Você está na página 1de 2

a Lista de Exercı́cios de SMA-332 - Cálculo II

Turma 4 - 2009 - Profa. Sueli M. Tanaka Aki

Exercı́cio 1. Verifique que a funçao dada é diferenciável.


2
(a) f (x, y) = ex−y (b) f (x, y) = x4 + y 3 (c) f (x, y) = ln (1 + x2 + y 2 )
(d) f (x, y) = x2 y (e) f (x, y) = x cos (x2 + y 2 ) (f ) f (x, y) = 1/(xy), x 6= 0, y 6= 0

x4
Exercı́cio 2. A função f (x, y) = , para (x, y) 6= (0, 0), f (0, 0) = 0 é diferenciável na origem?
x2 + y 2
Justifique.
Exercı́cio 3. Determine as equações do plano tangente e da reta normal ao gráfico da função dada
no ponto dado.
(a) f (x, y) = 2x2 y em (1, 1, f (1, 1)) (b) f (x, y) = x2 + y 2 em (0, 1, f (0, 1))
2 −y 2
(c) f (x, y) = xex em (2, 2, f (2, 2))

Exercı́cio 4. (a) Determine o plano que passa pelos pontos (1, 1, 2) e (−1, 1, 1) e que seja tangente
ao gráfico de f (x, y) = xy.

(b) Determine o plano que seja paralelo ao plano z = 2x + y e tangente ao gráfico de f (x, y) = x2 + y 2 .

Exercı́cio 5. Determine os planos que sejam tangentes ao gráfico de f (x, y) = x2 +y 2 e que contenham
a intersecção dos planos x + y + z = 3 e z = 0.
Exercı́cio 6. Considere a função f (x, y) = xg(x2 − y 2 ), onde g(u) é uma função derivável de uma
variável. Mostre que o plano tangente ao gráfico de f no ponto (a, a, f (a, a)) passa pela origem.
dz
Exercı́cio 7. Calcule dt por dois métodos diferentes nos seguintes casos.
(a) z = sin xy, x = 3t e y = t2 (b) z = x2 + 3y 2 , x = sin t e y = cos t
(c) z = ln (1 + x2 + y 2 ), x = sin 3t e y = cos 3t

∂u ∂u
Exercı́cio 8. Calcule ∂r e ∂s para as seguintes funções.
y
(a) u = x2 − y 2 , x = 3r − s e y = r + 2s (b) u = e x , x = 2r cos s e y = 4r sin s
(c) u = 3x2 + xy − 2y 2 + 3x − y, x = 2r − 3s e y = r + s

Exercı́cio 9. Seja g(t) = f (3t, 2t2 − 1). Expresse g 0 (t) em termos das derivadas parciais de f . Calcule
∂f 1
g 0 (0) admitindo (0, −1) = .
∂x 3

Exercı́cio 10. Calcule ∇f (x, y) sendo f (x, y) =


2 −y 2 x x
(a) x2 y (b) ex (c) (d) arctg
y y

Exercı́cio 11. Calcule ∇f (x, y, z) sendo f (x, y, z) =


p 2 x
(a) x2 + y 2 + z 2 (b) x2 + y 2 + z 2 (c) (x2 + y 2 + 1)z (d) zarctg
y

1
2

Exercı́cio 12. Seja f (x, y) = x2 − y 2 . Represente geometricamente ∇f (x0 , y0 ) sendo (x0 , y0 ) =


(a) (1, 1) (b) (−1, 1) (c) (−1, −1) (d) (1, −1)

Exercı́cio 13. Encontre a derivada direcional da função dada na direção do vetor unitário u.
1 1
(a) f (x, y) = 2x2 + 5y 2 , u = (cos π, sin π)
4 4
1 3 4
(b) g(x, y) = 2 , u = ( ,− )
x + y2 5 5
1 1 2
(c) h(x, y, z) = 3x2 + y 2 − 4z 2 , u = (cos π, cos π, cos π)
3 4 3
2 3 2 6
(d) f (x, y, z) = 6x − 2xy + yz, u = ( , , )
7 7 7

Exercı́cio 14. Determine a derivada direcional de f no ponto P na direção indicada.


(a) f (x, y) = x2 − 3y 2 , P = (1, 2) u = (2, 1)
2 −y 2
(b) f (x, y) = ex , P = (1, 1) u = (3, 4)
(c) f (x, y) = xy, P = (1, 1) u = (1, 1)
(d) f (x, y, z) = xy 3 z 2 , P = (2, −1, 4) u = (1, 2, −3)
(e) f (x, y, x) = z 2 exy , P = (−1, 2, 3) u = (3, 1, −5)
(f ) f (x, y, x) = x2 + 3yz + 4xy, P = (1, 0, −5) u = (2, −3, 1)

Exercı́cio 15. Em que direção a função dada cresce mais rapidamente no ponto dado? E em que
direção e sentido decresce mais rapidamente?
(a) f (x, y) = px2 + xy + y 2 em (1, 1)
(b) f (x, y) = 4 − x2 − 2y 2 em (1, −1)

Exercı́cio 16. Encontrar as seguintes derivadas direcionais de f (x, y, z) = ln(x2 + y 2 + z 2 ) no ponto


P = (1, 2, −1):
~ .
(a) na direção do vetor OP
(b) na direção em que ela seja máxima.

Exercı́cio 17. A superfı́cie de certo lago é representada por uma região R do plano xy tal que a
profundidade sob o ponto correspondente a (x, y) é dada por f (x, y) = 300 − 2x2 − 3y 2 . Se um
nadador está no ponto (4, 9), em que direção ele deve nadar de modo que a profundidade sob ele
decresça mais rapidamente? Em que direção a profundidade permanece inalterada?

Exercı́cio 18. O potencial elétrico V em um ponto P = (x, y, z) num sistema coordenado retangular
é dado por V = x2 + 4y 2 + 9z 2 . Determine a taxa de variação de V em P = (2, −1, 3) na direção de
P para a origem. Determine a direção que produz taxa máxima de variação de V em P . Qual a taxa
máxima de variação?