Você está na página 1de 2

Enviar declaração de próprio punho sobre o motivo da não cobrança de IPTU.

Enviar fotocópia da escritura do imóvel.


O titular do imóvel deve estar relacionado em seu quadro de descrição familiar. Caso o
imóvel pertença a outra pessoa, que não more com você, enviar, também, original de declar
ação de próprio punho, esclarecendo a quem pertence o imóvel. A declaração deve ser datada,
assinada por você e por duas testemunhas, devendo conter, além das assinaturas, seus
nomes legíveis e respectivos números de CPF.
Enviar fotocópia das contas de energia elétrica dos meses de Indique a soma dos valo
res de consumo em kWh registrados nas contas de energia elétrica relativas aos mes
es de NOVEMBRO e DEZEMBRO de 2010 e JANEIRO de 2011.
O titular da conta deve estar relacionado em seu quadro de descrição familiar; caso
não esteja, enviar, também, original de declaração de próprio punho esclarecendo o motivo
da conta estar em nome de alguém que não resida com sua família. A declaração deve ser dat
ada e assinada pelo declarante e por duas testemunhas que não sejam da família. Deve
m ser indicados seus nomes completos e legíveis e respectivos números de CPF.
Para cada familiar ou pessoa que resida com você, enviar fotocópia do documento de i
dentificação, ou da certidão de nascimento ou de casamento da pessoa. Caso a pessoa re
lacionada não tenha parentesco algum com você, envie declaração de próprio punho explicand
o os motivos pelos quais ela mora com sua família. A declaração deve ser datada e assi
nada pelo declarante e por duas testemunhas que não sejam da família. Devem ser indi
cados seus nomes completos e legíveis e respectivos números de CPF.

Toda e qualquer renda deve ser declarada e comprovada: salário, tanto do emprego f
ixo como o temporário, biscate, auxílio-desemprego, programas sociais (cheque-cidadão,
bolsa-escola, por exemplo), pensão, mesada, recebimento de aluguel e qualquer out
ra renda.
Para o caso de renda variável, considere a média aproximada dos recebimentos dos últim
os três meses.
Documentos que devem ser encaminhados de acordo com cada fonte de renda declarad
a, do candidato e de todos os familiares e demais pessoas indicadas no quadro de
Descrição Familiar e Renda Bruta:
Empregado celetista: enviar fotocópia do contracheque mais recente e da carteira p
rofissional (folhas de identificação, folha de contrato e folha contendo a última atua
lização salarial).
Funcionário público: enviar fotocópia do contracheque mais recente.
Trabalhador autônomo: enviar fotocópia do comprovante mais recente de pagamento de a
utonomia e original de declaração de próprio punho especificando o tipo de atividade e
xercida e o rendimento médio mensal, além da cópia da carteira profissional (folhas de
identificação, folha relativa ao último contrato de trabalho e folha seguinte a esta)
. A declaração deve ser datada e assinada pelo declarante e por duas testemunhas que
não sejam da família. Devem ser indicados seus nomes completos e legíveis e respectiv
os números de CPF.
Trabalhador do mercado informal: enviar original de declaração de próprio punho especi
ficando o tipo de atividade exercida e o rendimento médio mensal, além da cópia da car
teira profissional (folhas de identificação, folha relativa ao último contrato de trab
alho e folha seguinte a esta). A declaração deve ser datada e assinada pelo declaran
te e por duas testemunhas que não sejam da família. Devem ser indicados seus nomes c
ompletos e legíveis e respectivos números de CPF.
Aposentado ou pensionista: enviar fotocópia do comprovante oficial mais recente qu
e contenha o nome da pessoa relacionada como beneficiária e o valor do benefício. Não
será considerado documento que contenha, apenas, o valor do saque e/ou saldo dispo
nível.
Outras (pensão alimentícia, auxílio-desemprego etc.): como toda e qualquer renda deve
ser declarada e comprovada, enviar fotocópias também de comprovantes ou declarações de r
endimentos advindos de auxílio-desemprego, programas sociais (cheque-cidadão e bolsa
-escola, por exemplo), pensão. Enviar original de declaração de próprio punho especifica
ndo a situação e o rendimento médio mensal. A declaração deve ser datada e assinada pelo d
eclarante e por duas testemunhas que não sejam da família. Devem ser indicados seus
nomes completos e legíveis e respectivos números de CPF.
Documentos que devem ser encaminhados do candidato e de todos os familiares e de
mais pessoas declaradas como - sem renda / desempregado - no quadro de Descrição Fam
iliar e Renda Bruta:
Sem registro formal de emprego: enviar original de declaração de próprio punho atestan
do o fato e especificando a renda de trabalhos eventuais ou de ajuda financeira
de terceiros. A declaração deve ser datada e assinada pelo declarante e por duas tes
temunhas que não sejam da família. Devem ser indicados seus nomes completos e legíveis
e respectivos números de CPF.
Ex-celetista: enviar, além da declaração, cópia da carteira profissional (folhas de iden
tificação, folha relativa ao último contrato de trabalho e folha seguinte a esta).
Ex-funcionário público: enviar, além da declaração, cópia do comprovante da data de exonera

===================================================================

3 O Requerimento de Isenção e a documentação comprobatória de cada candidato deverão ser


postados em qualquer agência dos Correios, na modalidade carta registrada, e encam
inhados ao
Departamento de Seleção Acadêmica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro
DSEA/UERJ, localizado na rua São Francisco Xavier, nº 524, 1º andar, bloco F, sal
a 1141,
Maracanã, Rio de Janeiro, CEP 20550-013, no período previsto no calendário em anexo.