Você está na página 1de 15

MINISTRAÇÃO DE

DOMINGO
O Verdadeiro Evangelho
APOSTOLO PAULO
Jesus Cristo por diversas vezes alertou a Seus discípulos que
o caminho de Deus era um caminho estreito (Mateus 7:13-
14). Também alertou que o discípulo deveria levar a sua cruz
e negar a si mesmo (Mateus 16:24), o que mostrava que
seria uma caminhada complexa. Também disse que o
mundo maligno se enfureceria contra os verdadeiros
discípulos de Cristo e eles seriam perseguidos ferozmente
(Marcos 13:9). Tudo isso que Jesus disse não era uma forma
de desanimar os Seus discípulos, mas mostrar-lhes que eles
não são deste mundo, mas que estariam neste mundo para
iluminá-lo e isso incomodaria o mundo caído. ((DIABO))
O mundo, porém, deseja a escuridão, e luta para
apagar qualquer luz que brilhe. Nesse sentido, o
personagem que talvez mais nos lembre da
realidade de sermos cristãos em um mundo maligno
é o apóstolo Paulo. A vida de Paulo nos ensina que
ser cristão não é brincadeira. Mas nos ensina
também a olhar além das dores, das perseguições,
das tribulações. Ensina a dependermos do Deus que
nos conduz, do Deus que tem uma herança para
Seus servos fieis.
Os 10 maiores sofrimentos
do apóstolo Paulo
1) Teve de descer em um cesto para
fugir de uma prisão arbitrária
Em 2 Coríntios 11:32-33 vemos que Paulo
teve de sofrer a humilhação de ser içado
por uma janela de uma muralha como se
fosse um criminoso fugitivo, a fim de
escapar do apetite voraz de governantes
injustos que queriam a sua cabeça.
2) Foi expulso de Antioquia pelos poderosos
da cidade
Em Atos 13:50-51
vemos uma conspiração entre os judeus,
mulheres e homens de alta posição da
cidade para expulsar Paulo da cidade pelo
simples fato dele estar expondo o evangelho
naquele lugar e estar havendo conversões.
3) Foi apedrejado quase até a morte
em Listra
Em Atos 14:19 vemos que Paulo foi
arrastado por uma multidão para fora da
cidade e foi apedrejado por essa multidão
e, provavelmente, tenha desmaiado, fato
este que fez a multidão achar que ele
estava morto.
4) Na Macedônia foi açoitado, preso e
amarrado com os pés em um tronco.
Em Atos 16:23-24 vemos que Paulo foi
preso porque expulsou um demônio de
uma jovem adivinhadora que dava muito
lucro aos que a exploravam. Por isso, foi
açoitado, lançado na cadeia e teve seus
pés amarrados em um tronco.
5) Foi perseguido pelos judeus de
Tessalônica porque pregou em Bereia
Em Atos 17:13-14 vemos que Paulo sofre
perseguição dos próprios judeus apenas
pelo fato de pregar em uma sinagoga em
Bereia. Por causa disso, mais uma vez, teve
de fugir desses judeus que queriam a sua
morte.
6) Por pregar contra outros deuses em
Éfeso, ficou em meio a uma grande
confusão na cidade
Em Atos 19:23-26 alguns ourives, temendo ficar
sem seu lucro por produzirem imagens de
deuses para adoração, incitaram grande tumulto
contra Paulo e outros discípulos, o que fez a
estadia de Paulo nessa cidade ainda mais
perigosa.
7) Em Jerusalém é acusado injustamente de
ter levado um grego ao templo e, por isso,
é perseguido e quase é morto.
Em Atos 21:27-31 mais uma vez os judeus
fazem uma grande confusão por deduzirem que
Paulo teria profanado o templo levando um
grego (Trófimo) até lá. Eles incitam as pessoas e
Paulo é arrastado para fora do templo,
espancado e quase é morto pela multidão.
8) Preso e enviado a Roma, sofre um
naufrágio em Mileto
Em Atos 27:13-20 Paulo, injustamente
preso, é levado de navio até Roma, onde
teria uma audiência sobre sua prisão
injusta. No caminho, o navio deles sofre
um grave naufrágio devido a uma
tempestade.
9) Na ilha de Malta é picado por uma
cobra venenosa.
Em Atos 28:3 vemos que, após se
recuperar do grave naufrágio, Paulo é
picado por uma cobra venenosa que
estava escondida entre os gravetos que ele
pegava para fazer uma fogueira.
Felizmente não morreu.
10) Foi decapitado por Nero em Roma
Apesar da Bíblia não narrar esse fato, a
tradição sobre a morte de Paulo diz que
ele foi decapitado por Nero, por volta do
ano 67 ou 68 d.C., o que é bem provável, já
que o imperador Nero foi um dos mais
cruéis governantes de todos os tempos.
Evidentemente, os sofrimentos que Paulo passou foram
ainda maiores do que estes 10 listados. Ele teve de
suportar um espinho na carne (2 Coríntios 12:7). Teve que
se separar de amigos queridos por causa do ministério
(Atos 20:22-23). Etc. A vida cristã não é brincadeira, mas
também é o melhor caminho a ser trilhado. É o caminho
de Deus, ainda que o mundo se levante contra esse
caminho e desencoraje todos nós a segui-lo. Que
possamos nos espelhar em Paulo, um grande homem de
Deus que não se abateu pelos sofrimentos do caminho!