P. 1
Portas Lógicas Básicas

Portas Lógicas Básicas

|Views: 1.314|Likes:
Publicado porEverest Castro

More info:

Published by: Everest Castro on Jul 23, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/07/2012

pdf

text

original

Eletrônica digital

Portas lógicas básicas

Os circuitos eletrônicos são divididos em dois grupos: circuitos analógicos e circuitos digitais. Nos circuitos analógicos, os componentes operam normalmente de forma contínua ou linear, como, por exemplo os amplificadores e as fontes reguladas. Os circuitos digitais, também chamados de chaveadores, empregam componentes que operam nos estados de corte ou saturação. É o caso de um transistor que, conectado a um circuito, em um momento está cortado e no outro, saturado. A partir deste momento, vamos começar a estudar os circuitos digitais. Antes, porém, serão apresentados conceitos básicos que você deverá aprender a fim de compreender melhor o funcionamento desse tipo de circuito. Eles são: estados ou níveis lógicos, funções lógicas e operações lógicas.

Estados ou níveis lógicos Em sistemas digitais, trabalha-se com dois estados ou níveis lógicos, pois a eletrônica digital apoia-se no princípio da lógica que considera uma proposição verdadeira ou falsa. Assim, um ponto qualquer do circuito digital pode assumir apenas um de dois estados:    Ligado ou desligado alto ou baixo fechado ou aberto    saturado ou cortado com pulso ou sem pulso excitado ou desexcitado

Portas Lógicas

19

Eletrônica digital

Suponhamos, por exemplo, um circuito em que uma lâmpada é acionada por um interruptor. Nesse caso, a lâmpada pode assumir os dois estados: ligado ou desligado. Um relê, dentro de um circuito, assume os estados energizado ou desenergizado. Do mesmo modo, um transistor ligado como chave no circuito pode assumir os estados saturado ou em corte. Os sistemas digitais processam apenas os números binários 1 (um) e 0 (zero). Isso significa que se associarmos o valor binário 1 a um estado ou nível lógico, associaremos o valor binário 0 ao outro estado.

Função lógica A função lógica (f) é uma variável dependente e binária. Seu valor é o resultado de uma operação lógica em que se relacionam entre si duas ou mais variáveis binárias. As funções lógicas operam com variáveis independentes (elementos de entrada em um circuito) e com variáveis dependentes (elementos de saída). Veja os circuitos a seguir. Convenção: A e B = Variáveis independentes (de entrada) Y ou S = Variável dependente (de saída)

Normalmente, as variáveis lógicas independentes (de entrada) são representadas por letras maiúsculas A, B, C... N; as variáveis dependentes (de saída), por S ou Y. As funções lógicas têm apenas dois estados: o estado 0 e o estado 1.
20
Portas Lógicas

Eletrônica digital

Operações lógicas A relação entre duas ou mais variáveis que representam estados é estabelecida através de operações lógicas. As operações lógicas são:    Produto ou multiplicação lógica; Soma lógica; Inversão.

Essas operações, nos circuitos ou sistemas lógicos, são efetuadas por blocos denominados portas lógicas.

Portas lógicas básicas Portas são unidades básicas de sistemas lógicos eletrônicos. Porta lógica é qualquer arranjo físico capaz de efetuar uma operação lógica. As portas lógicas operam com números binários, ou seja, com os dois estados lógicos 1 e 0. Os sistemas digitais, mesmo os mais complexos como os computadores, são constituídos a partir de portas lógicas básicas. As portas lógicas básicas são três:    A porta E que realiza a operação produto ou multiplicação lógica; A porta OU que realiza a operação soma lógica; A porta NÃO ou inversora que realiza a operação inversão, ou negação ou complementação. Porta E A função E é aquela que assume o valor 1 quando todas as variáveis de entrada forem iguais a 1; e assume o valor 0 quando uma ou todas as variáveis de entrada forem iguais a 0. A operação E ("AND" em inglês), é a multiplicação ou o produto lógico de duas ou mais variáveis binárias. Essa operação pode ser expressa da seguinte maneira: Y = A  B.
Portas Lógicas

21

Eletrônica digital

Essa expressão é lida da seguintes forma: a saída (Y) é igual a A e B. Observação O ponto () é uma função lógica e lê-se e. A figura a seguir mostra o circuito elétrico equivalente à porta E. Convenção: Chave Aberta = 0 Chave Fechada = 1 Lâmpada Apagada = 0 Lâmpada Acesa = 1

Neste circuito, a lâmpada (saída Y) acenderá (1) somente se ambas as chaves de entrada A e B estiverem fechadas (1). A seguir, apresentamos todas as combinações possíveis das chaves A e B, assim como a respectiva tabela-verdade que é a forma de representação gráfica das funções lógicas.

Combinações possíveis Chaves De entrada B Aberta Aberta Fechada Fechada A aberta fechada aberta fechada Saída (lâmpada) Y apagada apagada apagada acesa B 0 0 1 1

Tabela-verdade Entrada A 0 1 0 1 Saída Y 0 0 0 1

22

Portas Lógicas

Eletrônica digital

Os símbolos ou blocos lógicos para a porta E são mostrados a seguir. Observe as duas variáveis de entrada A e B e a saída Y.

Muitas vezes, um circuito lógico tem três variáveis, ou seja, uma porta E de três entradas (A, B e C) e uma saída (Y). Neste caso, a operação será expressa assim: A . B . C = Y ou Y = A . B . C. Os símbolos da porta E com três variáveis de entrada são mostrados a seguir.

Observação É possível construir uma porta E de três entradas empregando duas portas E de duas entradas. A ilustração a seguir mostra o diagrama de blocos lógicos da porta E de três entradas bem como seu circuito elétrico equivalente.

Portas Lógicas

23

Eletrônica digital

As combinações possíveis da operação E com três variáveis e a tabela-verdade correspondente são apresentadas a seguir.
Combinações possíveis Chaves de entrada C aberta aberta aberta aberta fechada fechada fechada fechada B aberta aberta fechada fechada aberta aberta fechada fechada A aberta fechada aberta fechada aberta fechada aberta fechada Saída (Lâmpada) Y apagada apagada apagada apagada apagada apagada apagada acesa C 0 0 0 0 1 1 1 1 Tabela verdade Entradas B 0 0 1 1 0 0 1 1 A 0 1 0 1 0 1 0 1 Saídas Y 0 0 0 0 0 0 1 1

Porta OU A função OU é aquela que assume valor 1 quando uma ou mais variáveis de entrada forem iguais a 1; e assume o valor 0 quando todas as variáveis de entrada forem iguais a 0. A operação OU, executada pela porta OU ("OR" em inglês) é a soma lógica de duas ou mais variáveis binárias. Essa operação é expressa do seguinte modo: Y = A + B. A expressão é lida da seguinte forma: a saída Y é igual a A ou B. Observação O símbolo (+) nesta expressão significa OU. A figura a seguir mostra o circuito elétrico equivalente à porta OU. Convenção: Chave Aberta = 0 Chave Fechada = 1 Lâmpada Apagada = 0 Lâmpada Acesa = 1

24

Portas Lógicas

Eletrônica digital

A lâmpada (Y) acenderá quando ou a chave A ou a chave B estiver fechada. Ela também acenderá quando A e B estiverem fechadas. Quando A e B estiverem abertas, a lâmpada não acenderá. A seguir veja as combinações possíveis das chaves e também a tabela-verdade da função OU.
Combinações possíveis Chaves de entrada B aberta aberta fechada fechada A aberta fechada aberta fechada Saída (lâmpada) Y apagada acesa acesa acesa Tabela-verdade Entrada B 0 0 1 1 A 0 1 0 1 Saída Y 0 1 1 1

Observe, nas tabelas, como a saída do circuito OU é ativada quando pelo menos uma ou todas as chaves estiverem fechadas. Os símbolos lógicos da porta OU com duas entradas (A e B) e a saída (Y) estão esquematizados na ilustração a seguir.

Uma porta OU de três entradas apresenta as variáveis A, B e C para as entradas e Y para a saída. Neste caso, a operação será expressa da seguinte forma: A+B+C=Y Os símbolos da porta OU com três variáveis de entrada são mostrados a seguir.

Portas Lógicas

25

Eletrônica digital

Observação É possível construir uma porta OU de três entradas utilizando duas portas OU de duas entradas. A ilustração a seguir mostra o diagrama de blocos lógicos da porta OU de três entradas, bem como seu circuito elétrico equivalente.

Observe agora a tabela das combinações possíveis da porta OU de três variáveis e sua respectiva tabela-verdade.
Combinações possíveis Chaves de entrada C aberta aberta aberta aberta Fechada Fechada Fechada Fechada B aberta aberta fechada fechada aberta aberta fechada fechada A aberta fechada aberta fechada aberta fechada aberta fechada Saída (Lâmpada) Y apagada acesa acesa acesa acesa acesa acesa acesa C 0 0 0 0 0 1 1 1 Tabela verdade Entradas B 0 0 1 1 1 0 1 1 A 0 1 0 1 1 1 0 1 Saídas Y 0 1 1 1 1 1 1 1

Porta NÃO A função NÃO, ou função complemento, ou ainda, função inversora é a que inverte o estado da variável de entrada. Se a variável de entrada for 1, ela se tornará 0 na saída. Se a variável de entrada for 0, ela se tornará 1 na saída.
26
Portas Lógicas

Eletrônica digital

A operação lógica inversão é realizada pela porta lógica NÃO ("NOT" em inglês). Ela consiste em converter uma dada proposição em uma proposição a ela oposta. É expressa da seguinte maneira: Y  A . Essa expressão é lida da seguinte forma: saída Y é igual a não A pois o traço sobre o A significa não. Para o A pode-se dizer também A barrado ou A negado. Veja a seguir o circuito elétrico equivalente a uma porta NÃO e seus símbolos lógicos. Convenção: Chave Aberta = 0 Chave Fechada = 1 Lâmpada Apagada = 0

A lâmpada Y acenderá (1) quando a chave A estiver aberta (0). Quando a chave A estiver fechada (1), a lâmpada não acenderá. Veja a seguir, as combinações possíveis da chave e a respectiva tabela-verdade.

Combinações possíveis Chaves de entrada A aberta fechada Saida

Tabela verdade

Entrada (lâmpada) Y acesa apagada A 0 1

Saída Y 1 0

Quando houver negação de uma variável já negada, ( A , que se lê: A barrado barrado; ou ainda, não não A), o resultado será a própria variável, ou seja: Y  A  A . Em uma expressão, quando o traço estiver sobre uma variável, somente essa variável é negada. Por exemplo, na expressão AB  Y , somente a variável A é negada.

Portas Lógicas

27

Eletrônica digital

O diagrama de blocos dessa expressão apresenta a seguinte configuração:

Quando o traço estiver sobre toda a expressão, ou seja, Y  A  B , o resultado da expressão é que será negado. Essa expressão é representada pelo diagrama de blocos mostrado a seguir. Observe que a negação atua sobre a saída da porta OU, que é o resultado da expressão.

Pode-se demonstrar essa afirmação pela tabela-verdade da expressão A  B  Y .

Entrada A 0 0 1 1 B 0 1 0 1 A+B 0 1 1 1

Y

AB
1 0 0 0

28

Portas Lógicas

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->