓRIA

Esconda o saquinho de brindes. Coloque os dois saquinhos de


moedas ao seu lado e mande as crianças se sentarem em
círculo no chão. (Não vá se esquecer do que há em cada
saquinho.) Sacuda o que tem as moedas de menor de valor e
diga:  Neste saquinho há um tesouro para cada um de vocês.
O que vocês acham que é?
Dê um tempo para que compartilhem suas idéias e depois
distribua as moedas, uma para cada criança. Diga: Vocês
acham que esse tesouro vale muito? Bem, mais tarde vocês
terão que fazer uma escolha, vocês podem ficar com
essa moeda ou trocar por outra maior! Espalhe as moedas do
segundo saquinho (de maior valor) no meio do círculo. Nossa
história bíblica de hoje é sobre um homem chamado Esaú,
que teve de escolhe entre manter o que era seu por direito de
nascimento ou trocar por algo que ele achava ser mais
valioso. Quando chegarmos no ponto da história em que Esaú
faz sua escolha, vocês também vão escolher o que querem
fazer.
Conte a história de como Esaú trocou seu direito de
primogenitura com seu irmão, Jacó, por um prato de
cozido, de acordo com Gênesis 25.29-34. Diga: Era uma
vez dois irmãos. Um se chamava Esaú e o outro Jacó.
Eles eram gêmeos, mas Esaú um pouquinho mais velho
porque nasceu primeiro. Bem antigamente, o filho mais
velho não só recebia uma benção especial do pai como
também a maior parte das riquezas da família. Isso se
chamava "direito de primogenitura". Era um direito
muito valorizado. Esaú nasceu primeiro, portanto o
direito de primogenitura era dele - mas isso era uma
coisa que Jacó desejava muito. Um dia, Jacó estava
cozinhando um delicioso prato de carne quando seu
irmão mais velho chegou do trabalho. "Estou com
muita fome"!, disse Esaú. " Me dê um pouco dessa
comida maravilhosa!". Jacó respondeu: " Eu dou... se
vocês me passar seu direito de primogenitura. Vamos
fazer uma troca - este cozido por seu direito de filho
mais velho!" . Esaú tinha uma escolha a fazer. Faça
uma pausa e diga: Vocês também! Peça para as
crianças decidirem se desejam trocar suas
moedas. Faça uma pilha com as moedas de menor
valor, se as crianças desejarem trocar.
Quando todos tiverem feito suas escolhas, continue a
história. Esaú tinha uma escolha a
fazer. Naquele momento, ele estava com muita fome!
De que lhe serviria o direito de primogenitura no
futuro, se ele não tivesse o que comer agora? Além
disso, Esaú não dava muito valor ao seu direito -
achava que não fazia diferença nenhuma. Assim, ele
trocou sua benção e o direito de primogenitura por um
prato de cozido! Algum tempo mais tarde, Esaú se
arrependeu muito de ter feito a troca e aprendeu que
Deus nos dá coisas valiosas que devem ser estimadas,
e não jogadas de lado. Foi assim que Deus abençoou
Jacó e ele se tornou o pai da nação de Israel!

Diga: Incrível! Esaú trocou o que ele achava que não


valia nada - mas certamente era valioso. Vamos pensar
um pouco nas trocas que vocês fizeram.

PARA SEMPRE NA MEMÓRIA 

Peça que as crianças mostrem suas moedas, e pergunte:

Alguém decidiu fazer a troca? Por quê?

 O que faz uma coisa parecer mais valiosa que outra?

 Nós sempre enxergamos o valor de uma benção de Deus no


momento em que a recebemos? Explique.

Diga: Esaú não percebeu o valor de sua benção e do direito


de primogênito na hora da fome. Estava obcecado pelo que
queria naquele momento. Mas nós queremos aprender a
valorizar o que Deus nos dá, ou providencia para nós.
Queremos considerá-las um tesouro. Vamos ver o que a Bíblia
diz sobre valorizar o que Deus nos dá.
Leia em voz alta Provérbios 15.6a e Mateus 7.6. Depois diga: A Palavra de
Deus nos ensina que o Senhor tem muitos tesouros em estoque para nós
quando somos fiéis a Ele e o amamos. Quando recebemos Seus tesouros e
somos abençoados, não devemos desperdiçar essas bênçãos. Do contrário,
teremos grandes problemas no futuro! Devemos segurar com firmeza o que
Deus nos oferece, agradecer-lhe o que nos tem dado! Quem ficou com as
moedas do início? Elas eram mesmo o maior tesouro!
Dê um brinde para cada criança que não quis trocar sua
moeda de menor valor. Diga: Vocês enxergaram um tesouro
nas moedas de pequeno valor, mesmo que os outros não as
vissem assim - exatamente como Jacó enxergou o direito de
primogenitura de Esaú, mesmo que este não
enxergasse. Mas agora, como todos vocês sabem que temos
um tesouro nas bençãos de Deus, todos nós somo
vencedores! Dê brindes para todas as crianças.
Orem juntos agradecendo a Deus por suas ricas bençãos e peçam sua
ajuda para que todos consigam de apropriar do que Deus nos dá para
servi-lO e amá-lO mais. Se houver tempo, cantem "Grandioso és Tu".

DIVERSÃO EXTRA

Junto com as crianças, prepare um prato de vegetais com carne cozida. Traga
de casa um pouco de carne, batatas, cenoura e vagens já cozidas. Peça que as
crianças piquem e misturem tudo. Coloque os ingredientes nuca panela e
acrescente massa de tomate ou tomate picado. Depois de aquecida, sirvam
a refeição para outra classe, e ao compartilhar essa "gostosura", lembre às
crianças de que devem tratar com carinho e apreciação as bençãos de Deus. 

LEMBRANCINHA