Você está na página 1de 20

2009/2010

2º PERÍODO
I – Os melhores momentos
DE JANEIRO A MARÇO DE 2010

1. Janeiro – Formação de utilizadores em Literacia da Informação


2. Fevereiro – Comemoração de efemérides
3. Março – Semana da Leitura

Actividades a realizar ao longo do ano


4. Ler +
5. Promoção de Leitura Domiciliária
6. Painéis: O lugar da História e da Geografia – Autor do Mês
7. Comemoração do Centenário da República

1 - JANEIRO

6 DE JANEIRO –

Entrega de prémios aos vencedores do


Concurso “Conto de Natal”
FORMAÇÃO DE UTILIZADORES: LITERACIA DE INFORMAÇÃO

Utilizando a Guião de Pesquisa de Informação, fornecido pela BE, o 6º D


trabalha o tema: ” A 1ª República”
2 - FEVEREIRO

COMEMORAÇÕES:

CARNAVAL

LIVRO DO MÊS – AUTOR DO MÊS

JÚLIO VERNE
DIA DE S. VALENTIM
3 – MARÇO

“SEMANA DA LEITURA

SEMANA DA LEITURA

Agrupamento Dr. Joaquim Magalhães

2009/10

Segunda- Quarta-
Terça-feira Quinta-feira Sexta-feira
feira feira
16 /03/10 18/03/10 19/03/10
15/ 03/10 17/ 03/10

”Pare tudo e ”Pare tudo e ”Pare tudo e leia ”Pare tudo e leia ”Pare tudo e
leia POESIA” leia POESIA” POESIA” POESIA” leia POESIA”

Dramatização
“Cavaleiro da
Ler Ciência Encontro Fórum de leitura: Dinamarca”
com:
PNL no currículo Concurso de
Dr. Raio Leitura
Fórum de leitura:
“Ler Poesia” (Dep. de
“Sexta –feira ou PNL no currículo Língua
vida selvagem” Portuguesa)
“O segredo do
Rio”

“O mundo em que
vivi”

“Música e poesia” Ler com pais


Leitura de
Encontro com:
Fórum de
Textos e leitura Afonso Dias
poemas
“Leituras “Ler está em toda
Inseridos no partilhadas” a parte”
Centenário
da República
Os alunos do 8ºA apresentaram vários cartazes que a BE
utilizou na divulgação do evento.

A Forma Justa

Sei que seria possível construir o mundo justo


As cidades poderiam ser claras e lavadas
Pelo canto dos espaços e das fontes
O céu o mar e a terra estão prontos
A saciar a nossa fome do terrestre
A terra onde estamos — se ninguém atraiçoasse — proporia
Cada dia a cada um a liberdade e o reino
— Na concha na flor no homem e no fruto
Se nada adoecer a própria forma é justa
E no todo se integra como palavra em verso
Sei que seria possível construir a forma justa
De uma cidade humana que fosse
Fiel à perfeição do universo
Por isso recomeço sem cessar a partir da página em branco
E este é meu ofício de poeta para a reconstrução do mundo

Sophia de Mello Breyner Andresen, in "O Nome das Coisas"


Na Segunda-feira os alunos encontraram a Biblioteca completamente
diferente, digamos mesmo com um ar bastante desarrumado, cadeiras
em círculo no meio da sala, livros muito livros espalhados pelas mesas.

Pretendíamos estimular nos nossos alunos o prazer de manusear, ler


os livros e interessar-se pelos diferentes temas expostos.

Ler Ciência

Há um cabelo na minha terra de Gary Larson, da Gradiva, foi o livro


escolhido para ler na Biblioteca com os alunos do 6º D.

Alguns ficaram no intervalo para melhor saborear o conteúdo.


Divulgação de poesia do património literário da
época repúblicana
Participaram, na leitura de poemas, alunos do 5º A e 5º C
Encontro com… Dr. Raio

“Ler Poesia”
Foi um encontro muito interessante, com alunos do 7º B, 7º F e 3º ano da
Escola EB1 de S. Luís. O Dr. Raio leu poesia da sua autoria e explicou aos
alunos que acontecimentos o levaram a escrever aqueles poemas. Alunos das
turmas presentes declamaram poemas escolhidos para aquele momento ,
tendo uma aluna do 3º ano apresentado um poema da sua autoria.
No final todos foram conversar sobre poesia… e combinar futuros
encontros.

Fórum de leitura

“Leituras partilhadas”
Local-Biblioteca

Os leitores do Crepúsculo de Stephenie MEYER, juntaram-se para trocar ideias,


impressões sobre os livros da Saga.
Fórum de leitura

PNL no currículo: “Sexta –


feira ou vida selvagem de
Michel Tournier”
8º A e 8º F

Local-Biblioteca

“Música e poesia”
6º B, 5º F e 1º Ano da Escola EB1 de S. Luís

Local-auditório
Dramatização “Cavaleiro da Dinamarca” de Sophia de Mello
Breyner Andresen pelo 8º A
Local-BE daEB1 S. Luís

Fórum de leitura

PNL no currículo: “O segredo do Rio” de Miguel Sousa


Tavares”
5º B e 5º D

Local-Biblioteca
Fórum de leitura

PNL no currículo: “O mundo em que vivi” de Ilse Losa”


8º B e 8º C

Local-Biblioteca

Encontro com… Afonso Dias:

“A poesia está na Escola e … em toda a parte”

6º G, 3º e 4º Anos da EB1 do Bom


João

Local-auditório
Encontro com… Afonso Dias:

“A poesia está na Escola e … em toda a parte”


6º E, 7ºB, 7ºE e 8ºD

Local-auditório

Concurso de leitura
(Dep. de Língua portuguesa)

Local-Biblioteca

Entrega de diplomas aos vencedores


Dramatização “João e a Floresta de Betão” de Pedro Reisinho,
pelo 6º C.
2 turmas da EB1 de Bom João

Local-auditório

A Sr.ª Professora de Língua Portuguesa em articulação com os Srs. professores


de Ed. Musical e de Ed. Tecnológica, pretenderam captar o interesse para a
leitura da obra através da dramatização e da projecção de imagens, bem como
alertar para a temática ambiental.
No final, os alunos do 6º C,

ofereceram flores a todos os presentes

Estivemos também presentes, com actividades, no Fórum Algarve, nos dias


20, 21 e 22, na mostra de Bibliotecas Escolares do Concelho de Faro.

NO FINAL DAS COMEMORAÇÕES OS ALUNOS DEIXARAM ALGUMAS


FRASES NO PAINEL
COMEMORAÇÕES:

Trabalho do 8º F, na aula de Ed. Tecnológica e de Língua


Portuguesa.

Ode à Primavera

A Primavera já chegou

É tempo de alegria

A tristeza já passou

Estamos em harmonia

EXPOSIÇÕES:

Trabalhos do 5º B, C e D.

Colaboração da Sr.ª Prof. de Ciências da Natureza


ACTIVIDADES A REALIZAR AO LONGO DO ANO

7 - “LER +”
Encontra na BE, tudo o que necessita para a
prossecução dos seus objectivos.

8 - “PROMOÇÃO DE LEITURA DOMICILIÁRIA”


Sempre com muito sucesso, entre os alunos, nas turmas visitadas.
9 - “CENTENÁRIO DA REPÚBLICA”

A BE associou-se às actividades que se estão a realizar, no âmbito do


projecto para as Comemorações do Centenário da República.

A Implantação da República

Em 5 de Outubro de 1910 foi implantada a República


em Portugal.

O 31 de Janeiro de 1891

A exposição recorda a Revolta Republicana que ocorreu no Porto. Como


foi descoberta, fracassou. A insurreição teve o apoio de alguns militares e de
muitos populares. Contudo, a Guarda Municipal,
fiel à Monarquia, venceu os revoltosos que
tinham ocupado a Câmara Municipal e hasteado
a primeira bandeira republicana. Na sequência
dos acontecimentos foram, então, fechados
vários centros e jornais republicanos, o que fez
aumentar o descontentamento dos seus
apoiantes.
O Regicídio

Durante o Governo chefiado por João Franco as manifestações populares


e a agitação política aumentaram
ainda mais. No dia 1 de Fevereiro
de 1908, em Lisboa, dá-se um
atentado contra a Família Real. São
assassinados o rei D. Carlos e o
príncipe herdeiro, D. Luís Filipe.

O Dia da Árvore foi uma festa muito vivida neste período. Para os republicanos
este era um festejo cívico, patriótico! O lema republicano era o seguinte:
“Amar a Árvore é amar a República”.
Hino da sementeira dedicado a Bernardino
Machado

A Festa da Árvore da 1ª Republica com fotografiasépoca

A Forma Justa

Interesses relacionados