P. 1
A Antropologia.docx

A Antropologia.docx

|Views: 4|Likes:

More info:

Published by: Marcela E Daniel Nascimento on Apr 17, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/30/2013

pdf

text

original

1. A ANTROPOLOGIA E SUA DIVISÃO  Estudo do homem e seu trabalho.  Anthropos = homem + Logia = Estudo.

 Diferente de outras ciências, como: Sociologia, Zoologia, Psicologia, A Antropologia é o Estudo do homem levando em consideração todos os aspectos da existência humana, biológica e cultural, além do presente e passado.  A Antropologia enfatiza o princípio de que a vida é uma corrente ininterrupta.  Graças a sua generalidade, a Antropologia pode ser inserida em ciências naturais, humanidade e ciências sociais.  Há diversos significados para Antropologia, variando de acordo com o país a ser considerado.  Divisão da Antropologia a ser considerado: Antropologia Física Antropologia Geral Antropologia Cultural Linguística Arqueologia Etnologia Etnologia Etnografia Antropologia Social

  

 

    

Antropologia Física estuda os aspecto biológicos do homem. Cultura = conjunto de características do comportamento humano – objeto de estudo de outro grande ramo da Antropologia. Antropologia Cultural estuda a obra humana, isto é, conjunto que inclui conhecimentos, crenças, arte, moral, lei, costumes e quaisquer outras capacidades e hábitos adquiridos pelo homem enquanto membro da sociedade. A Antropologia Cultural está dividida em três ramos: Etnologia, Linguística e Arqueologia Pré-Histórica. Etnologia é o estudo ou ciência do povo, isto é, estudo comparado da cultura e da investigação dos problemas teóricos que nascem da análise dos costumes humanos. Lingüística é o estudo da linguagem, levando em consideração o comparativo dos idiomas, sua estrutura, lógica, etc. Arqueologia supõe bons conhecimentos de geologia e geografia física. A Etnologia aparece dividida em três disciplinas especiais: etnologia, etnografia e antropologia social. A Etnografia é a descrição dos costumes, da cultura e da vida dos povos. A Etnologia estuda a cultura dos povos dando relevância às semelhanças e diferenças entre as culturas dos povos, analisando o desenvolvimento histórico de uma cultura e a relação entre as mesmas.

a etnografia. arte. d) Advertência: o uso popular do termo <<cultura>>    .   A Antropologia Social preocupa-se com a instituição de generalizações sobre uma cultura. isto é.1. Comentários: 2. três momentos de uma mesma pesquisa. numa palavra.  Cultura objetiva é o conjunto exteriorizado da obra humana de todos os tempos e de toda a face da terra. aptidões. crenças.  A cultura de qualquer sociedade consiste na soma total e organizações de idéias.  A cultura não é um processo individual. b) Cultura material e cultura não-material Cultura material é soma de artefatos que resultam da utilização de uma tecnologia. isto é. crença. de experiências presentes em cada indivíduo. conhecimentos.  Cultura: conjunto de obras humanas. CONCEITO E CULTURA  Cultura: conjunto complexo que inclui conhecimento. c) Cultura real e cultura ideal Cultura real é aquilo que concretamente fazem as pessoas na sua vida cotidiana e social. reações emocionais condicionadas e padrões de comportamento habitual que seus membros adquirem pela introdução ou pela imitação de que todos participam. Principais Acepções do Termo <<Cultura>> a) Cultura objetiva e cultura subjetiva  Cultura subjetiva é o conjunto de valores. Para Levi-Strauss.  Traços particulares das culturas chamam-se “valores culturais”. que distingue o homem dos outros animais. a sociedade e a personalidade em um sentido mais universal. fornece padrões individuais de comportamento. A etnologia compreende a etnografia como um passo preliminar e constitui seu prolongamento. moral. É o resultado ou produto da Cultura. Cultura ideal é o conjunto de comportamento que as pessoas dizem e acreditam que deveriam ter. é a que cria as situações particulares. etnologia e antropologia social podem ser vistas como três etapas. qualidades. 2. a habilidade de manipular e construir. costumes e várias outras aptidões e hábitos adquiridos pelo homem como membro de uma sociedade. que não poderia nunca ser exclusiva dos dois outros. mudada e acrescentada pela inovação ou descoberta. lei. mas coletivo.  A cultura também é transformada.

 A cultura de hoje.  O social antecede ao cultural. 2. conseqüentemente é forçoso admitir-se o caráter social da cultura.  A característica básica da cultura é seu caráter simbólico. e) A cultura é universal e regional  A cultura condicionou tanto o homem que nem a parte física fica imune à sua ação. dividindo o fato social em dois tipos: biossocial e social-cultural.  Cada membro da sociedade tem suas tarefas e seus interesses dentro da cultura. O homem é um todo harmônico e a distinção que se faz entro o físico e o mental dá-se mais por razões metodológicas e didáticas do que por uma separação real e concreta.  A cultura como fenômeno é universal. para os antropólogos. Desta forma. representa uma conquista e um acúmulo de experiências humanas de centenas de séculos. transmitida aos indivíduos. significa que tem um emissor e um receptor.  Todo fato cultural é social.2. Uma cultura jamais é superior a outra. pois supõe uma ordenação inteligente de todo o mundo visível.  A própria natureza da aprendizagem da cultura lhe determina uma transformação lenta e inarredável.  A memória é uma função simbólica.  O fenômeno social animal é de natureza distinta daquele humano. Pode dispor de tecnologias avançadas ou desenvolvidas.  A mudança cultural ocorre em razão de novas necessidades de novas situações. c) A cultura é dinâmica e estável  A cultura é estável enquanto lhe destacamos a tradição e a institucionalização de padrões de comportamento.  Sociedade é o maior número de seres humanos que agem conjuntamente para satisfazer suas necessidades sociais e compartilham uma cultura comum. . pois utiliza símbolos. d) A Cultura é seletiva  A cultura é um contínuo. um processo que implica sempre reformulações. Principais Características da Cultura a) A cultura é simbólica  Todo símbolo é cultural. a lembrança depende da possibilidade de possuirmos idéias gerais.  A cultura regional representa formas diferentes. mas nem todo fato social é cultural. b) A cultura é social  Sendo a cultura simbólica. sem as quais não teríamos nenhum passado pessoal. momentos distintos de um mesmo fenômeno denominado <<cultura>>.

 Cultura: todo conjunto etnográfico que. afastamentos significativos. apresenta.  Metodologia Antropológica: métodos e técnicas em pesquisa antropológica.  A subcultura está para cultura assim como o subsistema está para o sistema. 3. mas nem toda subcultura identifica-se com área cultural. por mais peculiar que seja. MÉTODOS E TÉCNICAS EM PESQUISA ANTROPOLÓGICA  Metodologia: conjunto de técnicas usadas por uma disciplina particular com o objetivo de manipular os dados a fim de chegar a um conhecimento.  Quase toda área cultural corresponde a uma subcultura. do ponto de vista da investigação. Os aspectos comuns a todas as culturas regionais são denominados <<universais da cultura>>. podem provocar ou intervir nos acontecimentos humanos. Cultura e Subcultura  Subcultura: cultura regional. a moral e a religião possam lhe impor. mas também.  As ciências humanas.  O homem. indiretamente. A cultura determina o comportamento humano e é responsável pela padronização comportamental do homem. parte da cultura nacional.  Civilização: valorização das culturas particulares. é parte da natureza. que inclui não apenas a civilização. de instituições organizadas num todo com uma direção ou orientação facilmente identificável. povo cuja fase de desenvolvimento estaria acima das fases da selvageria e barbárie.  A cultura realizada não passa de uma resultante da ação de cada geração. Cultura e Civilização  O todo civilizador é maior que a soma das partes culturais. uma participação ativa por parte das novas gerações.3. 2.  Toda pesquisa de campo implica.  A transmissibilidade dos elementos culturais não é sinônimo de transferência de civilização. não obstante todas as limitações que a ética. sempre em uma experimentação ou alteração do curso dos acontecimentos.4.  As modificações culturais são em grande maioria adaptação as novas necessidades humanas. com relação a outros. 2. .  Metodologia: sinônimo de “filosofia da ciência”.  Civilização: espécie de conjuntos de traços culturais.  Cultura: expressão geral.  A cultura representa o esforço adaptativo do homem frente à realidade que o cerca. f)   A cultura é determinante e determinada A cultura faz o homem e este faz a cultura. As subculturas são partes constitutivas da cultura global considerada.

unicidade de método e unicidade de objeto. A orientação teórica implica também em uma disposição metodológica. Há variações metodológicas que vão influir na escolha do que investigar na vida dos povos. .    O laboratório tem sido apresentado como vantagem e sinônimo de observação controlada (experimento). cada ciência tem seu objeto formal. Embora a ciência ou o conhecimento científico seja único.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->