Você está na página 1de 7

Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano

Inércia ou 1° Lei de Newton

 Def prática: resistência a ação ou à mudança

 Def. mecânica: é de resistência à aceleração. É a


tendência de o corpo manter seu estado atual de
movimento seja parado ou movimentando – se com
velocidade constante.

 A inércia não possui unidade de mensuração, porém a


quantidade de inércia que um corpo possui é diretamente
proporcional à sua massa.

 Quando mais maciço for à maior será sua tendência em


manter seu estado de movimento e mais difícil será
romper esse estado

1
2° Lei

 “A taxa de variação de quantidade de movimento


linear é proporcional à força aplicada, e na direção em
que a força age".

F= m.a

3° lei - Ação e Reação

"Para cada ação existe sempre uma reação com


mesmo módulo de intensidade e direção, mas com
sentido contrário"

Massa: É a quantidade de matéria que compõe um corpo

Peso: É definido como a quantidade de força gravitacional


exercida sobre um corpo.
P = ma
Força: Pode ser considerada como um impulso ou uma
tração agindo sobre um corpo
 Força sobre o corpo:
– Peso
– Atrito
– resistência

2
Centro de Gravidade

 O centro de gravidade ou centro de massa de um corpo é


o ponto ao redor do qual o peso de um corpo está
igualmente equilibrado, independentemente da maneira
como o corpo está posicionado

Pressão: É definida como força (F) distribuída por


determinada área (A).

P=F
Unidade=N/cm2
A

Obs.: A pressão exercida pela sola de um sapato sobre o


assoalho debaixo dele é o peso corporal apoiado sobre o
sapato dividido pela área superficial entre a sola do sapato e
o assoalho.

Exercício

1 – Se uma balança mostra que um indivíduo possui massa


de 68 kg, qual é o peso desse indivíduo?

P = ma
P= 68. 9,81
3
P=667 N

 Qual é a massa de um objeto que pesa 1.200 N?

P=ma
1.200=m.9,81
1.200=m
9,81
m=122,32

Volume: É a quantidade de espaço que ele ocupa.


– Três dimensões
 Largura
 Altura
 Profundidade

Exemplo: É melhor ser pisado por uma mulher que use um


sapato de salto fino ou um de sola lisa e salto baixo? Se a
mulher pesa 556N, a área superficial do salto fino (Af) é
4cm2 e a área superficial do salto baixo (Ab) é de 175 cm2 ,
qual a pressão exercida por cada sapato?

P = 556N
Af = 4 cm2
Ab = 175 cm2
Pressão = F
A

A) Para salto fino


4
Pressão = 556 = 139 N/cm2
4

B) Para salto baixo


Pressão = 556 = 3,18 N/cm2
175

Densidade: É definida como massa por unidade de volume.

 Densidade = massa
volume

Torque: O efeito rotatório criado por uma força excentrica é


conhecido como torque (T) ou momento da força.

T = Fd

à T é produto da força (F) e da distância (d) perpendicular


que vai desde a linha de ação da força ao seu eixo de rotação

Impulso: O produto da força pelo tempo é conhecido como


impulso

Impulso = F. t

Carga mecânica agindo sobre o corpo humano

 Compressão
– Pode ser interpretada como força de esmagamento
5
 Tensão
– Força de tração
 Cisalhamento:

– Deslizmento à paralela ou tangencialmente a uma

superfície
 Causa:
– Deslizamento
– Deslocamento
– Cisalhamento de uma parte do objeto em relação à
outra parte desse objeto

Estresse Mecânico

Como a força se distribui:

=
A quantidade de estresse mecânico criado por uma força está
relacionada inversamente ao tamanho da área sobre a qual a
força se propaga

Inclinação: Carga assimétrica que produz tensão em um dos


lados do eixo longitudinal de um corpo e compressão no
outro lado

6
Carga de torção: Carga que produz rotação de um corpo ao
redor de seu eixo longitudional

Efeito das Cargas

 Dois efeitos potenciais:


– Aceleração
– Deformação

Carga pequena à deformação à retorno ao normal


Carga grande à deformação à não retorno ao normal

 Materiais mais rígidos < deformação


 Ponto de cessão ou limite elástico: quando ultrapassa o
ponto, a resposta será plástica, o que significa que algum
grau deformação é permanente.
– Ex: músculo

 As deformações que ultrapassam o ponto definitivo de


falha produzem:

Falência

Fratura
Lesão tec. moles
ossea