Você está na página 1de 126

SANTIAGO DE COMPOSTELA 2013

Breve relato O Caminho de Santiago entrou na histria h doze sculos, quando foram encontrados os restos mortais do apstolo, So Tiago, ou Santiago, na que hoje a cidade de Santiago de Compostela. Esta rota une diversas zonas da Europa a Compostela e vem sendo seguida por milhes de pessoas das mais variadas procedncias. O itinerrio mais famoso o chamado Caminho Francs, que absorve a maioria dos caminhos vindos do continente europeu e se dirige a Santiago atravessando o nordeste de Espanha. Existem outros percursos no menos importantes vindos de Portugal, do sul de Espanha que atravessava a cidade portuguesa de Chaves, e do oeste e norte da Europa por via martima. O Caminho de Santiago atingiu o mximo esplendor nos sculos sculo XI e XII, e depois aps a contra-reforma no incio do sculo XVII por Portugal. Nas ltimas dcadas voltou a ganhar protagonismo, sendo convertido num itinerrio espiritual e cultural de primeira ordem. Fonte : http://pt.wikipedia.org/wiki/Caminhos_de_Santiago Dia 30/05/2013 As Peregrinas: Marlene Chiarato De Almeida, Adair Chiarato, Rosangela Chiarato Bavia, Juliana Ripol Martin, Cicera Chiarato, Sonia Maria Almeida, Rosangela Menezes, Jane Ribeiro, Maria Solcia. Resolvi fazer um patchwork da Caminhada de minhas amigas pelo caminho acima descrito. Admiro a coragem, a f, o amor e a determinao. Orgulho imenso em compartilhar tudo isso. A vocs meninas, esse meu trabalho para registrar esse orgulho imenso que sinto por vocs. Estou junto a cada passo Sylvia Marques Amorim 25/05/2013 (dia do meu aniversrio...rs)

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

121

122

123

124

Ao acompanhar com minhas amigas o Caminho vi que em alguns trechos ficaram caladas, aprendendo com o silncio ou com os sons. No ltimo dia, ao saber que seriam os ltimos Quilmetros, mesmo com muito frio e embaixo de chuva, j estavam com saudades... Um paralelo com a nossa vida feito involuntariamente durante todo o caminho. Pessoas com as quais encontraram enriquecem nossas vivncias, o exemplo delas diante do prprio caminho, o dever cumprido apesar das dificuldades no final de cada dia. Assim aprendemos a decidir sobre o que realmente importante em nossas mochilas, ou seja, de que peso no precisamos no nosso dia a dia, as pedras do caminho que deixaram para trs
125

Obrigada por me deixar acompanhar e sentir a emoo do dia a dia.

Sylvinha 25/06/2013 Sinop - MT

126