Você está na página 1de 6

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Desafios. Acções


Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
Literatura identifica a implementar

A criação da Quantidade de
Dispersão de figura de áreas/tarefas
tarefas do Professor Professor trabalhadas, que
Bibliotecário Bibliotecário a poderão limitar a
Aproveitar a
Liderança. (lecciona uma tempo inteiro. sua qualidade,
Capacidade de mudança de
Relacionamento com a turma, por opção A criação dos principalmente
liderança. espaço, para um
comunidade escolar. própria, e integra a grupos de quando as equipas
Bom relacionamento salto qualitativo
Avaliação do trabalho equipa do trabalho são reduzidas.
com professores e em termos de
desenvolvido pela BE. Observatório de concelhios e a Pouca formação
Competências Direcção da escola. imagem da BE na
Domínio das TIC. Qualidade, por dinâmica criada contínua
do professor Número significativo escola.
Literacia da nomeação da pela RBE, através disponível em
bibliotecário de horas de Apostar no
informação. Direcção). dos seus alguns dos
formação contínua. marketing, de
Promoção da A mudança de coordenadores domínios de
Domínio razoável forma a fazer
construção do paradigma da BE inter-concelhios. intervenção,
das TIC. chegar a
conhecimento próprio para a intervenção A mudança para nomadamente ao
mensagem a toda
dos utilizadores. na actividade um novo espaço, nível da
a escola
curricular, sem maior, fruto da articulação
oferta de formação política de curricular, entre
contínua nessa área. modernização das outros.
escolas.

António Santos (7/11/2009) Página 1


Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Desafios. Acções


Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
Literatura identifica a implementar

Direcção pensar
que com uma
Primeira vez com
pessoa a tempo
Professor
inteiro, não é
Documentos bibliotecário a
preciso mais gente
orientadores: Inexistência de um tempo inteiro.
na BE (não sinto Recolha
regimento, plano de orçamento anual. Mudança para um
esta ameaça na sistemática de
Criação de um acção para 2009-13, Recursos humanos, novo espaço,
minha escola, mas evidências como
ambiente de propicio à plano de actividades. docentes, limitados certamente bem
pelo que vou instrumento de
aprendizagem. Perfil, número (3) e pelas equipado,
conversando com gestão.
Redefinição do papel da formação dos condicionantes dos esperamos nós, e
alguns colegas, Sensibilização
Organização e BE, no sentido da Assistentes horários maior.
ela estará na constante da
Gestão da BE promoção da Operacionais. Espaço, em alguns Modelo de auto-
cabeça de alguns comunidade
construção do saber. Catálogo momentos, avaliação das BE,
directores). escolar, para a
Utilização das informatizado insuficiente para aplicámos no ano
A evolução evolução do papel
potencialidades das disponível para manutenção de um passado e este
tecnológica, para das BE, com a
TIC. consulta dos utentes. ambiente propício ano há já
além do fundo entrada no séc.
Parceria com a BM ao trabalho, face ao alterações no
documental, XXI.
na área da número de utentes funcionamento,
obriga a um
catalogação em função dessa
constante
avaliação.
investimento na
BE

António Santos (7/11/2009) Página 2


Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Desafios. Acções


Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
Literatura identifica a implementar
Auscultação da A arrumação do O que fazer com Elaboração do
Orçamento em grande
comunidade escolar, acervo está a ser os documentos documento de
parte destinado à
para a aquisição alterada para a mais antigos? Política de
actualização de
documental. C.D.U., processo Criação do Ausência de Desenvolvimento
equipamento.
Investimento demorado e ainda catálogo formação da Colecção.
Importância do acesso à
significativo da não terminado. concelhio. relativamente a Atribuição de um
informação em contra-
escola, em fundo Ausência de Possibilidade de políticas de orçamento anual,
ponto com a sua posse,
Gestão da documental. documento de participar em desbaste de por parte da
fruto das
Colecção Catálogo Política de diversos colecção. Direcção.
potencialidades
informatizado e Desenvolvimento concursos/apoios Evolução ao nível Procura de apoios
proporcionadas pelas
disponível para os da Colecção. para reforço da tecnológico e de em diferentes
novas tecnologias.
utentes. Falta de articulação colecção produção de programas/project
Organização da
Existência de com restantes BE e informação, como os.
informação digital.
Manual de BM. manter a BE Criação de uma
Procedimentos Fundo digital. actualizada? biblioteca virtual.
A BE como Importância atribuída à Formação de Ainda não Longa prática, em Realização de
espaço de literacia da informação. utilizadores. conseguimos Definição legal que a BE foi experiência piloto
conhecimento Papel da BE na Trabalho no âmbito articular com os das competências esquecida no com alguns prof.
e construção do da literacia da professores, na do Professor trabalho do prof. mais abertos ao
aprendizagem. conhecimento. informação, preparação do seu Bibliotecário. com os alunos. trabalho
Trabalho Importância da realizado na Área trabalho curricular. Abertura da Excesso de trabalho cooperativo, que
colaborativo e integração do trabalho Projecto do 3º ciclo. O Professor Direcção para dos docentes, que posteriormente
articulado com da BE, no apoio à Existência de vários Bibliotecário não apoio ao trabalho os limita na sirva de exemplo
Departamentos prática das diferentes guiões de apoio ao integra o Conselho da BE abertura para para alargar a
e docentes. disciplinas curriculares. trabalho dos alunos. Pedagógico novos caminhos. experiência.

António Santos (7/11/2009) Página 3


Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Desafios. Acções


Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
Literatura identifica a implementar
Trabalho realizado
na Área Projecto do
3º Ciclo, no âmbito
Interesses dos Diagnóstico de
da literacia da PNL, realizámos
alunos por outras capacidades e
informação. este ano o registo
actividades, que interesses dos
Recepção dos novos da escola, relativo
Fundamental no Ainda não obriga a uma alunos, na área da
Formação alunos da escola pela ao 3º Ciclo e ao
trabalho de construção conseguimos grande leitura.
para a leitura equipa da Mediateca. CNO.
do conhecimento do envolver os criatividade na Formação
e para as A existência de um Sensibilizar os
aluno, transversal a Encarregados de promoção do contínua dos
literacias Clube de Poesia e de Encarregados
todo o currículo Educação. livro, de forma a Professores
uma Oficina da Educação para a
este ser Bibliotecários, na
Palavra. importância da
suficientemente área da leitura e
Fundo documental leitura.
atractivo. das literacias
actualizada,
procurando ter
novidades editoriais.
Adaptação do fundo Investimento na A constante
documental, à área criação de um fundo evolução
digital. documental digital tecnológica, que
BE e os novos Desenvolvimento de atractivo. obriga a um Criação de um
Ausência de fundo Articulação com
ambientes literacias na utilização Formação dos alunos sistemático fundo documental
digital on-line o PTE.
digitais. das TIC, necessidade do 3º Ciclo, no investimento em digital on-line.
não só de saber utilizar, âmbito da AP que, tecnologia, de
mas também de saber entre outros assuntos, forma a não
encontrar o melhor se debruçou sobre as proporcionarmos

António Santos (7/11/2009) Página 4


Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Desafios. Acções


Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
Literatura identifica a implementar
caminho perante o pesquisas na um serviço
“excesso” de internet. obsoleto.
informação. BE razoavelmente
bem equipada. Este
ano foram resolvidos
os maiores
problemas de
funcionamento dos
computadores
Aplicação do
Modelo de Auto-
Avaliação das BE,
Inexistência de
de forma voluntária, Aproveitar o As horas Conseguir que os
valores de
no ano transacto. facto da dispendidas na dados mais
referência nacionais
Reflexão periódica existência de uma sua aplicação que importantes
para análise dos
Sistematização da sobre os dados avaliação acaba por retirar cheguem a toda a
Gestão de dados em relação
recolha de evidências. estatísticos profunda e muito tempo comunidade
evidências/ ao modelo de auto-
Reflexão sistemática, fornecidos pelo rigorosa, para necessário para escolar e sirvam
avaliação. avaliação.
sobre os dados obtidos programa informático mobilizar a outras tarefas, a de alavanca para
Recolha de
de gestão dos escola para executar pelo o
informação ainda
empréstimos, ultrapassar os Professor desenvolvimento
pouco
tomando como pontos fracos Bibliotecário. da BE.
sistematizada.
referência os dados
nacionais publicados
pela RBE

António Santos (7/11/2009) Página 5


Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

Constante actualização/formação da
A BE não como equipa.
espaço de Capacidade de liderança e de
informação, mas relacionamento do Professor
como espaço de Bibliotecário.
Presença do Professor Bibliotecário no
construção e partilha Acção do PB no âmbito do PTE.
CP.
de conhecimentos. Promoção da acção da BE na escola. Muitas áreas de acção dos professores
Colocação da BE, como espaço
Criação de um Capacidade de mobilização da escola em da equipa, com pouca oferta de
nevrálgico da escola, no PE.
ambiente propício à geral e da Direcção, em particular. formação contínua.
Penetração progressiva na acção do
aprendizagem. Espaço atractivo, organizado e com um Professores considerarem o seu trabalho
professor, no âmbito do seu trabalho
Necessidade de ambiente propício à aprendizagem. dentro da sala de aula como um trabalho
curricular.
adaptação constante à Articulação com os diferentes de equipa.
Criação de um fundo documental
evolução do séc. Departamentos Curriculares.
digital, on-line.
XXI, com a inclusão Actualização do fundo documental.
“obrigatória” das TIC Aposta em fundos documentais digitais.
no processo de BE bem equipada em termos
afirmação da BE tecnológicos.

António Santos (7/11/2009) Página 6