Você está na página 1de 61
mente nas listas de livros didaticos dos memorialistas que frequentaram as escolas Tuimirias da segunda metade do século passado. Aparentemente, perience oth, Primaries 2 genero enciclopédico, A Educardo das Crianeas. de-A. de Sequetrs ome eee e183), 0 Album de Ensino Universal, de Alberto Pimentel (Lisboa, Feipye Chiquinho, Enciclopédia da Infncia, do italiano G. Bruno, traduzico por He Ghana tbe Joaquitn Maria de Lacerda, autor de conhecida geoptalia para sere primario, era a Enclclopédia Primdria, com setecentas paginas, !'4 css 0 curse fas colcridos, O mesmo Lacerda escreveu Tesouro da Infancia, sets £2) Pas verso de trechos escolhidos, paginas de gramatica portuguese, aritméticay Peografia geral e do Brasil ¢ historia do Brasil, iustradas at Berrioso e muito lido, igualmente de cardter enciclopédico, surgi. cm 1264 6 Maranhgor. 0 Livro do Povo, impresso na Tipografia Pires, de Sto ls, 1864, no Met onio Marques Rodrigues. Tinka perto de 300 paginas, era jlustov0 escrito Pos rele cada exemplar. "Foi livro lido, durante geracdes, em todo oNor” g custave Jngando um acolhimento notivel no século passado”, informa Acro4e Gcsi8) ‘Seu Contetido abrangia desde a historia, os milagres e a doutrina ¢& Core (968) eas sobre. animais, agricultura, higiene, astros, as historias do" Bom at paste ardo™ e de Simao de Nantua etc. De acordo, ainda, com a fonte arin Homem Ricirc primeiros anos o livro teve duas edigdes, com dez mil exemplars Gtresson, Mais ou menos a metade dessa tiragem foi dstribuids pelo autor, Por Conta propria, nas escolas do Norte e do Nordeste. Talver esteja nesse autor a primeira abertura de uma frente popular do livre Compreendeu, como raros educadores do seu tempo, a funcdo ispPor tante do livro. Se no nos deixou obras-prit jaw de encémios em favor éa popularizacdo do livro, num sentigo eruinerhs- ign oe eo Conforme o texto desse seu livro™ (Arroyo, 1968, pag. 170). ‘A preocupagdo com compilacdes de. conhecimentos gerais, para uso, dis escolts Drimartan entendeu-se até noss0s dias, Por volta de 1930, ¢ engenheiro ¥ gscolas Primmaa langou.a série Enciclopédia Primdria, com um primeira volume sete ee Ge sWogbes Comuns”, “de acordo com os programas das escolas Pri dedicate ais, Abrangia assuntos de mecanica, acustica, eletricidade ¢ mogre- ars sas quimica, meteorologia, industrias, Zoologia, botAnica, antropo/oRit Uso, economia, ete. Das, varias icitivas semelhantes, durante 9 sos higiene, ajar mais recentes & o Atlas Enciclopédico Brasileiro, por varios profes- atual, Wngado em dois volumes pela Editora Pedagogica Brasileira sa reege decadd de 30, o professor paylista Miguel Milano iniciou a publica- cao do extensa série de livros didaticos, editados pela Livraria Francisco Alves. Gio ae exten? Varios niveis de ensino. Para o curso primario, apareceram 0: destinados Zanuais do Ensino Primdrio — um para cada ano escolar, abrangendo 0 cone ides g programa oficial do Estado de Sio Paulo nas varias areas — lingua: comeriirnétiea, geopraia, historia, cigncias fisias ¢naturais,instrucdo mora gem. atin varias edigdes, € no faltaram as contrafagoes, ajulgar pela no/a que 9 Vice aire myemtou as edigdes de 1938 e dos anos seguintes: “Individuos sem escru- Dulos,incapazes de uma iia prope “guardam sempre a publicagio de uma obra ules. ie fazer carreira, para aproveitarthe o plano, resumir-Ihe a substance, Capaz de = sunplesmente a redaqao e furtar-Ihe mesmo o texto, fazendo-o imprimit raed agua. original, em compéndios que batizam de resumas, compilacdes © Come coe ct semelnantes. Vitima diversas vezes desses matapaus humanos. © Outros ome® Sefender suas obras das imitagdes ¢ transcri¢des ndo autorizadas rratt ego dos livros escolares escritos por Milano é extensa, “Além dos Mannie ase acima, hi um volume de biografias, Herdis Brasileiros, 140) Manuais relerides ition Resoldos para 0 Curso Priméri, 900 Prablemas de At Problems nidos para o\Curso Primdrio, O Mew Mestre de Flea, O Meu Meare Guiica, Paria « Amor. Men "idioma, Serlacdo Geografica, Histdria do Brasil. Beografia Geral, © Lar € muitos outros, zafia Geral. Gente seja mencionado (e quando 0 fazem, ¢ para combaté-lo), existe um tipo modesto de literatura didatiea no Brasil, cuja origem data do secu cai sum Referimo-nos aos chamados “cadernos de pontos”, que, a despeite, 20 Passage eg aro veementes, dos pedagogos e das autoridades de ensino, se ache Gtlticas mos por todo o pais desde longa data. No catélogo de livros do editor dissent so de Janeiro), éatado de 1883, sko mencionados varios provaveis pre Serafi (Rio de aneito): datade Io: on Pos de Geogr e Commorra- fia, de L. H. Canezza (cinco ediges publicadas até 1882), 0s Pontos de Portugués, de Guilherme Reaux Briggs, os Pontos de Algebra, de Emilio Deleau e outros, Dessa tradi¢ao descendem os “cadernos de pontos” ¢ os “questionarios”, publicados nas Ultimas décadas, de autoria de Padua Ramos, Maximo de Moura’ Santos e Plinio Paulo Braga, Déborah Padua Mello Neves, Carolina Renn6 Ribeiro de Oliveira e outros, e séries como os “Cadernos Didaticos”, publicados na Guanabara. A quali- dade dos eadernos de pontos € muito variével. Alguns sto bastante prectrios, mas outros foram revistos por especialistas em diferentes disciplinas (0 historiador Tito Livio Ferreira, por exemplo, reviu, em 1985, os eadernos de Historia do Brasil, de Maximo de Moura Santos) E comum, nos “eadernas de pontos””, 0 uso do método catequiético de pergun tas ¢ respostas. Em geosrafia, por exemplo, apos a pergunta "Quais s20 os princi pais acidentes geograficos da América Central?™, o eaderno registra longa relagio de mares, golfos,lagos, estreitos,ilhas, miontanhas, etc, Nao obstante as restrigdes feitas aos mesmos por espetialisias em pedagogia e didatica, seu uso constitulu (e provavelmente ainda constitui) uma pratica muito comum no ensino elementar Apesar de suas deficiéncias, & necessirio reconhecer que cadernos dese tipo, simples © baratos, possiblitaram a milhares de brasileiros 0 Gnico e modesto con? tato destes com material impresso, nas areas de portugues, historia, geografia, matematica, ete ‘\ partir de época relativamente recente, multiplicaram-se os textos de exercl- cios, que apresentam perguntas com linhas pontilhadas para respostas, frases para completar, exercicios sob a forma de palavras cruzadas e quebra-cabecas, etc. A introducdo deste tipo de livro, que exige atividade do aluno e deve ser rabiscado por este, corresponde a um progresso consideravel na concepgao e no uso do livro idatico’na escola. Até ha bem pouco tempo, olivro didatico era para ser lido—e nio para ser escrito, Hoje em dia, as novas series de leitura e as cartfhas slo geral= mente acompanhadas de cadernos destinados as atividades do leitor, com evidente proveito para a aprendizagem. Alem disso, inspirados ou ndo em inovagbes muito Importantes em matéria de liveo didatico Como os textos programados (v. 0 capr- tulo final desta obra), surgiram, ultimamente, tanto na dea de eomunicagio como nas demais, os textos de “Teitura dirigida’. Logo apds cada trecho de leitura, 0 lei- tor tem diante de si um verdadeiro teste sobre a leitura que acaba de fazer, com itens de completamento, resposta miltipla, emparethamento, resposta aberta ete Na aprendizagem do idioma, virios textos desse tipo trazem 0 titulo “exercicios de leitura silenciosa”. De modo geral, entretanto, a tendéncia dominante, presente- mente, nas séries graduadas de [eitira, €oferecer ao aluno, em volumes separados ‘ou num $6 volume, 0 texto de leituras ¢ a parte de exercicios, 4 - GRAMATICAS E TEXTOS AVANCADOS PARA O ENSINO DO IDIOMA PATRIO As partes anteriores deste capitulo, referentes as cartithas € aos livros de leitura elementar, apresentaram um quadro evolutivo do livro didatico bra- sileiro destinado ‘a aprendizagem do idioma pitrio nos primeiros quatro ou cinco anos de escolarizagio, isto é, no periodo correspondente 4 antiga escola priméria. A parte subsequente sera dedicada a historia dos livros feitos para uso dos alunos em fase mais adiantada de escolarizacio: os anos do Antigo gindsio (11-14 anos, aproximadamente) que, de acordo com a Lei n® 5692/71, correspondem, agora, as séries finais do ensino de primeiro grav, * Tanto o espirito que norteia essa Lei como as modificagdes nos curriculos Programas decorrentes da mesma esto levando ao aparecimento de novos textos escolares, mais simples, claros, dindmicos ¢ atrativos, diferentes dos compéndios nos quais os ginasianos do pasado estudaram, No breve retrospecto a seguir, dada a impossibilidade de se fazer um estudo minucioso da evolugio ocorrida neste dominio, desde as origens lusita- has até os dias que ocorrem, a exposigdo concentrar-se-t nas gramiticas © 188.