Você está na página 1de 9

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE

CURSO DE PEDAGOGIA – 2011/1


DISCIPLINA: 8647 – ESTÁGIO SUPERVISIONADO III (EDUCAÇÃO
INFANTIL
DOCENTES: MIROZETE IOLANDA VOLPATO HANOFF
GISLENE CAMARGO DASSOLER
ACADÊMICA: LEONILDA APARECIDA BRAVO

PROJETO INTERDISCIPLINAR

1. IDENTIFICAÇÃO

Escola: E.M.E.I.E.F.PADRE PAULO PETRUZZELIS - BAIRRO DA JUVENTUDE


Endereço: Rua Cônego Aníbal Maria Di Francia- Bairro Pinheirinho
Município: Criciúma
Turma: Berçário II
Nº de alunos: 12
Profª. Titular: Priscila Shneider de Oliveira
Acadêmica: Leonilda Aparecida Bravo

2. TEMA

Uma viagem à casa da imaginação

3. OBJETIVO GERAL

Promover a literatura infantil, desenvolvendo por meio da interação com


os livros de forma criativa, alegre, descontraída e dinâmica. Enriquecendo as
atividades pedagógicas, abrindo as portas da imaginação infantil, levando a
criança para um mundo mágico, maravilhoso, repleto de carinho, ternura e
suspense.
4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

• Reconhecer-se como um sujeito importante que possui hábitos de leitura


pessoal;
• Desenvolver a linguagem oral;
• Trabalhar os valores éticos e morais;
• Exercitar a coordenação motora ampla e fina através das atividades da
rotina da sala, além de servir como base de interação com os livros;
• Reconhecer valorizando a quantidade dos livros e outros objetos que
fazem parte da brincadeira da criança;
• Perceber a importância da leitura no nosso dia a dia;
• Equilibrar-se em diferentes situações de forma coordenada a fim de
desenvolver seu desempenho;
• Vivenciar a diversidade dos sons, percebendo os ritmos e as pausas;
• Valorizar atitudes de ajuda e colaboração; compartilhando suas vivências
imaginárias;
• Adotar hábitos de auto cuidado, valorizando as atitudes relacionadas com
a higiene, material escolar;
• Participar de situações que envolvem a relação com o outro;
• Propiciar momentos de aprendizagem durante a linguagem oral e escrita;
• Manusear diversos livros de literatura;
• Ouvir contos para entenderem as regras e hábitos de aprendizagem;
• Conhecer a importância de ler e ouvir histórias;
• Desenvolver a imaginação, promovendo o desenvolvimento lingüístico;
• Desenvolver aptidão para escutar, despertando o desejo de ler e
expressar-se.
• Desenvolver sentimentos, emoções e pensamentos;
• Participar de brincadeiras, imitações e dramatizações por meio das quais
possam representar o que vivenciam e sentem com o próprio corpo ou
manipulando objetos;

5. JUSTIFICATIVA

Segundo Oliveira (1996, p.27) afirma que:

A literatura infantil deveria estar presente na vida da criança


como está o leite em sua mamadeira. Ambos contribuem para
o seu desenvolvimento. Um, para o desenvolvimento
biológico e o outro, para o desenvolvimento psicológico, nas
suas dimensões afetivas e intelectuais.

Observando a realidade da educação infantil, percebeu-se que é


necessário que as crianças de um ano a dois anos vivenciem as histórias estas
que levam ao encantamento e divertimento do gosto e necessidade de histórias;
estimulando sua inteligência, promovendo a socialização, enriquecendo seu
vocabulário, linguagem, imaginação, memória e atenção; desenvolvendo sua
sensibilidade e ao mesmo tempo aumentando seu interesse pelos livros. As
histórias transmitem mensagem e facilitam o aprendizado de regras e a criação
de hábitos. Assim, trabalhar a literatura infantil de forma permanente favorece as
crianças a formação de melhores leitores e apreciadores do universo literário.
Este projeto é pertinente, desde o berçário, pois quanto mais cedo à criança
entra em contato com os livros, melhor será seu desenvolvimento.
Este projeto pretende mostrar que a brincadeira literária é essencial
para a rotina do dia a dia na vida da criança em sociedade.
Ao vivenciar momentos de interação acerca dos bons hábitos de
leitura, compreenderão de forma mais clara e objetiva o seu papel no espaço
imaginário. Sendo comportamentos que são necessários para que o respeito
mútuo se dê de uma forma mais harmoniosa.
Estará envolvida neste projeto a turma da educação infantil do
Berçário II com as Professores, Estagiárias, itinerantes bem como a Escola
como um todo.

6 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

16/05/11

Primeiro dia - As crianças em roda conversaram e a estagiária fará a


intervenção ouvindo-as como foi o final de semana. Após construiremos a casa
da imaginação (uma tenta colorida de TNT com as cores primárias); ouviremos a
historinha da “A CABRITINHA BEBÊ” contarei através das figuras e questionarei
as crianças com um diálogo e balbuciando sobre a própria história. Perguntas
como: O que aconteceu? Quem era...? Por que aconteceu...? O que vai
acontecer agora?
Deixar as crianças brincarem dentro e fora da cabana; observando-as
cada gesto, expressões orais, imaginações etc.

17/05/11

Segundo dia - Fortalecendo o desenvolvimento e conscientizando, a


estimulação sobre a higiene pessoal, por meio da história “Tita a Tartaruga” que
contarei durante a troca das fraldas. O Vídeo do Castelo do Rá Tim Bum
“Tomando Banho” fortalecerá a conscientização dos bons hábitos de higiene
como a escovação dentária.

18/05/11

Terceiro dia - As crianças antes de jantarem vão brincar com caixinhas


coloridas onde as mesmas terão as formas geométricas. Com uma folha
xerocada em branco irão colar revistas coloridas no casco da tartaruga com as
formas geométricas recortadas pela a estagiária. Esta atividade demonstrará o
conhecimento metodológico e será colocada em exposição.

19/05//11

Quarto dia - Dentro de uma caixa tátil, junta tudo: texturas, tamanhos
diferentes, folhas de mato, e assim por diante. Manipulando os objetos deixar as
crianças interagirem;

20/05/11

Quinto dia - Valorizando o texto visual e para maior colaboração,


compartilharemos a construção do jogo quebra cabeça montando uma
historinha a cada figura retirada de uma caixa. Em seguida pedirei que
cantem uma música qualquer durante a montagem do texto feito por eles
mesmos com a ajuda da estagiária. Esta história será colada em uma
cartolina.

23/05/11

Sexto dia - Contarei uma história para o incentivo a leitura e valorização


dos valores éticos e morais; conhecendo, respeitando e utilizando algumas
regras elementares de convívio social;

24/05/11
Sétimo dia - Expressão plástica através de técnica de modelar com
massinhas para articularem os movimentos motores. Estarei colocando o vídeo
da Galinha pintadinha para estimular a linguagem e a concentração.

25/05/11

Oitavo dia - Retomar as brincadeiras e avaliação dos alunos durante os


onze dias em sala de aula.

ALGUMAS OBSERVAÇÕS

 Durante a regência de sala as crianças continuarão com as rotinas dentro


do tema que será abordado pela a estagiária e junto dos demais
profissionais da sala do berçário II;
 Cantigas infantis: meu lanchinho, vejam só que interessante; dona
macaca, nesta rua, meu peixinho...
 Cantigas de ninar com CD;
 Descobrindo o mundo por meio da brincadeira “esconde-esconde”;
 Brincando de roda na sala e na rua sempre que o tempo esteja bom, pois,
tem espaço que oferece segurança para andar, correr e brincar;
 No parque caça tesouro;
 Brincando dentro da piscina com barquinhos;
 Berço feito de caixa para a criança cuidar do neném e ela própria estar
utilizando para dormir; sendo que esta caixa servirá de carrinho;
 Outros

AVALIAÇÃO
A avaliação será processual e diagnosticada no decorrer de todo o
período de estágio, onde serão observado/identificado pontos fortes e fracos na
participação e interesses das crianças nas atividades realizadas, bem como se
houve ou não a apropriação. Pontuando se as crianças conseguiram enriquecer
o vocabulário, identificar os personagens, desenvolver a imaginação, interagir
com personagens. Assim rever a necessidade de se estar retomando os
conhecimentos trabalhados às observações, registros diários, para que se possa
estar revendo alguns destes objetivos.

RECURSOS

• Papéis;
• Guaches;
• Brinquedos pedagógicos;
• Boneca plástica;
• Tenta colorida de TNT com as cores primárias;
• Livros de histórias;
• Escovas de dente;
• Giz/lápis de cera;
• Papel cartão;
• Caixas de papelão;
• Cartolinas de toadas às cores;
• Músicas infantis;
• Fitas;
• Massinhas;
• Tenaz;
• Tesoura;
• Revistas;
• CD;
• Computador;
• EVA;
• Objetos: sapato, bolinhas, tampinhas de garrafa, tecidos com textura e
lisos, brinquedos, etc..
• Caixa tátil;
• Barco de pesca;
• Boneco de tampinhas;

HISTÓRIAS SUGERIDAS

• Bonequinha de Lulu;
• O Coelhinho guloso;
• O Macaco e o Coelho;
• O Lobo e o Sete Cabritinhos;
• A Arca de Noé;
• Cachinhos de Ouro;
• A Festa no Céu;
• A galinha Ruiva;
• Dona Baratinha;
• Os Três Porquinhos;
• João e Maria;
• O bonequinho da Amizade;
• O Leão e o Ratinho;
REFERÊNCIA

http://www.youtube.com/watch?v=BJM8lj3PQbc&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=d7JEfSkrBcc

HANSEN, Karem Susan. et al. Hábitos de Higiene: É cedo que se começa.


Campus Santo Ângelo, 2006.

OSTETTO, Luciana Esmeralda. Educação infantil: Saberes e fazeres da


formação de professores. Campinas, SP: Papirus, 2008.

MATTOS, Elizete de Lourdes. Brincando e Aprendendo: Brincadeiras


cantadas e de roda. Blumenau, SC: Editora vale das letras LTDA, 2004.

MATTOS, Elizete de Lourdes. Brincando e Aprendendo: Brinquedos e jogos


de sucata. Blumenau, SC: Editora vale das letras LTDA, 2004.

SANTA CATARINA, Secretaria de Estado e da Educação e do Desporto.


Proposta Curricular de Santa Catarina: Educação Infantil, Ensino
Fundamental e Médio. Disciplinas Curriculares. Florianópolis: COGEM, 1998.