UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CAMPUS DE SANTIAGO CURSO

DE DIREITO

O ALCOOLISMO E SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES DE TRABALHO

MARLUISI FANK BENITES

SANTIAGO,2010

em cumprimento a exigência parcial para conclusão do Curso de Direito. SANTIAGO. para aprovação na disciplina de Monografia Jurídica I. sob a orientação da professora GRAZIELE ZIMMER.UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CAMPUS DE SANTIAGO CURSO DE DIREITO O ALCOOLISMO E SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES DE TRABALHO Projeto de monografia apresentado por MARLUISI FANK BENITES.ao Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da URI – Campus de Santiago. 2010 .

.1 Delimitação do tema O presente tema abordará sobre um enfoque médico e jurídico.1 TEMA O Alcoolismo e sua influência nas relações de trabalho. o alcoolismo e sua influência nas relações de trabalho. bem como sua evolução histórico-social no tempo. 1.

qual o papel do empregador perante a reabilitação empregado alcoolista? do .2 FORMULAÇÃO DO PROBLEMA O que caracteriza o alcoolismo no atual ordenamento jurídico brasileiro e. consequentemente.

sabe-se então que a responsabilidade de gerir meios de recuperação desse indivíduo.3 JUSTIFICATIVA O trabalho a ser desenvolvdo é fundado na norma expressa na Consolidação das Leis Trabalhistas. portanto sendo . que trata da embriaguez como motivo para a demissão por justa causa. do que cuidando do seus direitos trabalhistas. fecham seus olhos para um interesse social. devido a sua conduta desvirtuada pela dependência alcoólica(ou por analogia química). é um método de responsabilidade solidária. e que na maioria dos casos se não tratados. caracterizando assim que a norma procura reunir todas as condições geradoras e garantidoras para uma reabilitação física e social do indivíduo portador desse tipo de doença cronológica. Em muitos casos . oriundas de discriminações . prejuízos na saúde e falta de oportunidades de trabalho. onde encontram-se empregador. que tomam proporções catastróficas contaminando indivíduos como pragas. seja a morte física ou a vícios nefastos( álcool. está entre outras referencias constitucionais o direito ao trabalho.e não há melhor maneira de auxiliar ao máximo esses indivíduos. Assim. que encontra-se doente. As modificações sociais influenciam cada passo a ser tomado pela justiça brasileira.que é o tratamento dessa gleba social. gerando instabilidade e desídia por parte do Poder público empregador e até mesmo por parte da sociedade. afinal a dignidade da pessoa humana como expressa a Carta Magna brasileira.ou interessados apenas em questões subjetivas. são a causa psíquica. drogas). fatos sociais repentinos. retrógrados perante as normas. mas também um problema de interesse da saúde pública. atraídos por esses da morte dessas pessoas. Estamos abordando mais que um fato de excludente dos requisitos de demissão por justa causa. sociedade e poder público no mesmo polo de atuação.

4 OBJETIVOS .o tema de extrema relevância social no período histórico em que o Brasil se encontra atualmente.

4. bem como.2 Específicos − Definir como o alcoolismo se manisfesta. 6 METODOLOGIA . suas consequências físicas e psíquicas. e as doutrinas sobre quais casos a demissão por justa causa ocorre.1 Geral Analisar as consequências do alcoolismo nas relações de trabalho e a atual visão da justiça brasileira quanto a demissão por justa causa. − Estudar a responsabilidade do empregador. quanto a reabilitação do alcoólatra. no indivíduo. − Analisar as jurisprudências. 4.

6. jurisprudências.1 Método de abordagem O método de abordagem apresentado será o dedutivo. legislação e artigos da internet.6. através de doutrina.2 Métodos de procedimentos O presente projeto apresentará os seguintes métodos: hermenêutico.3 Técnicas de pesquisa Será utilizada a técnica de pesquisa bibliográfica. histórico comparativo e monográfico. 6. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful