Você está na página 1de 3

AS CAPITANIAS HEREDITRIAS

Expedio comandada por Martim Afonso de Sousa (1530) D. Joo III, implantou o sistema de capitanias hereditrias (1534) Dividir o Brasil em 15 faixas horizontais (lotes) capitania donatrios Direito dos donatrios Doar terras para quem quisesse cultiv-la. Deveres dos donatrios Defender a capitania; Morar nela. Pagar impostos ao rei

Cobrar os impostos; Exercer a justia imposta pelo rei; Receber tributos da explorao da terra;

Dificuldades nos sistemas de capitanias Falta de recursos financeiros dos donatrios Distncia entre o Brasil e Portugal; Ataque dos ndios; Falta de pessoas para trabalhar na lavoura. descentralizao administrativa. As dificuldades de comunicao. extenso dos lotes. s doenas tropicais.

Governo-geral deveria: Centralizar a administrao; ataques estrangeiros; Defender a costa brasileira de

Fiscalizar as capitanias.

PRINCIPAIS GOVERNADORES-GERAIS
GOVERNADOR (PERODOS) PRINCIPAIS ATOS E FATOS Trouxe os primeiros jesutas, iniciando a catequese indgena (Manuel de Nbrega). Concedeu sesmarias (grandes propriedades para cultivo de cana) e licena para engenhos. Introduziu a pecuria e ordenou entradas. Morte do 1 bispo do Brasil, D. Pero Fernandes Sardinha, que regressava a Portugal devido a um desentendimento com o filho do governador. Invaso francesa na Baa de Guanabara (Frana Antrtica) e aliana destes com os indgenas (Confederao dos Tamoios). Jos de Anchieta e Nbrega fundaram, em 25.01.1554, o Colgio de So Paulo dos Campos de Piratininga, origem da cidade de So Paulo. Pacificou os indgenas, atravs de Nbrega e Anchieta, pondo fim Confederao dos Tamoios: Paz de Iperoig. Expulsou os franceses da Baa de Guanabara, auxiliando pelo sobrinho Estcio de S, que fundou no local a cidade de So Sebastio do Rio de Janeiro (01.03.1565).

Tom de Souza (1549-1553)

Duarte da Costa (1553-1557)

Mem de S (1558-1572)

Incentivou o aldeamento dos ndios nas misses jesuticas e o combate s tribos resistentes.