UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CAMPUS DE SANTIAGO CURSO

DE DIREITO

O ALCOOLISMO E SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES DE TRABALHO

MARLUISI FANK BENITES

SANTIAGO,2010

2010 . em cumprimento a exigência parcial para conclusão do Curso de Direito. para aprovação na disciplina de Monografia Jurídica I.UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CAMPUS DE SANTIAGO CURSO DE DIREITO O ALCOOLISMO E SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES DE TRABALHO Projeto de monografia apresentado por MARLUISI FANK BENITES.ao Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da URI – Campus de Santiago. sob a orientação da professora GRAZIELE ZIMMER. SANTIAGO.

1. bem como sua evolução histórico-social no tempo. o alcoolismo e sua influência nas relações de trabalho.1 Delimitação do tema O presente tema abordará sobre um enfoque médico e jurídico. .1 TEMA O Alcoolismo e sua influência nas relações de trabalho.

consequentemente. qual o papel do empregador perante a reabilitação empregado alcoolista? do .2 FORMULAÇÃO DO PROBLEMA O que caracteriza o alcoolismo no atual ordenamento jurídico brasileiro e.

3 JUSTIFICATIVA O trabalho a ser desenvolvdo é fundado na norma expressa na Consolidação das Leis Trabalhistas. retrógrados perante as normas.sabe-se então que a responsabilidade de gerir meios de recuperação desse indivíduo. do que cuidando do seus direitos trabalhistas. é um método de responsabilidade solidária. que tomam proporções catastróficas contaminando indivíduos como pragas. sociedade e poder público no mesmo polo de atuação. está entre outras referencias constitucionais o direito ao trabalho. e que na maioria dos casos se não tratados. caracterizando assim que a norma procura reunir todas as condições geradoras e garantidoras para uma reabilitação física e social do indivíduo portador desse tipo de doença cronológica. são a causa psíquica. fatos sociais repentinos. atraídos por esses da morte dessas pessoas. mas também um problema de interesse da saúde pública. onde encontram-se empregador. afinal a dignidade da pessoa humana como expressa a Carta Magna brasileira.que é o tratamento dessa gleba social.e não há melhor maneira de auxiliar ao máximo esses indivíduos. devido a sua conduta desvirtuada pela dependência alcoólica(ou por analogia química). fecham seus olhos para um interesse social. seja a morte física ou a vícios nefastos( álcool. Assim. prejuízos na saúde e falta de oportunidades de trabalho. As modificações sociais influenciam cada passo a ser tomado pela justiça brasileira. Em muitos casos . Estamos abordando mais que um fato de excludente dos requisitos de demissão por justa causa. oriundas de discriminações . gerando instabilidade e desídia por parte do Poder público empregador e até mesmo por parte da sociedade. portanto sendo . drogas).ou interessados apenas em questões subjetivas. que encontra-se doente. que trata da embriaguez como motivo para a demissão por justa causa.

4 OBJETIVOS .o tema de extrema relevância social no período histórico em que o Brasil se encontra atualmente.

4. 6 METODOLOGIA . e as doutrinas sobre quais casos a demissão por justa causa ocorre. quanto a reabilitação do alcoólatra.2 Específicos − Definir como o alcoolismo se manisfesta. no indivíduo. − Analisar as jurisprudências. 4. bem como. suas consequências físicas e psíquicas. − Estudar a responsabilidade do empregador.1 Geral Analisar as consequências do alcoolismo nas relações de trabalho e a atual visão da justiça brasileira quanto a demissão por justa causa.

2 Métodos de procedimentos O presente projeto apresentará os seguintes métodos: hermenêutico.3 Técnicas de pesquisa Será utilizada a técnica de pesquisa bibliográfica. histórico comparativo e monográfico. . através de doutrina. legislação e artigos da internet.1 Método de abordagem O método de abordagem apresentado será o dedutivo. 6.6. jurisprudências. 6.