P. 1
Aula 01 Planos e Eixos

Aula 01 Planos e Eixos

|Views: 66|Likes:
Publicado porRose Ponso

More info:

Published by: Rose Ponso on Feb 20, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/10/2013

pdf

text

original

Breve História da Anatomia

DISCIPLINA: Anatomia Animal Geral e Sistêmica AULA 1: “INTRODUÇÃO” – 22/11/2012 Dra.Roselaine Ponso

Anatomia Primitiva (3000 a 1600 A.C.)
• Hieróglifos e papiros indicam o interesse pela anatomia de animais e humanos (múmias)
• Previsão do futuro pela observação do fígado de animais (Assíria, Caldéia)

Aristóteles e Hipócrates (460 a 322 A.C.)
• Aristóteles, fundador das Ciências Biológicas (dissecou plantas e animais)
• Hipócrates, pai da medicina •Nenhum dos dois dissecou o corpo humano, acreditavam que o coração era o centro do pensamento e da alma

Herophilus e Erasístratus (335 a 250 A.C.)
• Foram os mais ativos dissecadores da antiguidade
•Encorajados pelo Faraó Ptholomeu

Herophilus (335 a 280 A.C.)
•Dissecou mais de 600 corpos e escreveu mais de um tratado de anatomia (“prensa de Herophilus”)
•Mostrou que o cérebro é o centro do sistema nervoso e a sede da inteligência •Classificou os nervos em voluntários e involuntários

) • Observou que a linfa contém gordura •Descreveu a função da epiglote na laringe •Identificou a valva tricúspide •Acreditava que as artérias continham ar (corrigido apenas no Séc. XVII por Harvey) .Erasístratus (310 a 250 A.C.

obra que regeu a medicina por 14 séculos .Claudius Galeno (131 a 200 D. e que a secção da medula espinhal provoca paralisia abaixo do local da secção) • Escreveu “Sobre o uso das partes do corpo humano”.) • Médico do imperador romano Marco Aurélio • Fundador da fisiologia experimental (demonstrou que a urina é formada nos rins e não na vesícula urinária.C.

Claudius Galeno (131 a 200 D.C.) .

) • O início da era cristã prejudicou o conhecimento anatômico (proibido dissecar corpos humanos) • A vida cósmica entraria no corpo a cada inspiração (pneuma) • Três espíritos diferentes ocupariam o corpo: Espírito natural (fígado) Espírito vital (coração) Espírito animal (cérebro) .Claudius Galeno (131 a 200 D.C.

Claudius Galeno (131 a 200 D. partiria dos pulmões para o resto do corpo. não conheciam a pequena e a grande circulação • Foi o primeiro a notar que as artérias continham sangue e não ar .C.) • Como seus predecessores tinha uma compreensão errônea sobre a circulação do sangue: • Seria produzido no fígado.

Andreas Vesalius (1514-1564) .

Andreas Vesalius (1514-1564) • Em 1543 duas obras revolucionaram o conhecimento: • A revolução dos corpos celestes – Copérnico • De humanis corporis fabrica – Vesalius •O primeiro a conter descrição acurada do corpo humano .

.William Harvey (1578-1657) SIST. CIRC.

SIST.Marcelo Malpighi (1628-1694) MICROSCÓPIO. RENAL .

.

Introdução ANATOMIA – Estuda macro e microscopicamente a constituição e desenvolvimento de seres organizados ANA – em partes TOMEIN – cortar DISSECÇÃO – exposição de órgãos ou estruturas por meio de incisão Histologia Citologia Embriologia Ramificações da Anatomia .

DIVISÕES da Anatomia SISTEMÁTICA – Sistemas tegumentar. genital (fem.). sensorial. SISTEMA LOCOMOTOR TOPOGRÁFICA – Diferentes elementos dos sistemas. digestivo. e mas. nas várias regiões em que se divide o corpo . endócrino. circulatório. nervoso. respiratório. esquelético. urinário. APARELHOS – agrupamento de sistemas: Sistema UROGENITAL. muscular.

DIVISÕES da Anatomia ARTÍSTICA – esculturas. pinturas RADIOLÓGICA – in vivo ou cadáver – Raio X ANTROPOLÓGICA – tipos raciais COMPARATIVA – comparação entre várias espécies VETERINÁRIA – forma e estrutura dos animais domésticos APLICADA – anatomia e suas relações com cirurgia. . diagnóstico físico.

VARIAÇÃO. é incompatível com a vida: agenesia do encéfalo . sem alterar a função as descrições anatômicas obedecem um padrão (maioria) NORMAL – números estatísticos NORMAL para Medicina – SADIO ANOMALIA – perturba a função: policdactilia MONSTRUOSIDADE – deforma a construção do organismo. ANOMALIA. MONSTRUOSIDADE VARIAÇÃO ANATÔMICA – desvio do que é normal.

magro. baixo. tórax cilíndrico. membros curtos Normolíneo ou mediolíneo .características intermediárias . pescoço curto. pescoço longo. dimorfismo sexual GRUPO ÉTNICO – raças BIOTIPO – grupo racial: características herdadas ou adquiridas Tipo constitucional: Longilíneo – esguio.VARIAÇÃO – fatores gerais IDADE – modificações que ocorrem na vida intra e extrauterina SEXO – sistema urogenital. membros longos Brevilíneo – atarracado. tórax achatado antero-posteriormente.

NOMENCLATURA ANATÔMICA Nomenclatura – conjunto de termos empregados para indicar e descrever as partes do organismo Em 1895 – mais de 20.= ligamento (ligg) .= ramo m.= nervo (nn) gl.000 termos Língua oficial – Latim Epônimos (nome de pessoas) – foram abolidos Abreviaturas: a.= fascículo r.= veia (vv) n.000 termos Em 1955 – Nomina Anatômica Oficial de Paris – 5.= gânglio fasc.= glândula g. = artéria (aa) v.= músculo (mm) lig.

NOMENCLATURA ANATÔMICA Termos indicam FORMA: músculo trapézio POSIÇÃO ou SITUAÇÃO: nervo mediano TRAJETO: artéria circunflexa da escápula CONEXÕES ou INTER-REALÇÕES: ligamento sacro-ilíaco FUNÇÃO: músculo levantador da escápula CRITÉRIO MISTO: músculo flexor superficial dos dedos RELAÇÃO com o ESQUELETO: artéria radial Há nomes impróprios ou não muito lógicos que foram conservados.FÍGADO . porque estão consagrados pelo uso .

membros inferiores unidos e com as pontas dos pés voltadas para frente .POSIÇÃO ANATÔMICA Posição padrão – POSIÇÃO DE DESCRIÇÃO: evitar descrições equivocadas ou sem entendimento POSIÇÃO ANATÔMICA HUMANOS: indivíduo em posição ereta. membros superiores estendidos aplicados ao corpo e com as palmas voltadas para frente. face voltada para frente.

POSIÇÃO ANATÔMICA ANIMAIS: considerar o animal em pé. pescoço formando um ângulo de 145º com o dorso do animal. . cabeça e olhar dirigidos para a frente. com os quatro membros apoiados ao solo.

2. CABEÇA PESCOÇO TRONCO – três regiões: torácica abdominal pélvica 4. CAUDA . 3.DIVISÃO DO CORPO DOS ANIMAIS Dividido em CINCO regiões fundamentais: 1. MEMBROS – em número de quatro: um par torácico um par pélvico 5.

EIXO TRANSVERSO: latero-lateral/horizontal 2 .EIXO LONGITUDINAL: crânio-caudal/supero-inferior 3 .EIXO SAGITAL: ventro-dorsal/antero-posterior 1 2 3 .EIXOS DE DIREÇÃO TRÊS EIXOS: formados por linhas imaginárias 1 .

plano ventral QUATRO PLANOS VERTICAIS: um tangente ao lado esquerdo – plano lat esq um tangente ao lado direito – plano lat dir um tangente à cabeça – plano cr um tangente à cauda – plano cd .plano dorsal um tangente ao ventre .PLANOS DE DELIMITAÇÃO DOIS PLANOS HORIZONAIS: um tangente ao dorso .

PLANOS DE DELIMITAÇÃO .

PLANOS DE SECÇÃO 1 – FRONTAL/CORONAL Corpo: coronal ventral/dorsal Membros: coronal anterior/posterior .

PLANOS DE SECÇÃO 2 – SAGITAL MEDIANO/LONGITUDINAL No Plano de secção sagital mediano ou longitudinal temos ANTIMERIA: antímero direito/esquerdo .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO DO CORPO 3 – No plano de secção transverso temos METAMERIA: vértebras e costelas (ex.) .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO DO CORPO 4 – ESTRATIFICAÇÃO: corpo é constituído por camadas sobrepostas. .

e e f. b e c – medianas • d. • g. • d e e: laterais. h e i: laterais/sagitais g: dorsal. i: ventral . f: medial. d: intermédia.dorsal VENTRAL . h: medio-dorsal. consideradas em conjunto f é mediana em relação a d e e.anterior MÉDIO •A linha xy corresponde ao plano mediano. e: medial. Ex:a.TERMOS DE POSIÇÃO em função do plano MEDIAL – próximo ao plano mediano LATERAL – afastado do plano mediano INTERMÉDIO POSTERIOR .

TERMOS DE DIREÇÃO em função do eixo SUPERO-INFERIOR ou longitudinal VENTRO DORSAL ou sagital LATERO-LATERAL ou transverso TERMOS DE POSIÇÃO .em função da região CABEÇA – rostral/caudal MEMBROS – proximal ou distal CARPO – dorsal e palmar TARSO – dorsal e plantar SUPERFICIAL E PROFUNDO – distância da superfície do corpo .

.

POSIÇÃO DE DESCRIÇÃO ANATÔMICA (POSIÇÃO ANATÔMICA) .

Planos Anatômicos • Ventral • Planos de construção (delimitam o corpo. tangenciais) • Dorsal • Laterais • Cranial • Caudal • Planos de secção (cortes que atravessam o corpo ) • Sagital Mediana • Frontal • Transversal .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO Plano Cranial Plano Caudal .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO Plano Dorsal Plano Ventral .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO Plano Lateral Plano Lateral .

PLANOS DE CONSTRUÇÃO Plano Lateral Plano Medial Plano Medial Plano Lateral .

PLANOS DE SECÇÃO PLANO MEDIANO .

PLANOS DE SECÇÃO PLANO HORIZONTAL .

PLANOS DE SECÇÃO PLANO TRANSVERSAL .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

“A anatomia deve ser a base sólida de toda arte da medicina. bem como sua introdução inicial” (Andreas Vesalius. 1543) .

. GROSSMAN J.BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DYCE K. Traduzido sob supervisão de LOBO A. 2. Organizado por GETTY R.. Organizado por GETTY R. 2a edição. 907p.O. WENSING C. HAM A. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S. Histologia. Tratado de Anatomia Veterinária. 5a edição. 1997. Anatomia dos Animais Domésticos.. GROSSMAN J.A. Anatomia dos Animais Domésticos. SISSON S.. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.J.A. 1983.W... Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S. 1896.G.A. SACK W. 5a edição.H. CORMACK D. 1134p. Vol. 1896 . 663p..D..D. 1137-2000.. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S. 1. 8a edição. Vol.A.E.M. SISSON S..

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->