1

1º EXEMPLO DE PLANO DE GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES
Este plano descreve como serão administrados os processos de aquisição de bens e serviços neste projeto. As perguntas a serem respondidas no plano são: o que, quanto, quando e como obter os bens e serviços necessários ao projeto. O plano de aquisições portanto indica como o processo de aquisições será gerenciado através do planejamento das solicitações, da Solicitar respostas de fornecedores, da Selecionar fornecedores, da administração do contrato e do fechamento do contrato. Este plano está subordinado às normas contidas na Instrução Normativa para Aquisições e Contratos da Empresa (INAC 2003). Nesse documento estão os modelos de pedidos (compra ou serviço) e contratos. 1) Finalidade do Processo de Gerenciamento das Aquisições (PGA): A finalidade principal do PGA é selecionar fornecedores qualificados para os bens e serviços do projeto e controlá-los eficazmente. O PGA envolve selecionar fornecedores, estabelecer compromissos com os fornecedores, e acompanhar e rever o desempenho e resultados do fornecedor. A equipe do projeto deve documentar as exigências do projeto e do produto que cobrem as necessidades técnicas e não técnicas a serem atendidas. As exigências serão estabelecidas e usadas como base para o desenvolvimento do SOW e do contrato subseqüente. Os padrões de qualidade que devem ser seguidos pelos fornecedores devem ser compatíveis com os padrões da empresa. O gerente de projeto ou outra pessoa designada executa o planejamento, o monitoramento (tracking) das aquisições para se assegurar que o trabalho foi executado apropriadamente e que os produtos, entregues pelos fornecedores, satisfaçam aos critérios acordados de aceitação. 2) As responsabilidades do PGA são: a) O trabalho a ser contratado deve ser definido e planejado de acordo com os procedimentos documentados em anexo. b) Os fornecedores devem ser selecionados baseados em uma avaliação das suas habilidades em executar o trabalho, de acordo com todas as exigências contidas na RFP. c) O acordo contratual entre a empresa e o fornecedor deve ser usado como base para a administração do contrato. d) O fornecedor deve fornecer um plano de trabalho que deverá ser revisto e aprovado pela equipe do projeto. e) O plano de trabalho documentado e aceito será incorporado ao plano do projeto, que será usado para acompanhar as atividades do fornecedor e ter seu status acompanhado pela gerência de comunicação. f) As mudanças no SOW, termos e condições do contrato, e outros compromissos devem ser resolvidos de acordo com as cláusulas contratuais. g) A equipe do projeto deve conduzir revisões periódicas de status / coordenação com a gerência do fornecedor.

Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc, PMP) ± magno@beware.com.br

ou outros. liste os fatores que.br . Ao serem levantadas as condições de mercado. peritos em negócios. para finalidade do planejamento da aquisição. plano de qualidade. devem ser considerados como hipóteses. Para os itens a serem contratados. Suposições: Para cada item a ser contratado. técnicos. Quando necessário apoio de peritos em contrato. devem ser listados os produtos e/ou prestadores de serviços disponíveis no mercado. Os pacotes de trabalho da WBS devem passar por uma decisão make-or-buy. i) Revisões formais para verificar os resultados do fornecedor devem ser conduzidas em marcos selecionados de acordo com o plano do projeto.Sc. PMP) ± magno@beware. perícia em um domínio. Isto pode ser o sumário de um estudo de viabilidade quando requerido. liste todos as restrições tais como o custo (para não exceder) e o cronograma (Schedule). 3) Considerações sobre as aquisições: As aquisições no projeto devem ter como base a WBS. e outras informações que limitarão as opções de aquisições. peritos em negócio. Isto pode incluir consultores. forneça uma análise breve do custo direto e indireto associado com o fato de fazer ou comprar o serviço ou o produto. equipamentos e mão de obra) necessários para o trabalho que será feito visando a entrega do pacote de trabalho. ou outros. a análise da "compra" deve incluir o custo da obtenção e o custo de gerenciamento do processo de compra. Restrições: Para cada item a ser contratado. com Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. Durante a análise Make or Buy. j) O grupo de garantia de qualidade deve monitorar as atividades do fornecedor. devendo haver uma troca de informações constante com a equipe do projeto. elemento da WBS.2 h) Revisões técnicas periódicas devem ser realizadas com os fornecedores. O departamento de compras da empresa deve centralizar todas as aquisições. gerência de projeto. Pode ser contratado o pacote todo ou recursos (materiais. liste todos os peritos que deverão participar do processo de aquisição. e sob que termos e condições. deve ser elaborada uma Declaração de Trabalho (SOW) que permita que os fornecedores entendam o que será fornecido e possam apresentar as suas propostas. de forma a ser decidido o que será adquirido fora da organização. Por exemplo. l) O desempenho do fornecedor deve ser avaliado periodicamente. técnicos. Quando necessário o julgamento de um perito interno. riscos envolvidos. k) A equipe do projeto deve conduzir testes de aceitação como parte da entrega dos produtos do fornecedor de acordo com um plano de teste-aceitação previamente estabelecido em contrato. Isto pode incluir consultores.com. liste todas as habilidades dos peritos ou os peritos que serão requeridos como parte do contrato. usando para isso o plano de garantia de qualidade do projeto.

Casos especiais devem ser levados para análise / aprovação do Diretor Executivo.com. Tendo em vista que este projeto foi contratado a preço fixo.br . Desc.3 relatórios semanais de acompanhamento. Os pré-requisitos e os critérios de pontuação mínimos a serem empregados na avaliação. do Item Pedido n°/ data Ordem compra n° / data Custo orçado Real Data Programada entrega Efetiva Andamento 5) Avaliação de propostas Cada proposta será julgada como uma demonstração das capacidades do fornecedor em atender ao solicitado. só devem ser utilizados contratos de preço fixo (lump sum). assim como os pontos máximos permitidos constam da tabela a seguir.Sc. de forma a que as prioridades sejam adequadas ao andamento do projeto. Atende/Não atende Atende/Não atende Atende/Não atende Atende/Não atende Pontuação máxima 100 50 50 100 100 Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. PMP) ± magno@beware. 4) Acompanhamento do pedido O formulário a seguir deve ser utilizado para o acompanhamento dos pedidos. caso contrário será rejeitada. A Administração do Contrato deve ficar a cargo da equipe do projeto. Pré-requisitos Folha de capa assinada Referências corporativas Capacidade Financeira Formato e tamanho da proposta Critérios de pontuação Critério avaliado Entendimento dos serviços pedidos Apresentação da Proposta Qualificação/capacitação geral do fornecedor Qualificação do pessoal proposto Custo a) Pré-requisitos Cada proposta deve atender a todos os pré-requisitos. Folha de capa assinada A proposta deve incluir uma folha de capa completa.

100 Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.A resposta deve listar: y Uma explicação que descreva como o fornecedor pode acomodar o nível do trabalho atribuído sob este contrato. para a equipe de funcionários proposta. e o número de telefone. Schedule do salário e dos encargos: A proposta deve incluir uma programação completa dos salários e dos encargos para os serviços propostos. pelo menos. Qualificação/capacitação geral do fornecedor 0-50 pontos Demonstra potencialidade para terminar os serviços pedidos. PMP) ± magno@beware. y Atribuições e posições atuais ou projetadas dos membros chaves. Este custo total será usado na fórmula abaixo para determinar os pontos concedidos para o custo: A fórmula para determinar os pontos concedidos do custo é: A = Pontos totais possíveis . Capacidade Financeira: o fornecedor deve demonstrar capacidade financeira de acordo com o que se pretende contratar.Sc. b) Critérios de pontuação A pontuação deve ser. Qualificação do pessoal proposto 0-100 pontos Demonstra as qualificações e a experiência dos funcionários propostos. O fornecedor submeterá currículos. o nome de um contato. incluindo algumas limitações. Formato e tamanho da proposta:O formato da proposta deve claramente indicar e dirigir-se aos pré-requisitos e critérios pontuados. As referências devem conter o nome das organizações de referência. que não devem exceder duas páginas. y Gerência e estrutura organizacional. A resposta deve incluir a programação proposta para a entrega das tarefas.br . pessoal do fornecedor alocado a cada tarefa e suas disponibilidades e acessibilidades.4 Referências corporativas A proposta deve incluir um mínimo de três referências por parte do fornecedor de trabalhos similares executados. Apresentação da Proposta-50 pontos Demonstra a habilidade do fornecedor em definir claramente as ações a serem feitas e a habilidade em executar as tarefas identificadas no escopo do trabalho. y Os procedimentos e/ou as políticas internas relacionadas ao controle de custo. Custo 0-100 pontos O salário proposto e a programação dos encargos determinarão os custos totais da proposta. Os fornecedores que não submeterem estas informações serão considerados como não habilitados.com. e identificar toda a equipe de funcionários atribuída à proposta. baseada nas categorias descritas abaixo: Entendimento dos serviços pedidos-100 pontos Demonstra uma compreensão clara e concisa dos serviços pedidos.

% do trabalho terminado. porém as exigências adicionais para o processo de revisão e de aprovação para todos os tipos de mudanças do contrato são descritas neste plano PGA e nas exigências de contrato. Opção.com.Sc. número da opção. para não exceder dólares por entregáveis. mas por um preço fixo.  Comentários do Status do Contrato: b) Processo de gerência de mudança do contrato: As mudanças do contrato seguirão o processo de gerência de mudança do projeto. dias restantes. período do faturamento da fatura.br . datas do termo. Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. não usará a coluna de horas. e que a gerência superior seja mantida ciente destes compromissos e do cronograma do contrato. através deste plano e das exigências de contrato . 6) Contratos a) Administração do contrato A fim de assegurar que o fornecedor cumpra os seus compromissos e exigências do contrato. horas totais restantes. para não exceder viagem e despesas.  Totais da folha Horas totais à data. viagem & despesas $ faturados. PMP) ± magno@beware. contrato para não exceder horas. total restante. $ total do balanço restante. então B = 50 pontos. o ³Formulário de acompanhamento de contrato´ deve ser utilizado para o acompanhamento do mesmo. para não exceder dólares.  Por cada fatura : Número da fatura.  Itens a serem reportados através do relatório de status à gerência superior  O valor total. sem ordens de trabalho): o número do contrato. Os seguintes itens serão acompanhados no formulário. Contratos que não são seguidos por hora. data da fatura. horas faturadas. contrato para não exceder dólares. $ total gastado à data. L = $500. contrato para não exceder viagem e despesas.isto permite que o projeto use o processo de gerência das mudanças do projeto como documento de referência para todas as mudanças no projeto incluindo as do contrato. Recomenda-se que o plano de gerência das mudanças do projeto incorpore todas as exigências adicionais para mudanças do contrato. administrador do contrato. número da emenda. $ do balanço restante. para não exceder horas. dependendo do tipo de contrato:  Contrato geral (sem opções. (se aplicável): Número da ordem de trabalho.5 L = O custo mais baixo proposto X = O custo a ser pontuado B = Pontuação "L" divido por "X" multiplicado por "A" = "B" Exemplo: A = 100 pontos.  Por ordem de trabalho. X = $1000. datas de término do contrato. quantidade total faturada.

A equipe do projeto deve manter uma série de pastas.Sc. ou um arquivo. PMP) ± magno@beware.6 c) Fechamento e arquivamento do contrato A equipe do projeto verificará se as exigências do contrato foram cumpridas e documentará as lições aprendidas. com finalidade de facilitar auditorias ou revisões.com. O projeto arquivará também as informações de contrato geradas em conseqüência da gerência de aquisição. como referência do contrato. A pasta e o índice representam a atividade de um contrato com um fornecedor. O índice mínimo para uma pasta do contrato é:          RFP Contrato Aditivos ao Contrato Ordens de trabalho Pedidos de Mudanças Deliverables e aprovação dos Deliverables Correspondências do contrato Correspondências do Contratante Avaliações do contratado Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.br .

Sc. PMP) ± magno@beware.com.br .7 Formulário de Acompanhamento de contrato Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.

a data da necessidade do equipamento e a data de início dos serviços. o cronograma de atividades e os eventos relativos à estratégia a ser adotada. cabendo ao ATP-TUB a monitoração e acompanhamento da construção. cabeça de poço e linhas devem ser encaminhadas para a UN-RIO/SOP.  Apresentar um plano de ação.com. 2. 2 ± Principais Equipamentos Os equipamentos e serviços do projeto se dividem em dois grandes grupos. PMP) ± magno@beware. Cabe ao ATP-TUB a responsabilidade de informar a quantidade de equipamentos. bem como suas características relevantes e possíveis prazos críticos.br .1 ± Unidade de Produção e respectivas facilidades A licitação e contratação da UEP e suas facilidades são de responsabilidade da ENGENHARIA. As Solicitações de Modificação de Projeto (SMP) aprovadas que resultem em alterações no escopo do contrato de construção devem ser entregues e discutidas com a ENGENHARIA nas reuniões quinzenais. Deverão ser realizadas reuniões quinzenais de acompanhamento entre o ATP-TUB e ENGENHARIA. As solicitações referentes a serviços de poços e serviços de lançamento de linhas devem ser encaminhadas para o EP-SERV. As solicitações referentes as ANMs.  Analisar e descrever os riscos e oportunidades para aquisição dos equipamentos. conforme descrito abaixo: 2.8 2º EXEMPLO AQUISIÇÕES DE PLANO DE GERENCIAMENTO DE 1 ± Objetivos deste Plano  Estabelecer um controle para a compra de suprimentos e contratação de serviços para o desenvolvimento do projeto de produção de Golfinho.2 ± Poços e Arranjo Submarino Para as disciplinas de poços e arranjo submarino a UN-RIO/SOP e o EP-SERV são responsáveis pela realização das licitações e contratação dos equipamentos e serviços.  Definir os principais equipamentos a serem adquiridos. Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc.

O acompanhamento da contratação deve ser feito através de reuniões mensais com o E&P SERV e o UN-RIO/SOP. mudanças do volume produzido ao longo dos anos ou modificação do arranjo com intuito de não comprometer os prazos pré-estabelecidos sem. A adoção de uma AFMG para o contrato de ANM s já está sendo desenvolvida. As ANM s da AFMG serão padronizadas. Flow de 6 e Flow de 4´.Sc. uma vez que as árvores de produção podem ser facilmente adaptadas para se tornar árvores injetoras. A Exportação de Óleo será através de um duto flexível de 10´. Flow e Riser de 4´. Exportação de Gás: Flowline Flexível e Riser Flexível. áreas responsáveis pelo gerenciamento dos contratos com os fornecedores. a utilização de BAP s em Árvores de fabricantes diferentes. O fornecedor será escolhido de acordo com a capacidade de cada fabricante. caso necessário. Riser de 6´ e Riser de 4´. A opção alternativa seria o requerimento de cabeças de poço sem ser do tipo Slender. esta seria uma maneira de criar uma maior mobilidade para o projeto. Sendo assim a possibilidade de atraso será reduzida. Para poços produtores. PMP) ± magno@beware. bastando fechar a coluna do anular. 11 ANMs do tipo GLL .9 O projeto possui as seguintes características: a) b) c) d) e) f) g) h) i) Os dutos do sistema de coleta são flexíveis. 11 Cabeças de Poço. Isto pode ocorrer em virtude da alteração do número de poços.br . ou seja. Estuda-se ainda a possibilidade de só requerer a fabricação de Árvores de produção. se existir um fabricante com a planta mais ociosa que os demais. o ativo deve enviar um requerimento solicitando ao departamento responsável o início do processo de contratação de fornecedores. ambos de 10´. A Cabeça de Poço Slender é um outro equipamento bastante crítico. no entanto. sendo 7 de HUB único e 4 de HUB triplo. comprometer a economicidade do projeto. este será contratado. Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. isto irá possibilitar. pois somente existe um fabricante e a empresa vem passando por dificuldades o que pode acarretar até o encerramento das atividades da mesma. 3 ± Procedimentos de solicitação de equipamentos e serviços Quando é verificada a necessidade de equipamentos.com. Todos os poços serão atendidos por UEH. o que traria modificações no escopo do projeto de completação dos poços com possível aumento de custos. Para poços injetores. desta forma o tempo do início de contratação dos equipamentos será bastante curto. As características poderão ser alteradas à medida que a maturidade do projeto for sendo alcançada.

Risers Flexíveis ± 220 dias. Árvore de Natal Molhada ± 365 dias. Risers e Dutos de exportação de óleo ± 220 dias. a) b) c) d) e) f) g) h) Linhas Flexíveis ± 220 dias. PMP) ± magno@beware. Cabeça de Poço ± 180 dias.com. Sonda DP 1500 ± 180 dias (contratação) De acordo com essas premissas foi elaborado um cronograma básico de aquisição dos equipamentos de poços e arranjo submarino que pode ser visualizado a seguir. Gasoduto Rígido ± 365 dias. Umbilicais ± 170 dias. sem prejudicar o desenvolvimento do projeto.br .10 4 ± Cronograma e Recursos Críticos O prazo previsto para a construção da UEP é de 29 meses. Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. O tempo médio de fabricação dos principais equipamentos de poços e arranjo submarino é apresentado abaixo de forma que as solicitações de fornecimento sejam emitidas em tempo hábil.Sc.

2 Umbilicais 3.1 Ida ao Mercado (Se AFMG considerar 180 dias) 5.1.2.1.2 Flowline do Óleoduto (10") 5.2 Flowline Gasoduto (10") 4.5 Início da Instalação 4.1.1.5 Início da Instalação 3.3 Chegada dos Risers 5.1.1.2 Fabricação 6.1 Contratação das ANM´s 6.4 Chegada da Primeira ANM Contratada 7 Cabeças de Poço 7.Sc.1.5 Início da Instalação 5.1.4 Contingência 5.1.4 Contingência 3.2.1 Ida ao Mercado (Se AFMG considerar 180 dias) 4.1.2.3 Contingência 6.2 Fabricação 3.3 Chegada do Equipamento 5.1.1 Ida ao Mercado (Se AFMG considerar 180 dias) 5.2.2.3 Contingência 7.2 Fabricação 5.4 Contingência 3.1.1 Ida ao Mercado (Se AFMG considerar 180 dias) 4.2.3 Chegada dos Umbilicais 3.2 Fabricação 7.3 Chegada do Equipamento 4.1 Linhas flexíveis para Poços de Produção e Injeção 3.3 Chegada das Linhas 3.1.2.1 Solicitação de Fabricação 7.1.1 Solicitação de Fabricação (AFMG) 6.2 Fabricação 4.1 Ida ao Mercado (Se AFMG considerar 180 dias) 3.2 Fabricação 3.1.1 Riser Flexivel para Instalação na P-26 (10") 4. PMP) ± magno@beware.com.4 Contingência 5.4 Contingência 4.br .5 Início da Instalação 4 Exportação de Gás 4.2.2.Obtenção de licença de instalação 2 Ancoragem da Plataforma 3 Coleta 3.5 Início da Instalação 5 Exportação de Óleo 5.2 Fabricação 4.2.1.2.1 Ida ao Mercado (Se AFMG considerar 180 dias) 3.2.4 Chegada da Primeira Cabeça de Poço 1455 d 0d 0d 345 d 345 d 45 d 240 d 0d 60 d 0d 253 d 13 d 180 d 0d 60 d 0d 470 d 345 d 45 d 240 d 0d 60 d 0d 470 d 45 d 365 d 0d 60 d 0d 430 d 430 d 45 d 345 d 0d 40 d 0d 402 d 45 d 315 d 0d 42 d 0d 450 d 450 d 25 d 365 d 60 d 0d 235 d 235 d 25 d 180 d 30 d 0d 14/6/04 8/6/08 3/3/08 3/3/08 29/4/08 29/4/08 29/6/07 8/6/08 29/6/07 8/6/08 29/6/07 13/8/07 13/8/07 9/4/08 5 9/4/08 9/4/08 6 9/4/08 8/6/08 7 8/6/08 8/6/08 8 29/9/07 8/6/08 29/9/07 12/10/07 12/10/07 9/4/08 11 9/4/08 9/4/08 12 9/4/08 8/6/08 13 8/6/08 8/6/08 14 4/2/07 19/5/08 9/6/07 19/5/08 9/6/07 24/7/07 24/7/07 20/3/08 18 20/3/08 20/3/08 19 20/3/08 19/5/08 20 19/5/08 19/5/08 21 4/2/07 19/5/08 4/2/07 21/3/07 21/3/07 20/3/08 24 20/3/08 20/3/08 25 20/3/08 19/5/08 26 19/5/08 19/5/08 27 24/2/07 29/4/08 24/2/07 29/4/08 24/2/07 10/4/07 10/4/07 20/3/08 31 20/3/08 20/3/08 32 20/3/08 29/4/08 33 29/4/08 29/4/08 34 24/3/07 29/4/08 24/3/07 8/5/07 8/5/07 18/3/08 37 18/3/08 18/3/08 38 18/3/08 29/4/08 39 29/4/08 29/4/08 40 14/6/04 7/9/05 14/6/04 7/9/05 14/6/04 9/7/04 9/7/04 9/7/05 44 9/7/05 7/9/05 45 7/9/05 7/9/05 46 13/11/04 6/7/05 13/11/04 6/7/05 13/11/04 8/12/04 8/12/04 6/6/05 50 6/6/05 6/7/05 51 6/7/05 6/7/05 52 Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.1.1.11 ID 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 Task Name Duration Start Finish Predecessors PLANEJAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO 1 Lincença Ambiental .1 Risers de Exportação (10") 5.2.2.1.1.4 Contingência 4.1.1 Contratação das Demais Cabeças de Poço 7.5 Início da Instalação 6 Árvores de Natal 6.2.3 Chegada do Equipamento 4.1.2 Fabricação 5.1.

Alguns equipamentos possuem apenas um fornecedor qualificado a atender as necessidades do projeto.Sc. A adoção de uma AFMG (projeto sendo conduzido pelo E&P SERV e pelo SOP) pode aumentar a agilidade para contratação de equipamentos críticos. para outros se pode adotar o critério de Convite Internacional. ou seja. PMP) ± magno@beware. uma lista preliminar de fornecedores com observação para cada equipamento e a modalidade de contratação que julgamos ser pertinente para cada processo.12 5 ± Riscos (Ameaças e Oportunidades) Para a implantação do projeto existe a demanda por recursos não disponíveis no Brasil.br . 6 ± Condições de Mercado e Plano de Ação O mercado para suprimento e soluções de engenharia submarina é concentrado. que já está sendo aplicada por alguns ativos. tais como ANM s e Cabeças de Poço e fazer com que os custos sejam reduzidos. Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. Com o mesmo intuito. poucos fornecedores estão aptos a apresentar propostas com a qualidade e os prazos exigidos.com. Na próxima página encontra-se um plano de ação proposto para os equipamentos críticos que necessitam de uma atenção maior. A sinergia entre o projeto de desenvolvimento de TUB e dos demais projetos da UN-RIO poderia ocasionar uma redução nos custos de aquisição e ampliar a atratividade do mercado para alguns tipos de equipamentos. o detalhamento de uma Vendor List para os principais equipamentos e uma proposta para a modalidade de contratação a ser desenvolvida deve ser elaborada pelo ativo com auxilio dos demais departamentos envolvidos no processo. em alguns casos pode-se adotar o critério de negociação direta. Tendo em vista a mitigação dos riscos inerentes à contratação de fornecedores. Desta forma. Também pode ser adotada uma forma de licitação única e conjunta (Bidão).

PMP) ± magno@beware. aipem. E resas nacionais e internacionais com comprovada experi ncia. echnip k l k m ” OBSERVAÇÃO Conteúdo acional % h n o p f g UE Convite nternacional f Contrato incentivado de erformance Plano de Ação da Contratação de Sonda DELIVERABLE Sonda -1 s t u v v ONTRATO ODALIDADE w ONTRATAÇÃO x VENDOR LIST ransocean.13 Plano de Ação da Exportação de Gás DELIVERABLE Ri &  RATO ODALIDADE i '  ¦      ONTRATAÇÃO i   ¨  § ¦  VENDOR LIST C O ! OBSERVAÇÃO Ú i i " $ ¥   ¡ ¢ £ ¤ fl xív l (L A = 1 ¨ ¦ ¦ $ " ¦ ¥ ¦      f i ív l #  § ¦ " Ri §   $ fl xív l (L A > 1 ¨ ¦ ¦ ©       ¥ ¦ §      " ¦ ¥ ¦ § %  "   ¦ l w li C vi i l C O. E ¦  i   i  " i $  " C i i E C (E i ll i i "  ¥      1 ' "      " ¦  v i  §  x   ¥ i ¦ § ¦ i ¦ " ¨ $  " ¦ " ¦ § "   "  ¦ ¦    ¦ §    % § ¦ ¥  ¥ " ¦ § "     % §   ¦ % ¦ § 0 "    ( § 2  # ) ( ¥ ¦  1 § % ¦    " §  ¥ % " ¦ ¦ " l  ff # '    " ¥ § (  " ¥ " ¥     Plano de Ação da Exportação de Óleo DELIVERABLE ONTRATO ODALIDADE ONTRATAÇÃO VENDOR LIST C O. Mauá Jurong. i All . . M X. W l x . Camargo Correa. Quiroz Galv o. E x i i i S T S s q f e i c i c i b e d i c i f v c U V Y a h ‚ x W X ` W b c d c b e f e g i v v b d i g c g r c € e r c g i r i d r c € e r c g € e v € e v b d e c h i j r L A=1 s s t u i € i i h t u u e i i v r i b i d † r € c Risers exíveis (L A + 1 Umbilicais (L A = 1 s t u u v V ifi fl xív i d ‡ l w ˆ q u h h v c d i v d € c e c r f c e i v r d h w Plano de Ação das ANMs DELIVERABLE Árv res GLL ‘ ONTRATO ODALIDADE ONTRATAÇÃO ™ ™ VENDOR LIST MC.br i c C  . H l. oble. Gl E 5 B E 9 9 E 6 C P 5 C P OBSERVAÇÃO 3 4 Ol C vi 3 i l M E . ride. amsung. H l. . C ABB ” g OBSERVAÇÃO eron. Gl ! ¦ § ! !   ¥ ¦  ¥ M ! . l . Kv erner. i All . 9 E x 5 i i i i i  v 9 A 7 9 9 G 9 9  5 @ 5 B @ C 5 6 8 6 6 @ D 6 @ C 5 5 F C D 5 B F 6 F H B 5 P C P @ C D 6 @ C P 5 @ 5 B @ C D 6 @ C P D 6 F D 6 F H B 6 C 7 i i I Q H 5 F H 5 B R 8 P 5 C @ 6 I Plano de Ação da Coleta DELIVERABLE Dutos h q b d e p f U V ONTRATO ODALIDADE C vi x y x e r i r ONTRATAÇÃO i l i d r c € e r c ƒ i VENDOR LIST C O. d ˜ e d ‰  e l M l ‘ i AM G ’ “ • – ’ ” ” ” ” — ˜ ‘ ‰ Plano de Ação da UEP DELIVERABLE h ONTRATO ODALIDADE i ONTRATAÇÃO j k VENDOR LIST els etal.com. M i i lli  x i i g d i c „ c r g c d … d i C D C OBSERVAÇÃO . l . echint. iamond y t s t m h OBSERVAÇÃO Cadastro etrobras Especificação écnica elaborada em conjunto com E& Serv z t z x q r Convite nternacional q Por Carlos Magno da Silva Xavier (M. romon. Odebrecht.Sc.

conforme contrato n° 1234/05 com o cliente Y. f) O Departamento de Qualidade deverá informar as atividades a serem acompanhadas no fornecedor. contratação de bens / serviços e monitoramento do desempenho dos fornecedores. c) Os fornecedores deverão fornecer os respectivos procedimentos de metalização e revestimento para aprovação.14 3º EXEMPLO AQUISIÇÕES DE PLANO DE GERENCIAMENTO DE XPTO Montagens Ltda Nome do Projeto: Montagem do Equipamento ABC PLANO DE GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES Elaborado por: Gerente do Projeto Data: Aprovado por: Chefe do Depto de Engenharia Versão: Chefe do Depto de Aquisições 1. e) Os fornecedores deverão ser previamente homologados utilizando-se como base o procedimento de qualidade da empresa PQ-07. b) A equipe de Planejamento também fornecerá os prazos de entrega de cada item e informar. antes de execução dos trabalhos e dentro dos prazos definidos nas ordens de compra.Sc.4. i) Todos os materiais adquiridos deverão atender aos requisitos técnicos da Sociedade Classificadora ± DNV (esses requisitos deverão constar dos pedidos de compra). PMP) ± magno@beware. os procedimentos acima serão incorporados às respectivas ordens de compra. Objetivo do plano: Este Plano tem como objetivo principal servir de orientação às atividades de seleção de fornecedores. 2.4.br . quais os materiais são considerados críticos ao andamento da produção. h) O desempenho dos fornecedores deverá ser avaliado periodicamente conforme critérios definidos no procedimento de qualidade da empresa PQ 07.01. d) Depois de aprovados. quando for o caso. que irão atender às necessidades do projeto.com.2. Responsabilidades: a) A equipe de Planejamento fornecerá a lista dos materiais e serviços a serem adquiridos contendo todas as características quantitativas e qualitativas de cada item. g) O Departamento de Qualidade também deverá monitorar as inspeções de recebimento na fábrica de todos os materiais / serviços adquiridos. 3. Projeto: Este projeto visa à montagem do equipamento ABC. Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.

c) Acompanhar o andamento físico do item contratado. c) Considerando que este projeto foi contratado a preço fixo. b) Nessas visitas deverão ser verificados os documentos aplicáveis. ______________________________________ ASSINATURAS Por Carlos Magno da Silva Xavier (M.br . Normas para as Aquisições: a) A rotina para o processo de compra deverá estar em conformidade com o procedimento de qualidade da empresa PQ 07. Rio de Janeiro. antes do envio ao Setor de Contas a Pagar. visando diligenciar o andamento dos pedidos de compra. e possam apresentar as suas propostas. e f) Todas as medições / faturamentos junto aos fornecedores deverão ser acompanhadas e aprovadas pelo gerente do projeto. e) As compras deverão ser efetuadas dentro do Planejamento físico-financeiro do projeto e visando assegurar que não haja dificuldades no fluxo de caixa do projeto. em ___de _____ de ____________. o gerente do projeto deverá solicitar ações corretivas. e) O Departamento de Aquisições deve emitir relatórios semanais com registro de andamento dos pedidos de compra. Esses relatórios deverão ser enviados ao gerente do projeto. 5. inclusive prazo de entrega (cronograma). refletidas em alterações no contrato. d) Quando necessário.com. RJ. só deverão ser utilizados contratos de preço fixo. seguido de análise crítica em relação ao desempenho esperado do fornecedor. como Ordem de Compra e demais requisitos especificados. de maneira que os fornecedores entendam o que será fornecido. b) As solicitações de cotação ou de propostas de fornecimento de materiais / serviços deverão ser elaboradas de forma clara e detalhada o suficiente. Administração do contrato a) Deverão ser programadas visitas periódicas aos fornecedores de itens críticos. Eventuais exceções deverão ser submetidas à análise / aprovação da diretoria. d) Eventuais dificuldades no processo de compras que possam afetar o cronograma da obra deverão ser comunicadas de imediato à equipe de Planejamento.Sc.4. PMP) ± magno@beware. e f) Solicitações de alterações de escopo deverão ser tratadas de acordo com o Plano Integrado de Mudanças do Projeto e.3. se aprovadas.15 4.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful