P. 1
Pregação - Davi HSCD - PIPT_14.03

Pregação - Davi HSCD - PIPT_14.03

|Views: 1.086|Likes:
Publicado porDaniel Deusdete
Quais as características de um homem segundo o coração de Deus? Porque Davi foi considerado este homem?
Quais as características de um homem segundo o coração de Deus? Porque Davi foi considerado este homem?

More info:

Published by: Daniel Deusdete on Mar 15, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/13/2011

pdf

text

original

http://www.jamaisdesista.com.

br
“...eis que estou convosco todos os dias... “ (Mt 28:20)

"... esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo ..." (Fp 3:13,14).

PREGAÇÃO NA PIPT (culto das 17h) – 14.03.2010. Primeira Igreja Presbiteriana de Brasília Pastor: Rev. Sabino Cordeiro Dourado Endereço: Sandu Norte - Taguatinga Norte. TEMA: Davi, Homem Segundo o Coração de Deus – I Cr 14 Baseados nos comentários, em nota homilética, de Russel Shedd, de I Cr 14.10, hoje iremos fazer a nossa reflexão. Quem tem aqui a Bíblia Russel Shedd? Vamos lá então, quais as razões por que Davi era "homem segundo o meu coração" (At 13.22). Eu tenho certeza de que muitos pregadores já fizeram sermões e mais sermões, livros e mais livros falando disso, mas o recado que Deus trouxe ao meu coração para transmitir à sua igreja nesta tarde é este. Vamos dar lugar a Deus em nossos corações, abrir os nossos ouvidos e nossos olhos espirituais que o Senhor irá derramar, como um rio, a sua palavra que nos lavará a alma e ainda, além de saciar a nossa sede, também nos alimentará. Não é nos rios que estão os peixes? Quem gosta aqui de peixe? Quem não gosta, vai aprendendo a gostar porque o rio do Senhor está passando aqui. Aleluias! Eu convido os irmãos a abrirem as suas bíblias no Primeiro Livro de Crônicas, no capítulo 14. Iremos ler alguns versículos: “1 Então, Hirão, rei de Tiro, mandou mensageiros a Davi, e madeira de cedro, e pedreiros, e carpinteiros, para lhe edificarem uma casa. 2 Reconheceu Davi que o SENHOR o confirmara rei sobre Israel; porque, por amor do seu povo de Israel, o seu reino se tinha exaltado muito. 3 Davi tomou ainda mais mulheres em Jerusalém; e gerou ainda mais filhos e filhas. 4 São estes os nomes dos filhos que teve em Jerusalém: Samua, Sobabe, Natã, Salomão, 5 Ibar, Elisua, Elpelete, 6 Nogá, Nefegue, Jafia, 7 Elisama, Beeliada e Elifelete. 8 Ouvindo, pois, os filisteus que Davi fora ungido rei sobre todo o Israel, subiram todos para prender Davi; ouvindo-o Davi, saiu contra eles. 9 Mas vieram os filisteus e investiram contra ele no vale dos Refains. 10 Então, Davi consultou a Deus, dizendo: Subirei contra os filisteus? Entregar-mos-ás nas mãos? Respondeu-lhe o SENHOR: Sobe, porque os entregarei nas tuas mãos. 11 Subindo Davi a Baal-Perazim, ali os derrotou; e disse: Deus, por meu intermédio, rompeu as fileiras inimigas diante de mim, como quem rompe águas. Por isso, chamaram o nome daquele lugar Baal-Perazim. 12 Ali, deixaram os seus deuses; e ordenou Davi que se queimassem. 13 Porém os filisteus tornaram e fizeram uma investida no vale. 14 De novo, Davi consultou a Deus, e este lhe respondeu: Não subirás após eles; mas rodeia por detrás deles e ataca-os por defronte das amoreiras; 15 e há de ser que, ouvindo tu um estrondo de marcha pelas copas das amoreiras, então, sai à peleja; porque Deus saiu adiante de ti a ferir o exército dos filisteus. 16 Fez Davi como Deus lhe ordenara; e feriu o exército dos filisteus desde Gibeão até Gezer. 17 Assim se espalhou o renome de Davi por todas aquelas terras; pois o SENHOR o fez temível a todas aquelas gentes.” (I Cr 14: 1-17).

Autor: Crerparaver@gmail.com (não se esqueça de citar as fontes) Visite: http://www.jamaisdesista.com.br (JAMAIS DESISTA!) http://www.scribd.com/crerparaver (SCRIBD)

1/4

http://www.jamaisdesista.com.br
“...eis que estou convosco todos os dias... “ (Mt 28:20)

"... esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo ..." (Fp 3:13,14).

Antes de entrarmos precisamente no tema de nossa prédica, permitam-me uma breve introdução para entendermos o contexto da época. Nós acabamos de ler o capítulo 14 de I Crônicas em que há: - o reconhecimento do reinado de Davi por Hirão, rei de Tiro; - onde há menção dos filhos de Davi que nasceram em Jerusalém (reparem que no versículo 3 Davi tomou ainda mais mulheres, o que era proibido pela lei, Dt 17:17 – “Tampouco para si multiplicará mulheres, para que o seu coração se não desvie; nem multiplicará muito para si prata ou ouro.”); - e onde há a narração da derrota dos filisteus. No capítulo 11, veremos que Davi foi ungido em Hebrom, rei de Israel. No vs 22 de I Cr 12, vemos que se ajuntou a ele, Davi, um exército enorme “como o exército de Deus”. No capítulo 13, Davi se dispõe a trazer a Arca para Jerusalém, mas comete o erro de trazê-la de qualquer forma o que acabou por ser fatal para Uzá que, ferido pelo Senhor quando tentava evitar a queda da Arca, morreu. A Arca acabou ficando na casa de Obede-Edom que era da família de Coate, filho de Levi e avô de Moisés, Arão e Mirian, e o Senhor o prosperou e tudo o que fazia abençoava. No capítulo 15, posterior ao que lemos, Davi, dessa vez faz a coisa certa e consegue transportar a Arca para Jerusalém e diante do Senhor muito se alegrou, mas sua esposa Mical, filha de Saul o desprezou em seu coração e isso lhe foi muito penoso, pois ficou sem gerar filhos – 2 Sm 6:23. Devemos tomar cuidado com as coisas de Deus, pois com Deus não se brinca. A famosa queda de Davi de adultério com Bate-Seba e assassinato de seu marido Urias se deu quando ele tinha já seus 50 anos e era muito experimentado. Aqui no contexto que estamos meditando Davi era ainda jovem e tinha um reino para reinar. Voltemos ao capítulo 14, pois é nele que iremos verificar essas características que fizeram de Davi o homem segundo o coração de Deus: Davi era um homem segundo o coração de Deus porque: 1) Reconhecia que Deus o fizera rei (14.2). Está escrito no livro de Provérbios 3, versos 5 e 6: “5 Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. 6 Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.”. Davi tinha esse reconhecimento inculcado em seu coração. Quem anda com Deus sabe que está andando com Deus. Aqui também compreendemos a questão da soberania de Deus, pois Davi era esse homem que reconhecia o controle absoluto e total de Deus sobre todas as coisas, tanto as visíveis quanto as invisíveis. Será que você reconhece a Deus em seu ambiente de trabalho, na sociedade, na igreja, no seio de sua família? Você que, por exemplo, é um educador, você entende que foi o Senhor quem o capacitou nessa área e que espera de ti competência, zelo, ética e respeito ao teu semelhante? Davi foi chamado para ser rei. Deus tem me chamado nos Correios para ser um analista (num futuro, espero breve, pastor presbiteriano – aleluias!), tem chamado o Iron e a Ledi para serem empresários, donos de pizzaria, tem chamado o Pr. Sabino e o Pr. Demerson, para pastorearem a PIPT e tem chamado cada um de nós aqui para uma missão especial ao qual espera de nós resultados que venham glorificar ao seu augusto nome. Um homem segundo o coração de Deus sabe sempre quem o chamou e o vocacionou. Eu quero que cada um de nós saia daqui nesta tarde tendo a certeza da soberania de Deus em nossas vidas de que ele nos tem chamado e nos comissionado. 2) Reconhecia que era apenas um instrumento da graça de Deus (14.2). É de se notar o amor de Davi a Israel declarado neste versículo. Se Davi não amasse a Israel, o povo de Deus, Deus
Autor: Crerparaver@gmail.com (não se esqueça de citar as fontes) Visite: http://www.jamaisdesista.com.br (JAMAIS DESISTA!) http://www.scribd.com/crerparaver (SCRIBD)

2/4

http://www.jamaisdesista.com.br
“...eis que estou convosco todos os dias... “ (Mt 28:20)

"... esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo ..." (Fp 3:13,14).

JAMAIS teria feito ele crescer. Nem a ele, nem ao reino que ele representava. O filho de Davi que nasceu posteriormente, Salomão, a quem Deus por 2x lhe apareceu disse a Salomão o desafiando: “Pede-me o que queres que eu te dê” (I Re 3:5). A resposta de Salomão não foi sabedoria em si. Ele não disse: eu quero ser o homem mais sábio do mundo! Não foi isso que Salomão pediu. Reparem na sua resposta: “... não passo de uma criança, não sei como conduzir-me. 8Teu servo está no meio do teu povo que elegeste, povo grande, tão numeroso, que se não pode contar. 9 Dá, pois, ao teu servo coração compreensivo para julgar a teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; pois quem poderia julgar a este grande povo?”. Salomão amava ao povo de Deus, como Davi, seu pai (o pai, certamente, ensinou ao filho o caminho de Deus). Foi por esta razão que o Senhor o abençoou lhe dando muito mais do que pedia, sonhava e imaginava Salomão. O alvo de Deus somos todos nós, sua igreja. Aqueles que amam a sua igreja, serão honrados por Deus. 3) Inquiria, consultava a Deus em tempos de tributação (14.10). Vamos nós também consultar a Deus em tudo. Adquira o hábito de perguntar ao Senhor e espere sempre a sua resposta. A garantia que eu te dou é que JAMAIS ele te deixará, como dizem, “a ver navios”. Josué um homem valente, muito especial, capacitado, que foi chamado para substituir a Moisés na condução do povo de Israel – imaginem quem era Josué! - caiu na besteira de não consultar ao Senhor em determinado momento de sua liderança e foi forçado, por causa de sua palavra, a fazer aliança com o inimigo que era para ser derrotado. Consulte a Deus se você não ve mal algum e consulte a Deus quando você achar a questão difícil demais. Nunca deixe de consultar ao Senhor! Eu tenho adquirido este hábito em minha vida de fazer essas consultas, ainda que aparentemente bem tolas. Por exemplo, para eu assumir a liderança do GECOR eu consultei ao Senhor e ao meu pastor que por mim tem a responsabilidade de me apresentar ao Senhor como obreiro aprovado. 4) Não confiava em sua própria sabedoria (14.10). Ai daquele que confia em si mesmo e se acha o tal, insubstituível. Graças a Deus eu sofri muitas derrotas em minha vida que fizeram com que eu não confiasse em mim mesmo. Não é bom nem desejo que ninguém seja derrotado para aprender a não confiar em si mesmo. 5) Dava a Deus a glória pelas suas vitórias (14.11). Essa atitude mental, essa disposição de mente de dar glórias a Deus é uma questão de maturidade espiritual própria daqueles que não confiam em si mesmos. Somente dá glórias a Deus em suas conquistas os que reconhecem que são vasos e que a excelência não está no vaso, mas no oleiro que dá ao vaso o conteúdo que quer dar. 6) Destruiu os pagãos em obediência à ordem de Deus (14.12). Não podemos duvidar de Deus e de suas instruções. A melhor coisa a se fazer é obedecer sempre. Se Deus te pediu algo é porque ele espera de você obediência. Não se preocupe, pois Deus não é tirano nem jamais irá cosntrangê-lo a algo que o venha a humilhar. Deus é eternamente bom e todos os seus atos são de bondade extrema. Você já ouvia falar da soberania, certo? E da soberana bondade de Deus? 7) Esperava pelo sinal de Deus para fazer algo (14.14). Davi não se precipitava nem passava adiante do Senhor. Vocês se lembram de Abraão e Sara que se precipitaram e acabaram entregando Hagar a Abraão que com ela teve Ismael de quem procedem os árabes (mercadores viajantes!)? Até nos dias de hoje os árabes não se dão com os judeus. Então o melhor a fazer é não tentarmos
Autor: Crerparaver@gmail.com (não se esqueça de citar as fontes) Visite: http://www.jamaisdesista.com.br (JAMAIS DESISTA!) http://www.scribd.com/crerparaver (SCRIBD)

3/4

http://www.jamaisdesista.com.br
“...eis que estou convosco todos os dias... “ (Mt 28:20)

"... esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo ..." (Fp 3:13,14).

ajudar a Deus ou querer fazer algo de forma precipitada, apavorada e desesperada. Tudo tem seu tempo certo, como diz o sábio, Salomão, filho de Davi com Bate-Seba, no livro de Eclesiastes. 8) Obedecia sem perguntas ou reservas, e assim obtinha a vitória. A obediência é uma virtude admirável. A Bíblia fala que o próprio Senhor, na carne, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu. “7 Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade, 8 embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu 9 e, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem, 10 tendo sido nomeado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.” (Hb 5: 7-10). 9) Davi era humano e, portanto, um pecador, mas Deus encontrou nele admiráveis qualidades. Davi era esse homem segundo o coração de Deus. Era humano, pecador, mas Deus, nele, encontrou admiráveis qualidades. Diz um ditado popular, diga-me com quem andas, e eu te direi quem és. Davi escolheu para andar consigo o temor a Deus e a humildade. O seu pecado foi terrível e as conseqüências piores ainda, mas foi capaz de reconhecer seu erro e aceitar pacificamente, sem rebeldia, rebelião, sem endurecer o seu coração, as correções do Senhor. Não há homem que não peque, portanto, não somos melhores nem maiores que Davi porque pecou, caiu, errou feio. Deus de Davi testemunhou e não se envergonhou de dizer que ele era um homem segundo o seu próprio coração. Nada justifica o erro de Davi, tanto é que foi severamente punido, mas receber de Deus esse testemunho, fez de Davi um homem digno de imitação naquilo que ele foi exemplar. E você quando comete erros, endurece o seu coração e procura por a culpa em outros? Conclusão: temos visto 9 características de Davi, um homem segundo o coração de Deus. Em resumo, podemos dizer que estão presentes no homem segundo o coração de Deus: 1) Reconhecimento de que Deus nos coloca onde ele quer. 2) Reconhecimento de que somos meros instrumentos da graça de Deus. 3) Devemos adquirir o hábito de inquirir, consultar a Deus em todo tempo, principalmente nos tempos de tributação. 4) Não podemos confiar em nossa própria sabedoria. 5) Devemos dar SEMPRE a Deus a glória pelas nossas conquistas. 6) Devemos estar em obediência às ordens de Deus. 7) Devemos esperar pelo sinal de Deus para fazer algo. 8) Devemos obedecer sem perguntas e sem reservas a Deus para assim obtermos a vitória. 9) Devemos nos lembrar que somos humanos e, portanto, pecadores, carentes da graça de Deus. Se assim agirmos e formos homens segundo o coração de Deus não podemos deixar que isso faça da nossa vida piedosa um laço para a nossa alma. Nossa vida piedosa com Deus não deve se constituir em moeda de barganha de bênçãos ou em justificativas de maior santidade, se for assim, eu sinto muito, estaremos perdendo tempo. Eu confesso que sinto a necessidade de maior disciplina e zelo na minha vida piedosa porque sinto que Deus está, de alguma forma, correspondendo (é um pouco estranho falar assim, mas tenham paciência um pouquinho na minha insanidade) e muito. Eu não quero barganhar jamais com Deus, mas servi-lo e ser-lhe útil. A Deus toda a glória. Amém!

Autor: Crerparaver@gmail.com (não se esqueça de citar as fontes) Visite: http://www.jamaisdesista.com.br (JAMAIS DESISTA!) http://www.scribd.com/crerparaver (SCRIBD)

4/4

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->