P. 1
Grupos Terroristas - Principais Ataques

Grupos Terroristas - Principais Ataques

|Views: 323|Likes:
Publicado porraquel_costars

More info:

Published by: raquel_costars on Sep 10, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/20/2014

pdf

text

original

Grupos e facções terroristas

(Alvos e objetivos / Crimes cometidos / Bases e áreas de atuação / Número de integrantes / Ajuda externa)
• Abu Nidal • Abu Sayyaf • Brigadas de Mártires de Al-Aqsa • Grupo Armado Islâmico (GIA) • Asbat al-Ansar • Aum Shrinkyo • ETA • Novo Exército do Povo • Al-Gama’a al-Islamiyya • Hamas • Hezbolá • Movimento Islâmico do Uzbequistão • Jemaah Islamiya (JI) • Jihad Islâmica • Kahane Chai (Kach)
Abu Nidal

• Partido dos Trabalhadores do Curdistão • Frente de Libertação dos Tigres de Tamil • Exército de Libertação Nacional (ELN) • Jihad Palestina • Frente para a Libertação da Palestina • Al Qaeda • IRA • Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) • 17 de Novembro • Sendero Luminoso

Também conhecido como: Conselho Revolucionário da Fatah, Brigadas Revolucionárias Árabes, Setembro Negro e Organização Revolucionária de Muçulmanos Socialistas. • Alvos e objetivos: Estados Unidos Inglaterra, França, Israel e palestinos moderados; expulsão dos judeus do Oriente Médio e retomada das terras palestinas e árabes • Crimes cometidos: atentados em 20 países, com cerca de 900 pessoas mortas e feridas; entre as principais ações, ataques aos aeroportos de Roma e Viena (1985) e seqüestro de um avião da Pan Am (1986) • Bases e áreas de atuação: territórios palestinos e Líbano; Oriente Médio, Ásia e Europa • Número de integrantes: algumas centenas • Ajuda externa: abrigo, assistência logística e financiamento do Iraque, Líbia e Síria (até 1987)

Abu Sayyaf • Alvos e objetivos: cristãos, turistas, estrangeiros e forças ocidentais nas Filipinas; criação de um estado islâmico independente no país e obtenção de lucro através de seqüestro e extorsão • Crimes cometidos: assassinatos, seqüestros, atentados a bomba e extorsão; entre as principais ações, raptos de turistas na Malásia (2000) e de missionários americanos (2001) • Bases e áreas de atuação: províncias filipinas de Basilan, Sulu e Tawi-Tawi; Filipinas e Malásia • Número de integrantes: entre 200 e 500 • Ajuda externa: apoio financeiro esporádico de terroristas do Oriente Médio e sul da Ásia

Brigadas de Mártires de Al-Aqsa • Alvos e objetivos: Israel e os colonos judeus; expulsar os israelenses da Faixa de Gaza,

Aum. que prevê o início da III Guerra Mundial com um ataque dos EUA ao Japão • Crimes cometidos: atentados com substâncias químicas em locais públicos.500 a 2. policiais. expulsão dos não-árabes da região e adoção de interpretações extremistas do Islã em seus países • Crimes cometidos: atentados contra líderes religiosos. alvos espanhóis e franceses dentro e fora dos países • Número de integrantes: centenas de membros. o primeiro ataque suicida praticado por uma mulher-bomba • Bases e áreas de atuação: Cisjordânia e sul do Líbano. ataques contra alvos estrangeiros (2000) e a embaixada da Rússia em Beirute (2000) • Bases e áreas de atuação: campos de refugiados palestinos. teatros e lojas de bebidas. Rússia e dezenas de outros países • Número de integrantes: 1. ataques com gás Sarin no metrô de Tóquio (1995) e tentativa de explodir embaixada na Rússia (2000) • Bases e áreas de atuação: Japão. mais simpatizantes . Alava e Navarra nos estados franceses de Labourd. Israel e Faixa de Gaza Número de integrantes: desconhecido • Ajuda externa: desconhecida Grupo Armado Islâmico (GIA) • Alvos e objetivos: o governo secular da Argélia. Aleph • Alvos e objetivos: civis e o governo do Japão e forças americanas no país. entre as principais ações. funcionários do governo e estrangeiros. assassinato do primeiro-ministro Carrero Blanco (1973) • Bases e áreas de atuação: regiões autônomas bascas no norte da Espanha e sul da França. substituí-lo por um estado fundamentalista islâmico • Crimes cometidos: atentados contra civis. militares e juízes. entre as principais ações. Basse-Navarra e Soule • Crimes cometidos: atentados a bomba e assassinatos de funcionários e líderes de governo.000 • Ajuda externa: nenhuma ETA Também conhecido como: Pátria Basca e Liberdade. o assassinato de mais de 100 imigrantes (desde 1993) e o seqüestro de um avião da Air France (1994) • Bases e áreas de atuação: Argélia • Número de integrantes: menos de 100 • Ajuda externa: desconhecida Asbat al-Ansar Também conhecido como: a Liga dos Seguidores • Alvos e objetivos: o governo do Líbano e forças ocidentais no Oriente Médio.Cisjordânia e Jerusalém e criar um estado autônomo palestino • Crimes cometidos: vários atentados suicidas contra civis e militares israelenses. Japão. Euzkadi Ta Askatasuna • Alvos e objetivos: autoridades e forças de segurança da Espanha e França. criação de um estado independente basco nas províncias espanholas de Vizcaya. entre as principais ações. boates. espalhar sua doutrina religiosa apocalíptica. entre as principais ações. Guipuzcoa. Líbano • Número de integrantes: cerca de 300 • Ajuda externa: dinheiro de extremistas sunitas e da rede Al Qaeda de Osama bin Laden Aum Shrinkyo Também conhecido como: Verdade Suprema. entre as principais ações.

entre as principais ações. Israel • Número de integrantes: dezenas de milhares de integrantes e simpatizantes • Ajuda externa: apoio financeiro do Irã e de exilados palestinos no mundo todo Hezbolá Também conhecido como: Partido de Deus. expulsar os israelenses e formar um estado islâmico palestino na região • Crimes cometidos: dezenas de atentados a bomba contra alvos israelenses e americanos. expulsar os americanos e judeus da região e estabelecer um estado islâmico no Egito • Crimes cometidos: atentados contra forças de segurança. Jihad Islâmica para a Libertação da Palestina. os bombardeios da embaixada dos EUA em Beirute (1983) e da embaixada de Israel (1992) e de um centro cultural judeu (1994). entre as principais ações.• Ajuda externa: treinamento na Líbia.000 • Ajuda externa: desconhecida Al-Gama’a al-Islamiyya Também conhecido como: Grupo Islâmico • Alvos e objetivos: o governo moderado do Egito. políticos. financeiro. Ásia. juízes. político e diplomático da Síria e do Irã . expulsar os israelenses e formar um estado islâmico palestino na região • Crimes cometidos: dezenas de atentados a bomba suicidas contra civis e militares israelenses • Bases e áreas de atuação: Cisjordânia e Faixa de Gaza. o assassinato de um parlamentar (2001) e ataques contra forças dos EUA no país • Bases e áreas de atuação: Filipinas • Número de integrantes: mais de 10. África e América do Sul • Número de integrantes: centenas de membros e milhares de simpatizantes • Ajuda externa: apoio logístico. células no Oriente Médio. EUA e judeus no exterior. Líbano e Nicarágua. Europa. Afeganistão e países da Europa • Número de integrantes: desconhecido. Israel e forças ocidentais. Cairo e Alexandria. possivelmente milhares de adeptos e outros milhares de simpatizantes • Ajuda externa: suposto apoio financeiro e logístico do Irã e da rede Al Qaeda de Osama bin Laden Hamas Também conhecido como: Movimento da Resistência Islâmica • Alvos e objetivos: Israel e os colonos judeus. Egito. derrubar o governo através de ações de guerrilha e estabelecer um regime de esquerda com inspiração maoísta • Crimes cometidos: atentados contra forças de segurança. entre as principais ações. e abrigo em Cuba e na América do Sul Novo Exército do Povo Também conhecido como: Partido Comunista das Filipinas (PCP) • Alvos e objetivos: governo das Filipinas e forças dos EUA. em especial dos EUA. informantes do governo e até antigos integrantes que tentam deixar a facção. Organização da Justiça Revolucionária e Organização dos Oprimidos na Terra • Alvos e objetivos: Israel. integrantes do governo e turistas estrangeiros. o ataque contra os turistas em Luxor (1997) e a tentativa de assassinato do presidente Hosni Mubarak na Etiópia • Bases e áreas de atuação: sul do Egito. ambos na Argentina • Bases e áreas de atuação: Beirute e sul do Líbano.

sul das Filipinas e sul da Tailândia • Número de integrantes: cerca de 5. Malásia. Congresso Democrático do Curdistão • Alvos e objetivos: governo da Turquia. incluindo a rede Al Qaeda de Osama bin Laden Jihad Islâmica Também conhecido como: Jihad Islâmica Egípcia. Cingapura. al Jihad • Alvos e objetivos: Israel. Líbano e Inglaterra Número de integrantes: várias centenas • Ajuda externa: apoio logístico e financeiro de outros grupos radicais islâmicos e da rede Al Qaeda de Osama bin Laden Kahane Chai (Kach) • Alvos e objetivos: palestinos e moderados de Israel. criar um grande estado islâmico reunindo os territórios da Indonésia. Grupo Jihad. Cingapura.000 • Ajuda externa: apoio logístico e financeiro de outros grupos extremistas do Oriente Médio e da Ásia Jemaah Islamiya (JI) • Alvos e objetivos: governos seculares no sul da Ásia e forças ocidentais na região. entre as principais ações. principalmente americanas. estabelecer um estado independente e democrático curdo no Oriente Médio . o assassinato do presidente Anwar Sadat (1981) da tentativa de assassinato do primeiro-ministro Atef Sedky (1993) • Bases e áreas de atuação: Egito. entre integrantes e simpatizantes • Ajuda externa: apoio logístico e financeiro de outros grupos extremistas do Oriente Médio e da Ásia. Afeganistão. Estados Unidos e o governo do Egito. entre as principais ações. Afeganistão. derrubar o governo e estabelecer um estado islâmico no país • Crimes cometidos: atentados contra integrantes do governo e das forças de segurança do Uzbequistão. o bombardeio das boates freqüentadas por turistas ocidentais em Bali (2002) • Bases e áreas de atuação: da Indonésia. Iêmen. formar um estado islâmico no país e atacar alvos israelenses e americanos no Egito e no exterior • Crimes cometidos: atentados a bomba e fuzilamentos contra integrantes do governo egípcio e diplomatas americanos e israelenses. Tadjiquistão e Irã. Malásia. Tadjiquistão e Uzbequistão • Número de integrantes: menos de 1. entre as principais ações. derrubar o governo. Paquistão. restabelecer as fronteiras bíblicas do Estado de Israel para os judeus • Crimes cometidos: pequenos ataques e ameaças contra árabes. Paquistão.Movimento Islâmico do Uzbequistão Alvos e objetivos: o governo secular do Uzbequistão.000. Quirgistão. sul das Filipinas e sul da Tailândia • Crimes cometidos: atentados a bomba contra alvos estrangeiros no sul da Ásia. palestinos e integrantes do governo israelense • Bases e áreas de atuação: Israel e as colônias judaicas da Cisjordânia • Número de integrantes: desconhecido • Ajuda externa: apoio financeiro de simpatizantes nos Estados Unidos e na Europa Partido dos Trabalhadores do Curdistão Também conhecido como: Congresso da Liberdade e Democracia do Curdistão. apoio ao regime Talibã no Afeganistão (até 2001) • Bases e áreas de atuação: sul da Ásia.

000 e 10. Líbano e Cisjordânia • Número de integrantes: desconhecido • Ajuda externa: apoio do Iraque até a queda de Saddam Hussein Frente Popular para a Libertação da Palestina • Alvos e objetivos: Israel e os palestinos moderados. Movimento Mundial Tamil. sabotagem das negociações de paz entre . Europa e Ásia Exército de Libertação Nacional (ELN) • Alvos e objetivos: o governo da Colômbia e as forças americanas no país. Cisjordânia. derrubar o governo e criar no país um regime comunista nos moldes de Cuba • Crimes cometidos: atentados a bomba. entre as principais ações. o seqüestro do navio italiano Achille Lauro e o assassinato de um turista americano (1985) • Bases e áreas de atuação: Iraque até a queda de Saddam Hussein. os ataques dos Tigres Negros. político e militar de simpatizantes da mesma etnia na América do Norte. expulsão dos israelenses e criação de um estado palestino no Oriente Médio • Crimes cometidos: atentados com mísseis e bombas contra Israel e seqüestros.• Crimes cometidos: atentados contra forças de segurança e integrantes do governo turco e civis contrários à separação da Turquia. Faixa de Gaza. expulsar os israelenses e formar um estado islâmico palestino na região • Crimes cometidos: atentados suicidas contra alvos civis e militares de Israel • Bases e áreas de atuação: Israel.000 e 5. Iraque e Irã Frente de Libertação dos Tigres de Tamil Também conhecido como: Associação Mundial Tamil. entre as principais ações.000 • Ajuda externa: apoio discreto da Síria. entre as principais ações. Líbano e Síria • Número de integrantes: desconhecido • Ajuda externa: apoio reduzido do Irã e da Síria Frente para a Libertação da Palestina Também conhecido como: Grupo Abu Abbas • Alvos e objetivos: Israel e os ocidentais. raptos de executivos estrangeiros para financiar a guerrilha e envolvimento com o tráfico de drogas • Bases e áreas de atuação: Colômbia e fronteiras do país • Número de integrantes: entre 3. Força Ellalan.000 • Ajuda externa: apoio financeiro. Força Sangilian • Alvos e objetivos: o governo do Sri Lanka. seqüestros e extorsão.000 e 5. Turquia. Europa e Oriente Médio • Número de integrantes: entre 4. os homens-bomba suicidas da facção • Bases e áreas de atuação: litoral do Sri Lanka • Número de integrantes: entre 8. ataques a dezenas de cidades da Europa Oriental (1993 e 1995) e aos pontos turísticos da Turquia (década de 90) • Bases e áreas de atuação: território curdo da Turquia. criar um estado independente do Tamil • Crimes cometidos: atentados contra líderes políticos e militares do Sri Lanka. entre as principais ações.000 • Ajuda externa: apoio discreto de Cuba Jihad Palestina • Alvos e objetivos: Israel e os colonos judeus.

entre as principais ações.000 membros e dezenas de milhares de simpatizantes • Ajuda externa: apoio logístico de Cuba e do IRA 17 de Novembro Também conhecido como: Organização Revolucionária 17 de Novembro • Alvos e objetivos: o governo da Grécia. Cisjordânia. células espalhadas pela Ásia. assassinatos. combater forças de direita e a presença de forças ocidentais e turcas no país . Colômbia e países vizinhos. Estados Unidos. os bombardeios de um hotel de israelenses no Quênia (2002). através da cooperação entre grupos extremistas e da derrubada de governos árabes seculares • Crimes cometidos: os maiores atentados a bomba e seqüestros da História. Também é responsável pelas explosões nos metrôs de Madri (2003) e de Londres (2005). IRA Verdadeiro • Alvos e objetivos: as tropas da Inglaterra na Irlanda do Norte. expulsão dos israelenses da região e criação de um estado palestino no Oriente Médio • Crimes cometidos: atentados a bomba contra árabes moderados e israelenses. expulsar os ingleses do território e unificar as Irlandas • Crimes cometidos: atentados a bomba. extorsão. tráfico de drogas e ações de guerrilha contra alvos econômicos. entre as ações planejadas que não deram certo. o Afeganistão. seqüestros. entre as principais ações. Síria e Líbano • Número de integrantes: desconhecido • Ajuda externa: apoio logístico e abrigo da Síria Al Qaeda Também conhecido como: Qa‘idat al-Jihad • Alvos e objetivos: Estados Unidos. Faixa de Gaza. entre as principais ações. os ataques da Sexta-Feira Sangrenta (1972) e Omagh (1998) • Bases e áreas de atuação: Irlanda do Norte.israelenses e palestinos. em 11 de setembro de 2001. do contratorpedeiro USS Cole na costa do Iêmen (2000) e de duas embaixadas americanas na África (1998). Oriente Médio e ocidente. o ataque contra a posse do presidente Álvaro Uribe (2002) • Bases e áreas de atuação: Colômbia. o assassinato do ministro do Turismo de Israel (2001) • Bases e áreas de atuação: Israel. assassinatos e roubos. Europa.000 e 12. Reino Unido • Número de integrantes: 100 a 200 • Ajuda externa: apoio financeiro de simpatizantes nos Estados Unidos Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) • Alvos e objetivos: o governo da Colômbia. matar americanos e judeus. políticos e militares colombianos. e o maior ato terrorista já visto no mundo. Israel e governos moderados do mundo árabe. os assassinatos do papa João Paulo II e do ex-presidente americano Bill Clinton e dezenas de outros planos ambiciosos • Bases e áreas de atuação: até 2001. agora. como Venezuela e Equador • Número de integrantes: entre 9. • Número de integrantes: dezenas de milhares de membros. "sócios" e simpatizantes • Ajuda externa: apoio financeiro de radicais islâmicos em várias partes do mundo árabe IRA Também conhecido como: IRA Real. entre os principais. Turquia e forças da Otan. derrubar o governo e formar um estado comunista no país • Crimes cometidos: atentados a bomba. expulsar as forças americanas do Oriente Médio. unir os muçulmanos do mundo e formar um califado pan-islâmico no planeta.

• Crimes cometidos: atentados a bomba e assassinatos de diplomatas americanos. rejeitar influências externas ao país. o bombardeio da embaixada americana em Lima (2002) • Bases e áreas de atuação: Peru • Número de integrantes: entre 400 e 500 • Ajuda externa: nenhuma . Grécia • Número de integrantes: desconhecido.000 pessoas. entre as principais ações. mas provavelmente muito pequeno • Ajuda externa: desconhecida Sendero Luminoso • Alvos e objetivos: o governo do Peru. políticos e militares gregos e representantes da União Européia • Bases e áreas de atuação: Atenas. derrubar o governo e substituí-lo por um regime comunista revolucionário camponês • Crimes cometidos: atentados a bomba e assassinatos que já mataram cerca de 30.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->