Você está na página 1de 3

Grafia dos porquês

(A) SEPARADO E SEM ACENTO: por que – é um advérbio


interrogativo em perguntas diretas ou indiretas, com significado de
por qual motivo.

“Por que você não fez a prova?”


“ Gostaria de saber por que você não fez a prova.”

* Quando o “que” é pronome relativo, como sinônimo de pelo(a)


qual e seus plurais.

“Apresento as razões por que meu pai não veio à reunião.”


(B) SEPARADO E COM ACENTO CIRCUNFLEXO: por quê
– em final de frase ou quando a expressão estiver isolada.

“ Você não veio à aula. Por quê?”

(C) JUNTO E SEM ACENTO: porque – conjunção coordenativa


explicativa, equivalente a pois.

“Venha rápido menino, porque teu pai o chama.”

* Ou quando é conjunção subordinativa causal, equivalente a visto


que, já que, uma vez que.

“Não vim à aula, porque estava doente.”


(D) JUNTO E COM ACENTO CIRCUNFLEXO: porque – é
um substantivo, equivalente a causa, motivo, razão.

“Não sei o porquê de sua saída do grupo.”