Você está na página 1de 32

1

1 I NSTITUTO F EDERAL DE E DUCAÇÃO , C IÊNCIA E T ECNOLOGIA F ARROUPILHA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTO AUGUSTO

PROJETO DE SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO DE LAN HOUSE EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

FERNANDA KOCH DE FREITAS

TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO

Orientadora: Renira Carla Soares

Santo Augusto, 05 de dezembro de 2012.

FERNANDA KOCH DE FREITAS

PROJETO DE SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO DE LAN HOUSE EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

Trabalho de conclusão de curso apresentado como parte das atividades para obtenção do título de técnico em informática, bem como o diploma de conclusão do ensino médio, do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha – Campus Santo Augusto.

Autoria: Fernanda Koch de Freitas Título: Projeto de Software para Controle de Lan House e Estoque em Empresas de Pequeno Porte

Trabalho de conclusão de curso apresentado como parte das atividades para obtenção do título de técnico em informática, bem como o diploma de conclusão do ensino médio, do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha – Campus Santo Augusto

Os componentes da banca de avaliação, abaixo listados, consideram este trabalho aprovado.

Nome

Titulação

Assinatura

Instituição

 
 

Instituto

Federal

de

1

Ecudação, Ciência e

Tecnologia

Farroupilha

-

Campus Santo Augusto

Instituto

Federal

de

2

Ecudação, Ciência e

Tecnologia

Farroupilha

-

Campus Santo Augusto

Instituto

Federal

de

3

Ecudação, Ciência e

Tecnologia

Farroupilha

-

Campus Santo Augusto

Data da aprovação:

de

de ________.

Dedico este trabalho, em especial, à minha família e amigos, bem como ao meu atencioso namorado, Bruno – que sempre esteve presente para puxar minha orelha quando a preguiça batia. Obrigada pela imensa compreensão, incentivo e apoio que vocês me ofereceram durante esta longa caminhada.

Agradecimentos

Agradeço a todos os que me ajudaram na elaboração deste trabalho: à Marlize Rosin Santi, por oferer-me a oportuniade de estágio de braços abertos; à ”.

Não agradeça ao orientador, porque ele tem obrigação de ajudá-lo.

Uma pessoa só cresce quando é capaz de superar as dificuldades. Proteção e ajuda são importantes, mas há certas coisas que deve-se aprender por esforço próprio. Aquele que trabalha duro pode superar um gênio. Todavia, de nada adianta trabalhar duro quando não se tem confiança.

Masashi Kishimoto

Resumo

Conforme as normas NBR 14724:2011 da ABNT, o resumo é “[e]lemento obrigatório,

constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas

do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores (

...

).

Neste modelo de TC, o

resumo é formatado com o estilo “Resumo”, e o título tem o estilo “Título Resumo” ou

“Título sem número”. Palavras-chave: trabalho de conclusão, modelo, normas, ABNT. (Você deve escolher suas próprias palavras-chave, de acordo com o seu trabalho. Umas cinco palavras serão suficientes).

Abstract

Versão

em

língua

estrangeira

do

resumo.

Obrigatório,

pela

ABNT.

O

título

é

ABSTRACT, em inglês, RESUMEN, em espanhol castelhano, e RÉSUMÉ, em francês.

Lista de Figuras

Lista de tabelas (opcional)

Lista de abreviaturas e siglas (opcional)

Sumário

  • 1 Introdução...............................................................................................................11

  • 2 ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO..............................................................12

    • 2.1 A Empresa......................................................................................................................12

    • 2.2 Atividades desenvolvidas..............................................................................................13

    • 2.3 Considerações Finais.....................................................................................................13

      • 3 Nível 3......................................................................................................................15

      • 4 Outro Capítulo........................................................................................................16

        • 4.1 Nível dois........................................................................................................................16

          • 4.1.1 Nível três.....................................................................................................................................17

          • 4.1.2 Nivel 3.........................................................................................................................................20

            • 4.2 Nivel 2.............................................................................................................................20

              • 4.2.1 Nivel 3.........................................................................................................................................21

              • 4.2.2 Nivel 3.........................................................................................................................................21

                • 5 Considerações finais.............................................................................................22

Glossário (opcional).................................................................................................24 Apêndice (opcional)..................................................................................................25 Anexo A – Elemento opcional..................................................................................26

11

1 Introdução

Este projeto pretende mostrar que a informática voltada para o ramo comercial do noroeste do estado do Rio Grande do Sul, não limita-se à empresas de grande porte, podendo ser utilizada desde microempresas. Opondo-se, desta forma, ao padrão amplamente utilizado, onde apenas grandes e médias empresas têm acesso à aplicativos de automação comercial, enquanto a grande maioria das pequenas e microempresas da região permanecem obtendo seu controle de forma manual. A análise e o projeto aqui apresentados obtem seu embasamento através das concepções apresentadas por Raul Sidnei Wazlawick, em seu livro “Análise e Projeto de Sistemas de Informação Orientados a Objetos”. Para isso, foi articulado conceito de Gestão de Estoque, apresentado por Marco Aurélio Dias, em seu livro “Admistração de

Materiais” com o conceito de orientação à objetos na área de Análise através da Linguagem de

Modelagem Unificada (UML) . As soluções aqui propostas ------ a partir de idéias de [

] .

... “Neste primeiro parágrafo você deve deixar completamente claro o que pretende com o trabalho. A introdução é redigida depois de escrito todo o trabalho porque, no decorrer da pesquisa, algumas coisas podem ser modificadas em relação ao projeto original”. “Depois, em vários parágrafos, você deve falar sobre a problematização, a contextualização histórica, a revisão bibliográfica, os objetivos, a justificativa, a metodologia. As conclusões, evidentemente, devem ficar no capítulo Considerações Finais, para que o leitor não perca o interesse pelo seu trabalho . Toda a introdução é feita sem subtítulos, em texto normal”.

12

2 ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

O estágio não é nada mais que uma forma de colocar em prática o que foi aprendido em sala de aula, testando os limites do conhecimento adquirido no Curso Técnico em Informática oferecido pelo Instituto Federal Farroupilha, Campus Santo Augusto. Foi realizado, pela aluna Fernanda Koch de Freitas, entre os dias nove de julho de 2012 e vinte de agosto de 2012. O estágio curricular é obrigatório e supervisionado, pois é nele que o campo profissional se revela à estagiária com todas as suas contradições, incoerências, desafios, problemas, possibilidades e utopias, que vão, em última instância, definir a consciência e responsabilidade profissional da futura profissão, dando assim, uma nova visão do que é exigido de um Técnico em Informática no mercado de trabalho. Apesar de seu caráter avaliativo, o estágio é atividade em que se vinculam aspectos teóricos e práticos, é o momento em que a prática questiona a teoria e esta avança também com a busca de respostas aos problemas a ela apresentados. Em outras palavras, a prática não é somente “saber fazer”, mas principalmente um “fazer saber”.

2.1 A Empresa

Localizada na rua Rio Branco - 803, a microempresa Assistec Informática, que foi fundada em 2005 por Dielis Felipe Santi, atua no setor comercial bem como na área de assessoria informacional, disponibilizando uma larga gama de serviços: desde assistência computacional, cursos, lan house 1 , venda de computadores e periféricos até a disponibilização de sinal de internet Via Rádio para a comunidade santoaugustense. Atualmente conta com três funcionários, sendo dois deles técnicos, encarregados da assistência, configuração e montagem dos computadores e da instalação e monitoramento das antenas Via Rádio, e uma secretária, encarregada da venda e do caixa, da manipulação da fotocopiadora e atuando também como professora dos cursos ministrados. Além disso empresa conta com a gerência administrativa e financeira por parte de Marlize Santi e Marcio Fontoura.

13

Sua missão é oferecer produtos e serviços de qualidade, com o melhor custo-benefício da região.

2.2 Atividades desenvolvidas

Desde o inicio do estágio, as atividades desenvolvidas concentraram-se mais na área comercial do que na parte de assistência computacional. A estagiaria enfrentou seu primeiro desafio ao assumir a secretaria da microempresa. Sua função ali era clara: tratar da venda de produtos e gerenciar os serviços de assistência a serem desenvolvidos durante a semana. Na área de vendas, fazia-se necessário o contato direto com o público, bem como o prévio conhecimento de preços e funções de cada produto para, assim, melhor atender ao cliente. O outro lado, inevitável, das vendas eram as cobranças: onde a estagiaria se dirigia, pessoalmente ou por telefone, ao cliente para discutir e elaborar a forma como o pagamento atrasado seria realizado. Por outro lado, a parte de gerenciamento das assistências se dava de forma mais tranquila, apenas sendo necessário o agendamento e a confirmação do pedido de assistência. Mais tarde, foi acrescentado às responsabilidades da estagiaria, o controle dos cursos. Para os cursos, a estagiaria deveria elaborar apostilas básicas de Microsoft Windows 7 2 , e Microsoft Office 3 . Também ficava ao seu encargo ministrar as aulas, sanar as dúvidas, que por ventura poderia surgir, e emitir os certificados para concluintes. Por vezes, seu auxilio for requisitado na assistência, onde ajudou configurando maquinas, fazendo backup 4 e formatação. Muitas várias foram as ocasiões em que a montagem ou trocava peças dos computadores que estavam na assistência, esteve sob responsabilidade da estagiaria, sendo a troca de fontes a atividade mais frequente.

2.3 Considerações Finais

Suspendisse orci dui, porta eget, vestibulum sed, congue ut, urna. Sed egestas, magna vel gravida cursus, justo mi sodales enim, vitae placerat arcu quam ut pede. Aliquam hendrerit ligula eget purus. Aliquam vulputate sem quis mauris. Suspendisse felis. Nulla varius

  • 2 Sétima versão estável do Sistema Operacional da Microsoft, sendo atualmente, o mais utilizado no mundo. (Microsoft Windows 7. Wikipédia <http://pt.wikipedia.org/wiki/Windows_7>. Acesso em: 07 de Dezembro de 2012

  • 3 Um Conjunto de suíte de aplicativos para escritório que contém programas como processador de texto, planilha de cálculo, banco de dados, apresentação gráfica e gerenciador de tarefas, de e-mails e contatos. (Microsoft Office. Wikipédia <http://pt.wikipedia.org/wiki/Microsoft_Office>. Acesso em : 07 de Dezembro de 2012.)

14

ullamcorper diam. Duis pretium tortor ut arcu. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing

15

  • 3 Sistema de Gerenciamento de Lan House

Ao decorrer do estágio, uma das maiores dificuldades enfrentadas era a deficiência no controle da Lan House e dos alunos de curso. A empresa, Assistec Informática, conta atualmente com dez computadores disponíveis para uso. Tendo em vista que as maquinas ficam em outra sala, sem que seja possível controlar efetivamente o seu uso e, a inexistente separação entre computadores para curso e computadores para uso de clientes que desejam acessar a rede, chega-se a uma barreira difícil de superar. Enquanto os alunos precisam, necessariamente, de concentração para realização das atividades propostas, o fácil acesso à rede vira uma tentação que poucos resistem. Desta forma, são poucos os alunos que realmente fazem suas atividades. A solução mais obvia para o problema, seria o bloqueio da rede a alunos do curso. O bloqueio que se procurou fazer e ainda está em uso, apesar de sua fraca ajuda na solução do problema, foi o sistema disponível no próprio Microsoft Windows, o Controle dos Pais. Onde se é possível definir o quais os programas um determinado usuário pode ou não pode acessar, tirando também a capacidade de instalação de programas para o usuário em questão. Para isso foi necessária a divisão entre o usuário “aluno” e o usuário “Lan House”, onde, do “Aluno”foram retirados todos os privilégios de acesso a navegadores e instalação de programas inapropriados, visando assim, o melhor aproveitamento do tempo de aula. Como o Controle dos Pais não oferece a opção de desativação da rede local, optou-se pelo caminho mais próximo do desejado: a desativação por completo dos navegadores para o usuário “Aluno”, deixando-os ativados apenas para o usuário “Lan House”. A grande falha do aplicativo para o uso desejado, foi a necessidade de remoção do Internet Explorer 5 : para todos os demais navegadores, existia a opção de desativá-los para determinado usuário. Com o navegador padrão do Windows entretanto, tal opção não era possível, sendo necessária a sua completa remoção. A principio o problema teria sido solucionado. Todavia, para os usuários da Lan House, muitas vezes acostumados a utilizar apenas o Internet Explorer para navegar na rede, a remoção do software 6 tornou-se um grave problema. Mesmo para aqueles que utilizavam outros navegadores, vez ou outra era preciso acessar um site 7 cuja visualização só estava acessível através Internet Explorer.

  • 5 Navegador padrão do Microsoft Windows.

  • 6 Termo técnico para referir-se a um programa de computador.

16

Outra situação problema, é falta de controle referente ao tempo de uso pelo cliente da Lan House. Sem um controle rígido do tempo em que o cliente fez uso dos computadores, não há como cobrar a taxa de acesso de forma que não acarrete prejuízos para nenhum dos lados envolvidos. Esse problema seria resolvido facilmente contando-se com o auxilio de um software de controle de lan houses. Entretanto, tais softwares disponíveis no mercado, inclusive de forma gratuita, fazem necessária a instalação em cada computador a ser controlado. Com isso chega- se a mais uma barreira. Pois há a situação dos clientes que desejam acessar a rede através de seus próprios computadores e, para isso, fazem tanto fazem uso da wireless 8 da empresa. Como não existe a disponibilidade da instalação de softwares de controle em seus próprios computadores, o controle do tempo de uso de tais clientes torna-se inviável.

3.1 A Proposta de Software

A partir da disponibilidade do uso da wireless como a única forma de acesso à rede local, a estagiaria propôs a criação de um sistema de gerenciamento em nuvem. Onde, independente do dispositivo para acesso e do horário, seria possível que os clientes da Assistec Informática acessassem livremente à rede pelo tempo contratado. Para tanto, o usuário, ao conectar à rede, seria direcionado a uma página de login e, só após a confirmação da disponibilidade de créditos – previamente comprados -, teria o acesso liberado. Enquanto o cliente estivesse navegando ou fazendo uso da rede, um cronometro interno no servidor estaria diminuindo o tempo disponível de uso. Tão logo o cronometro zerasse, seria exibida uma mensagem ao cliente, informando que os créditos acabaram e solicitando a compra de mais, bem como o acesso à rede seria bloqueado.

3.1.1 Visão geral do sistema

Segundo Wazlawick (2011, p. 10) “A visão geral do sistema, ou sumário executivo, é um documento em formato livre, no qual o analista deve escrever o que ele conseguiu descobrir de relevante sobre o sistema a ser desenvolvido”. Com base no que foi descrito acima, e com auxilio de diagramas de atividades e de maquina de estados, pretende-se explanar de forma mais clara e concisa, o real funcionamento do Sistema para Gerenciamento de Lan House em Empresas de Pequeno Porte.

Visão Geral do Sistema

17

O sistema deve gerenciar todos os processos de uma lan house, desde o cadastro de clientes até a venda de horários para acesso. A identificação deve ser feita de forma online, sem a necessidade de instalação de plug-ins adicionais. Será permitido apenas um única conta sendo acessada por dispositivo. É vedado o acesso de uma mesma contra em mais de um dispositivo ao mesmo tempo. Para realizar o cadastro, os clientes devem disponibilizar o nome completo, endereço e telefone, bem como o número de CPF ou RG. Será então gerado automaticamente um nome de usuário, formado a partir do nome do cliente. A senha será gerada no primeiro acesso do cliente à rede, que se dará através desse nome de usuário e da senha a ser criada. Os clientes só poderão de fato acessar a rede, caso tenham créditos em sua conta. Para adquirir créditos, o cliente deve dirigir-se à empresa e realizar a compra de pacotes de crédito de acordo com o limite de tempo desejado, no final da transação, será gerado o valor total da taxa a ser paga. A partir da confirmação do pagamento, o cliente já poderá utilizar seus créditos para acessar a internet. Existem promoções eventuais pelas quais as taxas de acesso podem ser adquiridas com desconto. O sistema deve calcular o custo total do acesso com base na taxa, a ser definida pela gerência, e nos possíveis descontos por uso. Também deve permitir a emissão de relatórios de venda, onde conste quais os horários mais requisitados e os clientes mais assíduos. Quando uma maquina é requisitada, se houver maquinas livres, o acesso a ela é liberado automaticamente, senão, é solicitado ao cliente que aguarde até que uma máquina seja liberada ou que acesse à rede remotamente por qualquer dispositivo com suporte a wi-fi 9 .

18

18 Figura 1: Diagrama de Atividades 3.1.1.1 Nível 5 Normal. Não use mais que 5 subníveis.

Figura 1: Diagrama de Atividades

3.1.1.1 Nível 5

Normal. Não use mais que 5 subníveis.

19

4 Outro Capítulo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

4.1 Nível dois

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui. Maecenas feugiat ante sit amet tortor. Aliquam accumsan fringilla massa. Etiam tempus odio. Fusce eleifend semper libero. Nullam porta tincidunt felis. Donec iaculis magna ultrices nisl. Vestibulum luctus felis id leo. Cras nec neque eget urna congue congue. Aliquam at turpis a diam lobortis pharetra. Vivamus nec lorem vitae augue pharetra hendrerit.

In vel dui sit amet nibh nonummy varius. Nunc in odio. Pellentesque sapien augue, fringilla condimentum, tincidunt elementum, vehicula rutrum, mauris. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos hymenaeos. Cras vitae massa. Praesent nec libero. Suspendisse pellentesque, elit eget malesuada rutrum, massa nisl aliquam est, sed auctor ante velit in odio. Sed felis metus, viverra non, rutrum quis, tristique id, nibh. Curabitur vel ante ultricies nulla eleifend sodales.

Ut eu eros. Vivamus vel ante sed felis vulputate elementum. Pellentesque faucibus luctus odio. Morbi venenatis viverra nibh. Duis commodo eros eget purus. Sed ac nulla sed nulla

20

laoreet ullamcorper. Integer vitae erat. Phasellus quis turpis sed ipsum convallis viverra. Duis quis nisi. Nam et risus vel dolor varius ornare. Proin nec sem. Vestibulum odio. Etiam et leo. Vivamus posuere nisi at eros. Cras quis augue. Duis justo mi, dignissim id, facilisis quis, fringilla eget, erat. Donec gravida tempus lectus. Sed auctor ipsum sit amet risus. Nam nec tortor. Morbi eget erat ornare risus placerat egestas. Donec a pede. Quisque quis nisi a nibh cursus rutrum. Vivamus tristique orci et felis. Pellentesque ultrices. Etiam facilisis blandit massa. Etiam lorem ligula, condimentum a, dapibus a, ultrices a, nulla. Quisque eu ante eget lorem adipiscing hendrerit. Donec mattis auctor orci. Etiam blandit sodales nisi. Sed tempus rutrum diam. Integer ultricies massa eu magna. Phasellus at sapien. Duis a nisi. Donec nulla orci, tempus sit amet, pharetra eget, fringilla nec, sem. Morbi pretium, lacus vitae laoreet posuere, felis nisi sodales velit, in tempus urna libero ut orci. Aenean euismod felis in dui. Nam vitae lorem quis tellus placerat luctus. Sed sollicitudin, tellus sit amet rhoncus porta, eros sapien luctus nisi, a sagittis nisi lectus venenatis urna.

4.1.1 Nível três

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

Maecenas feugiat ante sit amet tortor. Aliquam accumsan fringilla massa. Etiam tempus odio. Fusce eleifend semper libero. Nullam porta tincidunt felis. Donec iaculis magna ultrices nisl. Vestibulum luctus felis id leo. Cras nec neque eget urna congue congue. Aliquam at turpis a diam lobortis pharetra. Vivamus nec lorem vitae augue pharetra hendrerit.

In vel dui sit amet nibh nonummy varius. Nunc in odio. Pellentesque sapien augue, fringilla condimentum, tincidunt elementum, vehicula rutrum, mauris. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos hymenaeos. Cras vitae massa. Praesent nec libero. Suspendisse pellentesque, elit eget malesuada rutrum, massa nisl aliquam est, sed auctor ante

21

velit in odio. Sed felis metus, viverra non, rutrum quis, tristique id, nibh. Curabitur vel ante ultricies nulla eleifend sodales. Ut eu eros. Vivamus vel ante sed felis vulputate elementum. Pellentesque faucibus luctus odio. Morbi venenatis viverra nibh. Duis commodo eros eget purus. Sed ac nulla sed nulla laoreet ullamcorper. Integer vitae erat. Phasellus quis turpis sed ipsum convallis viverra. Duis quis nisi. Nam et risus vel dolor varius ornare. Proin nec sem. Vestibulum odio. Etiam et leo. Vivamus posuere nisi at eros. Cras quis augue. Duis justo mi, dignissim id, facilisis quis, fringilla eget, erat. Donec gravida tempus lectus. Sed auctor ipsum sit amet risus. Nam nec tortor. Morbi eget erat ornare risus placerat egestas. Donec a pede. Quisque quis nisi a nibh cursus rutrum. Vivamus tristique orci et felis. Pellentesque ultrices. Etiam facilisis blandit massa. Etiam lorem ligula, condimentum a, dapibus a, ultrices a, nulla. Quisque eu ante eget lorem adipiscing hendrerit. Donec mattis auctor orci. Etiam blandit sodales nisi. Sed tempus rutrum diam. Integer ultricies massa eu magna. Phasellus at sapien. Duis a nisi. Donec nulla orci, tempus sit amet, pharetra eget, fringilla nec, sem. Morbi pretium, lacus vitae laoreet posuere, felis nisi sodales velit, in tempus urna libero ut orci. Aenean euismod felis in dui. Nam vitae lorem quis tellus placerat luctus. Sed sollicitudin, tellus sit amet rhoncus porta, eros sapien luctus nisi, a sagittis nisi lectus venenatis urna.

4.1.1.1 Nível quatro

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

Maecenas feugiat ante sit amet tortor. Aliquam accumsan fringilla massa. Etiam tempus odio. Fusce eleifend semper libero. Nullam porta tincidunt felis. Donec iaculis magna ultrices nisl. Vestibulum luctus felis id leo. Cras nec neque eget urna congue congue. Aliquam at turpis a diam lobortis pharetra. Vivamus nec lorem vitae augue pharetra hendrerit.

In vel dui sit amet nibh nonummy varius. Nunc in odio. Pellentesque sapien augue, fringilla condimentum, tincidunt elementum, vehicula rutrum, mauris. Cum sociis natoque penatibus et

22

magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos hymenaeos. Cras vitae massa. Praesent nec libero. Suspendisse pellentesque, elit eget malesuada rutrum, massa nisl aliquam est, sed auctor ante velit in odio. Sed felis metus, viverra non, rutrum quis, tristique id, nibh. Curabitur vel ante ultricies nulla eleifend sodales. Ut eu eros. Vivamus vel ante sed felis vulputate elementum. Pellentesque faucibus luctus odio. Morbi venenatis viverra nibh. Duis commodo eros eget purus. Sed ac nulla sed nulla laoreet ullamcorper. Integer vitae erat. Phasellus quis turpis sed ipsum convallis viverra. Duis quis nisi. Nam et risus vel dolor varius ornare. Proin nec sem. Vestibulum odio. Etiam et leo. Vivamus posuere nisi at eros. Cras quis augue. Duis justo mi, dignissim id, facilisis quis, fringilla eget, erat. Donec gravida tempus lectus. Sed auctor ipsum sit amet risus. Nam nec tortor. Morbi eget erat ornare risus placerat egestas. Donec a pede. Quisque quis nisi a nibh cursus rutrum. Vivamus tristique orci et felis. Pellentesque ultrices. Etiam facilisis blandit massa. Etiam lorem ligula, condimentum a, dapibus a, ultrices a, nulla. Quisque eu ante eget lorem adipiscing hendrerit. Donec mattis auctor orci. Etiam blandit sodales nisi. Sed tempus rutrum diam. Integer ultricies massa eu magna. Phasellus at sapien. Duis a nisi. Donec nulla orci, tempus sit amet, pharetra eget, fringilla nec, sem. Morbi pretium, lacus vitae laoreet posuere, felis nisi sodales velit, in tempus urna libero ut orci. Aenean euismod felis in dui. Nam vitae lorem quis tellus placerat luctus. Sed sollicitudin, tellus sit amet rhoncus porta, eros sapien luctus nisi, a sagittis nisi lectus venenatis urna.

4.1.1.1.1 Nível cinco

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

23

4.1.2 Nivel 3

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

4.1.2.1 Nivel 4

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

4.2 Nivel 2

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Sed in libero. Vivamus cursus erat ut arcu. Suspendisse pretium justo ut lectus. Sed metus. Morbi faucibus turpis vitae sem. Nulla quis dolor ac purus fermentum sodales. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nam lorem eros, posuere nec, porta eu, consequat in, quam. Nullam blandit sem in tortor. Etiam ipsum pede, aliquam eu, eleifend sodales, volutpat id, tellus. Nullam aliquet dui non lacus. Maecenas ultrices nisl. Vestibulum id massa et neque pretium fringilla. Aliquam congue sollicitudin sem. Quisque ut nisi rhoncus enim cursus aliquet. Sed imperdiet nibh pellentesque nisi. Cras rhoncus arcu at pede. Cras ipsum. Quisque dolor mauris, accumsan et, pretium ut, facilisis nec, lacus. Suspendisse nisl erat, mollis et, mollis eget, bibendum in, dui.

24

  • 4.2.1 Nivel 3

Ut eu eros. Vivamus vel ante sed felis vulputate elementum. Pellentesque faucibus luctus odio. Morbi venenatis viverra nibh. Duis commodo eros eget purus. Sed ac nulla sed nulla laoreet ullamcorper. Integer vitae erat. Phasellus quis turpis sed ipsum convallis viverra. Duis quis nisi. Nam et risus vel dolor varius ornare. Proin nec sem. Vestibulum odio. Etiam et leo. Vivamus posuere nisi at eros. Cras quis augue. Duis justo mi, dignissim id, facilisis quis, fringilla eget, erat. Donec gravida tempus lectus. Sed auctor ipsum sit amet risus. Nam nec tortor.

  • 4.2.2 Nivel 3

Morbi eget erat ornare risus placerat egestas. Donec a pede. Quisque quis nisi a nibh cursus rutrum. Vivamus tristique orci et felis. Pellentesque ultrices. Etiam facilisis blandit massa. Etiam lorem ligula, condimentum a, dapibus a, ultrices a, nulla. Quisque eu ante eget lorem adipiscing hendrerit. Donec mattis auctor orci. Etiam blandit sodales nisi. Sed tempus rutrum diam. Integer ultricies massa eu magna. Phasellus at sapien. Duis a nisi. Donec nulla orci, tempus sit amet, pharetra eget, fringilla nec, sem. Morbi pretium, lacus vitae laoreet posuere, felis nisi sodales velit, in tempus urna libero ut orci. Aenean euismod felis in dui. Nam vitae lorem quis tellus placerat luctus. Sed sollicitudin, tellus sit amet rhoncus porta, eros sapien luctus nisi, a sagittis nisi lectus venenatis urna.

25

5 Considerações finais

Chamar esta parte de Conclusão ou Conclusões seria conclusivo demais . É mais aconselhável chamar de Considerações Finais.

Referências bibliográficas

BECKER, Fernando, FARINA, Sérgio, SCHEID, Urbano. Apresentação de trabalhos

escolares. Orientação para datilografia e digitação. Porto Alegre: Multilivro, 2000. CHEMIN, Beatriz Francisca. Guia Prático da UNIVATES para trabalhos acadêmicos. Lajeado: UNIVATES, 2005. FARINA, Sérgio. Referências bibliográficas e eletrônicas. São Leopoldo: UNISINOS,

1997.

ROCHA, José Antonio Meira da. Modelo de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Modelo de documento digital do programa OpenOffice 2.0 disponível em

12a.sxw>. Acesso em: 12 jun. 2006. THUMS, Jorge. Acesso à realidade: técnicas de pesquisa e construção do conhecimento. Porto Alegre: Sulina/Ulbra, 2000.

Glossário (opcional)

Apêndice (opcional)

Anexo A – Elemento opcional

Índice (opcional)

Não confunda índice com sumário. Sumário vai no início e mostra a estrutura do trabalho. Índice é uma lista de palavras ou expressões e as páginas em que ocorrem.