Você está na página 1de 3

Os 9Cs de alta performance

Com base em sua experiência como gestor de equipes de alta performance e estudioso das
dinâmicas de grupo à época de professor do MBA da Fundação Dom Cabral e IBMEC, bem
como da relação dos conceitos com o mundo corporativo, Cadu Lemos desenvolveu os “9Cs”
de alta performance.

Trata-se de uma “mandala” com nove pontos de referência que estabelece comportamentos,
atitudes e competências que uma equipe disciplinada deve ter para se tornar bem sucedida.
São eles:

- Comunicação: de cima para baixo e vice-versa, fluida e transparente, com grande


possibilidade de se construir um ambiente onde haja...

- Confiança: um dos pilares mais importantes. Deve-se confiar em si, no colega, no ambiente,
para que se caminhe rumo ao...

- Compromisso: de forma mútua e entre todos os integrantes, para que se chegue à...

- Colaboração: em vez da competição interna, comportamento comum na maioria das


empresas atualmente, todos serão beneficiados se houver a cooperação entre os integrantes.

- Conquista: se torna mais fácil se o grupo age de acordo com os pontos acima. Toda
conquista leva à...

- Celebração: fundamental em equipes de alta performance, que estejam juntas para


comemorar as pequenas e as grandes conquistas, pois estreita os laços de comunicação de
forma genuína.

- Compartilhamento: de informações com outras áreas e equipes, para que diminua a curva
de aprendizado dos indivíduos e a empresa ganhe em escala.

- Continuidade / Correção: verificação do que deu certo e do que não deu dentro da
estratégia traçada, para eventual ajuste.

- Causa: “C” central da mandala, que faz toda a engrenagem rodar. Refere-se ao motivo e à
forma que fazem as coisas serem como são.
Cadu Lemos

Treinador e agente de mudanças altamente especializado na melhoria de


desempenho nas organizações através do desenvolvimento das pessoas, liderança e
integração das equipes, realizando workshops e vivências para grupos corporativos.
Atuou em agências de propaganda e marketing direto e de relacionamento nos grupos
Ogilvy & Mather e Young & Rubicam. Foi diretor de marketing de varejo do Banco
Nacional e Diretor de Serviços a Clientes do Grupo Vale Refeição. Criou e dirigiu a
Indicator Performance, divisão da Indicator Pesquisa de Mercado dedicada ao
diagnóstico de qualidade no atendimento a clientes, utilizando técnicas de satisfação
de clientes, brand equity e "mystery shop", o cliente misterioso. Foi Diretor de
Atendimento da Wunderman, braço de marketing de relacionamento do grupo Young
& Rubicam atendendo diretamente a clientes como IBM, BCP (Claro), C&A e SKY. Foi
Vice-Presidente da Associação Brasileira de Telemarketing. Palestrante internacional
é co-autor dos livros "Laboratório de Marketing" da Editora Nobel e “Dominando
Estratégias de Negócios” da Editora Prentice Hall. Articulista de alguns dos principais
veículos da área de marketing e comunicação.

Foi professor dos MBA’s da Fundação Dom Cabral e IBMEC, além de ministrar aulas de
marketing para a ESPM e FGV.

Cadu tem desenvolvido e integrado equipes com atividades pouco convencionais para
clientes como: YAHOO! VISA, Visanet, Banco ABN Real, Microsoft, Folha de São Paulo,
IBM, Pirelli, CTBC Telecom (Grupo Algar), Dixie Toga, Citibank, Rayovac, Alpargatas,
Accor Hotels, Votorantim, FIAT, Credicard, Redecard, Unibanco, Syngenta, VR entre
muitos outros.

Certificado em Customer Experience Management (CEM+™) pela ShaunSmith+Co.


Certificado em coaching com Eneagrama por David Daniels (Stanford) e Ginger Lapid
Bogda (PhD em Desenvolvimento Organizacional).

Fundador da Corporação Tribal.

www.cadulemos.com.br