Lixão de Alpercata

ESTUDO DE CASO
BRUNO LEANDRO NEVES DIONE SOUZA ANDRE LUIZ DOS SANTOS MARCOS N. RIBEIRO ALLYSOM MATOS

Prefácio
Considerando a crescente preocupação da sociedade com relação às questões ambientais e ao desenvolvimento sustentável, a ABNT criou a CEET00.01.34 - Comissão de Estudo Especial Temporária de Resíduos Sólidos, para revisar a ABNT NBR 10004:1987 - Resíduos sólidos - Classificação, visando a aperfeiçoá-la e, desta forma, fornecer subsídios para o gerenciamento de resíduos sólidos.

ABNT NBR 10004
A ABNT NBR 10004 foi elaborada pela Comissão de Estudo Especial Temporária de Resíduos Sólidos (ABNT/CEET–00:001.34). O Projeto circulou em Consulta Pública conforme Edital nº 08 de 30.08.2002, com o número Projeto NBR 10004.  Esta Norma é baseada no CFR – Title 40 – Protection of environmental – Part 260-265 – Harzardous waste management  Esta Norma substitui a ABNT NBR 10004:1987.

NBR 10.004/2004
Esta Norma estabelece os critérios de classificação e os códigos para a identificação dos resíduos de acordo com suas características.
Os resíduos perigosos classificados pelas suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e patogenicidade são codificados conforme indicado a seguir:  D001: qualifica o resíduo como inflamável;  D002: qualifica o resíduo como corrosivo;  D003: qualifica o resíduo como reativo;  D004: qualifica o resíduo como patogênico.

Conceito de Resíduo Sólido Urbano
Todo e qualquer refugo, sobra ou detrito resultante da atividade humana, excetuando dejetos e outros materiais sólidos; pode estar em estado sólido ou semissólido. Os resíduos sólidos podem ser classificados de acordo com sua natureza física (seco ou molhado), sua composição química (orgânico e inorgânico) e sua fonte geradora (domiciliar, industrial, hospitalar, etc.). Uma classificação que se sobrepõe a todas as demais é aquela que considera os riscos potenciais dos resíduos ao ambiente, dividindo-os em perigosos, inertes e não inertes, conforme a NBR10.004.

Resíduos Sólidos

Normas

Técnicas da ABNT: NBR 10004/2004 - Resíduos sólidos – Classificação; NBR 10005/2004 - Procedimento para obtenção de extrato lixiviado de resíduos sólidos; NBR 10006/2004 - Procedimento para obtenção de extrato solubilizado de resíduos sólidos; NBR 10007/2004 - Amostragem de resíduos sólidos.

Classificaç ão dos Resíduos Sólidos
Os resíduos sólidos podem ser classificados de acordo com a origem, tipo de resíduo, composição química e periculosidade :

Os resíduos são classificados, de acordo com a NBR 10.004/04, como:
- Resíduos Classe I – Perigosos - Resíduos Classe II – Não

Perigosos - Resíduos Classe II A – Não Inertes - Resíduos Classe II B – Inertes.

Lixo Orgânico
Na concepção técnica o lixo deve ser visto e analisado sob o prisma biológico, assim lixo orgânico é todo lixo que tem origem animal ou vegetal, ou seja, que recentemente fez parte de um ser vivo. Numa linguagem mais técnica e moderna, abordaríamos os resíduos sólidos, sendo seu componente biológico a matéria orgânica, mas da mesma forma oriundos dos seres vivos, animais e vegetais. Neles pode-se incluir restos de alimentos, folhas, sementes, restos de carne e ossos,

Lixo Orgânico
Restos de Alimentos

Lixo inorgânico

Lixo inorgânico inclui todo material que não possui origem biológica, ou que foi produzida através de meios humanos, como plásticos, metais e ligas, vidro, etc. Considerando a conformação da natureza, os materiais inorgânicos são representados pelos minerais.

Lixo Inorgânico
Lixo Seco Lixo Seco

Potencial Contaminante
O lixo urbano é um dos maiores problemas ambientais da atualidade, pois os moldes de consumo adotados pela maioria das sociedades modernas provocam o aumento contínuo e exagerado na quantidade de lixo produzido. As principais causas da poluição do solo são: o acúmulo de lixo sólido, como embalagens de plástico, papel e metal, e de produtos químicos, como fertilizantes, pesticidas e herbicidas.

Risco de Contaminação por Metais Pesados

Tempo de Decomposição de Materiais
Questões Ambientais

Riscos de Contaminação a saúde Pública
O lixo pode muitas vezes conter materiais perigosos, que oferecem sérios riscos à saúde humana e ao meio ambiente, como baterias de veículos, pilhas e baterias comuns e de celulares, embalagens de produtos químicos, tóxicos e/ou corrosivos etc.

Riscos a Saúde
O lixo depositado em lixões a céu aberto baldios atrai ratos, baratas, moscas, mosquitos, formigas e escorpiões, entre outros, podendo transmitir doenças como diarréias infecciosas, parasitoses, amebíase etc. Pode ainda permitir o desenvolvimento de larvas de mosquitos vetores de doenças como a dengue e a leishmaniose .

Riscos de Contaminação por contato e inalação em lixões

Lixão de Alpercata -MG

LOCALIZADO AS MARGENS DA RODOVIA FEDERAL BR116, NO MUNICÍPIO DE ALPERCATA – MG CERCA DE 15KM GOV. VALADARES – MG E A 2KM DO BAIRRO DE VILA EUGENIA EM ALPERCATA. COM CERCA DE 10.000M² É DEPOSITADO TODO TODOS OS RESÍDUOS SÓLIDOS PRODUZIDOS NO MUNICIPIO.

O lixo é recolhido por tratores do tipo “Jerico” como na imagem abaixo.

No Local
O lixo é recolhido de todo município e despejado sem separação ou controle do mesmo, Há no local um numero de animais que podem causar doenças, animais esses como Ratos, Baratas e um número muito grande de Moscas, Cheiro muito forte de Matéria Orgânica em decomposição.

Risco de Contaminação no Local
O grau de contaminação do meio ambiente no local é grande pois há áreas brejo logo abaixo o lixão, também há nascentes no local que podem ser contaminadas pelo Chorume. Em época de chuva com o escoamento da água pelo lixão transporta alem do lixo toxico e matéria orgânica em decomposição para o curso d’água

A noite funcionários queimam o lixo inorganico juntamente com lixo orgânico que gera uma fumaça toxica e um forte cheiro que afeta a população que vide perto do local, há famílias que vivem a cerca de 300m do local que se queixam do mal cheiro e da fumaça.

Chegam ao local cerca de 5 a 6 Caminhões de lixo do tipo “caçamba” lixo esse de todo município.
(Joacir _ Secretário de Obras)

Lixo Orgânico e Lixo Seco misturados

Risco de contaminação no local
Além da poluição física de extensa áreas de solo destinada ao lixão, existem muitas áreas tomadas pelo lixão, onde o depósito contínuo de lixo sem tratamento algum pode levar à contaminação de lençóis freáticos, córrego e lagos, pelo escoamento do chorume e outras substâncias tóxicas provenientes da degradação do lixo. O uso de incineração a céu aberto pode levar à liberação de grandes quantidades de poluentes no ar.

Há no local um curso d’água que está sendo contaminado pelo chorume, já que não há separação do lixo nem controle do mesmo. O lixo é simplesmente jogado no local daí vem uma retroescavadeira que o espalha para que haja a secagem rápida para ser queimado.

Questão Social
Alem do problema da fumaça e do cheiro forte de moradores que vivem ao redor da área, há um problema de catadores que trabalham no local sem nenhum tipo de proteção, não usam luvas nem mascaras para a separação do lixo. O local oferece riscos físicos, químicos e biológicos, pois a o risco de se cortarem pela grande quantidade de vidro, metais e outros espalhados no local. Como o de contaminação por Substancias nocivas a saúde, fumaça toxica proveniente da queima de plásticos algumas telhas de Amianto e risco por animais peçonhentos e como cobras, aranhas e escorpiões,alem de ratos, baratas e moscas, há também o acumulo de água em pneus e plásticos que podem formar condições a reprodução do mosquito Aedes Aegypti que transmite a Dengue.

Embalagens de remédios

Nascente no alto do morro

Maquina espalhando o lixo

Risco de Contaminação por Metais Pesados

Mediadas Mitigadoras