Você está na página 1de 13

ROTEIRO PARA DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO PRÁTICO – CASO CLÍNICO

O trabalho deverá conter capa, contra-capa e o caso clínico nas normas da ABNT (Guia de normalização e de Referências da UFES). Entrega por e-mail (alessandrapaiva2@yahoo.com.br) até o dia 24/11. Não serão aceitos trabalhos fora do prazo.

AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA

DATA DA AVALIAÇÃO: 1. ANAMNESE 1.1 Identificação:              Nome: Data Nascimento: Idade: Sexo: Cor: Estado Civil: Nacionalidade: Naturalidade: Religião: Endereço Residencial: Tel.: Profissão atual: Profissão anterior:

1.2 Diagnóstico médico (DM): 1.3 Queixa Principal (QP):

1.2.4 História da Doença Atual (HDA): 1. hipotenso.8 Antecedentes Familiares (AF) 1.INSPEÇÃO (tirar fotos focalizando as alterações encontradas)          Estado geral: Nível de consciência Fala e linguagem Estado nutricional Atitude e decúbito preferido (se presente) Alterações em mucosas.1. bradicárdico.7 Antecedentes Pessoais (AP) 1. 2. taquipneico) Temperatura °C (afebril. EXAME FÍSICO 2. pele e anexos Trofismo muscular Edema Deformidades visíveis . bradipneico. febril . moderada (38 a 39 °C) ou alta (mais de 39 °C)).DADOS VITAIS Verificar se o paciente encontra-se dentro ou fora dos limites esperados para a idade e classificar de acordo com a nomenclatura abaixo.baixa intensidade (37.9 Medicamentos em uso 2.5 Dificuldades nas AVD e AVP: 1.6 Hábitos de Vida e Condições Sócio-econômicas 1. • • • • PA mmHg (normotenso. taquicárdico) FR rpm (eupneico.5 a 38 °C). hipertenso) FC bpm (normocárdico.

 Anormalidades do alinhamento corporal (avaliação postural) Orientações • Posicionar o paciente nas 4 vistas + flexão anterior do tronco e tirar as fotos (podem colocar tarja no rosto da pessoa se preferirem). Marcar com lápis dermográfico no paciente: maléolo lateral. EIAS. Após anexar a foto aqui no trabalho vocês podem traçar uma linha vertical na própria foto para fazer papel de fio de prumo. trocanter maior. EIPS. processos espinhosos da coluna vertebral. acrômio. base e ápice da patela. Cuidado para não tirar a foto torta. Tirar fotos focalizando as alterações encontradas quando não for possível visualizar nas fotos de corpo inteiro. ângulo inferior e superior da escápula. • • • Vista Lateral .D e E 1) Articulações dos tornozelos: Ângulo tíbio-társico 2) Articulações dos joelhos: 3) Articulações dos quadris: 4) Pelve: 5) Coluna Lombar: 6) Coluna Torácica: 7) Ombros: 8) Escápula 9) Coluna Cervical: 10) Cabeça: Vista Posterior 1) Articulações dos tornozelos (Tendão de Aquiles) 2) Apoio do retropé: 3) Articulações dos joelhos: 4) Espinhas ilíacas póstero-superiores (EIPS): 5) Altura das cristas ilíacas: .

6) Coluna Lombar: 7) Coluna Torácica: 8) Ângulos inferiores da escápula: 9) Posição das escápulas: 10) Ombros: 12) Coluna Cervical: 13) Cabeça: Vista Anterior: 1) Pé (apoio) 2) Articulações dos joelhos: 3) Patelas: 4) Espinhas ilíacas antero-superiores (EIAS): 5) Altura das cristas ilíacas: 6) Tórax 7) Clavícula: 8) Fossas Supraclaviculares 9) Ombros: 10) Cotovelos 11) Cabeça FLEXÃO ANTERIOR DO TRONCO Gibosidades Curvatura da coluna vertebral 2.3 PALPAÇÃO: realizar a palpação bilateral dos segmentos/articulações/estruturas onde há suspeita de anormalidades relatadas na anamnese e observadas na inspeção. . Descrever aqui somente se alguma anormalidade. Relatar anormalidades.

aumentada (↑) ou diminuída (↓) (segundo sua percepção) e. restrição ao movimento. caso diminuída.2. falta de força. MOVIMENTO Direita ADM ATIVA Esquerda Motivo limitação Direita ADM PASSIVA Esquerda Motivo limitação Ombro Flexão Extensão Abdução Adução Abdução horizontal Adução horizontal Rotação interna Rotação externa Cotovelo Flexão Extensão Pronação a partir da posição neutra da mão Supinação a partir da posição neutra da mão . etc). anotar se normal. relatar o porque do indivíduo não conseguir chegar a ADM normal (por dor.4 Amplitude de Movimento  OBSERVAÇÃO 1: Realizar primeiro a ADM ativa e depois realizar a ADM passiva. ARTIC. falta de colaboração.

OMBRO GONIOMETRIA Flexão Extensão Abdução DIREITA ESQUERDA Motivo da limitação . etc. músculotendíneo..1 Goniometria  OBSERVAÇÃO 2: A goniometria somente é realizada quando há suspeita de alteração da ADM por dados coletados na anamnese ou observação na inspeção e palpação.Punho Flexão Extensão Desvio radial Desvio ulnar Quadril Flexão Extensão Abdução Adução Rotação interna Rotação externa Joelho Flexão Extensão Tornozelo Flexão plantar Dorsiflexão Pé Inversão Eversão 2. Quando a ADM estiver limitada tentar estabelecer a causa da limitação (dor. vocês deverão realizar todas as medidas.4. mas para efeito de treinamento desta habilidade. pele.).. periarticular. ósseo. ARTICULAÇ.

Adução Abdução horizontal Adução horizontal Rotação interna Rotação externa COTOVELO Flexão Extensão Pronação Supinação PUNHO Flexão Extensão Desvio radial Desvio ulnar QUADRIL Flexão Extensão Abdução Adução Rotação interna Rotação externa JOELHO Flexão Extensão TORNOZELO Flexão plantar Dorsiflexão PÉ Inversão Eversão .

o Cervical (queixo no peito): o Coluna toracolombar (EIPS e C7): o Coluna lombar (Teste de Schober) (S2 + 5cm abaixo e 10cm acima): 2. mas para efeito de treinamento desta habilidade. deltóide) . FORÇA MUSCULAR GRAU (Direito) GRAU (Esquerdo) ARTICULAÇÃO ESCÁPULA MÚSCULOS Abdução e RL (serrátil anterior) Adução (fibras médias trapézio) Adução e RM (rombóides) Elevação (fibras sup. • OBSERVAÇÃO 2: seguir todos os procedimentos para realizar a prova de função muscular e colocar o grau de força obtido. Amplitude de Movimento: Flexão coluna (dizer o resultado obtido e destacar se normal ou reduzido segundo parâmetro de normalidade).5.2. trapézio e levantador da escápula) Depressão e adução (fibras. Amplitude de Movimento: Flexão coluna o o o Coluna Cervical: Coluna toracolombar: Coluna lombar: 2. Força Muscular (Prova de Função Muscular)  OBSERVAÇÃO 1: a prova de função e força muscular somente é realizada nos segmentos acometidos. inf. trapézio) OMBRO Flexão (fibras ant.5. vocês deverão realizar todas as provas.

deltóide) Rotação interna (subescapular) Rotação externa (infraespinhoso e redondo menor) COTOVELO Flexão (bíceps braquial) Extensão (tríceps braquial) Pronação (pronador redondo e quadrado) Supinação (supinador e bíceps braquial) PUNHO Flexão (flexor radial e ulnar do carpo) Extensão (extensores longo e curto radiais do carpo.Extensão (grande dorsal e redondo menor) Abdução (fibras médias deltóide e supra-espinhoso) Adução horizontal (peitoral maior) Abdução horizontal (fibras post. semimembranoso e bíceps femoral) Abdução (glúteo médio e mínimo) Adução (adutor longo. extensor ulnar do carpo) QUADRIL Flexão (iliopsoas) Extensão (glúteo máximo. gêmeo superior e inferior. obturador externo. adutor. semitendinoso. glúteo mínimo e tensor fáscia lata) Rotação externa (piriforme. quadrado femoral e obturador interno) JOELHO Flexão (semitendinoso. adutor magno. semimembranoso e bíceps femoral) . curto. pectício e grácil) Rotação interna (glúteo médio.

longo da cabeça e longo cervical. vasto medial.6 • ANTROPOMETRIA Altura. Altura. semiespinhal do pescoço. reto posterior da cabeça (grande e pequeno). IMC: calcular e classificar o IMC (se não houver balança no local onde estiverem avaliando podem perguntar o peso para a pessoa. esplênio da cabeça.Extensão (reto femoral. peso. longo da cabeça. esternocleidomastóideo) Flexão Antero-lateral (ECM) Extensão (semi-espinhal da cabeça. esplênio do pescoço. espinhal da cabeça e do pescoço e iliocostal cervical) TRONCO Flexão (reto do abdome) Rotação (Oblíquo externo e interno do abdome) Extensão (eretores da espinha) Elevação da pelve (quadrado lombar) 2. vasto lateral e vasto intermédio) TORNOZELO Flexão plantar (gastrocnêmio e sóleo) Dorsiflexão e inversão (tibial anterior) PÉ Inversão (tibial posterior) Eversão (fibular longo e curto) COLUNA CERVICAL Flexão (reto anterior da cabeça. oblíquo da cabeça (inferior e superior). medir com fita métrica na parede). Comprimento dos membros (cm) DIREITO ESQUERDO • SEGMENTO BRAÇO . longo do pescoço. escaleno anterior.

vocês deverão realizar todas as medidas. • Perimetria (cm) • • • • • • • Tórax região axilar basal: Tórax região xifóidea basal: Tórax variação inspiração e expiração máxima região axilar basal: Tórax variação inspiração e expiração máxima região xifóidea basal: Abdominal: Quadril: Relação cintura-quadril: Braquial direita: Braquial esquerda: Antebraquial direita: Antebraquial esquerda: Punho direito: Punho esquerdo: Mão direita: Mão esquerda: Coxa (vasto medial) direita: Coxa (vasto lateral) direita: Coxa (reto femoral) direita: • • • • • • • • • • • . mas para efeito de treinamento desta habilidade.ANTEBRAÇO MÃO COXA PERNA Todo MI OBSERVAÇÃO: a medida do comprimento dos membros somente é realizada quando há suspeita à inspeção de diferença de comprimento entre os membros.

8 Reflexos:  Superficiais: o o Cutâneo-plantar (D e E): dizer se normal. OBSERVAÇÃO 2: Destacar aqui se relação cintura-quadril e perimetria abdominal estão abaixo ou acima do limite tolerável para risco cardiovascular.• • • • • • • • • Coxa (vasto medial) esquerda: Coxa (vasto lateral) esquerda: Coxa (reto femoral) esquerda: Perna direita: Perna esquerda: Joelho direito: Joelho esquerdo: Tornozelo direito: Tornozelo esquerdo: OBSERVAÇÃO 1: a medida da perimetria somente é realizada quando há suspeita à inspeção de diferença de trofismo e/ou de aumento de volume entre os membros.7 Tônus: descrever se apresenta alteração de tônus (lembrar que alteração de tônus é esperada apenas nas lesões neurológicas). médio e inferior): dizer se presente ou ausente. vocês deverão realizar todas as medidas. 2.  Profundos: usar a graduação dos reflexos profundos o o o o o o Reflexo bicipital (C5-C6) Reflexo tricipital (C7) Reflexo estilorradial (C5-C6) Reflexo flexor dos dedos (C8-T1) Reflexo patelar (L2-L4) Reflexo aquileu (S1) . mas para efeito de treinamento desta habilidade. 2. abolido ou sinal de Babinski positivo Cutâneo-abdominal (superior.

10 2. local). se necessário. a aplicação de testes de função.2. Incapacidade 1: _________________________________________ Provavelmente causada pela(s) deficiência(s): ______________________________________ Leva à(s) desvantagem(ns): _____________________________________________________ Incapacidade 2: _____________________________________ Provavelmente causada pela(s) deficiência(s): ______________________________________ Leva à(s) desvantagem(ns): _____________________________________________________ Incapacidade 3: _________________________________________ Provavelmente causada pela(s) deficiência(s): ______________________________________ Leva à(s) desvantagem(ns): _____________________________________________________ Incapacidade 4: _________________________________________ Provavelmente causada pela(s) deficiência(s): ______________________________________ Leva à(s) desvantagem(ns): _____________________________________________________ .9 Sensibilidade: verificar se existe alguma normalidade e se presente descrever a anormalidade (tipo de sensibilidade.11 De acordo com a anamnese conduzida. deficiências e desvantagens encontradas no paciente. Equilíbrio: verificar se existe alguma normalidade e se presente descrever em qual das provas. preencha o quadro abaixo com as incapacidades. 2. Coordenação motora: verificar se existe alguma normalidade e se presente descrever em qual das provas. a observação direta de tarefas e.