Você está na página 1de 6

Conectorização de Cabos de Rede

Para efetuar a conectorização são necessários alguns equipamentos tais

como:

Alicate de crimpagem;

Alicate de corte;

Conectores RJ45;

Cabo UTP padrão CAT5 (até 100 metros no máximo).

∑ Cabo UTP padrão CAT5 (até 100 metros no máximo). Figura 1: Alicate de corte e

Figura 1: Alicate de corte e alicate de crimpagem

Existem dois tipos de cabos de rede:

e alicate de crimpagem Existem dois tipos de cabos de rede: F i g u r

Figura 2: Conectores RJ45

Paralelo: Indicado para situações onde três (ou mais) computadores devem ser interligados, através de um concentrador (hubouswitch), utiliza-se um cabo para cada computador.

Crossover: Indicado para a interligação entre dois computadores. Para conectar uma máquina à outra diretamente, sem a necessidade de um concentrador

Para a confecção dos cabos, o primeiro passo é o corte (reto e limpo) do cabo UTP. O tamanho varia de acordo com a necessidade, levando em consideração que emendas, não devem existir, e o comprimento máximo do cabo é de 100 metros. É importante ressaltar o cuidado na hora do corte, para que apenas o isolamento do cabo seja cortado, os fios internos devem permanecer intactos, pois ao danificá-los ocorrerá rompimento posterior. Após o corte é necessário fazer a separação dos pares de fios conforme as cores: azul, verde, laranja e marrom. Cada cor, juntamente com o seu par “branco”.

e marrom. Cada cor, juntamente com o seu par “branco”. Figura 3: Cabo UTP padrão CAT5

Figura 3: Cabo UTP padrão CAT5 (cortado)

par “branco”. Figura 3: Cabo UTP padrão CAT5 (cortado) Figura 4: Fios separados aos pares Após

Figura 4: Fios separados aos pares

Após o corte e a separação dos pares de fios, o próximo passo é o alinhamento dos mesmos. A ordem das cores varia de acordo com o tipo de cabo (paralelo ou crossover), e costumam seguir o padrão T568A ou o padrão

T568B.

Cabo de rede crossover Conector A Conector B
Cabo de rede crossover
Conector A
Conector B

Figura 5: Conector A -padrão T568A; Conector B - padrão T568B

Cabo de rede paralelo Conector A Conector B
Cabo de rede paralelo
Conector A
Conector B

Figura 6: Conectores A e B – padrão T568A

Crossover

Direto

Padrão T568B

Padrão T568A

Branco Laranja

Branco Verde

Branco Verde

Laranja

Verde

Verde

Branco Verde

Branco Laranja

Branco Laranja

Azul

Azul

Azul

Branco Azul

Branco Azul

Branco Azul

Verde

Laranja

Laranja

Branco Marrom

Branco Marrom

Branco Marrom

Marrom

Marrom

Marrom

Lados (ponta do cabo) diferentes

Lados Iguais

Tabela 1: Cores indicadas pelos padrões

Após a escolha, corte e separação dos pares de cores do tipo de cabo a ser utilizado (crossover ou direto), deve-se alinhar os fios de acordo com a tabela 1, e cortá-los exatamente do mesmo tamanho.

com a tabela 1, e cortá-los exatamente do mesmo tamanho. Figura 7: Corte dos fios internos

Figura 7: Corte dos fios internos

do mesmo tamanho. Figura 7: Corte dos fios internos Figura 8: Fios cortados do mesmo tamanho

Figura 8: Fios cortados do mesmo tamanho e alinhados

O próximo passo é colocar o conector RJ45 no cabo UTP CAT5. Para isto, basta segurar firme o conector em uma das mãos, e na outra o cabo com os fios cortados de acordo com a figura 6. Introduza os fios no conector de modo que permaneçam na mesma ordem, verificando se todos estão no caminho correto.

Os fios devem chegar até o final do conector. E então verificar se todos os fios estão corretos no conector, como mostra a figura abaixo:

estão corretos no conector, como mostra a figura abaixo: Figura 9: Introduzindo os fios no conector

Figura 9: Introduzindo os fios no conector

a figura abaixo: Figura 9: Introduzindo os fios no conector Figura 10: Fios introduzidos até a

Figura 10: Fios introduzidos até a extremidade final do conector

As figuras 11 e 12 mostram uma comparação entre conexões erradas e

certas:

mostram uma comparação entre conexões erradas e certas: Figura 11: Conexões Erradas Figura 12: Conexões Certas
mostram uma comparação entre conexões erradas e certas: Figura 11: Conexões Erradas Figura 12: Conexões Certas

Figura 11: Conexões Erradas

conexões erradas e certas: Figura 11: Conexões Erradas Figura 12: Conexões Certas Após a execução de
conexões erradas e certas: Figura 11: Conexões Erradas Figura 12: Conexões Certas Após a execução de

Figura 12: Conexões Certas

Após a execução de todos os passos demonstrados, deve-se introduzir o conector RJ45 na abertura própria do alicate de crimpagem, e depois pressioná-lo bem. O procedimento é exibido na figura 13.

Figura 13: Uso do Alicate de crimpagem para a finalização da montagem dos cabos Lembre-se

Figura 13: Uso do Alicate de crimpagem para a finalização da montagem dos cabos

Lembre-se de verificar, após a crimpagem, se todos os fios foram para dentro dos contatos do conector. Por fim, você pode testar o cabo com algum dispositivo de teste. No exemplo da figura 14, se todos os leds do aparelho acenderem, todos os fios do cabo estarão estabelecendo contato com os dois terminais. Caso contrário, o conector RJ45 é perdido, e você terá que realizar todo o procedimento novamente.

o conector RJ45 é perdido, e você terá que realizar todo o procedimento novamente. Figura 14:

Figura 14: Dispositivo de teste.