Ministério da Educação Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo

Escola Secundária de Sampaio

Plano de Integração das TIC
2007/2009

Coordenador TIC Luis Varela

Sampaio Janeiro.2008

“O desenvolvimento de competências em Tecnologias daInformação e da Comunicação (TIC) e a sua integração transversal nos processos de ensino e de aprendizagem tornam‐se objectivos incontornáveis dos sistemas de ensino.”
Plano Tecnológico para a Educação (2007)

Abreviaturas

BE/CRE – Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos CE – Conselho Executivo CFAE – Centro de Formação da Associação de Escolas CRIE – Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet na Escola, actualmente integrada na DGIDC EPCP – Iniciativa Escola, Professores e Computadores Portáteis GIAE – Gestão Integrada de Administração Escolar ISP – Internet Service Provider PIS – Projecto Integrado de Saúde SASE – Serviço de Acção Social Escolar TIC – Tecnologias de Informação e Comunicação UPS – Uninterruptible Power Supply

Índice
1. 2. INTRODUÇÃO ................................................................................................................................................. 6 ENQUADRAMENTO......................................................................................................................................... 8 2.1. IDENTIFICAÇÃO........................................................................................................................................................8 2.2. CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA ....................................................................................................................................8 2.3. PONTO DE PARTIDA ...............................................................................................................................................10 2.4. EQUIPA TIC ..........................................................................................................................................................11 2.5. OBJECTIVOS GERAIS ...............................................................................................................................................12 3. PLANO DE INTEGRAÇÃO DAS TIC .................................................................................................................. 13 3.1. DIAGNÓSTICO .......................................................................................................................................................13 3.2. LINHAS ORIENTADORAS DO PLANO TIC .....................................................................................................................23 3.3. EQUIPAMENTOS E INFRA-ESTRUTURAS .......................................................................................................................23 3.3.1. Objectivos específicos ...............................................................................................................................24 3.3.2 Equipamentos e Necessidades ...................................................................................................................24
3.3.2.1 Salas TIC ............................................................................................................................................................... 24 3.3.2.2 Laboratórios e Gabinetes ..................................................................................................................................... 25 3.3.2.3 Serviços Administrativos e Sistema GIAE ............................................................................................................. 26 3.3.2.4 Conselho Executivo .............................................................................................................................................. 28 3.3.2.5 BE/CRE.................................................................................................................................................................. 28 3.3.2.6 Apoio às Salas de aula (Pavilhões) ........................................................................................................................ 29

3.3.3 Resumo dos Equipamentos ........................................................................................................................30
3.3.3.1 Computadores (Desktop e Portáteis) ................................................................................................................... 30 3.3.3.2 Projectores de Vídeo e Quadros Interactivos ....................................................................................................... 31 3.3.3.3 Outros Equipamentos .......................................................................................................................................... 31

3.3.4 Redes de Comunicação ..............................................................................................................................31
3.3.4.1 Projecto de Estruturação das Redes de Comunicação ......................................................................................... 32 3.3.4.2 Equipamentos de Rede ........................................................................................................................................ 39

3.4. AS TIC NAS ACTIVIDADES CURRICULARES E EXTRA-CURRICULARES...................................................................................39 3.4.1. Objectivos específicos ...............................................................................................................................39 3.4.2. Utilização Transversal das TIC...................................................................................................................40
3.4.2.1. Página web - ESS ................................................................................................................................................. 40 3.4.2.2. Moodle - Sec. Sampaio ........................................................................................................................................ 41 3.4.2.3. Projecto “DADUS” ............................................................................................................................................... 41 3.4.2.4. Jornal Opinião ..................................................................................................................................................... 42 3.4.2.5. Iniciativa Escola, Professores e Computadores Portáteis .................................................................................... 43 3.4.2.6. 1º Concurso de Produção de Conteúdos Educativos - CRE - Virtual ................................................................... 44 3.4.2.7. Portal de Desporto .............................................................................................................................................. 44 3.4.2.8. Plano de Acção para a Matemática ..................................................................................................................... 45 3.4.2.9. Oficina de Manutenção de Computadores “Dr. PC” ........................................................................................... 46 3.4.2.10. BookCrossing ..................................................................................................................................................... 47

3.5. TIC NO APOIO À COMUNICAÇÃO INTERNA E EXTERNA ...................................................................................................48 3.6. FORMAÇÃO ..........................................................................................................................................................48 3.6.1. Formação Interna (Oficinas de Curta-duração) ........................................................................................49 3.6.2. Formação Externa (CFAE de Sesimbra) .....................................................................................................49 3.7. PLANO TECNOLÓGICO PARA A EDUCAÇÃO ..................................................................................................................49 4. 5. 6. PARCERIAS .................................................................................................................................................... 52 ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO ............................................................................................................. 52 CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................................................................................................................... 53

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

1. Introdução

A Informação assumiu, desde que há comunicação, um papel importante em todas as áreas da sociedade. Mas esse papel, nunca foi tão decisivo e imprescindível como o é nos dias em que vivemos. É notório o papel que o computador assume na sociedade computador actual, de tal forma que, em quase todos os sectores de actividade, se surgisse uma catástrofe informática que implicasse a impossibilidade da sua utilização, surgiria obrigatoriamente o caos. É impensável deixar de o utilizar e benefício das tarefas em diárias. Portanto, a sua importância é notável. A Internet, assumiu e assume, papel preponderante nesta revolução baseada na Informação. A comunicação é feita de forma simples, rápida e muito menos dispendiosa que outros formatos a anteriores. Possibilita muita interactividade no acesso à Informação e proporciona o acesso rápido a outras culturas e roporciona ideologias de forma simplificada e em tempo real. Enquadrada nesta nova realidade, mas, na opinião de alguns autores, bastante afastada d sociedade da da Informação, está a Escola. A instituição continua na maioria dos casos, a manter a estrutura que adquiriu continua, na Revolução Industrial, sem que se verifique uma efectiva ligação e adaptação aos avanços verificados na maioria dos sectores da nova sociedade. E este é um dos grandes desafios daqueles que vivem a escola e não querem que ela se transforme numa instituição “obsoleta”. Nesse sentido, Dias Figueiredo (1995) diz que “a educação tem, imperiosamente, que se adaptar às necessidades das sociedades que serve. O grande sociedades desafio actual é o de se adaptar às grandes mutações sociais, culturais e económicas criadas pela eclosão das novas tecnologias. Nesse sentido, a adaptação é indispensável, e urgente, mas não se trata de adaptar a educação às tecnologias. O mesmo autor cita Heidegger: “a essência da tecnologia tem pouco a ver com a tecnologia”! Os maiores desafios não são de natureza tecnológica, mas, insisto, de natureza social, cultural e económica.” Entender estas mutações da sociedade e, consequentemente, das pessoas, poderá ser um consequentemente, ponto de partida para muitos professores que pretendem abraçar os novos desafios para a Educação em Portugal e no mundo. Foi a partir deste pressuposto que se tentou criar um plano de intervenção das TIC vocacionado, nesta sua primeira versão, para os professores. Principalmente para os professores que continuam a ter algumas dificuldades em realizar uma transição de metodologias e a entender as verdadeiras potencialidades das novas tecnologias. É um facto (prestes a ser consumado) que as escolas irão ser apetrechadas de novos ser equipamentos e infra-estruturas. O acesso aos computadores e Internet em sala de aula será muito estruturas. facilitado, interessando, portanto, que estas novas tecnologias não sirvam só como substituição dos meios anteriores, mas que permitam uma adaptação a uma nova realidade. , A Equipa TIC é uma equipa multidisciplinar de professores que irá assumir algumas responsabilidades neste processo de actualização de metodologias. Para tal, serão realizados alguns es estudos no sentido de reunir documentação sobre exemplos de boas práticas que contribuam para a melhoria das actividades TIC que são realizadas na Escola. Portanto, uma das prioridades deste plano prende . prende-se com dois aspectos directamente relacionados com o que foi dito anteriormente: Divulgação de boas práticas nas várias áreas que do conhecimento e Formação de professores na área das TIC direccionada para dificuldades sentidas no dia-a-dia.

Escola Secundária de Sampaio

6

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

Com o número crescente de equipamentos e com o número diário de utilizadores, surgem outros problemas relacionados com a manutenção. Neste âmbito, foi criada uma equipa de trabalho que reúne professores do Grupo de Informática e alunos dos Cursos Profissionais e Tecnológico de Informática. Na primeira parte deste plano é feita a identificação e uma breve caracterização da Escola, é assinalado o ponto de partida para a elaboração deste relatório e são apresentadas as fases do trabalho a desenvolver. Faz-se, também uma apresentação/identificação dos intervenientes da Equipa TIC e são apresentados os objectivos gerais do Plano de Integração das TIC. A segunda parte do relatório corresponde ao núcleo do plano. São apresentados os resultados da fase de diagnóstico, resultantes da implementação de um questionário digital preenchido por professores da Escola na plataforma Moodle. Depois de analisados os resultados, a Equipa apresenta as linhas orientadoras do plano e o ponto da situação da Escola no que se refere aos equipamentos e infraestruturas. Neste âmbito são referidas também as necessidades (a curto e a longo prazo) detectadas nos vários sectores. É apresentado o projecto de remodelação das Redes de Comunicação da Escola, realizado pelos professores do Grupo 550 (Informática). Depois de realizar um levantamento de algumas actividades/projectos em funcionamento ou em proposta, a Equipa apresenta um plano onde transparecem (quase exclusivamente) os objectivos/actividades que se socorrem das TIC. Para cada actividade/projecto são apresentadas estratégias de acompanhamento e algumas metas que se pretendem alcançar no final do biénio 2007/2009. Posteriormente apresentam-se as estratégias/actividades a desenvolver pela Equipa TIC para contribuir para a melhoria da comunicação Interna e Externa, os planos de formação (Creditada e não creditada) e conclui-se com algumas indicações de colaboração com o Plano Tecnológico para a Educação, especialmente numa perspectiva de divulgação e de levantamento de possíveis localizações para o apetrechamento tecnológico que se avizinha. Para concluir a apresentação do Plano são enunciadas as parcerias existentes no sentido de apoiar, acompanhar e avaliar externamente todo o processo.

Escola Secundária de Sampaio

7

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

2. Enquadramento
2.1. Identificação

Escola Secundária de Sampaio
Endereço Código Postal Concelho Distrito Telefone Fax e-mail Página web Moodle Estrada da Faúlha – Sampaio 2970-577 Sesimbra 2970 Sesimbra Setúbal 21 2688160 21 2688179 info@esec-sampaio.rcts.pt info@esec www.esec-sampaio.net www.esec www.escolasdesesimbra.net

2.2. Caracterização da Escola

A Escola Secundária de Sampaio situa se num território educativo do concelho de situa-se Sesimbra constituído basicamente pelas duas freguesias mais antigas, S Santiago e Castelo, já que a freguesia da Quinta do Conde, a mais recente e populosa, por ficar a cerca de 25 Km da vila, constitui um território educativo autónomo. A população que frequenta a Escola é sobretudo proveniente das duas escolas básicas existentes no território educativo, embora nos últimos anos tenhamos existentes assistido a um aumento do número de alunos provenientes da Quinta do Conde cujas infra infra-estruturas escolares são insuficientes para as necessidades, e também de Azeitão, que pertence a outro conc concelho. O número relativo de estrangeiros a viver no concelho (2,5%) não é particularmente significativo comparado com o de (6%) que se verifica na AML (Área Metropolitana de Lisboa) ou em alguns concelhos vizinhos, onde é muito superior. Apenas o número relativo de brasileiros a viver no concelho é superior à média relativo nacional (0,5%), destacando-se também o número relativo reduzido de provenientes dos PALOP (0,8%) se comparado com o que se verifica na AML (3,4%) e em alguns concelhos vizinhos onde essa taxa é muit muito superior. se A Escola encontra-se bem situada em termos do território educativo, pela sua centralidade, sendo servida por uma razoável rede de transportes públicos sobretudo no período diurno. As instalações, previstas para a frequência de 30 turmas, são constituídas por quatro pavilhões de dois andares com salas constituídas de aula e laboratórios, um pavilhão térreo com refeitório e bar de alunos e um balneário anexo ao campo polidesportivo. O recinto da Escola é bastante agradável, possui amplos espaços verdes com jar jardins, um anfiteatro ao ar livre, um campo de volei de praia, um skatepark e um parque de estacionamento para viaturas que foram sendo construídos ao longo dos anos com o apoio da autarquia e de algumas empresas da região.

Escola Secundária de Sampaio

8

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

Além das salas de aula normais, a Escola possui quatro laboratórios de Informática, um laboratório de Física-Química e um laboratório de Biologia-Geologia. Para as aulas de Educação Física, além do campo polidesportivo, a Escola partilha o Pavilhão Municipal com a Escola Básica 2,3 de Santana. No ano lectivo 2007/2008 estão ao serviço da Escola 52 funcionários e 108 professores, assim distribuídos: Funcionários Administrativos Cozinheiras Guardas Auxiliares de Acção Educativa Professores do Quadro de Escola Professores do Quadro de Zona Pedagógica Professores contratados 11 4 2 35 85 12 11

No ano lectivo 2007/2008, estão a frequentar a Escola 1058 alunos, distribuídos da seguinte forma:

ENSINO DIURNO 7º ANO 8º ANO Nº Alunos Nº Turmas Nº Alunos Nº Turmas CURRÍCULO NORMAL 78 3 74 3 CURSO ED/FORMAÇÃO 17 1 TOTAL BÁSICO 78 3 91 4 10º ANO 11º ANO ENSINO SECUNDÁRIO Nº Alunos Nº Turmas Nº Alunos Nº Turmas Curso de Ciências e 114 4 147 5 Tecnologias Curso de Ciências 49 2 Sociais e Humanas Curso de Ciências Sócio35 1 económicas Curso de Línguas e 54 2 Humanidades Curso de Artes Visuais 30 1 33 1 Curso Profissional de 25 1 Marketing e Publicidade Curso Profissional de 26 1 Turismo Curso Profissional de 25 1 Gestão Curso Profissional de 27 1 15 1 Informática Curso Tecnológico de Informática Curso de Educação Formação – Animação Turística TOTAL SECUNDÁRIO 326 12 244 9 ENSINO BÁSICO

9ºANO Nº Alunos Nº Turmas 71 3 71 3

12º ANO Nº Alunos Nº Turmas 89 3 35 28 2 1

18

1

20 15

1 1

205

9

Escola Secundária de Sampaio

9

Plano de Integração das TIC – 2007/2009 ENSINO NOCTURNO 10º ANO 11º ANO Nº Alunos Nº Turmas Nº Alunos Nº Turmas

MÓD. CAPITALIZÁVEIS Curso de Ciências Sociais e Humanas Curso Tecnológico de Administração TOTAL NOCTURNO

12ºANO Nº Alunos Nº Turmas 14 1 11 25 1 2

18 18

1 1

ados Informações retirados de dois documentos orientadores da Escola: Projecto Educativo de Escola Relatório da Avaliação Externa da Escola

2.3. Ponto de Partida
Dando seguimento ao Despacho n 26 691/2005 (2ª série), a Escola criou o cargo de Coordenador TIC nº. no final do ano lectivo 2005/2006. No ano lectivo seguinte o Coordenador TIC iniciou as suas funções sem seguinte, que tivesse sido criada uma Equipa de apoio. Foi o ponto de partida para um projecto de desenvolvimento . das TIC no sentido de efectivar e dinamizar a promoção do uso dos computadores, redes e Internet nos processos de ensino-aprendizagem. No início do ano lectivo 2007/2008, a Equipa TIC foi constituída e aprendizagem. o iniciou o processo que conduziu à realização d deste Plano. O trabalho a realizar ao longo do biénio 2007/2009 foi dividido em três fases: Análise da Situação inicial, Reflexão e criação do Plano TIC e idido Implementação do Plano.

Diagnóstico
•Questionários Questionários •Investigação •Análise

Plano TIC
•Elaboração •Planificação •Investigação

Implementação
•Acompanhamento Acompanhamento •Divulgação •Formação

Setembro.07 - Dezembro.07

Janeiro.08

Fevereiro.08 - Julho.09

Escola Secundária de Sampaio

10

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

2.4. Equipa TIC

Coordenador TIC
Nome Grupo Disciplinar e-mail Telemóvel Início de funções Moodle – Equipa TIC Luis Miguel Varela Fernandes 550 – Informática luis.m.varela@gmail.com 962164624 Setembro de 2006 http://moodle15.escolasdesesimbra.net/course/view.php?id=208#1 Chave de Inscrição - eticess

Depois de um primeiro ano em que não existiu uma equipa TIC, o Coordenador e o Presidente do CE, no início no ano lectivo 2007/2008, procederam de modo a estruturar uma equipa multidisciplinar no sentido de preparar o Plano TIC para o biénio 2007/2009. A equipa criada engloba professores, representante do CE e alunos do Curso Profissional (10º e 11º) e do Curso Tecnológico (12º) de Informática. Foram criadas duas vertentes de trabalho (Pedagógica e Técnica) com os seguintes intervenientes:

Equipa TIC
Coordenador TIC CE Prof. Luis Varela Prof. Rui do Bem Prof. ª Paula Alves Prof. Luis Santos Vertente pedagógica Prof. ª Amália Calçada Prof.ª Paula Santos Prof. ª Vânia Janela Prof. Herculano Rodrigues Prof. António Cabeça Vertente técnica Alunos Curso Tecnológico de Informática Curso Profissional de Programação e Gestão de Sistemas Informáticos Grupo 550 Presidente do CE Grupo 510 Grupo 430 Grupo 500 Grupo 320 Grupo 550 Grupo 550 Grupo 550 2 Tempos (Comp. não lectiva) 4 Tempos (Comp. não lectiva) Sem redução 2 Tempos (Comp. não lectiva) 2 Tempos (Comp. não lectiva) 2 Tempos (Comp. não lectiva) 2 Tempos (Comp. não lectiva) 6 Tempos (Comp. Lectiva)

As actividades a desenvolver foram divididas em 4 categorias com responsáveis pela sua dinamização, acompanhamento e avaliação:
Categoria Plataformas web e Divulgação Formação Manutenção Actividades TIC Responsáveis Luis Varela e Vânia Janela Vânia Janela, Amália Calçada e Paula Santos Herculano Rodrigues e António Cabeça Luis Santos e Paula Alves

Escola Secundária de Sampaio

11

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

2.5. Objectivos Gerais
Tomando como ponto de partida as indicações do Despacho que regulamenta a actividade do Coordenador TIC, a elaboração deste plano revelou algum cuidado com a definição de actividades e mecanismos que permitam concretizar os objectivos gerais de um Plano TIC, adaptados ao contexto específico da Escola: Promover a utilização efectiva das TIC (comunidade escolar); Divulgar projectos TIC (nacionais e internacionais) e incentivar a participação; Divulgar e fomentar boas práticas com as TIC; Criar e divulgar plano de formação TIC (interno e/ou externo); Promover o acesso generalizado à Internet; Gerir o parque informático da Escola (Hardware e Software); Melhorar a comunicação (interna e externa); Melhorar os serviços prestados pela Escola.

Escola Secundária de Sampaio

12

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3. Plano de Integração das TIC
3.1. Diagnóstico
Nas páginas seguintes é apresentado o tratamento gráfico do inquérito, promovido pela equipa TIC junto dos professores da Escola Secundária de Sampaio, assim como a análise dos principais aspectos/alvo do estudo. Os objectivos principais do inquérito por questionário visaram fazer o ponto da situação em relação à utilização das TIC em contextos disciplinares e não disciplinares, conhecer os projectos TIC que estão a ser desenvolvidos na nossa Escola e conhecer as necessidades dos professores, em termos de formação, nesta área do conhecimento de modo a preparar um plano de intervenção para a Escola, que vise a integração das TIC no contexto de ensino-aprendizagem. A amostra foi escolhida de forma que pudesse conter um conjunto significativo de professores com dificuldades nesta área ou que utilizam pouco, ou mesmo nada, determinados meios informáticos que a Escola disponibiliza. Desta forma pretendeu-se recolher o máximo de informação possível para ter um diagnóstico adequado da situação actual. Responderam ao inquérito 41 professores, quer de forma autónoma, quer com ajuda de elementos da equipa, no preenchimento do inquérito online. Em termos muito gerais os resultados mostram uma tendência para descobrir e utilizar mais instrumentos informáticos e para aprofundar os que já são usados há mais tempo, ao nível das necessidades de formação, de alguns desempenhos em áreas mais recentes e da utilização dos equipamentos. Os pontos que foram considerados mais importantes são comentados individualmente e tratados em termos gráficos. Em último lugar são apresentadas integralmente as sugestões dos inquiridos porque a diversidade das mesmas não permitiu a sua agregação e porque, neste caso, convém conhecer a totalidade das contribuições.

P: Utiliza os meios informáticos da Escola para elaborar os materiais necessários à sua prática pedagógica? 46,3% quase metade da amostra usa frequentemente (34,1%) ou sempre (12,2%). De dimensão quase igual é o conjunto dos que usam às vezes (31,7%) ou mesmo raramente (14,6%).
2,4%

12,2%

4,9% 14,6%

34,1% 31,7%

NS/NR Às vezes

Nunca Frequentemente

Raramente Sempre

Escola Secundária de Sampaio

13

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Que meios informáticos utiliza habitualmente na Escola? (assinale todas as opções que se aplicam) Mais de metade das respostas apontam para os meios mais tradicionais (impressora e computador de secretária) o que corresponde a 87,8% e a 78% dos inquiridos, respectivamente. De salientar também os que já utilizam o conjunto portátil mais projector (56,1%) ou só portátil, excluindo os CRIE (34,1%).
Número de respostas

Máquina fotográfica digital Máquina de filmar digital Impressora Portátil + Projector de vídeo Portátil Computador de secretária Portáteis da Iniciativa da equipa CRIE Scanner Quadro interactivo

6 3 36 23 14 32 12 6 5 0 10 20 30 40

P: Quais as aplicações que habitualmente utiliza? (assinale todas as opções que se aplicam) No campo das aplicações tradicionais a maioria das respostas vai para o processamento de texto (40 respostas), folha de cálculo (28) e apresentações electrónicas (25). No campo mais direccionado para a Internet a utilização de email obtém 33 respostas e a de navegadores 25. De salientar ainda o que parece ser o efeito de acções de formação ocorridas na Escola com a edição de imagem a recolher 16 e os weblogues 10 respostas. 14 dos inquiridos (34,1%) utilizam o programa de gestão de alunos o que corresponde ao peso dos directores de turma, acumulado desde o último ano lectivo.
Número de respostas
P rocessamento de texto (word ou outro ) Fo lha de cálculo (Excel o u o utra) A presentaçõ es electró nicas (P o werP oint ou outro ) B ases de Dado s (A ccess ou outro ) Edição de Imagem (P aint, P hotosho p ou outro ) Edição de vídeo (M ovie M aker ou outro ) Criação de páginas Web (Fro ntpage ou outro ) Navegado r/B ro wser (Internet Explo rer ou outro ) e-mail Weblogues Webquests JP M - Gestão de A luno s Outro s (Especifique no po nto seguinte)

40 28 25 7 16 3 6 25 33 10 2 14 7 0 10 20 30 40

Escola Secundária de Sampaio

14

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Que tipo de actividades desenvolve quando utiliza os equipamentos e/ou ferramentas TIC? As respostas apontam para a predominância do trabalho individual/autónomo (90,2% dos inquiridos) e para a dinamização de actividades em contexto de sala de aula nas áreas curriculares disciplinares (75,6%). Com importância também os 41,5% que responderam dinamização de projectos ou mesmo os 31,7% que responderam como motivo a formação.
Número de respostas

Trabalho individual/autó no mo Dinamização de actividades em co ntexto de sala de aula nas áreas curriculares disciplinares. Dinamização de actividades em co ntexto de sala de aula nas áreas curriculares não disciplinares. Dinamização de pro jecto s

37 31 6 17 3 13 2 0 10 20 30 40

Dinamização de núcleo s e clubes

Fo rmação

Outro tipo de actividades (especificar quais no po nto 1 ) 1

P: Participa/colabora na dinamização de algum dos seguintes projectos TIC? Se sim, especifique quais: As respostas apontam maioritariamente para o trabalho com a plataforma Moodle (46,3% dos inquiridos) ou para o jornal opinião (24,4%). 7 dos inquiridos apontam o trabalho relacionado com os portáteis do projecto CRIE.

Número de respostas
P ágina web da escola P ortal da B E/CRE Jo rnal Opinião No ta Info rmativa CREscendo M o o dle - Sec. Sampaio Iniciativa do s Co mputado res P ortáteis do CRIE P ortal das Ciências Despo rto o nline P ortal do GIA E o nline Outro (especifique qual no próximo po nto )

2 1 10 2 19 7 2 1 1 2 0 5 10 15 20

Escola Secundária de Sampaio

15

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Em sua opinião, como classifica (1 a 5) o impacto da Página Web na Comunidade Educativa relativamente a: A esmagadora maioria das respostas têm nível de 3 a 5 com destaque para os níveis 4 e 5. O nível 5 obtém mais de metade das respostas no que respeita à disponibilização de informação actualizada. Com mais de 50% no nível 4 temos as respostas aos itens Navegabilidade e Imagem (design, etc.). O nível 2 é mais elevado quanto à divulgação de trabalhos dos alunos (15,4%) e à partilha de materiais (12,8%).
Disponibilizar inf ormação actualizada Divulgação dos trabalhos realizados pelos alunos Divulgação de eventos/actividades Partilha de materiais Interesse dos conteúdos publicados Navegabilidade Imagem (Design gráfico, 0,0 cores, imagens)

4,9 9,8 15,4 7,7 7,7 20,5 12,8 20,5 25,6 25,6 20%

29,3 30,8 30,8 23,1 46,2 51,3 53,8 40% 60% 33,3 30,8

53,7 20,5 41,0 23,1 28,2 20,5 20,5 80% 100% 1 2 3 4 5

0%

P: Como classifica a importância da página web da Escola (1 a 5)? Os itens melhor pontuados são os que respondem às questões “Qual a importância da Página Web na “imagem” que a Escola transmite para o meio envolvente?” e “A página web possibilita uma melhoria na comunicação com o exterior?” com a maioria das respostas com nível superior a 3 (48,8% no nível 5). Essa posição é ocupada pela questão seguinte “O envolvimento dos professores e alunos na colocação de materiais está adequado às necessidades?” com 47,5% das respostas no nível 3.
Qual a importância da Página Web na “imagem” que a escola transmite para o meio envolvente?

48,8

48,8 1 2 3 4 5 12,5

A página web possibilita uma melhoria na comunicação com o exterior?

12,2

39,0

48,8

O envolvimento dos professores e alunos na colocação de materiais está adequado às necessidades?

7,5

15,0

47,5

17,5

0%

20%

40%

60%

80%

100%

Escola Secundária de Sampaio

16

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Alguma vez os seus alunos lhe deram a entender que gostavam de ver os trabalhos publicados na Página Web da Escola? As respostas apontam claramente para o não (65,9% dos inquiridos).

4,9% 29,3%

65,9%
SIM NÃO NS/NR

P: Apresente-nos sugestões, no sentido de melhorar ou acrescentar algo de novo na Página Web da Escola. A maioria das inquiridos escolheu os itens “Actualizar as informações” e “Divulgar as actividades da Escola” com 21,4% cada e também “Dinamizar a participação dos órgãos da Escola/comunicação interna”, com 21,4%. Importante também será referir o item Reservar a partilha de materiais para outra página (14,3%).
Número de respostas

Actualizar as informações

3 3 1 1 1 3 2
0 0,5 1 1,5 2 2,5 3

Divulgar as actividades da escola

Disponibilizar sites úteis

Divulgar informação geral

Simplificar a estrutura do portal Dinamizar a participação dos orgãos da escola/comunicação interna Reservar a partilha de materiais para outra página

Escola Secundária de Sampaio

17

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Utiliza ou já utilizou a plataforma Moodle? As respostas apontam maioritariamente para o sim (73,2% dos inquiridos).

26,8%

73,2%
SIM NÃO NS/NR

P: Se não, refira o motivo? A maioria dos que responderam aponta a necessidade de formação (10 respostas em 14).
Número de respostas
Não gosto

0 2 10

Não necessito Preciso de formação Outro motivo Não sei/Não respondo

2 29 0 5 10 15 20 25 30

P: Se sim, como se familiarizou com este recurso? A esmagadora maioria dos que responderam apontam a frequência de uma acção de formação (19 respostas em 24) e a iniciação autónoma (13).
Número de respostas

Frequentou uma acção de formação Iniciou autonomamente

19

13

Outro

2

Não sei/Não respondo

10

0

5

10

15

20

Escola Secundária de Sampaio

18

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Tem conhecimento de que a nossa Escola possui rede sem fios, o que lhe permite aceder à Internet em grande parte do espaço de qualquer dos pavilhões? A esmagadora maioria respondeu sim (97,6%).
2,4%

97,6%
SIM NÃO NS/NR

P: Como classifica (de 1 a 5) o funcionamento da rede sem fios, actualmente, tendo em conta que no final do passado ano lectivo a sua capacidade foi alargada de 1Mbps para 4Mbps, o que levou a uma maior estabilidade: Os níveis 3 (29,3%) e 4 (24,4%) obtêm a maior parte das respostas.

9,8%

19,5% 0,0%

24,4%

17,0%
29,3%

NS/NR

1

2

3

4

5

Escola Secundária de Sampaio

19

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Problemas detectados na rede wireless da Escola? Com percentagens muito idênticas destacam-se as causas “Muito lenta” (17 respostas); “Não sei configurar o acesso” (17) e “Sem sinal nas salas de aula” (16).
Número de respostas

Sem sinal nas salas de aula Muito lenta Sei que existe mas não me consigo ligar. Não sei configurar o acesso. Sei que existe mas tenho receio de não ser segura. Outro(s) . (especifique qual/quais na questão seguinte)

16 17 6 17 7 15

P: Que formação contínua creditada gostaria de frequentar? As respostas estão bastante divididas pelas várias áreas. As que obtiveram mais de 15 escolhas foram as seguintes: Moodle iniciação (16), Moodle avançado (17), Apresentações electrónicas e criação de páginas web (16). Com 15 respostas é de registar também a escolha de folha de cálculo.
Número de respostas

Plataforma Moodle (iniciação) Plataforma Moodle (avançado) Processamento de texto (Word) Apresentações electrónicas (Pow erPoint) Paginação electrónica (Publisher) Folha de cálculo (Excel) Base de dados (Access) Edição/Tratamento de imagem Animação multimédia Criação de Páginas Web Webquests Weblogues Outros (Especifique no ponto seguinte)

16 17 6 17 7 15 9 11 13 16 12 12 4
0 5 10 15 20

Escola Secundária de Sampaio

20

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Que oficinas de curta duração, promovidas pela Escola, gostaria de frequentar? As respostas estão bastante divididas pelas várias áreas. A folha de cálculo (fórmulas básicas) foi a mais escolhida (15 dos inquiridos). Seguem-se com dez ou mais escolhas o tratamento de imagem - conceitos básicos (14), iniciação ao Powerpoint (12) e Hardware – detecção de pequenos problemas (10).
Número de respostas
Tabelas no Word Índices Automáticos no Word - Formatação de estilos

7 7 6 7 8 15 4 2 4 12 14 0 6 10 5 7

Imagens no Word Cabeçalhos e Rodapés (Secções) Impressão em série (Mesmo corpo de texto para diferentes destinatários - Exemplo: Diplomas) Fórmulas básicas no Excel (Apoio na criação de tabelas de avaliação) Organização de documentos (Ficheiros e Pastas) - Windows XP básico Utilização do webmail (Gmail ou Hotmail) Internet Explorer (Histórico, Favoritos e Motores de busca) Iniciação ao PowerPoint - Conteúdos e Design

Tratamento de imagem - conceitos básicos História da Informática

Hardware - Portáteis e Projectores de vídeo Hardware - Detecção de pequenos problemas Galerias de imagens na Internet

Outras (especificar quais no ponto seguinte)

0

5

10

15

P: Concorda com a inclusão de alunos monitores (dos cursos de Informática) para apoiar algumas das oficinas de formação apresentadas anteriormente? A resposta é clara: 92,7% para o sim e só uma resposta negativa.

2,4% 4,9%

92,7%
SIM NÃO NS/NR

Escola Secundária de Sampaio

21

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

P: Se, no início do próximo ano lectivo, fossem promovidas algumas sessões de familiarização com a plataforma Moodle de forma a poder utilizar este recurso nas suas aulas e/ou num projecto em que participa, estaria interessado(a)? (não é formação creditada) 73,2% de respostas afirmativas.

2,4% 24,4%

73,2%
SIM NÃO NS/NR

Q: Sugestões para o trabalho da Equipa TIC “Clínica de PC para professores e alunos com menos aptidão para as electricidades” “2 ou 3 aulas aos alunos de artes por ano, (utilizando as aulas de desenho ) para ensinar a mexer nas ferramentas básicas de programas de tratamento de imagem e edição de texto ou nos programas de animação ou nos weblogs.” “apoio aos alunos interessados para tirar dúvidas na utilização dos referidos programas, em computadores específicos de acesso aos alunos com scanner (pelo menos) e impressora associados” “2 ou 3 aulas por ano aos alunos de artes (utilizando as aulas de desenho) para ensinar apenas a mexer nas ferramentas dos programas de edição e tratamento de imagem (ou de animação ou weblogs). Apoio, esclarecimento de dúvidas e computadores específicos para alunos de artes, (e para os interessados), em aprender e desenvolver tratamento de imagem, animação e weblogs com scanner (pelo menos) e impressora a cores associada.” “Estudar e criar condições para que seja mais fácil e eficaz a utilização dos meios já disponíveis, sobretudo em situações de aula e em projectos que envolvam os alunos.” “Incentivar e apoiar os professores no desenvolvimento de projectos educacionais que utilizem as TIC de uma forma mais participada (pelos alunos) e pedagogicamente bem sustentada.” “Promover uma maior inclusão e literacia tecnológica nos alunos, sobretudo aqueles que por quaisquer motivos se encontrem em risco de info-exclusão.” “Processamento de texto científico”. “Construção de desenhos científicos (gráficos de funções, poliedros, etc.) no Corel Draw” “Apoio nas propostas acima seleccionadas...” “Levar a cabo estas "oficinas" de forma prática e sem preconceitos nem rótulos, ou seja dar iniciação a quem sabe muito pouco , mas que estará disposto a saber/ aprender o essencial para tornar o seu próprio trabalho mais fácil e tornar conteúdos mais "apetecíveis" para os alunos. “ “Seria excelente a presença activa de um elemento da equipa para esclarecer regularmente as nossas dúvidas.”

Escola Secundária de Sampaio

22

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

“Bom inquérito! Bom trabalho...” “Estaria interessada em frequentar algumas das acções, mas preferia que não ocorressem no horário pós-laboral (final da tarde). Nas de curta duração, sugeria que se realizassem na semana das reuniões de avaliação ou no período entre fases de exame.” “Sugiro também acções de curta duração na área de utilização de quadros interactivos e ainda a elaboração, pela equipa TIC, de pequenos guias para utilizadores do portátil + projector vídeo.” “Montar "kits" [portátil + projector] prontos-a-usar, em suporte próprio, fáceis de transportar e manusear, com todas as ligações e configurações já efectuadas e protegidas.” “Conceber e implementar um sistema mais simples e eficaz de requisição e utilização de vários portáteis em simultâneo, para actividades com os alunos.” “A equipa TIC deve ser mais activa e dinâmica sem estar apenas dependente do seu coordenador a quem são solicitadas demasiadas tarefas que os outros poderiam executar. Deveria haver uma efectiva divisão de tarefas.” “Promover a rádio e o cinema escolares.”

3.2. Linhas Orientadoras do Plano TIC
Na convicção da importância da integração das TIC nos diversos contextos da vida escolar e da necessidade de inovação nas práticas pedagógicas com recurso às TIC, sabemos que, atendendo a todas as vicissitudes que inundam a classe docente, será indispensável um esforço adicional no sentido de motivar os professores para a mudança, de forma a contribuir para um melhor enquadramento da Escola com a Sociedade da Informação. Neste primeiro Plano TIC, a equipa de trabalho decidiu, após analisar e reflectir sobre os resultados do diagnóstico, direccionar as actividades de intervenção, no biénio 2007/2009, para 4 âmbitos específicos, com especial incidência nos professores: 1. Manutenção – assegurar o funcionamento dos equipamentos e das infra-estruturas físicas e lógicas de modo a proporcionar condições de trabalho para professores e alunos; 2. Divulgação – assegurar aos professores a informação útil e necessária sobre actividades, projectos e ferramentas TIC; 3. Acompanhamento – Apoiar e acompanhar os projectos e actividades da Escola que já utilizam as TIC e incentivar e apoiar os projectos que poderão integrar as TIC de forma enriquecedora. 4. Formação – apoiar, preparar e guiar os professores na utilização das TIC de uma forma gradual e eficaz, de modo a dotá-los de uma maior autonomia no domínio das TIC.

3.3. Equipamentos e Infra-estruturas
O parque informático da Escola cresceu e existem cada vez mais equipamentos que, para que funcionem adequadamente, necessitam de acompanhamento e manutenção de modo a possibilitar o desenvolvimento de actividades e projectos com recurso às TIC. Num mesmo nível de importância encontram-se as infra-estruturas físicas e lógicas da Escola, que possibilitam a utilização de recursos comuns, o acesso à Internet no recinto escolar (por cabo e wireless) e a comunicação interna de dados. Deste modo, no primeiro ano de funções o Coordenador TIC assegurou conjuntamente com outros colegas do grupo de Informática, todo o tipo de instalação/manutenção, detectou algumas lacunas que deveriam

Escola Secundária de Sampaio

23

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

ser colmatadas e, com base no questionário realizado aos professores, foram assinalados alguns aspectos negativos referenciados e que merecem toda a consideração. Realizou-se, também, um levantamento dos equipamentos existentes e de necessidades prioritárias. É com base nestes aspectos que são apresentadas algumas estratégias para melhorar todo o funcionamento dos equipamentos no sentido de proporcionar maior qualidade e segurança na utilização das TIC por todos os elementos da comunidade escolar. Nos pontos seguintes são apresentados dados quantitativos e esquemáticos que ilustram o supracitado, existindo referências a medidas e metas a alcançar até ao final do ano lectivo 2008/2009.

3.3.1. Objectivos específicos No que diz respeito aos equipamentos e infra-estruturas, a Equipa TIC propõe-se trabalhar no sentido de cumprir os seguintes objectivos: Elaborar o inventário dos equipamentos; Fazer a manutenção dos equipamentos e infra-estruturas de modo a rentabilizar a sua utilização por todos os elementos da comunidade escolar; Proporcionar condições de trabalho a professores e alunos que desejem utilizar os diversos espaços TIC da Escola; Fazer o levantamento de necessidades e apresentar o orçamento ao Conselho Executivo no final de cada ano lectivo; Colaborar com o Conselho Executivo na elaboração de relatórios a apresentar a instâncias superiores.

3.3.2 Equipamentos e Necessidades 3.3.2.1 Salas TIC
Local. Equipamentos 15 Computadores 1 Impressora Laser Preto 1 Projector de vídeo (amovível) 1 Ecrã para Projecção 15 Computadores 1 Impressora Laser Preto 1 Datashow + Retroprojector 1 Ecrã para Projecção 1 Scanner 1 Bastidor mural com switch 24 portas e régua 15 Computadores 1 Impressora Laser Preto 1 Projector de Vídeo (amovível) 1 Bastidor mural com switch 24 portas e régua Necessidades A curto prazo - Teclados e ratos; A médio prazo - Memória RAM (15 x 512 MB) - Monitores (Avarias) A curto prazo - Teclados e ratos; A médio prazo - Memória RAM (15 x 256 MB) - Monitores (Avarias) - Projector de vídeo A curto prazo - Teclados e ratos; A médio prazo - Memória RAM (15 x 512 MB) - Monitores (Avarias) Internet

C8

Sim 100% Domínio: minhaescola Gateway: 192.168.88.1 ISP Telepac 8 Mbps

D4

D3

Escola Secundária de Sampaio

24

Plano de Integração das TIC – 2007/2009 Local. Equipamentos 15 Computadores 1 Impressora Laser Preto 1 Projector de Vídeo (Fixo) 1 Scanner 1 switch de 24 portas 1 switch de 8 portas Necessidades Internet Sim (100%) Domínio: Sem domínio Gateway: 192.168.1.1 ISP Telepac 8 Mbps Sim 100% Servidor de Domínio: minhaescola Gateway: 192.168.88.1 ISP Telepac 8 Mbps

D2

Lab. C8

2 Servidores 1 switch de 16 portas 1 Router ADSL 2+

A médio prazo - Memória RAM DDR 2 GB

Metas: Upgrade de Memória RAM nas salas C8, D3 e D4 – 50% dos computadores; Upgrade de Memória RAM no servidor TIC, para 2 GB; Rede estruturada na sala D4 com bastidor, calhas e tomadas de rede; (Parceria com Cursos Profissionais); Rede estruturada na sala D2 com bastidor, calhas e tomadas de rede (parceria com Centro de Formação); Manutenção frequente para manter no mínimo 90% dos computadores operacionais. (Parceria com Cursos Profissionais); Aquisição de 5 Monitores CRT 17”; Aquisição de 5 ratos e 5 teclados suplentes para substituições por avaria.

3.3.2.2 Laboratórios e Gabinetes

Local. (C8) Lab. Informática

Equipamentos

Necessidades Médio prazo: - 4 Kits de ferramentas; - Criação de Kits de actividades para as disciplinas de Redes e Arquitectura de Comput.; - 2 x 1Gb RAM para Servidores.

Internet Sim (100%) Domínio: minhaescola Gateway: 192.168.88.1 ISP Telepac 1 8 Mbps

2 Servidores 4 Monitores

Escola Secundária de Sampaio

25

Plano de Integração das TIC – 2007/2009 Local. Nónio (Jornal Opinião) Equipamentos Necessidades Internet Sim (100%) Domínio: sem domínio Gateway: 192.168.88.1 ISP Telepac 1 8 Mbps

3 Computadores 2 Scanners 2 Impressoras Laser Cores 2 Impressoras Laser Preto

Curto Prazo: - 1 Computador (Tratamento de imagem e vídeo); - 1 Monitor 20”.

1 Computador 1 Monitor

Curto Prazo: - Acesso à rede Wireless; - Memória RAM – 256 MB; - Impressora. Curto Prazo: - Memória RAM – 256 MB; - Impressora. Curto Prazo: - Acesso à rede Wireless; - Impressora.

(B7) Gab. do PIS

(B0) Lab. Biologia

1 Computador

1 Portátil (Iniciativa EPCP)

Gab. Proj. Jardins de Vidro

1 Portátil 1 Impressora

Wireless Sim (100%) Domínio: Sem domínio Gateway: 192.168.1.1 ISP: PT – FCCN 4 Mbps

(A5) Sala de Artes

Gab. Ed. Física

4 Computadores

Curto Prazo: - Acesso à rede Wireless; - Impressora.

Metas: Upgrade de Memória RAM nos computadores assinalados anteriormente 100%; Aquisição de 4 kits (ferramentas) para aulas laboratoriais do Curso Profissional de Informática; Extensão da rede wireless de modo a abranger os locais assinalados; Disponibilização de Impressora partilhada para a Rede Wireless (localização a estudar).

3.3.2.3 Serviços Administrativos e Sistema GIAE

Local. Secretaria

Equipamentos 6 Computadores 1 Leitor de Cartões electrónicos 1 Impressora/Fotocopiadora cores

Necessidades Curto Prazo: - Substituição de 3 Computadores; - Substituição de 1 Monitor; - 1 Scanner. Curto Prazo: - Substituição do Computador/Monitor; - Impressora.

Internet Sim (100%) Domínio: sampaio Gateway: 192.168.0.254 ISP Telepac 2 8 Mbps

Gab. Chefe Serv. Adm.

1 Computador 1 Fax

Escola Secundária de Sampaio

26

Plano de Integração das TIC – 2007/2009 Local. Gab. Exames Equipamentos 1 Computador 1 Impressora Jacto de Tinta 1 Computador 2 leitores de Cartões 1 colunas 1 UPS 1 Computador 1 Servidor 1 Leitor de Cartões Electrónicos 1Touchscreen 1 Bastidor (Rede Sampaio) 1 UPS 1 Computador 1 Leitor de Cartões Electrónicos 1Touchscreen 2 Fotocopiadoras 1 Impressora Laser Preto (Prof.) 1 UPS 1 Computador 1 Leitor de Cartões 1 UPS 1 Computador 1 Leitor de Cartões Electrónicos 1Touchscreen 1 UPS 2 Computadores 2 Leitores de Cartões Electrónicos 2 Touchscreen 2 UPS 1 Computador 1 Leitor de Cartões Electrónicos 1 colunas 1 UPS 1 Computador 1 Leitor de Cartões Electrónicos 1Touchscreen 1 UPS 3 Computadores 1 Touchscreen 2 Leitores de Cartões Electrónicos 1 UPS Curto Prazo: - 1 Impressora. Curto Prazo: - 1 computador/Monitor. Sim (100%) Domínio: sampaio Gateway: 192.168.0.254 ISP Telepac 2 8 Mbps Necessidades Curto Prazo: - Instalação da impressora de rede (Secretaria) Internet

(D) Servidor – Quiosque

Portaria

SASE – Quiosque

Metas: Substituição dos computadores assinalados nas necessidades; Rentabilização da Impressora de rede;

Escola Secundária de Sampaio

Papelaria

Refeitório

Bar Alunos

Bar Prof.

BE/CRE

Sim (100%) Domínio: sampaio Gateway: 192.168.0.254 ISP Telepac 2 8 Mbps

Reprograf.

27

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.3.2.4 Conselho Executivo
Local. Equipamentos Necessidades Internet Sim 100% Domínio: sampaio Gateway: 192.168.0.254 ISP Telepac 2 8 Mbps

CE

2 Computadores 1 Portátil (Iniciativa EPCP) 2 Impressoras Laser Preto 1 Impressora Multi-funções Jacto de tinta - Cores

A curto prazo - Substituição de 2 Computadores; - Pasta de documentos partilhada.

Metas: Substituição dos 2 computadores; Partilha da pasta de documentos Comuns.

3.3.2.5 BE/CRE
Local. Coordenação BE/CRE Equipamentos Necessidades Curto prazo: - Substituição do Computador; - Base de dados partilhada para computadores da BE/CRE; - Base de Dados partilhada para domínio Sampaio; - Implementação de sistema de Backups automático. Curto Prazo: - Substituição das 6 Caixas ATX; - Upgrade de Memória RAM (256 MB). Internet

1 Computador

Mediateca

6 Computadores

Sim (100%) Domínio: minhaescola Gateway: 192.168.88.1 ISP Telepac 1 8 Mbps

Zona de Pesquisa

2 Computadores

1 Computador

Curto Prazo: - Memória RAM – 256 MB; - Acesso à Base de dados Biblioteca (PACWIN e USEWIN). Médio Prazo: - Impressora de talões.

Sim (100%) Domínio: sampaio Gateway: 192.168.0.254 ISP Telepac 1 8 Mbps

Metas: Substituição de todas as Caixas ATX; Upgrade de memória RAM (7 computadores); Rentabilização da rede no acesso à Base de Dados – 50% dos Computadores;

Escola Secundária de Sampaio

Atendimento

28

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.3.2.6 Apoio às Salas de aula (Pavilhões)

Local. Pavilhão A

Equipamentos 1 Computador Portátil 1 Projector de Vídeo (móvel) Curto Prazo: - Access Point.

Necessidades

Internet

1 Computador Portátil 1 Projector de Vídeo (móvel) 2 Computadores Portáteis 2 Projectores de Vídeo (móveis) 2 Quadros Interactivos (C1 e C7) 2 Projectores de Vídeo (fixos) 14 Portáteis (Iniciativa EPCP) 1 Computador Portátil 1 Projector de Vídeo

Curto Prazo: - Access Point.

Pavilhão C

Wireless Sim (50%) Domínio: Sem domínio Gateway: 192.168.1.1 ISP: PT – FCCN 4 Mbps

Metas: Amplificação do sinal da rede Wireless nos Pavilhões – abrangência de 80% a 90% das salas; Disponibilização de Impressora partilhada para a Rede Wireless (localização a estudar).

Escola Secundária de Sampaio

Pavilhão D

Pavilhão B

29

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.3.3 Resumo dos Equipamentos 3.3.3.1 Computadores (Desktop e Portáteis)

Localização Sala C8 Sala D4 Sala D3 Sala D2 Lab. Informática Nónio (Jornal Opinião) Lab. Biologia Gab. do PIS (B7) Gab. Educ. Física Gab. Proj. Jardins de Vidro Sala de Artes (A5) Secretaria Gab. Chefe dos Serv. Administrativos Gab. Exames Portaria Servidor – Quiosque 1 Reprografia Bar dos Professores Bar dos Alunos Refeitório Papelaria SASE – Quiosque 2 Conselho Executivo BE/CRE Pavilhão A Pavilhão B Pavilhão C Pavilhão D Portáteis da Iniciativa EPCP Totais Percentagens

Nº de Computadores 15 15 15 15 2 3 1 1 1 1 4 6 1 1 1 2 1 1 2 1 1 3 2 10 1 1 2 1 24 134 100%

C/ Internet 15 15 15 15 2 3 0 0 0 1 0 6 1 1 0 0 0 0 0 0 0 2 2 9 1 1 2 1 24 116 87%

S/ Internet 0 0 0 0 0 0 1 1 1 0 4 0 0 0 1 2 1 1 2 1 1 1 0 1 0 0 0 0 0 18 13%

Note-se que alguns dos computadores não têm acesso à Internet por opção (Serviço GIAE) e que alguns dos computadores portáteis não têm acesso à Internet através da rede Wireless em determinadas salas.

Escola Secundária de Sampaio

30

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.3.3.2 Projectores de Vídeo e Quadros Interactivos

Localização Sala C8 Sala D3 Sala D2 Sala C1 Sala C7 Pavilhão A Pavilhão B Pavilhão C Totais

Projector de Vídeo Fixo Móvel 1 1 1 1 1 1 1 1 3 5

Quadro Interactivo

1 1

2

3.3.3.3 Outros Equipamentos

Equipamento Câmara Fotográfica Digital Câmara de Filmar Digital Impressoras Laser Preto Impressoras Laser Cores Fotocopiadoras/Impressoras Impressoras de Jacto de Tinta Scanner

Quantidade 1 1 6 2 4 3 3

Necessidades: 1 Máquina Fotográfica Digital; 1 Scanner; 1 Projector de Vídeo; 4 Access Points; 5 Computadores; 2 Monitores TFT; 5 Monitores LCD.

3.3.4 Redes de Comunicação A Escola apresentava, antes do início do presente ano lectivo, uma rede estruturada (Rede Administrativa) com ligação à Internet (Telepac) e os restantes computadores tinham ligações isoladas (Salas TIC, Biblioteca e Wireless) partilhando uma ligação comum à Internet (PT-FCCN). Antes de ser criada a Equipa TIC, os professores do Grupo de Informática apresentaram um projecto de remodelação/reestruturação da infra-estrutura de redes existentes na Escola. Este processo foi planificado e está a ser desenvolvido conjuntamente com os alunos dos cursos profissionais e tecnológico de Informática.

Escola Secundária de Sampaio

31

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.3.4.1 Projecto de Estruturação das Redes de Comunicação .4.1

O projecto consistiu num levantamento do equ equipamento actual existente na rede da Escola Secundária de Sampaio, assim como da arquitectura da mesma. Foi desenhado um mapa geral das redes internas da Escola e um mapa detalhado de cada uma dessas redes. Deste levantamento resultou um relatório de poss possíveis erros que poderiam tornar a rede instável. Para além dos erros de estrutura, descobriram-se outras situações que contribuíam para essa se instabilidade, nomeadamente cabos mal cravados, cabos inutilizados, , ligações na parede sem protecção, cabos sem ide identificação, etc. Portanto, verificou-se a necessidade de alguns aspectos poderem ser se optimizados. Para tal, criou-se uma proposta de alteração da rede existente ao nível dos componentes de interligação usados, das ligações efectuadas e da cablagem escolhid escolhida.

A partir deste ponto, procedeu se de modo a optimizar e rentabilizar todo o equipamento existente, procedeu-se tentando melhorar a produtividade e estabilidade da rede. Desta forma, o grupo considerou como prioritárias as seguintes alterações:

stituição Reorganização e substituição de alguma da cablagem existente (biblioteca, nónio e D4); Remoção do hub existente (Sala D4) e substituição por switch; Reestruturação das redes e sub redes existentes de modo a criar uma rede Minhaescola (Salas, sub-redes outros espaços e Wireless) e uma rede Sampaio (Administrativa). ) Criação da central informática da rede Minhaescola no Laboratório de Informática: nformática: Servidor Rede Escola (Windows 2003 Server, Active Directory, ISA Server, RIS); Acesso Internet FCCN – Rede Wireless; Acesso Internet Telepac 1 – Rede Escola; Acesso Internet Telepac 2 – Rede Sampaio; Criação do Domínio Minhaescola (acessível em todos os computadores da Rede Escola); Cablagem CAT6 para a passagem aérea da rede entre o Bloco C e o Bloco D; Adicionar Impressoras de rede nas Salas d Informática e Biblioteca; de Alteração da rede da Sala D4 (Calhas, cabos e tomadas de rede) – a realizar no início do próximo ano lectivo com os alunos do 12º Ano do Curso Tecnológico de Informática e do 11º Ano do Curso Profissional de Informática.

m As imagens seguintes procuram mostrar, de uma forma geral, como estavam estruturadas as redes na Escola Secundária de Sampaio e as alterações que a equipa TIC, os professores de Informática e os alunos de Informática têm vindo a realizar:

Escola Secundária de Sampaio

32

Legenda: Rede Administrativa Rede Interna 1 (D4, D3 e BIB/CRE) Rede Interna 2 (C8, Nónio, D2 e Lab.Inf.) Rede Wireless

Mapa das redes da Escola Secundária de Sampaio (Antes) 33

Escola Secundária de Sampaio

Bloco D – Antes do Projecto de Reestruturação da rede
Nesta imagem é apresentada a estrutura da rede do Bloco D. Os vários espaços encontram-se ligados entre si, contudo não comunicam, só partilham o acesso à Internet. Existem, nesta rede alguns pontos negros que tornam as comunicações instáveis em determinados momentos, especialmente quando a ligação de todos os computadores é simultânea. Seguidamente são apresentadas propostas de alteração e de necessidades de materiais.

Alterações a realizar: • Substituição do hub da sala D4 por um switch (100 Mbits); • Servidor da Sala D3 passa para o laboratório de Informática C8 (Bloco C); • Sala D3, D4 e BIB/CRE passarão a estar no domínio Minhaescola; • Acesso à Internet: Salas Router Telepac - 192.168.1.254 (8Mbits); Wireless Router FCCN 192.168.1.1 (4 Mbits). A partir do servidor do laboratório de Informática; • Criação de uma rede estruturada na sala D4 e BIB/CRE (calhas, cabos e tomadas).

Equipamentos/Materiais: • 1 Switch (existente na escola); 100 m de cabo CAT5; 30 tomadas RJ45); 60 fichas RJ45; 100 m de calha;

Escola Secundária de Sampaio

34

Bloco D – Depois das alterações

Nesta imagem são apresentadas as alterações na estrutura da rede no bloco D da E.S. Sampaio. Com as modificações, todos os PC’s do Bloco D passaram a pertencer ao mesmo domínio, com endereços IP atribuídos automaticamente pelo servidor do laboratório de Informática C8 (192.168.88.1). Foi eliminado o ponto crítico (Hub) da sala D4, substituindo-se por um switch. Os computadores que acedam pela rede wireless também serão adicionados ao domínio, configurando a acesso à Internet por um gateway (192.168.1.1) diferente do das salas (192.168.1.254). Para além disso, foi criada uma impressora de rede na sala D4 (192.168.88.8).

Escola Secundária de Sampaio

35

Bloco C e D – Antes do Projecto de Reestruturação da rede

Nesta imagem podemos ver outra rede da Escola Secundária de Sampaio que inclui a Sala C8 e o Laboratório de Informática (Bloco C) e a sala Nónio e D2 (Bloco D). Entre os blocos existe um cabo (passagem aérea) que liga o switch da sala C8 ao switch da sala D2. Somente os PC’s da sala C8 (Sala TIC) estão no domínio minhaescola criado pelo servidor da C8. Não existe qualquer ligação entre esta rede e a outra existente no bloco D. A Sala D2 pertence ao Centro de Formação da Associação de Escolas do Conselho de Sesimbra, pelo que, irá integrar a rede da escola, mas funcionará como uma ilha, separada da restante estrutura de rede.

Alterações a realizar: • Servidor desloca-se para o Laboratório de Informática (C8); • Sala C8, Laboratório de Informática e Sala Nónio passarão a estar no domínio Minhaescola (que integra a sala D3, D4, Bib/CRE e Wireless; • Acesso à Internet: Salas Router Telepac - 192.168.1.254 (8Mbits); Wireless Router FCCN 192.168.1.1 (4 Mbits). A partir do servidor do laboratório de Informática; • Criação de uma rede estruturada na sala Nónio (calhas, cabos e tomadas).

Equipamentos/Materiais: • 1 Servidor (existente na escola); 70 m de cabo CAT5; 10 tomadas RJ45); 20 fichas RJ45; 20 m de calha;

Escola Secundária de Sampaio

36

Nesta imagem podemos observar as alterações efectuadas na estrutura da rede que liga o Bloco C e o Bloco D. Com as modificações, os PC’s da Sala C8, Lab. de Informática e da Sala Nónio passaram a pertencer ao mesmo domínio, com endereços IP atribuídos automaticamente pelo servidor do laboratório de Informática C8 (192.168.88.1). O Acesso à Internet nas salas passou a ser feito através do Router Telepac, sendo que este liga directamente ao Switch da Sala D2 e ao Servidor do laboratório da sala C8 (através de um pequeno switch de 4 portas). O Switch da Sala C8 faz a ligação com toda a restante rede do Bloco D (D3, D4, Bib/CRE e Wireless). O servidor passou a ter 3 placas de rede: Duas para acesso à Internet e outra para a Rede Local. Para melhorar/amplificar o sinal da rede wireless irão ser colocados Access points em cada pavilhão (A, B e C).

Escola Secundária de Sampaio

37

Legenda:
Rede Administrativa Rede Interna 1 (D4, D3 e BIB/CRE, C8, Nónio, D2 e Lab.Inf.) Rede Wireless

Mapa das redes da Escola Secundária de Sampaio (Depois) 38

Escola Secundária de Sampaio

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.3.4.2 Equipamentos de Rede A Escola está equipada com um conjunto de dispositivos que permitem o funcionamento, quase sempre estável, das diferentes redes existentes. Apresenta-se, seguidamente, um quadro com o resumo dos equipamentos:
Equipamentos Servidor Switch Modem Antena Wireless Quantidade 3 9 3 1

3.4. As TIC nas actividades Curriculares e Extra-Curriculares
O processo de integração das TIC em contextos curriculares e/ou extra-curriculares é, em alguns casos, uma prática usual na nossa Escola. No entanto, trata-se, ainda, de um grupo reduzido de professores que utiliza as TIC de forma interactiva, colaborativa, com total destreza e com resultados positivos e evidentes desta utilização. As razões de ainda não se tratar de um processo generalizado prendem-se com diversos factores: escassez de formação, desconhecimento de novas metodologias de trabalho, escassez de recursos, resistência, etc.. O papel da Equipa TIC, nesta primeira fase, será de tentar aproximar os professores com maior resistência às TIC a novas práticas pedagógicas com recursos às novas tecnologias, divulgando projectos, iniciativas, boas práticas e incentivando a frequência das oficinas de curta-duração.

3.4.1. Objectivos específicos Neste domínio, a Equipa TIC irá tentar apoiar os vários projectos existentes na Escola e os professores que revelem iniciativas para a integração das TIC nas suas disciplinas. Para tal, a equipa irá definir algumas estratégias que potenciem a utilização das TIC em contextos curriculares e não-curriculares. Portanto, nesta fase inicial, esta equipa propõe-se desenvolver actividades que permitam cumprir os seguintes objectivos: Divulgar projectos TIC de âmbito Nacional e Internacional; Divulgar ferramentas e plataformas de trabalho com as TIC; Promover a info-alfabetização dos diversos elementos da comunidade escolar; Apoiar a realização de actividades com recursos às TIC; Criar guiões de apoio à utilização dos equipamentos; Informar a comunidade escolar sobre a rentabilização da utilização da Internet; Divulgação sobre Segurança na Internet e protecção de dados pessoais; Apoiar a integração transversal das TIC no currículo em situação de sala de aula; Informar, Dinamizar e incentivar a utilização da plataforma de e-learning – Moodle; Incentivar as Equipas de trabalho existentes a utilizar o Moodle como ferramenta de trabalho colaborativo.

Escola Secundária de Sampaio

39

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.4.2. Utilização Transversal das TIC A Equipa TIC fez um levantamento de projectos que, de algum modo, utilizam as TIC como ferramentas de planificação, implementação e divulgação de forma muito evidente. Para além disso, são apresentados outros projectos da Escola que utilizam as TIC na óptica do utilizador (ferramentas de produtividade), mas que, no ponto de vista da Equipa, poderão melhorar os resultados e a visibilidade. Nesses casos, o papel da Equipa TIC passará pela informação e formação em áreas diversas das TIC. Os projectos, actividades, iniciativas apresentadas seguidamente, poderão não corresponder à totalidade das existentes, contudo, será um bom ponto de partida para apoiar um número razoável de professores e alunos na integração das TIC. Para cada um dos projectos são apresentados objectivos e actividades e são indicadas algumas das estratégias que esta Equipa de trabalho irá adoptar no sentido de apoiar e potenciar uma maior e melhor utilização das TIC. Neste momento ainda não foi feito um estudo sobre a utilização das TIC em contextos de sala de aula. Existem vários professores (mais de 60%) que utilizam frequentemente os computadores portáteis (da Escola e da Iniciativa EPCP) na sala de aula e requisitam as salas de Informática para as aulas, contudo, as informações existentes são pontuais e informais. Como tal, neste primeiro plano TIC, a questão curricular não é prioritária.

3.4.2.1. Página web - ESS
Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Luis Varela Conselho Executivo e Coordenadores de Projectos/Actividades Comunidade escolar e comunidade envolvente Proporcionar um espaço privilegiado de comunicação com a comunidade escolar e comunidade envolvente; Disponibilizar informação actualizada e pertinente, que ilustre de forma correcta a vida da Escola; Dar uma maior visibilidade externa da Escola e das suas actividades; Estruturação e Actualização da página; Simplificação do esquema de navegação; Divulgação de actividades e projectos da Escola; Criação de canais de comunicação que simplifiquem o processo de comunicação das actividades desenvolvidas. www. esec-sampaio.net Operacionalização da Equipa TIC

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento: Metas:

- Apoiar a equipa da página web na criação de mecanismos que permitam um maior envolvimento de professores e alunos na actualização da página. - Pelo menos 10 professores envolvidos na actualização da página; - Participação da Associação de Estudantes e da Associação de Pais.

Escola Secundária de Sampaio

40

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.4.2.2. Moodle - Sec. Sampaio
Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Luis Varela Vários (pertencentes a diversos grupos disciplinares) Comunidade escolar Estruturar e Manter a plataforma Moodle da Escola operacional; Promover a adopção de práticas que levem ao envolvimento dos alunos em trabalho prático com as TIC; Promover a utilização das TIC como ferramenta transversal ao Currículo; Estimular a utilização de estratégias pedagógicas promotoras de metodologias inovadoras; Preparar progressivamente os professores para a utilização interactiva e colaborativa do Moodle; Criar disciplinas de disponibilização de recursos de interesse para professores e fóruns de comunicação interna. Estruturação e manutenção da plataforma; Gestão de utilizadores; Formação dos utilizadores; Divulgação de boas práticas; Exemplificação de actividades-tipo; Realização de estatísticas de utilização; Levantamento de necessidades de formação. www.partilhar.esec-sampaio.net Operacionalização da Equipa TIC

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

- Apoiar o trabalho desenvolvido pelo Coordenador da plataforma; - Articular a formação com as oficinas de formação internas; - Incentivar os professores a desenvolver actividades inovadoras de interacção com os alunos. - Aumentar em 50% os professores que utilizam o Moodle interactivamente (actualmente são cerca de 20 – aprox. 20%).

Metas:

3.4.2.3. Projecto “DADUS”
Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Luis Varela Equipa TIC e professores do 3º Ciclo Alunos do 3º Ciclo Apresentar e Divulgar o projecto à comunidade escolar; Sensibilizar os alunos para as questões de protecção de dados e da privacidade; Promover uma utilização consciente das novas tecnologias e desenvolver a consciência cívica dos jovens.

Objectivos gerais:

Escola Secundária de Sampaio

41

Plano de Integração das TIC – 2007/2009
Apresentação do projecto aos professores do 3º ciclo; Sessões de sensibilização para a problemática junto dos alunos do 3º Ciclo; Oficinas “Dadus” em aulas de Formação Cívica. http://dadus.cnpd.pt Operacionalização da Equipa TIC Estratégias de Apoio/Acompanhamento: - Preparação das sessões de apresentação e esclarecimento sobre o projecto; - Formação aos professores da disciplina de Formação Cívica; - Divulgação do projecto (Cartazes, folhetos e página web). - Abranger todas as turmas do 3º ciclo com uma sessão de sensibilização até Jun.08; - Oficina de Formação sobre o projecto “Dadus” até Jul.08; - Início das sessões indicadas no site oficial em Set.08 até Jun.09.

Actividades:

Página web:

Metas:

3.4.2.4. Jornal Opinião

Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Roque Oliveira Carmen Pragana Professores e Alunos do ensino básico e secundário Recolher, organizar, montar e publicar o jornal escolar; Oferecer a consulta e a colaboração via Internet utilizando a plataforma Moodle; Elaboração do jornal (Word, PageMaker e Photoshop); Colocação online do jornal (Moodle); Distribuição digital do Jornal (Professores e alunos). http://moodle15.escolasdesesimbra.net/course/view.php?id=271 Operacionalização da Equipa TIC

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

- Divulgação de diferentes ferramentas para a colocação do jornal online; - Apoio na configuração e manutenção da plataforma criada. - Utilização de uma plataforma específica de edição de jornais online até Jun.09; - Distribuição da versão digital por correio electrónico até Dez.08 ( 80% dos professores em 2007/2008; 100% dos professores em 2008/2009; 50 % dos alunos em 2008/2009).

Metas:

Escola Secundária de Sampaio

42

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.4.2.5. Iniciativa Escola, Professores e Computadores Portáteis

Intervenientes e Actividades

Coordenador(es):

Luis Varela Jorge Lopes, Paula Santos, Paula Alves, Margarida Janeiro, Olga Paulino, José Caeiro, António Ferraria, Manuela Silva, Prudência Valente e Maria Teresa Pinto. Professores e Alunos do ensino básico e secundário Envolver os alunos em actividades práticas com as TIC; Utilizar metodologias activas e participativas, com recursos às TIC, no processo de ensino-aprendizagem; Utilizar as TIC como ferramentas transversais ao currículo; Estimular práticas inovadoras por parte dos professores envolvidos; Pesquisar, produzir, utilizar e avaliar recursos educativos digitais potenciadores da construção do conhecimento; Integrar ferramentas de comunicação e interacção à distância (síncrona e assíncrona), no processo de ensino-aprendizagem; Utilizar software específico no apoio às diversas actividades; Assegurar a utilização das TIC pelos grupos sociais desfavorecidos; Utilizar ambientes online sustentados em ferramentas de comunicação na prática pedagógica; Promover o trabalho cooperativo entre professores na Internet e partilha de tarefas e conhecimentos; Prolongar os momentos de aprendizagem no tempo e no espaço, fomentando a disponibilização online de recursos educativos; Construir materiais didácticos que possam ser experimentados e validados com alunos. Dinamização de disciplina no Moodle para apoiar a coordenação e promover o trabalho colaborativo entre professores; Utilização dos computadores portáteis em contextos curriculares e extracurriculares com os alunos; Utilização dos computadores portáteis pelos professores para fins individuais e profissionais; Elaboração de três edições da nota informativa com divulgação dos objectivos e das actividades desenvolvidas ao longo do ano; Criação de página Web com divulgação dos produtos desenvolvidos no âmbito do projecto; Criação do blog do Projecto; Avaliação intermédia e final. Ainda não. Operacionalização da Equipa TIC

Professor(es) envolvido(s):

Destinatários:

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

- Acompanhar as actividades e a avaliação do Projecto; - Apoiar professores envolvidos no projecto que revelem algumas dificuldades no âmbito das TIC; -Incentivar a criação da página web (ou de artigos na página da Escola. - Criação de uma plataforma de comunicação das actividades e produtos resultantes do projecto.

Metas:

Escola Secundária de Sampaio

43

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.4.2.6. 1º Concurso de Produção de Conteúdos Educativos - CRE - Virtual

Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Luis Varela Idalina Costa, Mª João Cordeiro Comunidade escolar Criar canais de comunicação entre prof. e alunos e comunidade; Gerar dinâmicas trabalho distintas das da sala de aula; Aproveitar as potencialidades da Internet para promover o acesso à informação, selecção e tratamento; Criar espaços de partilha de ideias, pensamentos, materiais (discussão/reflexão). Publicação de notícias sobre a BE/CRE (online); Dinamização de uma visita virtual aos espaços existentes na BE/CRE (fotografia/vídeo); Divulgação das actividades desenvolvidas na BE/CRE; Criação de uma biblioteca digital colaborativa; Criação de espaços virtuais ( fóruns de discussão, ligações úteis, Downloads, etc.). www.partilhar.esec-sampaio.net Operacionalização da Equipa TIC

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

- Disponibilizar os meios (equipamentos) e o apoio na realização das actividades propostas; - Acompanhar o processo de estruturação do portal; - Divulgar o projecto aos professores e alunos. - Tornar o portal operacional e dinâmico e potenciar a utilização dos recursos pelos alunos e professores.

Metas:

3.4.2.7. Portal de Desporto
Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Fernando Tavares Professores de Educação Física Comunidade escolar - Criar plataforma de comunicação de informações sobre Desporto na Escola; - Melhoria na comunicação interna e externa; - Dar visibilidade às actividades desportivas em que participam alunos da Escola; - Potenciar a utilização do software Fitnessgram em rede por professores e alunos; - Divulgação do modo de funcionamento e configuração do Fitnessgram;

Objectivos gerais:

Escola Secundária de Sampaio

44

Plano de Integração das TIC – 2007/2009
- Instalação, estruturação e manutenção de uma plataforma de gestão de conteúdos no domínio do projecto; - Actualização do portal com informações relevantes das actividades desportivas da Escola; - Instalação do Fitnessgram; - Utilização do Fitnessgram em aula com os alunos; www.desporto.esec-sampaio.net Operacionalização da Equipa TIC Estratégias de Apoio/Acompanhamento: Metas: - Apoiar a instalação da plataforma de gestão de conteúdos (joomla); - Intermediar a instalação do Fitnessgram nas salas TIC e BE/CRE. - Colocação do portal online até Dez.08; - funcionamento do Fitnessgram em rede até Abr.09.

Actividades:

Página web:

3.4.2.8. Plano de Acção para a Matemática

Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Jorge Luz Todos os professores de Matemática do 3º Ciclo Alunos do 3º Ciclo Utilização das TIC na leccionação/aprendizagem dos conteúdos, na avaliação e na gestão da informação tanto na óptica do aluno na disciplina como na direcção de turma. Apresentações electrónicas de trabalhos de grupo (Powerpoint); Pesquisa orientada de informação na Internet e posterior selecção de links a colocar na página da Escola; Utilização de WebQuests sobre temáticas relacionadas com os conteúdos leccionados; Planificação de unidades temáticas com recurso às TIC na disciplina de Matemática do 7º e 9º anos; Elaboração/partilha de materiais didácticos baseados em programas/software educativo como sejam: o Cabri–Géomètre, GSP e Poly (geometria); o Graphmatica (funções); o ClicMat (CD-ROM editado pela DGDIC; o Geogebra. Criação de um “blog” da responsabilidade dos professores do projecto para reflexão crítica especializada; Definição de critérios e criação de um livro da turma (folhas de cálculo em Excel) para avaliação dos alunos; Gestão da informação inerente ao trabalho de direcção de turma: registo de faltas, informações aos EE, correio electrónico, actualização da página da Escola relacionada com a avaliação, sala de estudo, etc. Tratamento estatístico dos resultados dos alunos para posterior análise e discussão. Investigação, exploração e avaliação de sites na Internet, no âmbito da disciplina. O que se utiliza: Plataforma Moodle, Microsoft Word; Microsoft Excel Páginas web; Webquests (Frontpage/Word); Software educativo; Geogebra; Plataforma para criação de blog (blogger); Computadores portáteis (nº de alunos); Quadro Interactivo. Impressora; Projector de vídeo

Objectivos gerais:

Actividades:

Escola Secundária de Sampaio

45

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

Página web:

http://moodle15.escolasdesesimbra.net/course/view.php?id=11 Operacionalização da Equipa TIC

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

- Apoio na preparação/formação dos nas ferramentas em que sejam detectadas dificuldades; - Apoio na publicação de materiais na página da Escola; - Divulgação dos resultados do Plano. - Potenciar a criação de plataformas online (Blog, Webquests e Moodle; - Fomentar a utilização nas TIC das aulas de Matemática por parte da maioria dos professores – 10% das aulas.

Metas:

3.4.2.9. Oficina de Manutenção de Computadores “Dr. PC”

Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Vânia Janela Os professores da área técnica do curso profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Comunidade escolar Colmatar deficiências na área técnica do curso profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos; Promover um projecto para e com a comunidade escolar. Diagnóstico e reparação de material informático; Pequenas oficinas de formação; Voluntariado; Criação de um Website e de um fórum; Criação de um base de dados para gestão da oficina. www.drPC.esec-sampaio.net Operacionalização da Equipa TIC •

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

• •

Dinamizar, conjuntamente com os alunos e professores dos Cursos de Informática, pequenas oficinas de formação; Direccionar para a oficina todo o equipamento com avaria; Apoiar a criação de uma plataforma para gestão de fóruns.

Metas:

- Incentivar a continuidade do Projecto com novas turmas do Curso Profissional. - Utilizar os serviços da Oficina em pelo menos 50% das avarias detectadas (Hardware e Software) nos equipamentos da Escola.

Escola Secundária de Sampaio

46

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.4.2.10. BookCrossing

Intervenientes e Actividades

Coordenador(es): Professor(es) envolvido(s): Destinatários:

Idalina Costa Isabel Gouveia, Catarina Gonçalves e Luis Varela Comunidade escolar e comunidade Bookcrossing - Criar e promover hábitos de leitura; - Contactar contextos de géneros e temas variados; - Fomentar o gosto pessoal pela leitura; - Possibilitar aos elementos da comunidade escolar a participação de uma comunidade mundial de leitura. - Criação de um espaço para colocação dos livros; - Decorar com cartazes informativos do movimento Bookcrossing; - Registo da Escola como zona oficial de bookcrossing; - Divulgação sobre o Bookcrossing (Página da Escola, portal da BE/CRE, Vitrinas, etc.). Site oficial do Bookcrossing – www.bookcrossing.com Operacionalização da Equipa TIC

Objectivos gerais:

Actividades:

Página web:

Estratégias de Apoio/Acompanhamento:

- Apoio aos alunos na inscrição no site oficial do Bookcrossing - Divulgação da iniciativa no site da Escola (Regras, Registos, documentos orientadores do projecto); - Apoio no registo zona oficial de Crossing. - Realizar todas as actividades de apoio/acompanhamento descritas na linha anterior.

Metas:

Escola Secundária de Sampaio

47

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

3.5. TIC no apoio à comunicação Interna e Externa
A Equipa TIC, através do presente plano, irá tentar desenvolver estratégias para proporcionar uma melhoria acentuada na comunicação entre os elementos da comunidade escolar e também com a comunidade envolvente. Será desenvolvido um trabalho no sentido de criar condições para que exista mais e melhor informação em circulação interna (Circulares, ofícios, informações), e também na comunicação com a comunidade envolvente, especialmente, com os Encarregados de Educação. A equipa TIC propõe:
Estratégias/Actividades Criar um canal de comunicação directo, via e-mail, com todos os professores (Rentabilização da plataforma Moodle); Incentivar a criação de uma Newsletter do Conselho Executivo com as informações mais importantes sobre aspectos directamente relacionados com a Escola e com a classe docente; Proporcionar o envio (por mail) de todos os números do Jornal Opinião e da Nota Informativa CREscendo em formato digital para professores e alunos; Analisar a possibilidade de criação de um canal interno de vídeo com transmissão de notícias da Escola e Divulgação das actividades através de televisão (parceria com projecto do professor Sérgio Galvão); Utilizar a página da Escola com notícias e divulgação de actividades e projectos desenvolvidos na Escola, em parceria com os professores dinamizadores; Criar um espaço online e na sala de professores (Placard) de divulgação de todas as novidades (Formação, projectos, ferramentas, etc.) relacionadas com as TIC; Metas 100% de professores inscritos no final do ano lectivo 2008/2009. Uma edição no ano 2007/2008; 3 edições no ano 2008/2009.

80% dos professores em 2007/2008; 100% dos professores em 2008/2009; 50 % dos alunos em 2008/2009. 1 Televisor até 2008/2009.

50% dos projectos realizados na Escola deverão colaborar activamente com a página web em 2008/2009. Criar e Dinamizar um espaço (placard) na sala de professores até final do ano lectivo 2007/2008; Criar site da Equipa TIC até final do ano de 2008.

3.6. Formação
Pelas diversas constatações verificadas no passado ano lectivo pelo Coordenador TIC, pelos contactos informais com os colegas, pela baixa adesão dos professores à utilização das TIC em contextos curriculares e extra-curriculares e pela análise do questionário realizado no diagnóstico, a Equipa TIC e os órgãos de gestão determinam que a componente de formação nesta área é uma prioridade. Para tal, os professores da Escola poderão socorrer-se das oficinas de curta-duração a realizar na Escola em contextos específicos e/ou pela formação externa (creditada) disponibilizada pelos Centros de Formação. No primeiro caso, a Equipa TIC, após ter analisado as necessidades reveladas pelo corpo docente, irá elaborar um plano de formação para o biénio 2007/2009. Estas oficinas irão iniciar em Fevereiro de 2008 e serão concluídas em Junho de 2009. Tratam-se de sessões de 90 minutos com um número dependente do nível de dificuldade e do decorrer de cada sessão. As oficinas serão dedicadas às ferramentas TIC e à sua utilização em contextos diversos, levando sempre em linha de conta as necessidades detectadas, sendo direccionadas para a resolução desses problemas suscitados. No segundo caso, a Equipa TIC irá fazer um levantamento de
Escola Secundária de Sampaio 48

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

acções/oficinas de formação sobre a utilização das TIC em contextos disciplinares e não disciplinares até ao Novembro de 2008 para apresentar no plano de formação da Escola e ao CFAE de Sesimbra.

3.6.1. Formação Interna (Oficinas de Curta-duração) Até ao final do ano lectivo 2007/2008 existe um conjunto de temáticas que serão trabalhadas nas várias sessões, salvaguardando sempre a possibilidade de existirem outras que resultem de dificuldades sentidas numa determinada área:
Nº 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Designação da Oficina de Curta-Duração Tratamento de imagem - conceitos básicos Fórmulas básicas no Excel (Apoio na criação de tabelas de avaliação) Iniciação ao PowerPoint - Conteúdos e Design Hardware - Detecção de pequenos problemas Impressão em série Cabeçalhos e Rodapés (Secções) Índices Automáticos no Word - Formatação de estilos Hardware - Portáteis e Projectores de vídeo Imagens no Word Tabelas no Word Galerias de imagens na Internet Internet Explorer (Histórico, Favoritos e Motores de busca) Organização de documentos (Ficheiros e Pastas) - Windows XP básico Utilização do webmail (Gmail ou Hotmail) Criação de um blog Access – Criação e Tratamento de uma base de dados (Prof. Sérgio Galvão) Criação de página web – Frontpage

3.6.2. Formação Externa (CFAE de Sesimbra) Neste momento, o CFAE de Sesimbra ainda não apresentou o Plano de Formação para 2008/2009. Contudo, a Escola apresentou um plano de formação proposto pelos diversos departamentos, no qual se incluem diversas acções no âmbito das TIC. Neste plano, a Equipa TIC ainda não manifestou directamente um papel activo devido ao facto de ter sido constituída em Setembro de 2007 e o plano estar concluído em Dezembro do mesmo ano. Nessa altura, este aspecto ainda não tinha sido definido como uma prioridade, contudo, todos os elementos apresentaram propostas de acções de formação, algumas com especial incidência na área das TIC. Com foi referido anteriormente, no próximo plano de formação, a Equipa TIC irá ter um papel decisivo na selecção e apresentação de acções relevantes para o contexto desta Escola.

3.7. Plano Tecnológico para a Educação
Depois de analisar a Resolução do Conselho de Ministros nº 137/2007 publicada no nº 180 da 1ª Série do Diário da República de 18 de Setembro de 2007, e de acompanhar online as várias etapas do processo, a Equipa TIC

Escola Secundária de Sampaio

49

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

assume algumas responsabilidades nesta iniciativa de modernização das escolas e na intenção de mudança de práticas num curto prazo. Essas responsabilidades irão estar inerentes e limitadas às responsabilidades dos elementos da equipa ao nível da Escola. Portanto, será importante salientar que até ao momento, não foram pedidas opiniões à Escola sobre qualquer um dos projectos adjacentes ao Plano Tecnológico para a Educação, mas julgamos que será devido, exclusivamente, aos timings actuais dos mesmos. Por conseguinte, os elementos desta equipa acolhem com satisfação a maioria das medidas a implementar e irão, nesta primeira fase, iniciar um processo de informação à comunidade sobre as medidas que irão ser implementadas até 2010. Com este Plano Tecnológico, o Ministério da Educação pretente atingir os seguintes objectivos:
• Garantir o apetrechamento informático das escolas: • 2 Alunos por Computador até 2010; • 1 Quadro Interactivo por cada 3 salas de aula; • Internet de Banda Larga (48 Mbps até 2010); • Internet em todas as salas de aula; • Cartão Electrónico do Aluno; • Sistema de Vídeo Vigilância; Apoiar o desenvolvimento de conteúdos; Apostar na formação de professores em TIC; Promover a generalização de portefólios de actividades em suporte digital; Fomentar o desenvolvimento e uso das TIC por cidadãos com necessidades especiais; Reforçar a divulgação de boas práticas e do sistema de monitorização de progressos; Promover Open Source, reforçar a privacidade, a segurança e a fiabilidade dos sistemas TIC.

• • • • • • •

Seguidamente serão apresentadas algumas actividades que irão ser dinamizadas no biénio 2007/2009:
Eixos de Actuação Actividades - Divulgação dos vários projectos; - Levantamento das necessidades por departamento no sentido de elaborar um plano de instalação do Kit Tecnológico Escola (Quadros Interactivos) e respectiva localização; - Levantamento das localizações estratégicas para a Rede de Área Local (Servidor, Tomadas, Switch’s, etc.); - Elaboração de um mapa da futura rede local; - Levantamento de locais estratégicos e prioritários para a colocação de câmaras de video-vigilância. - Análise do Projecto Mais-Escola.pt; - Divulgação do Projecto aos professores; - Análise do Projecto Escola Simplex; - Elaboração de um plano de formação para o pessoal não docente da secretaria; - Formação base nas aplicações resultantes do projecto. - Análise do Projecto de Formação e Certificação de Competências TIC; - Análise das potencialidades do Projecto Avaliação Electrónica. Previsão Fev.08 – Jul.08 Jul.08 – Out.08

Tecnologia

Abr.08 – Jul.08

Mar.08-Jul.08 Jul.08 – Set.08 Set.08 – Dez.08 Set.08 – Dez.08 Jan.09 Jan.09 – Jul.09 Set.08 – Dez.08 Jan.09

Conteúdos

Formação

Para ilustrar a brevidade deste processo apresentamos a calendarização apresentada pelo Ministério da Educação para a implementação das várias medidas previstas no Plano Tecnológico para a Educação. Notese que esta calendarização já sofreu alguns ajustes, no entanto registe-se que o apetrechamento das

Escola Secundária de Sampaio

50

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

escolas será uma realidade num curto-prazo. As várias fases de cada projecto poderão ser acompanhadas no site oficial – http://www.escola.gov.pt.

Escola Secundária de Sampaio

51

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

4. Parcerias
Para a implementação do presente plano, inicialmente iremos contar com o apoio das seguintes instituições: CFAE de Sesimbra Escola Superior de Educação de Setúbal CC CRIE da Escola Superior de Educação de Setúbal CRIE

O CC CRIE da Escola Superior de Educação de Setúbal irá acompanhar o processo de elaboração, implementação e avaliação do presente Plano TIC.

CC CRIE – Consultor
Nome e-mail Morada João Vitor Torres jtorres@ese.ips.pt crie@ese.ips.pt Centro de Competência CRIE Escola Superior de Educação Campus do IPS – Estefanilha 2914-504 – Setúbal 265710840 265710810

Telefone Fax

5. Acompanhamento e Avaliação
O acompanhamento do Plano TIC será realizado de duas formas distintas: acompanhamento interno e externo. Estes dois modelos poderão proporcionar resultados mais realistas e visões distintas de todo o processo de implementação. A Avaliação será sobretudo interna, no entanto, o CC CRIE da ESE de Setúbal que irá acompanhar a nossa Escola poderá emitir um parecer avaliativo dos procedimentos e resultados deste processo. Irá ser realizado um processo de colaboração na elaboração de grelhas para aferição do cumprimento ou incumprimento das metas e objectivos traçados neste plano. O Coordenador TIC irá acompanhar a implementação do plano com o apoio do Presidente do Conselho Executivo. Irão existir momentos intermédios de avaliação das actividades para efectuar o ponto da situação do plano e realizar alguns ajustes sempre que necessário. A avaliação irá incidir, principalmente, na aferição do cumprimento de objectivos e metas, mas também da análise de resultados produzidos com a implementação. Serão realizados, no final de do ano lectivo 2008/2009 questionários a todos os elementos envolvidos para sentir a opinião, os aspectos positivos e negativos e recolher dados que possam ser úteis à elaboração do próximo plano.

Escola Secundária de Sampaio

52

Plano de Integração das TIC – 2007/2009

6. Considerações Finais
Este plano constitui um documento orientador e integrador de actividades que envolvam a utilização das TIC. Pretende-se, no caso da nossa Escola, que os vários agentes se consciencializem para a importância e potencialidades das várias metodologias TIC para que, após preparação orientada, possam alterar progressivamente, algumas práticas pedagógicas. Esta Integração verifica-se nos seguintes quadrantes da vida escolar: Curricular, Extra-Curricular e Gestão e Administração. As actividades previstas poderão sofrer remodelações ao longo do biénio lectivo 2007/2009 por se tratar de um processo flexível e muitas vezes imprevisível. A Equipa TIC refere que: Serão realizadas todas as actividades previstas dentro do que for profissional e humanamente possível; O facto de não terem sido referenciados todos os projectos/actividades da Escola não é sinónimo de discriminação e descridibilidade; Todos os projectos não referenciados e todas as novas propostas poderão ser apoiadas e acompanhadas pela Equipa; No ano lectivo 2008/2009 seria muito útil que a Equipa TIC fosse ampliada e que fossem analisadas as horas da componente de estabelecimento atribuídas aos elementos que a constituem; O trabalho e empenho desta Equipa deverá contribuir para a valorização profissional, pessoal e académica dos elementos da comunidade escolar; Será fundamental a colaboração e cooperação de todos os agentes que intervenham neste processo.

Para concluir, a Equipa TIC deixa algumas ideias que poderão ser utilizadas como ponto de partida para o próximo Plano TIC:
• Divulgação de ferramentas Open Source; o Workshops, Demonstrações; o Processo de transição progressiva para Software Open Source; Inquérito aos alunos e funcionários sobre as TIC; Formação para funcionários – Escola Simplex, GIAE, etc. Formação contextualizada para professores– Actividades TIC para a sala de aula (Por grupo disciplinar); Formação PRO – Validação de competências TIC; Intranet da Escola Secundária de Sampaio;

• • • • •

Escola Secundária de Sampaio

53

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful