Você está na página 1de 16
Arte e Matemática Episódios: “O número de Ouro” Resumo O episódio “O número de Ouro”,

Arte e Matemática

Episódios: “O número de Ouro”

Resumo

O episódio “O número de Ouro”, da série Arte e Matemática, apresenta, de um modo

atraente, contextualizado e interdisciplinar, a proporção áurea e o número de ouro, que deu

origem ao número ϕ. Na primeira parte, a apresentadora inicia, contando um pouco da história
origem ao número ϕ. Na primeira parte, a apresentadora inicia, contando um pouco da
história da Grécia Antiga e destaca que, nas ruas, os mestres discutiam filosofia, história,
matemática e ciências. O destaque é dado para as medidas da fachada do Partenon de
Atenas, o qual foi construído, utilizando a proporção áurea ou proporção de ouro, padrão
estético da época. A definição da proporção áurea é apresentada numa animação que parte
das medidas da fachada do Partenon, na Grécia. Em seguida, o pentagrama, que segundo o
filme, simbolizava a seita criada por Pitágoras, também é apresentado na forma de
animação em que é dado destaque para a razão entre os segmentos que estão em proporção
áurea. Na sequência, quadros do movimento renascentista, quando os artistas retomaram os
valores estéticos da Grécia Antiga são apresentados. Entre os apresentados, o quadro
denominado O Homem Vitruviano, de Leonardo da Vinci, é apresentado como registro de
estrutura ideal do corpo humano da época. Na segunda parte, o vídeo apresenta o número
de ouro em sequências numéricas, na natureza e na poesia épica. O problema clássico sobre

a reprodução de um casal de coelhos, elaborado por Fibonacci, é apresentado juntamente com a sua solução, derivando daí a sequência de Fibonacci e sua relação com o número de ouro. Palavras-chave Número de ouro, Matemática, Geometria, razão áurea, sequência de Fibonacci.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Nível de ensino Fundamental (9º ano). Componente curricular Matemática. Disciplinas relacionadas História, Arte e

Nível de ensino Fundamental (9º ano).

Componente curricular Matemática.

Disciplinas relacionadas História, Arte e Desenho Geométrico.

Aspectos relevantes do vídeo Durante a apresentação da história da Grécia Antiga (do século V
Aspectos relevantes do vídeo
Durante a apresentação da história da Grécia Antiga (do século V a.C), fica claro
que Filosofia, História, Matemática e Ciências eram importantes para os mestres de
discípulos os quais discutiam esses temas juntos. Nas artes, a Grécia teve grandes arquitetos
e escultores. Na cidade de Atenas, foi construído o Partenon, construção dirigida pelo
melhor arquiteto da época. Na fachada dessa construção, a proporção áurea aparece várias
vezes.

Na apresentação do pentagrama, símbolo em formato estrelado da seita criada por Pitágoras, a proporção áurea aparece em destaque nas medidas de segmentos no pentagrama. Entre os quadros da época do movimento renascentista, o quadro denominado O Homem Vitruviano, de Leonardo da Vinci, é apresentado. Nele aparece a estrutura ideal do corpo humano da época, em que a altura total dividida pela altura do umbigo deve ser o número áureo. Entre os artistas modernos mencionados, o artista Samson Flexor, é mencionado por ter aderido ao movimento da abstração geométrica, buscando tornar visíveis, pensamentos abstratos através do uso de modelos matemáticos em suas pinturas. Este artista influenciou

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

o desenvolvimento da arte abstrata no Brasil, a partir da década de 50 do século

o desenvolvimento da arte abstrata no Brasil, a partir da década de 50 do século passado. O referido artista viveu no Brasil por vários anos.

O artista plástico Antonio Peticov diz como usa a proporção áurea na formatação do

trabalho e como a utiliza como um guia de estrutura sobre a qual constrói o seu trabalho.

O professor Jorge Carvajal interpreta a utilização da proporção áurea como um

parâmetro da perfeição utilizado desde a antiguidade e acredita que ela nunca será superada. Na segunda parte do vídeo, o problema clássico que envolve a reprodução de coelhos, elaborado por Leonardo Fibonacci é apresentado para várias pessoas no meio da rua. A solução mostrada é pela obtenção do número de casais de coelhos formados a cada mês até chegar ao 12º mês. A apresentadora analisa as características da sequência de números obtida na contagem do número de casais de coelhos mês após mês. Termina, identificando um padrão muito interessante dessa sequência, em que que cada número, a partir do terceiro, pode ser obtido pela soma dos dois imediatamente anteriores. A sequência de Fibonacci, como ficou conhecida, é uma sequência infinita, em que a razão entre um termo e o termo imediatamente anterior converge para o número de ouro, fato que intriga a todos que deparam com essa propriedade. Uma ilustração do desenvolvimento dos ramos de uma árvore que cresce segundo a sequência de Fibonacci é apresentada enquanto o apresentador tenta relacionar o número de ouro e a natureza. No trecho, é apresentada a concha de um molusco, denominado Nautilus, e é possível perceber como a proporção áurea pode aparecer nas medidas de comprimento de curvas das câmaras adjacentes na concha.

de comprimento de curvas das câmaras adjacentes na concha. A TV Escola leva até a sua

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Na poesia, um número próximo do número de ouro foi obtido após analisar o poema

Na poesia, um número próximo do número de ouro foi obtido após analisar o poema Eneida, escrito pelo poeta romano Virgílio, em versos curtos e longos. Esse número foi obtido pelo resultado da divisão do número total de versos do poema pelo número de versos longos.

Duração da atividade Duas horas-aula.

O que o aluno poderá aprender com esta aula Conhecer o número irracional ϕ a
O que o aluno poderá aprender com esta aula
Conhecer o número irracional ϕ a partir da razão áurea e fatos históricos relacionados a
esse número.
Identificar a razão áurea na natureza, na arte, na poesia e na arquitetura.
Fazer tratamento estatístico de dados coletados comparados a um valor padrão.
Conhecer aplicações da equação de segundo grau.
Ampliar conhecimento sobre números reais.
Ampliar conceitos de geometria e desenho geométrico
Conhecimentos prévios que devem ser trabalhados pelo professor com o

aluno

Números reais. Operações com radicais Teorema de Pitágoras Razão e proporção

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Equações de segundo grau. Estratégias e recursos da aula/descrição das atividades Prezado(a) professor(a), an tes

Equações de segundo grau.

Estratégias e recursos da aula/descrição das atividades Prezado(a) professor(a), antes de propormos as atividades, gostaríamos de apresentar algumas considerações. A razão áurea é geralmente definida pelo número

real

A razão áurea é geralmente definida pelo número real 1 + 5 ≅ 1,6180. Esse número

1 + 5 1,6180. Esse número inicialmente aparece na tentativa de dividir um

2 segmento em duas partes de forma que a razão entre o comprimento total desse
2
segmento em duas partes de forma que a razão entre o comprimento total desse
segmento e o de sua maior parte fosse igual à razão entre o comprimento da maior
parte e o comprimento da menor parte. A razão encontrada que soluciona esse
problema é chamada de razão áurea, ou seja, o comprimento do segmento de ser,
aproximadamente 1,6180 vezes maior que o comprimento da maior parte. Esse
número foi e é considerado, conforme apresentado diversas vezes no vídeo, como
padrão de beleza e harmonia. A figura abaixo mostra uma das muitas construções
geométricas para se chegar a esse número.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Figura do Autor. Olhando para a figura anteri or, temos que o número de ouro

Figura do Autor.

Olhando para a figura anterior, temos que o número de ouro é a razão entre as medidas do comprimento e da largura do retângulo AHGC, ou seja, a razão entre AH e AC. Esse número foi se estabelecendo como padrão de beleza artística. Assim, quando algum quadro, pintura ouconstrução apresentava medidas cuja razão era igual ao número de ouro, era considerado harmônico, belo, perfeito. O mais interessante é que esse número foi aparecendo em situações cada vez mais inusitadas, ou seja, artistas criavam a partir desse número, mas a natureza, por exemplo, também apresenta formas que mantinham os padrões que envolviam esse número. Isso foi reforçando a ideia que ele era especial. Quando falamos em proporção áurea entre duas grandezas, queremos dizer que a medida de uma delas sempre será a medida da outra multiplicada pela razão áurea. Assim, a razão entre o comprimento(lado AH) e a largura(lado AC) do retângulo maior AHCG é a mesma razão obtida quando dividimos o comprimento (lado AC) e a largura (lado AE) do retângulo menor ACFE. Observe que a semelhança de retângulos (o processo pode continuar gerando infinitos retângulos) é muito importante na estética dessa figura e talvez seja um dos motivos pelos quais essa proporção tenha feito tanto sucesso. Infelizmente, os conceitos de razão e proporção, por estarem interligados, são apresentados, em diversas situações, como se fossem sinônimos. Cuidado! Razão é uma coisa, proporção é outra. Mas a diferença é sutil! O rigor não pode atrapalhar a clareza e a essência dos conceitos matemáticos, mas é preciso um mínimo de cuidado ao definir os conceitos quando se ensina Matemática. O professor até pode usar de liberdade na definição de certos conceitos, mas dizer que coisas diferentes são iguais, além de confundir os alunos, não deve ser prática de um professor de Matemática.

não deve ser prática de um professor de Matemática. A TV Escola leva até a sua

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Lembre-se ainda de que o professor é o principal responsável por essa clareza na apresentação

Lembre-se ainda de que o professor é o principal responsável por essa clareza na apresentação dos conceitos e suas aplicações em sala de aula, devendo intervir, quando julgar que a mistura de conceitos está atrapalhando a compreensão deles.

Etapa 1 – Mobilização- 5 min.

Leve para a aula alguns barbantes já cortados com dois metros aproximadamente, para serem utilizados pelos alunos após a exibição do vídeo. Inicie sua aula aguçando a curiosidade dos alunos. O objetivo é que fiquem motivados a assistir ao vídeo em questão e, em seguida, interessem-se e se envolvam com as atividades relacionadas à proporção áurea.

Faça uma pequena discussão sobre o que é ser bonito? Informe-os de que o vídeo
Faça uma pequena discussão sobre o que é ser bonito? Informe-os de que o vídeo a
que vão assistir tratará de um padrão de beleza de quadros, de prédios e do corpo humano
de épocas passadas e que, depois do vídeo entre as atividades, cada um vai fazer cálculos
para saber o quanto é bonito.
Etapa 2 – Exibição do Vídeo - 30 min.
Assista ao vídeo todo, podendo retomar alguns trechos, caso os alunos queiram
rever algumas partes logo após a primeira exibição. A duração é de 26 minutos. Faça um
destaque sobre o quadro O Homem Vitruviano e a definição do retângulo áureo.

Etapa 3 – Atividade 1 - Tratamento da informação - 25 min.

Convide os alunos para a atividade de calcular o quanto cada um é bonito, dentro dos padrões definidos na época do movimento renascentista. Informe-os que irão completar uma tabela com apenas três dentre muitas proporções consideradas naquela e em outras épocas.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Segue uma sugestão de quadro, que pode ser levado impresso, acompanhando espaços para o registro

Segue uma sugestão de quadro, que pode ser levado impresso, acompanhando

espaços para o registro de alguns resultados de cálculos, a saber: média aritmética dos

valores absolutos dos desvios de cada medida com relação ao número de ouro; média

aritmética do quadrado dos desvios (denominado variância); raiz quadrada da média

aritmética dos quadrados dos desvios (denominado de desvio padrão) e a razão entre o

desvio padrão com o número de ouro (denominado de coeficiente de variação).

Quadro 1 : Medidas para o cálculo de beleza Descrição M 1 M 2 R=(M
Quadro 1 : Medidas para o cálculo de beleza
Descrição
M 1
M 2
R=(M 1 /M 2 )
Desvios: d i = (1,608 - R)
1-Altura total (M 1 ) e a
altura até o umbigo (M 2 ).
2-Medida do ombro à
ponta do dedo (M 1 ) e a
medida do cotovelo à
ponta do dedo (M 2 ).
3-Altura até o quadril (M 1 )
e a altura até o joelho(M 2 ).
1) Complete o quadro 1.
2) Calcule a variância(σ 2 ) que corresponde à média aritmética dos quadrados dos desvios,
ou seja, σ 2 = [(d 1 ) 2 +(d 2 ) 2 +(d 3 ) 2 ]/3, em que d 1 , d 2 e d 3 são os valores a última coluna que
representam os desvios citados acima. σ 2 = ?

3) Calcule o desvio padrão (σ) que é a raiz quadrada da variância. σ = ?

4) Encontre a razão entre o desvio padrão e número de ouro denominado de coeficiente de

variação (CV) e multiplique o resultado por 100. CV?

Análise dos resultados do item 4 no quadro seguir:

Muito bonito

Bonito

Razoável

Feio

CV 10

10< CV 20

20< CV 50

CV > 50

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Etapa 3 – Atividade 2 - Resolução de problemas - 20 min. Reformule o problema

Etapa 3 – Atividade 2 - Resolução de problemas - 20 min.

Reformule o problema dos casais de coelhos. Um casal de coelhos pode reproduzir-

se após dois meses de vida e, a partir daí, produz um novo casal a cada mês. Começando

com um único casal de coelhos recém-nascidos, quantos casais existirão a cada mês desde

o primeiro até o 12º mês? Suponha que, nesse período, nenhum coelho morrerá. Peça aos
o primeiro até o 12º mês? Suponha que, nesse período, nenhum coelho morrerá.
Peça aos alunos para terem muita atenção ao preencher os dados a partir do quadro
abaixo. O mais importante nessa atividade é o raciocínio que será utilizado ao completar o
quadro. Ao longo da atividade, vale a pena perguntar se existe um padrão na sequência dos
números que fornecem o total de coelhos a cada mês. Lembre-se de que esses números
podem ser obtidos, a partir do terceiro, pela soma dos dois termos anteriores. Esse resultado
pode ser comentado ao final, caso não tenham chegado a ele ou compartilhado e explicado
pelo aluno ou grupo que porventura tenha descoberto o padrão.
Nº do Mês
Nº nascidos
Nº de jovens
(1 mês de idade)
Nº de adultos
( mais de 1mês de idade)
Total do mês

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Etapa 3 – Atividade 3 - Construção do retângulo áureo utilizando o Geogebra - 40

Etapa

3

Atividade 3

- Construção do retângulo áureo utilizando o

Geogebra - 40 min.

Nessa atividade, os alunos poderão conhecer um programa livre, muito útil para fazer desenhos geométricos de boa precisão. Além disso, terão oportunidade de rever vários conceitos de geometria como reta, paralelas, perpendiculares e pontos de intersecção. Passe o roteiro para os alunos na forma impressa. Assim, cada grupo poderá avançar conforme o seu ritmo. A construção pode ser feita com menos passos e de outras formas, utilizando o mesmo programa. O objetivo também é conhecer o programa sem necessidade de fazer download, podendo ser acessado diretamente pela internet. Caro professor, não fique assustado com o número de passos que aparecem nas figuras, pois alguns não levam mais de um segundo para serem executados. Todas as figuras abaixo foram construídas a partir dos procedimentos descritos. Acesse o endereço http://www.geogebra.org/webstart/geogebra.html. Na página do Geogebra, clique no vértice inferior direito do quinto botão, e escolha a opção, “Polígono Regular”, clicando nela. Com o mouse, coloque dois pontos no plano. Nesse momento, aparecerá uma janelinha que indica o número de lados do polígono. Clique em OK e um quadrado com vértices nos pontos A, B, C e D será formado. Veja a sequência de passos na figura 1.

D será formado. Veja a sequência de passos na figura 1. A TV Escola leva até

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Figura 1. Marque o ponto médio entre os pontos A e B. Fazendo isso, clique
Figura 1. Marque o ponto médio entre os pontos A e B. Fazendo isso, clique
Figura 1. Marque o ponto médio entre os pontos A e B. Fazendo isso, clique
Figura 1.
Marque o ponto médio entre os pontos A e B. Fazendo isso, clique no vértice
inferior direito do segundo botão e escolha a opção “Ponto médio ou Centro”, clicando
nela. Siga clicando sobre os pontos A e B. Nesse momento, aparecerá o ponto E. Veja a
sequência de passos na figura 2.
Prosseguindo, construa uma circunferência com centro no ponto E com raio igual
ao comprimento do segmento EC. Para fazer isso, clique no vértice inferior direito do
sexto botãoe escolha a opção “Círculo Definido pelo Centro e um dos seus Pontos. Veja a
sequência de passos na figura 3.

Figura 2.

Figura 3.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Construa uma reta que passa pelos pontos E e B. Para fazer isso , clique

Construa uma reta que passa pelos pontos E e B. Para fazer isso, clique no vértice

inferior direito do terceiro botão e escolha a opção “Reta Definida por Dois Pontos”. Em

seguida, clique sobre os pontos A e B. Veja a sequência de passos na figura 4

Crie o ponto de intersecção entre a reta e a circunferência. Para fazer isso, clique

no vértice inferior direito do segundo botão e escolha a opção “Intersecção entre Dois

Objetos”. Clique, na reta e na circunferência, dois novos pontos (G e F) surgirão. Veja a

sequência de passos na figura 5. Figura 4. Figura 5. Construa uma reta perpendicular à
sequência de passos na figura 5.
Figura 4.
Figura 5.
Construa uma reta perpendicular à primeira reta construída, e que passa pelo ponto
G, conforme mostrado na figura 6 e outra paralela à primeira e que passa pelo ponto C,
conforme mostra a figura 7.

Figura 6.

Figura 7.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Crie o ponto de intersecção entre as dua s últimas retas construídas conforme a figura

Crie o ponto de intersecção entre as duas últimas retas construídas conforme a figura 8 e esconda (não apague) os seguintes objetos: Ponto F, a circunferência e todas as retas construídas. Depois destes objetos selecionados, clique no primeiro botão onde

aparece uma seta

.
.

Veja figura 9.

no primeiro botão onde aparece uma seta . Veja figura 9. Figura 8. Figura 9. Clique
no primeiro botão onde aparece uma seta . Veja figura 9. Figura 8. Figura 9. Clique
Figura 8. Figura 9.
Figura 8.
Figura 9.

Clique sobre o primeiro botão, para poder mover objetos que aparecem com cor azul. Arraste o ponto A até o ponto (0,0), ou seja, para a origem do plano cartesiano, e o ponto B até o ponto (10,0), ou seja, até o ponto 10 do eixo de coordenadas. Para poder visualizar a figura e os demais pontos, desloque o plano cartesiano todo até que tudo esteja visível. Para isso, clique sobre o último botão e escolha “Transladar Janela de Visualização”. Em seguida, clique sobre o quadrado ou outro local da área e mova para onde tudo fica visível. Construa o retângulo com os pontos A, G, H, e D. Para isso, clique no quinto botão e escolha a primeira opção, ou seja, Polígono; em seguida, clique sobre os pontos A, G, H, D e A, nesta sequência, ou outra de forma similar. Nesse momento, o retângulo áureo está formado.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

Figura 10. Abra um editor de textos, posicione sua construção de modo que ela apareça
Figura 10. Abra um editor de textos, posicione sua construção de modo que ela apareça
Figura 10.
Abra um editor de textos, posicione sua construção de modo que ela apareça toda
na tela, acione a tecla Print Screen para fazer captura de tela. Cole a figura obtida no texto e
salve-o.

Sugestão de exercícios adicionais.

1) Utilize o caderno para calcular o número irracional que corresponde à medida da hipotenusa do triângulo EBC. Esse valor é o mesmo que o comprimento do segmento de extremidades E e G, visto que são raios de uma única circunferência construída anteriormente.

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

2) Encontre as medidas dos lados a, b do retângulo de vértices AFHD da figura

2) Encontre as medidas dos lados a, b do retângulo de vértices AFHD da figura 11 bem como a medida do segmento CH, ou seja (a-b) da figura 11.

3) Encontre a razão a/b a razão b/(a-b).

4) Verifique se a igualdade

a é verdadeira.

b a

b

b

=

Figura 11.
Figura 11.

5) Utilize uma folha do seu caderno para construir um retângulo áureo. Use uma régua para obter a medida do lado maior e chame esta medida b. Calcule qual deve ser a medida do lado menor (a), para formar um retângulo áureo esta folha. Sugestão: utilize a igualdade que aparece na questão 4, substituindo b pela medida maior e encontre o valor de a, resolvendo a equação do segundo grau que resulta da proporção.

Sites recomendados

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.

http://www.cienciamao.usp.br/tudo/recursos.php?tipo=software http://www.projetos.unijui.edu.br/matematica Questões para

Questões para discussão

Dentro da escola, onde se pode ver um retângulo áureo? Por que o número de ouro é um número irracional? Se tirarmos fotos de perfil, de alguns animais, quais poderiam ser encaixados num retângulo áureo?

Bibliografia LAURO, M. M. A razão áurea e os padrões harmônicos na natureza, artes e
Bibliografia
LAURO, M. M. A razão áurea e os padrões harmônicos na natureza, artes e arquitetura.
Exata, São Paulo, v.3, p. 35-48, 2005.
QUEIROZ, Rosania Maria. Razão Áurea: A Beleza de uma Razão Surpreendente.
Disponível
em
http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/674-4.pdf.
Acessado em julho de 2011.
Consultora: Tânia Michel Pereira

A TV Escola leva até a sua sala de aula os melhores documentários e séries de conteúdo educativo. Acompanhe nossa programação no Canal 123 da Embratel, no Canal 112 da SKY, no Canal 694 da Telefônica TV Digital ou gratuitamente sintonizando sua antena parabólica: analógica - Hor /Freq. 3770 e digital banda C Vert /Freq. 3965 Na internet acesse http://tvescola.mec.gov.br e assista ao vivo, 24 horas.