Laura e

Tadeu no
Municipal
de Niterói
• Com estreia nesta sextafeira 12, o espetáculo Laura e
Tadeu: União Estável chega a
Niterói prometendo renovar
as perspectivas amorosas. As
apresentações estão programadas para sextas e sábados,
às 20h, e domingos, às 19h.

O JORNAL
DE NITERÓI
ANO 35 • Nº 1.457 • R$ 1,00 • 1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

Pág. 8

Foto: Luciana Carneiro

NORIVAL DE FREITAS

Pág. 3

LICENÇA AMBIENTAL CHEGOU!!!

OBRAS DO TÚNEL CHARITAS-CAFUBÁ COMEÇAM NO FINAL DO MÊS
Pág. 3

Câmara Municipal
critica serviços
da Ampla em Niterói
Pág. 2

VIVAMODA Niterói:
prazo para lojistas vai
só até o dia 18
Pág. 4

II Circuito das Artes
Niterói vai agitar
Icaraí
Pág.11

2

SANTA ROSA

Hospital Psiquiátrico de Jurujuba recebe
doação de instrumentos musicais
• O secretário municipal
de Cultura, Arthur Maia, a
secretária de Saúde, Solange de Oliveira, e a primeira
dama de Niterói, Fernanda
Sixel, estiveram na Unidade Temporária de Atenção
Psicossocial/Hospital Psiquiátrico de Jurujuba para
fazer a doação de instrumentos musicais que serão
utilizados em terapias alternativas com os internos
da instituição.
Os instrumentos foram
recebidos pelo diretor do
hospital, Raldo Bonifácio.
O violão, o piano e a bateria vão para o setor de musicoterapia da unidade e
têm como objetivo ajudar
na recuperação de pacientes como o músico Wigberto Rodrigues, ex-baterista
de Celso Blues Boy e Tim

Foto: Bruno Eduardo Alves

Raldo Bonifácio, Arthur Maia, Fernanda Sixel e Wigberto Rodrigues

Maia, que está internado para
tratamento na instituição desde abril, quando foi acolhido
das ruas por agentes da Prefeitura de Niterói. De acordo
com o psiquiatra Leonardo
Almeida, o contato com a mú-

sica tem ajudado numa
substancial melhora de
Wigberto. Os subsecretários de Cultura Claudio Salles e Kiko Albuquerque
também participaram da
solenidade.

Classe aplaude presidente pela extinção do ‘Cartorão’

Antonio José Barbosa da Silva

Câmara critica serviços
da Ampla em Niterói
• Durante várias horas a população de Niterói teve a
oportunidade de apresentar
na Câmara de Vereadores de
Niterói as suas críticas em relação ao péssimo serviço prestado pela concessionária Ampla. Presidida pelo vereador
Leonardo Giordano (PT) com
o apoio do vereador Paulo
Henrique Oliveira (PPS), a audiência pública debateu assuntos como o reajuste da tarifa, a demora no restabelecimento da energia quando há
interrupções, a poda indiscriminada de árvores quando os
galhos estão próximos da rede
de energia e os investimentos
feitos a partir da privatização
da companhia.
De acordo com Giordano,
os técnicos enviados pela concessionária para participar da
audiência tiveram dificuldades de esclarecer todos os
pontos levantados pela população e as autoridades. “Ficou
claro que a Ampla tem dificuldades de esclarecer tantas dúvidas e críticas da população.
Foram muitas reivindicações
e todos os presentes tiveram

direito de falar, formular perguntas, críticas e apresentar
informações que vão colaborar para o debate promovido
pela Câmara. Há uma possibilidade de fazermos uma nova
CPI contra a Ampla para cobrar melhorias e correções aos
problemas que atingem diretamente o município, como o
caso das podas danosas”, explica Giordano.
O vereador Paulo Henrique,
também autor do pedido de
audiência pública, por sua
vez, criticou a demora para
que a Ampla restabeleça a
energia quando há interrupções. “Me parece que tem uma
diferença absurda quando a
queda de energia ocorre em
bairros pobres com relação
aos bairros ricos. No primeiro
a demora pode chegar até a
dois dias. Já na área nobre,
como na zona Sul, a energia é
religada em menos de uma
hora, em alguns casos”, critica ele, morador do Rio do
Ouro, uma das áreas mais
prejudicadas pela interrupção
de energia no início desse
ano.
Foto: Sergio Gomes

Foto: Ulisses Franceschi

• A advocacia niteroiense
pode comemorar. O presidente
do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, atendeu ao
pedido da OAB/Niterói e extinguiu, de vez, o “Cartorão”.
Estudos da Comissão de Políticas Institucionais e para Eficiência Operacional e Qualidade dos Serviços Judiciais
(Comaq) comprovam que o
objetivo de maximizar o serviço judicial foi frustrado, sem
se verificar na prática o esperado ganho de produtividade.
Luiz Fernando Ribeiro de
Carvalho lembrou que o
“Cartorão” foi criado visando

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

dinamizar a prestação jurisdicional, porém, tornou-se
“uma experiência que não
deu certo, não atendendo
qualquer segmento”.
O presidente da OAB/Niterói, Antonio José Barbosa da
Silva destacou a importante
iniciativa do presidente do
TJ/RJ, que pôs fim ao martírio
e estresse dos advogados”,
afirmou.
“Os nossos advogados são
gratos ao desembargador por
acabar com os cartórios unificados, trazendo mais tranquilidade à advocacia em seu dia
a dia no exercício da profissão”, garantiu o presidente.

O vereador Leonardo Giordano (PT) presidiu, com o apoio do vereador Paulo
Henrique Oliveira (PPS), a audiência pública

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

3

SANTA ROSA

Obras do túnel Charitas-Cafubá começam no final deste mês
Via expressa terá 9,3 km e ligará a Zona Sul de Niterói à Região Oceânica
• A Prefeitura de Niterói recebeu, nesta quarta-feira 10, a licença de instalação da obra da
TransOceânica pelo governador Luiz Fernando Pezão e
pelo secretário estadual do
Ambiente, André Corrêa, em
solenidade no Solar do Jambeiro. Durante a cerimônia, o prefeito anunciou que o túnel terá
o nome do jornalista, fotógrafo
e escritor Luís Antônio Pimentel, falecido recentemente.
O governador ressaltou a
importância da obra para a cidade e a parceria com a Prefeitura de Niterói. “Para mim é
uma emoção muito grande
poder como governador entregar a licença dessa obra, que é
um sonho de Niterói”, afirmou Pezão.
Rodrigo Neves afirmou que
Niterói vive um momento histórico e destacou que a parceria da prefeitura com o governo estadual tem sido fundamental para que as obras do
município sejam tiradas do
papel.
“Nesses dois anos trabalharamos juntos na agenda da
mobilidade. Concluímos o
mergulhão, conseguimos a
duplicação da Avenida do
Contorno e novas barcas para
fazer a travessia Rio-Niterói,

mas a TransOceânica é uma
expectativa de muitos anos.
Vencemos 50 etapas para a
concretização desse projeto”,
afirmou Neves, destacando a
mudança da mobilidade na cidade com a implantação da
TransOceânica. “Há mais de
40 anos a cidade aguarda por
essa obra, que na verdade,
muda o paradigma da mobilidade em Niterói, porque vai
criar uma opção de deslocamento, inclusive para o Centro do Rio. Esse projeto é mais
que um túnel sem pedágio,
que lutamos para derrubar.
Além de ser sem pedágio, vai
melhorar a performance do
transporte público com o BHLS
do Engenho do Mato até Charitas. Estamos trabalhando
com a Secretaria de Transporte
do Estado para reduzir o preço
da tarifa do transporte hidroviário em Charitas, com a implantação de barca social, ou
seja, nos próximos meses teremos o túnel que vai melhorar a
qualidade de vida das pessoas. Já a homenagem a Luís Antônio Pimentel cala fundo no
coração de todos os niteroienses. Estou feliz e orgulhoso em
dar o nome desse grande apaixonado pela cidade ao túnel
da TransOceânica”, disse o

Fotos: Luciana Carneiro

Pezão e Rodrigo Neves: tunel terá o nome do jornalista Luiz Antônio Pimentel

prefeito Rodrigo neves.
O vice-prefeito Axel Grael
acrescentou: “Esse projeto é
mais que um túnel, é um passo importante que estamos
dando para fazer de Niterói
uma cidade mais próxima do
sonho da cidade que queremos. A TransOceânica não foi
apenas projetada para o
transporte motorizado, mas
pela primeira vez teremos um

túnel na Região Metropolitana planejado para bicicleta.
Em todas as galerias haverá
ciclovias, explicou Grael.
Também participaram da
solenidade o secretário estadual de Transportes, Carlos
Osório; o secretário estadual
de Governo, Paulo Melo; o
presidente do Instituto Estadual do Ambiente, Marco Aurélio Porto; a secretária muni-

cipal de Urbanismo, Verena
Andreatta; o procurador geral
do município, Carlos Raposo;
o presidente da Câmara, Paulo Bagueira; o deputado estadual Waldeck Carneiro, entre
outras autoridades estaduais.
A TransOceânica – Obra
viária mais importante de Niterói, começa a sair do papel
com a perfuração do túnel
que ligará Charitas ao Cafubá.
A via expressa terá 9,3 quilômetros de extensão, atenderá
11 bairros da Região Oceânica
de Niterói e transportará cerca
de 80 mil pessoas/dia, além
de contar com ônibus no sistema BHLS (Bus of High Level
of Service), o primeiro implantado na América do Sul, equipados com ar-condicionado e
com portas de ambos os lados.
Os passageiros poderão embarcar em seus próprios bairros. Em seguida, os ônibus
entrarão na faixa exclusiva do
BHLS fazendo o percurso do
Engenho do Mato até Charitas
em 25 minutos, passando por
13 estações e pelo túnel, sem
cobrança de pedágio. O investimento total da obra é de R$
310.894.585,00, com recursos
do governo federal e da Prefeitura de Niterói.

PERIGO NAS ESCOLAS
Téspis de Souza

O

s pais, em geral,
ao matricularem
seus filhos em escolas, sejam públicas ou particulares, não estão dando carta branca aos professores
para que doutrinem o alunado nesta ou naquela direção
político-ideológica. A sua
função, dentro da sala de
aula é, tão só, ensinar as
matérias pertinentes ao nível escolar no qual o aluno
está matriculado. Todavia,
em que pese ser esta a correta forma de se encarar a
questão, temos informações
de que, no Brasil, as esco-

las, e incluo aí as universidades, impõem a forma política de
pensar de seus mestres, influenciando, assim, as gerações
que, vazias de conteúdo, absorvem as sandices ensinadas,
tornando-se cooptadas pelos
“formadores de opinião”, disfarçados de professores. Como
bem disse um determinado articulista gaúcho, cometem o
estupro intelectual, pois as
mentes, juvenis e despreparadas ainda para um raciocínio
com alguma agudeza, se deixam levar por estes estelionatários das gerações vindouras.
E, pior, esta classe de “abusadores mentais” têm a ideologia
comunista como ideal a ser
atingido.
Em recente contato com alu-

nos da Universidade Federal da
Bahia (UFBA) fiquei estarrecido com o que vi. Os alunos, em
geral, estão se filiando aos
partidos da chamada esquerda
brasileira, com vistas a lutarem
pela implantação do regime
castrista em solo sulamericano. Sim, porque sua intenção
não é se limitar ao Brasil, pois
desejam estender sua posição
ideológica aos demais países
vizinhos. A orquestra está sendo montada.
Qualquer tentativa de construir uma ponte de diálogo com
estes jovens é rechaçada como
se o interlocutor fosse inimigo
do povo e aquele que insistir
em mostrar uma visão diferente tem muita chance de conquistar ali um ferrenho adver-

sário, para o qual só a sua forma de ver os fatos é a certa.
Guardadas as devidas proporções, mais parecem alguns
setores da Igreja Evangélica
que abominam toda e qualquer
outra forma de ver o Cristo. O
que está além de sua visão é
coisa do Demo. Radicalismo,
esta é a palavra que está levando nossos dias a se tornarem perigosos dias e tornando
o mundo um lugar cada vez
mais difícil de se viver. É preciso, portanto, que os pais, mais
atentos, procurem saber o que
está sendo ensinado aos filhos
nas escolas, frequentem os
ambientes escolares onde estão matriculados e interajam
com os professores, tudo no
sentido de mostrar que todo e

qualquer desvio comportamental daquele que ensina
pode e deve ser corrigido e
punido. É direito e dever
dos pais fiscalizarem a escola
e o conteúdo escolar. Tal direito está previsto na Lei de
Diretrizes e Bases da Educação e é preciso que se
faça valer, antes que percamos algumas gerações para
este malfadado pensamento ideológico que está ameaçando o futuro de todo o
continente, especialmente o
Brasil. Devemos começar
cuidando do nosso quintal.
Téspis de Souza é jornalista

4

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

Prazo para lojistas se inscreverem
no VIVAMODA Niterói vai só até o dia 18
Grifes de toda a cidade podem participar, sem custo algum
• Lojistas estabelecidos na cidade
tem só até o dia 18 de junho para
se inscreverem – gratuitamente –
no VIVAMODA Niterói, organizado pelo Sindilojas com apoio
da Fecomércio-RJ, do Senac-RJ e
da Prefeitura. O evento será realizado nos dias 14 e 15 de agosto,
e incluirá desfiles de moda em
plena Rua Moreira César, tapetes
vermelhos colocados em trechos
de calçadas, e diversas atividades
ligadas à beleza, realizadas por
equipes do Senac.
Para se inscrever, o interessado
deve enviar e-mail para a caixa

postal vivamoda@pnel.com.br, e
preencher o Termo de Adesão ao
projeto.
Embora os desfiles sejam os
pontos altos, o VIVAMODA incluirá outras atrações. Uma
Carreta-Escola de Moda e Beleza do Senac Rio, por exemplo,
ficará na orla de Icaraí durante
os dois dias do evento. Também neste período, o cruzamento das ruas Lopes Trovão
com Tavares de Macedo será a
“Esquina da Beleza”, com professores de maquiagem, manicure e cabeleireiro, utilizando

mobiliário profissional, atenderão aos transeuntes.
"É importante destacar que o
VIVAMODA será em Icaraí,
mas que lojistas de toda a cidade podem participar, uma vez
que este será um evento para
toda a cidade", ressalta Charbel
Tauil, presidente do Sindilojas
Niterói, que estima um movimento médio de duas mil pessoas por dia no comércio da região durante o evento – mais
até do que no período das vendas de Natal.

CARTAS... CARTAS... CARTAS... CARTAS...
Papagaio de Pirata — É impressionante a postura do vereador Bira Marques (PT), em relação ao puxa-saquismo diário ao
prefeito Rodrigo Neves. Os assessores dizem não aguentar
mais a presença do moço. Onde
quer que o prefeito vá, lá está ele,
sempre ao lado e sempre sorrindo. Sorrindo de quê, cara pálida?
J. Carlos Almeida (professor aposentado)
Mosquitos — Recorrendo ao
Jornal Santa Rosa para comentar
sobre a onda de mosquitos que
está tirando o sossego da população de Icaraí, não nos deixando
dormir direito quando a noite
chega. Espero, através desse conceituado jornal, que as autoridades resolvam esta danosa e crítica
situação.
Thereza Cristina Bastos – Icaraí
Prezada Sílvia — Não sei o
que está acontecendo aqui em
Icaraí com relação aos mosquitos,
pois eles aparecem em grande escala, principalmente à noite, perturbando o sono sagrado dos
moradores. Isto não pode acontecer numa cidade que afirma ter
boa qualidade de vida! A preocupação maior deve ser quanto ao

mosquito da dengue. Socorro senhor prefeito!!!
Lenita Miranda de Oliveira – Icaraí
De peso — Gostei do artigo
“Rodrigo Neves sairá do PT?”,
do jornalista André Santa Rosa.
Muito bem lançado. Quem quiser
sobreviver, terá que sair do partido que renegou todo o seu programa e avançou na coisa pública.
Um abraço do amigo.
Erthal Rocha – Icaraí
Abandono total — A Região
Oceânica de Niterói está abandonada! A violência crescente, ruas
enlameadas e a prefeitura gastará
horrores neste túnel onde, por
certo, uma dinheirama será desviada para o bolso de inúmeros políticos corruptos.
Alan Alves – Itaipu
Às moscas — A Rua 14 do loteamento Argeu Fazendinha, em
Itaipu, vive às moscas. Valas negras a céu aberto, mato tomando
conta da rua, segurança precária,
esgotos entupidos. Onde está a
prefeitura que não cuida dos moradores? Elegemos um candidato
que nos prometia mais atenção e
agora estamos esquecidos!
Caio Duque Estrada – Itaipu

Editora Chefe: Maria Sílvia de Souza Tani (15428 MT)
Diretora: Maria Sílvia de Souza Tani
Assessoria Jurídica: Ennio Figueiredo Júnior
Diagramação: José Rosário (freelancer: 2710-3984)
Distribuição: Ernesto Guadelupe

Vergonha — No Mercado de
Peixe São Pedro, observa-se a
venda de filé de panga como se
fosse de linguado ou filé de pescada. O peixe namorado-batata é
vendido também livremente
como badejo. Não existe fiscalização alguma para acabar esse
comércio nocivo que há tempos
vem lesando fregueses incautos.
Espero que diante dessa denúncia
algo seja efetuado, pois, sinceramente, é uma vergonha para a cidade.
Nilo Sérgio Assunção – Ponta da
Areia
Insegurança — A insegurança
chegou a um ponto insuportável
na cidade. Estamos reféns da bandidagem, sem nenhuma segurança. Assaltos são promovidos com
toda certeza de sucesso devido à
impunidade reinante. Até quando? Perdemos há anos nosso direito de ir e vir e como se isso não
bastasse, vamos perdendo os demais direitos, como o da saúde,
haja vista o estado deplorável da
rede pública. Niterói vai mal e
vamos parar de dizer demagogicamente que a cidade é linda. Isso
faz parte de um passado. Deixemos de sonhar! Vamos cobrar...
Ana Paula Castro Moraes – Centro

NOSSO GRUPO PUBLICIDADE E EDITORA LTDA.
CNPJ: 06.091.234/0001-78
Rua Matoso Maia, 46 • Bairro de Fátima • Niterói
CEP: 24.070-020
Tels.:(21) 2613-0948 / 99751-2915
e-mail: santarosajornal@gmail.com
silviatani@oi.com.br
silviasantarosa26@gmail.com
Matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores

CIRCULAÇÃO: Bairro de Fátima • Boa Viagem • Centro • Charitas • Cubango • Fonseca • Ingá • Icaraí • Jardim Icaraí • Jurujuba
• Pendotiba • Santa Rosa • São Domingos • São Francisco • Região Oceânica • Vital Brazil etc...

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

Vereadores recebem
Secretários para
explicar contratos
públicos
• Os secretários municipais Maria Célia
Vasconcellos, Sec. Executiva; Giovanna
Victer, de Planejamento; Moacir Linhares,
de Administração; e o procurador-geral,
Carlos Raposo, estiveram reunidos no dia
03 de junho, com 20 dos 21 vereadores para
dar informações referentes aos contratos
firmados pela Prefeitura de Niterói com as
empresas Translar e Arkitec e que são alvos
de investigação.
No dia anterior, a reunião foi com o promotor do Ministério Público Estadual, Rubens Vianna, que trabalha no inquérito
sobre os contratos com as empresas que
prestam serviços diversos ao município de
Niterói e os vereadores cobraram da prefeitura respostas sobre requerimentos aprovados em plenário sobre contratos que a
prefeitura mantém, entre eles, os das empresas citadas. O presidente da Câmara,
Paulo Bagueira, disse que espera na próxima semana a chegada das respostas desses
requerimentos e a entrega dos primeiros
documentos referentes aos contratos, para
análise das comissões.
O vereador Bruno Lessa defende a instalação de uma CPI para a investigação das
denúncias e continua coletando assinatura
para a criação da Comissão. São necessárias
sete assinaturas e o vereador conta com o
apoio de quatro vereadores.

Comércio de Niterói
acelera preparativos
para o Dia dos
Namorados

5

SANTA ROSA

Seis estações de trem são revitalizadas para as Olimpíadas
Melhoria do sistema ferroviário será mais um legado para a população
Foto: Divulgação

• Com o objetivo de oferecer mais conforto e segurança aos passageiros de
trem e atender aos padrões definidos
pelo Comitê Olímpico Internacional
(COI), estão sendo investidos R$ 250
milhões em obras de reforma e modernização de seis estações ferroviárias
fluminenses: São Cristóvão, Engenho
de Dentro, Deodoro, Magalhães Bastos, Vila Militar e Ricardo de Albuquerque. O projeto é uma parceria da SuperVia com o Governo de Estado, através de termo assinado em agosto de
2014, para a readequação de investimentos em prol de melhorias na infraestrutura do sistema ferroviário.
— A reforma e ampliação da Estação
Engenho de Dentro trará muito mais
conforto aos passageiros e colocará o
Engenhão nos padrões internacionais.
Durante os Jogos Olímpicos, e também
nas partidas de futebol, teremos capacidade de esvaziar o estádio, com conforto, em até 45 minutos após o encerramento dos eventos. O trem, certamente, será o melhor meio de transporte no acesso ao Engenhão. Mais um
legado para o Rio de Janeiro - disse o
secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio.
As estações — situadas próximas

• Mesmo diante do cenário
econômico nacional negativo, com a
proximidade do Dia dos Namorados
os comerciantes de Niterói estão na
expectativa de um aquecimento nas
vendas que poderá ir de 5 a até 10%,
dependendo do segmento. Segundo
levantamento feito pelo Sindicato
dos Lojistas, o gasto médio com
presentes deverá ficar entre R$ 100 e
R$ 200, com as maiores procuras
recaindo para roupas e acessórios,
perfumaria, chocolates, floricultura,
bares e restaurantes, e CDs e DVDs.
“O Dia dos Namorados já tem
forte peso no calendário do
comércio, ficando atrás apenas do
Natal e do Dia das Mães. Além do
mais, é uma data que vem
‘crescendo’ a cada ano, tendo
impacto cada vez melhor nas vendas
dos lojistas”, comenta Charbel Tauil,
presidente do Sindilojas/Niterói.
“Nos segmentos mais vinculados à
data, os comerciantes já costumam se
preparar adequadamente, investindo
em promoções, ornamentação e
propaganda. Sendo que agora em
2015, em função da crise, vislumbrase uma prioridade maior, por parte
do consumidor, com relação aos
preços praticados. Isto é natural em
momentos de retração econômica, e
não deverá ser diferente agora”, diz
Charbel.

Estação do Engenho de Dentro

a locais que sediarão competições dos
jogos – seguirão aos padrões internacionais de acessibilidade e infraestrutura, em moldes semelhantes ao projeto
da Estação Intermodal do Maracanã,
inaugurada em julho de 2014.
As obras em São Cristóvão, Engenho
de Dentro e Deodoro já estão em anda-

mento, enquanto que as outras três estão em etapa final de projeto e na fase
inicial da contratação dos serviços. As
intervenções nos seis espaços serão
concluídas no primeiro semestre de
2016. Até 2020, serão investidos mais
R$ 376 milhões para reformar todos os
espaços do sistema.

FIM DO CARTORÃO
E o objetivo principal que deu ensejo à criação do ‘Cartorão’, não foi atingido! Se a intenção era agilizar o andamento das ações
com o fim de prestação efetiva da tutela jurisdicional, sem vícios, sem donos de processos, esta restou totalmente frustrada,
uma vez que a desordem tomou conta daContato: ribeiroebastos@gmail.com

quele que deveria ser o mais eficaz dos cartórios. Foram reunidos cinco cartórios, tendo sido o atendimento subdividido em núcleos de acordo com a fase processual.
Para nós, advogados militantes, a experiência foi das piores possíveis, pois além do
péssimo atendimento, demora no processamento, ainda foram criadas regras internas, só
utilizadas pelos
serventuários do
‘Cartorão’, e várias vezes éramos
pegos de surpresa com exigências fora do
comum. Enfim, o
pesadelo, a princípio, parece ter
acabado. Só nos
resta saber que
medidas serão
tomadas para a
reestruturação
dos cinco cartórios, sem que
isso prejudique
mais ainda o andamento dos
processos que
neles tramitam.

Na foto: Bruno Ribeiro e Milena Bastos, sócios da Ribeiro & Bastos – Assessoria Jurídica e Consultoria Educacional.

6

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

O casal Fátima e José Carlos Xavier com Thais Baião e Marcelo Alves

Studio reinaugura com coquetel
Feliz da vida a fisioterapeuta Thais Baião,
reinaugura seu novo Studio de Pilates, em Icaraí
• Thais, que é uma das
Instrutoras de Pilates mais
capacitadas no país, foi
aluna de Lolita San Miguel,
única discípula de Joseph
Pilates, ainda viva, e uma
das poucas a receber das
mãos do próprio Joseph o
seu certificado. Com Lolita,
nos EUA, obteve os títulos
de Pilates Master Trainer e
Second Generation Pilates
Teacher, tendo sido também convidada a compor o
quadro de Educadoras do
Lolita’s Legacy.
Thais, que dia a dia se

torna uma referência nacional do Método Pilates, reformou seu antigo espaço
no Edifício Chicago, para
atender sua clientela ao
lado das instrutoras, Marcela Daher, Karla Simões,
Leticia Ortiz e Tatiana
Trindade.
Acompanhada do marido, o também fisioterapeuta Marcelo Alves, Thais recebeu convidados para delicioso coquetel, onde todos
brindaram ao seu sucesso.
Uma noite brilhante para
pessoas especiais!

Presenças bonitas — Em noite festiva esse grupo se destacou pela elegância, animação,
charme e beleza: Marcos Freitas, Gabriele Lima, Adelma Fonseca, Aline Fidalgo e Marcio
Aleluia, em concorrido coquetel da reinauguração da Ótica Tiffany, em Icaraí. Sucesso!!!

Gisela é sempre destaque — A escritora e
cantora Gisela Peçanha vem se destacando no universo literário. Vencedora do Concurso José Cândido de Carvalho com o conto “Camélia e o Circo” no
mês de março, em Niterói, agora é a vitoriosa no
Prêmio Literário Rubem Alves 2015, na Feira Nacional do Livro/SP. Recebeu também Menção Honrosa no ‘Prêmio Machado de Assis’, da Confraria
Brasil-Portugal.
Gisela tem priorizado a literatura em 2015, após
anos de exclusiva dedicação à música. Parabéns!!!

Exposição — A artista plástica Teresa
Melo expõe suas belíssimas telas no Restaurante Bode Expiatório, em Nova Friburgo,
atraindo um grande público de apreciadores
da região serrana e Niterói. Vale conferir:
Praça Getúlio Vargas 196. Na foto, Teresa
com o sueco Ulf, proprietário do lugar.

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

7

SANTA ROSA

santarosajornal@gmail.com

Seja bemvinda! — Retornando ao
universo cultural do qual esteve algum tempo
afastada, a escritora Belvedere
Bruno faz inúmeros planos,
prometendo
surpresas para
alegria de todos
que admiram
seu belíssimo
trabalho no JSR.
Na foto,
Belvedere e João
Mattesco curtindo novos ares
em clima de
muito amor e
carinho, antecipando o Dia dos
Namorados.

Em alto estilo — Amigos e familiares foram brindados com criteriosa seleção de queijos
e vinhos, uma das paixões do aniversariante, o engenheiro Marcel da Costa Siqueira. As taças usadas na ocasião foram personalizadas na hora e entregues como lembrança a cada um
dos convidados. Ao final, outra paixão do aniversariante: brownies, brigadeiros gourmet e o
bolo também de brownies com frutas vermelhas; não faltaram ainda os tradicionais
chuviscos de Campos, terra natal de sua esposa, a arquiteta Karla Barbosa, que projetou toda
a decoração da belíssima festa. Na foto de Thadeu Fayad, é possível ver estampada a alegria
do momento, nos rostos do casal. Parabéns, Marcel!
Verve — Gostem ou não, mas é
uma verdade indiscutível: o deputado Eduardo Cunha, presidente
da Câmara, deu vida ao insosso
mundo político de Brasília, agitando a massa com suas propostas e
manifestações públicas.
Inteligentemente vai submeter
ao referendo popular a redução da
maioridade penal, por saber que
ela é favorável. Eis os resultados
ultraperigosos para a aprovação
das pesquisas realizadas que sinalizam para esse caminho, facilitado
por essa onda de crimes praticada
por menores de 18 anos: do Conselho Nacional dos Transportes,
em conjunto com o Instituto MDA,
deu 92,7%. Já a do Ibope, 83%. Deu
ou não deu vida à Câmara?
Sem dúvida — O presidente do
TJ, desembargador Luiz Fernando
Ribeiro de Carvalho, foi duplamente homenageado pela Câmara
de Vereadores do Rio. Recebeu a
Medalha Pedro Ernesto, a maior
comenda concedida pelo Legislativo, e o título de Benemérito do
Rio. Iniciativas do vereador Jorge
Manaia, afirmando que a trajetória
humanista do desembargador e as
ações sociais desempenhadas em
sua gestão à frente do TJRJ foram
as razões do reconhecimento. Faz
por onde. Por aqui é também um
exemplo: acabou com o "Cartorão",
a pedido da advocacia de Niterói
através de OAB da cidade.

SOLTINHAS... SOLTINHAS...
SOLTINHAS... SOLTINHAS... 
A médica Maria Dulce Gerk, conceituada especialista    

em terapia por acupuntura, com clínicas em Niterói e
Silva Jardim, foi festejadíssima por sua clientela, amigos e familiares pelo seu aniversário nesta terça-feira,
dia 9. Também recebendo parabéns a sua eficiente secretária, Teresa, aniversariante do dia 13. Registramos
para desejar felicidades!
Com jantar in family, Heloisa Pereira das Neves soprou velinhas ao lado dos filhos André, Benno e Bruna, além da irmã Sílvia Tani, dos netos Clara e
Nicholas e da nora Larissa. Felicidades, Helô!!!
Será na Paróquia Porciúncula de Sant’Ana, em Icaraí, a
cerimônia religiosa do casamento de Viviane e Leonardo, no dia 27 de junho, às 19 horas, unindo as famílias Marlene/Roberto Bellas Tavares; Ana Maria da
Rocha Caldeira e Mário José Rodrigues de Sousa. Detalhes e fotos na próxima edição.
Formandas de 70 do Serviço Social da UFF – “Meninas
de 70-UFF” – se reúnem em todas as segundas quintasfeiras do mês, para almoço de confraternização no restaurante Tenore, em Icaraí. Entre elas, Terezinha
Campos.
Heloisa Helena Mesquita Maciel, representando a
PUC/Rio, participou do I Simpósio Brasileiro de Assistência Social, realizado em Salvador/Ba, apresentou a
palestra – Política de Assistência Social e Plano Decenal:
Breves Apontamentos. Foi aplaudidíssima por representantes de vários estados, inclusive a ex-Ministra do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome,
Drª Márcia Lopes, que hoje é Consultora do Brasil,
onde leva a experiência brasileira em Políticas Sociais.

8

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

CULTURA

ALBERTO ARAÚJO

Foto: Pedro Plá

a.alberto.sousa@bol.com.br

Pimentel não tem
sucessor

Cantor e grupo se apresentam no Municipal

Renato Braz e Maogani em Niterói
• O cantor Renato Braz e o Quarteto Maogani se apresentam
nesta quinta-feira 18, às 19h, no
projeto Palco Aberto do Teatro
Municipal de Niterói. O show
“Canela”, título que dá nome ao
álbum de encontro entre os músicos, tem participação especial
do violinista Maurício Marques
e traz para o público, gêneros
latino-americanos mesclados a
clássicos da música brasileira.
O repertório traz diversos
gêneros populares, da riqueza
rítmica de gêneros como o joropo venezuelano, o festejo peruano e o bambuco colombiano, até
o lirismo contemporâneo argentino e a singeleza da canção chilena, passando pelos clássicos

como o bolero e o tango e, como
não poderia deixar de ser, dialogando com a nossa música. A
trilha sonora deste encontro traz
um olhar brasileiro sobre um
repertório riquíssimo de canções
de diversos países latino americanos, de muitos matizes, cores e
ritmos, tão profundo quanto
pouco conhecido no Brasil.
O Quarteto apresentará seu
novo integrante: Sergio Valdeos,
um dos mais renomados violonistas do Peru, especialista no repertório latino-americano, tendo
atuado por anos como diretor
musical e arranjador da cantora
Susana Baca. Vale conferir!!!
Rua XV de Novembro 35,
Centro.

Eleusa Mancini e Juliano Antunes

Laura e Tadeu no Municipal de Niterói
• Com estreia nesta sexta-feira
12, o espetáculo Laura e Tadeu:
União Estável chega ao Teatro
Municipal de Niterói prometendo renovar as perspectivas amorosas. Com apresentações programadas para sextas e sábados,
às 20h, e domingos, às 19h, a
peça tem direção de Marcos Árcher, texto e atuação de Eleusa
Mancini e Juliano Antunes, que
misturam teatro, música e vídeo.
Em cartaz até 21 de junho.

A comédia dramática, conta a
história dos segundos ou terceiros relacionamentos. Sem regras, e na tentativa de impor
limites aos hábitos e costumes, o
novo casal discute, briga e sofre
as desventuras de um cotidiano,
sem que nunca possam dizer a
mais antiga e célebre frase do
casamento: “Enfim sós”.
Imperdível!!!
Rua Quinze de Novembro 35 –
Centro.

• Alguns jornalistas e ditos
intelectuais de Niterói estão se
arvorando em “sucessores” de
Luis Antônio Pimentel, recentemente falecido aos 103 anos
de idade, historiador, escritor,
jornalista, poeta, trovador, teatrólogo, fotógrafo, desenhista e
dono de extraordinária cultura.
Isso é o que anuncia o JORNAL
DE ICARAÍ”, inclusive citando
nomes de possíveis candidatos.
Acontece que Pimentel foi uma
figura ímpar, insubstituível, e
nenhum outro “coleguinha”
não tem a metade de seus predicados. Tive a honra de privar
de seu convívio e desfrutar de
sua valiosa amizade e não vejo
quem possa ser seu substituto,
finalizou o jornalista Antonio
Soares ASO.

Histórias do Mar embaladas por Caymmi
Foto: Pierre Crapez

• O Solar do Jambeiro, em mais
uma iniciativa cultural, presenteia o público niteroiense com o
espetáculo ‘Histórias do Mar Embaladas por Canções de Dorival Caymmi’, que são uma promessa de desejo, canto, fala e
corpo em movimentos desenhados no espaço cênico compondo
o gesto do texto. Tudo termina

com um pescador, que vai às
entranhas do mar e da afirmação
da vida. É um caminho ao encontro da imaginação que não
tem tamanho, um grão de areia
na rede do pensar. A proposta
do espetáculo trabalha o arquétipo do homem que segue no seu
barco numa íntima montaria
domando a turbulência dos pal-

Sérgio de Paula

cos/mares até desparecer no
horizonte da cena. Lembrando o
escritor Eduardo Galeano, ao
descrever o menino Diego ao
ver pela primeira vez o
mar, diante de sua imensidão, de
todo seu fulgor, mudo de beleza,
quando finalmente consegue
falar: “Pai, me ensina a olhar!”
O texto é de Maria Helena

Latini e a direção de Sady Bianchin e Marcela Giannini. No
elenco, o ator Sérgio de Paula e
o músico Renato Badeco. As
apresentações acontecem aos
sábados de junho, às 20h. Compareça, esperamos por você!!!
Rua Presidente Domiciano
195, no Ingá

UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... 
O Instituto Interamerica-

no de Fomento à Educação,
Cultura e Ciência (IFEC),
presidido pelo professor
Raymundo Stelling, comemora seu 13º aniversário de
fundação, nesta quarta-feira
17, às 20 horas, no auditório
do CDL, em Niterói. 
Nesta sexta-feira 12, às
17h, toma posse no Instituto
Histórico e Geográfico de
Niterói o desembargador

Nagib Slaibi Filho, na Cadeira nº
3, ocupada pela fundadora do
Instituto, Thalita de Oliveira Casadei, com solenidade na Câmara
Municipal de Niterói. 
A Academia Niteroiense de
Letras tem novo integrante: o escritor Alberto Araújo, editor do
Portal Cultural Focus, toma posse da Cadeira nº 22, patronímica
de Sebastião Lacerda, nesta quarta-feira 17, às 17h, no Instituto
Italiano de Cultura (Av. Presi-

dente Roosevelt 1063, São Francisco), com saudação do acadêmico Paulo Roberto Cecchetti. 
A Influxo Cia de Teatro traz
o espetáculo infantil “A Ilha de
Quimera” para o Teatro Municipal de Niterói, de 13 a 21 de junho (sábados e domingos), sempre às 16h. A peça pretende
acender debates acerca do modo
como o homem se relaciona
com a natureza, sobre a ética no
tratamento dispensado aos ani-

mais e a forma como o ser humano se vê inserido no mundo. 
No dia 20 de junho, às 16h,
Gentil Moreira de Sousa, lança o
livro de poesia e prosa “Fazedor de Sonhos”, no Bistrô Beira
Mar, na Rua Cel. Moreira César,
149, em Icaraí. 
O designer gráfico Albenzio
Almeida abre a exposição ‘Energia das Marés’, no Museu do Ingá,
sob a curadoria de P.R.Cechetti,
com vernissage nesta quinta-feira

11, às 19h. A exposição estará
aberta ao público até o dia 05
de julho, no Museu do Ingá Rua Presidente Pedreira 78.
Não dá pra perder! 
O presidente da OAB/Niterói Antonio José Barbosa da
Silva entra de férias a partir de
20 de junho. Nunca desfrutou
desse benefício. Assume o
vice-presidente Fernando Dias,
um profissional de mão cheia
e um superpolítico.

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

9

SANTA ROSA

Escolas incentivam a participação em olimpíadas científicas
Competições ajudam a melhorar o desempenho de alunos em sala de aula

• Com foco no ensino integrado, na aplicabilidade
do conhecimento e atividades, as escolas estaduais
têm obtido melhores resultados nas olimpíadas científicas nacionais. As ações
realizadas vêm motivando
alunos a se empenharem
cada vez mais nos estudos,
sobretudo no caso das disciplinas.
Para a coordenadora de
Ciências da Natureza,
Christiane Jansen, do C.E.
Erich Walter Heine, em
Santa Cruz/RJ, o mérito
principal da escola está no
fato do conhecimento ser
entendido não só na teoria, mas também na prática, deixando de ser apenas
mais uma fórmula em sala
de aula.
— Trabalhamos de forma integrada, já que a nossa escola oferece Ensino
Médio Técnico em Administração. Mostramos aos
estudantes que determinado conceito é necessário

para a existência de outra
área. A formação que queremos é para a vida. O desenvolvimento do raciocínio lógico e o entendimento da geometria são desenvolvidos de diversas formas como, por
exemplo, com o Tangram, espécie de quebra-cabeça chinês
– explicou.
Aluno da 2ª série do Ensino
Médio, Gustavo dos Santos
Cunha, 15 anos, melhorou
seu desempenho na última
Olimpíada de Matemática de
Escolas Públicas. O jovem recebeu Menção Honrosa no
ranking de escolas estaduais
do Rio. Para ele, o resultado se
deve ao fato de conseguir ver
“sentido” na disciplina.
— Sempre gostei de Matemática, mas o modo como é
ensinado me motivou ainda
mais. Aqui os professores tentam não só mostrar o conceito,
mas apresentar como ele se
aplica, focando também nas
possibilidades do mercado de
trabalho – disse o adolescente.
Destaque em Física e

Robótica — Medalha de
bronze na Olimpíada de Física,
Graziele Lage Neves, 16 anos,
do C. E. Waldemiro Pita, em
Cambuci, no Noroeste Fluminense, não imaginava que con-

quistaria o 3º lugar na premiação entre as escolas estaduais.
— Os professores estão sempre empenhados em nos ajudar. Além de gostar de Matemática, tenho facilidade com a

Foto: Cris Torres

matéria – disse a estudante,
que cursa a 2ª série do Ensino Médio na unidade de
ensino, que aplica simulados com questões de provas
de competições anteriores.

10

SANTA ROSA

Fazendo
as malas...

M

H. Francisconi

inha querida Niterói, estou fazendo as malas...
Vou-me embora. E se não me vou embora pra
Pasárgada é porque a única vaga por lá já fora
ocupada por Manuel Bandeira.
Pois é, querida Niterói, teus braços me acolheram na
década de 1960, quando a ti me abracei vindo da capital
do Estado de São Paulo, aos dez anos de idade, julgando
encontrar nestas tuas plagas o paraíso aqui na Terra.
À época, ainda respirava-se algum ar de Jardim do Éden
e brincávamos, meninos e meninas, nas areias claras de tuas
praias e nos banhávamos, sem temor a doenças, em tuas
águas límpidas que vinham beijar o dorso das praias de Icaraí e de São Francisco. De volta de nossos colégios, tradicionais na cidade, ainda jogávamos “taco” em tuas ruas
tranquilas, e interrompíamos o jogo vez ou outra, sem aperto, para a passagem de um ou outro veículo em velocidade
reduzida. Em fins de semana, lembro-me bem, ainda podíamos escolher entre o Cine São Bento e o Central; o Cine
Icaraí e o Odeon, o Mandaro e o Éden... Os dias úteis não
eram inúteis e vazios como os dias cheios de nada e, apesar de tudo, pesados de hoje em dia. Uma terça feira, ou
quarta, no meio de uma semana qualquer era, em sua essência de apenas mais um dia, leve e silenciosa como um
feriado prolongado nestes teus dias, querida Niterói. Então podíamos ficar de mãos dadas com as nossas namoradinhas, numa noite de lua cheia, a flanar tranquilos e
apaixonados sobre as calçadas de nosso bairro incólume e
deixá-las de volta à casa já com saudades no coração.
Mas, não, minha querida Niterói. Hoje, não mais... As tuas
areias fizeram um pacto com as micoses, tuas águas cheiram já de longe o suor da insalubridade, tuas ruas expulsaram a meninada em nome e lugar de um trânsito feroz de
veículos tresloucados, os teus cinemas, demolidos ou abandonados, cederam vez às frias salas de projeção em shoppings, onde os namorados se refugiam das ruas e calçadas
ameaçadoras, tuas residências de famílias tradicionais sofreram o martírio da demolição, sem compaixão alguma, em
favor de prédios com as suas grades de prisão. E presos
como ficamos, atrás dessas grades, acompanhamos o noticiário, atônitos, a mostrar os que andam à solta a empunhar as suas facas, tesouras e punhais, cravando-os nas
costas de teus filhos de bem, porque protegidos por uma
lei que os vê, não obstante a sua periculosidade, apenas
crianças que não sabem o que fazem...
Vou-me embora, querida Niterói. Claro, não pretendo
ser um rei, tampouco ter a mulher que escolherei tão facilmente. Vou-me embora para onde puder escolher viver!...
Hilário Francisconi é escritor
francisprov@hotmail.com

VOOS PARA
PASÁRGADA
CANCELADOS

Evidências de
um bom caráter
Marcos de Paiva
• Vendo o noticiário sobre os
problemas que a Petrobras vem
atravessando, achei interessante
que até o momento em todas as
acusações realizadas os acusados
sempre negam, não têm nada a
informar ou vão esperar mais
informações. Você percebeu que
ninguém até o momento foi
capaz de assumir o seu erro e
responsabilidade sobre tais acusações? Por que estou iniciando
esta reflexão com este exemplo?
Unicamente porque o que mais
temos visto em nossa sociedade
são falhas no caráter, pessoas
com caráter deformado, sem
princípios ou ética e, infelizmente, isto atinge não apenas lideranças políticas, mas também
eclesiásticas, familiares e corporativas.
O egoísmo, desejo de cada vez
ter mais não se importando com
a situação do seu próximo, prazeres insaciáveis e inescrupulosos, violências, idolatria e religiosidade têm impedido e afastado o homem daquilo para que
foi criado.
Alguém deformado em seu
caráter jamais poderá formar
uma família próspera e íntegra e
consequentemente, será facilmente envolvido pelas artimanhas da “vida”, sentimentos e
pensamentos que não respeitam
os princípios éticos e morais.
Por exemplo, um homem ou
mulher que é infiel em seu relacionamento conjugal, o que poderíamos esperar de sua fidelidade em assuntos políticos, governamentais e eclesiásticos? Da
mesma forma, se os filhos não
são ensinados corretamente e
vivem em um ambiente de mentiras e falta de respeito, como
serão as gerações que estarão
formando?
Todos pensam em um futuro
melhor, uma sociedade mais
coerente com a paz e a vida, mas
não podemos viver de discursos,
mas de práticas, atitudes e decisões que produzam transformações na vida das pessoas.
Muito se fala das grandes corrupções e infidelidades, mas as
pessoas não têm percebido as
pequenas coisas do dia a dia que
corroem o caráter delas. Fala-se
de milhões que foram desviados
da Petrobras, mas pouco se fala
das “voltas” que são dadas nos
coletivos, transportes, compras
do dia a dia.
Quando os princípios e fundamentos são destruídos e desrespeitados a Justiça não pode prevalecer. (Leia Salmo 13).
Continua na próxima edição)
Marcos de Paiva, Pr. Dr.

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

JSR: Quais os cargos e
funções que ocupou em sua
trajetória profissional?
SMS: Dentro do Magistério, na Educação Infantil,
no Curso Fundamental e
no Ensino Médio, ocupei
todos os cargos e funções.
JSR: A quantas Academias
de Letras o senhor pertence?
SMS: São mais de 10, entre
Niterói, São Gonçalo, Maricá, Itaboraí, Rio de Janeiro
e outros municípios.
JSR: Poderia citar alguns
dos Patronos cujas Cadeiras, nessas Academias, o
senhor ocupa?
SMS: Sim. Alberto de Oliveira, Aloísio de Azevedo,
Alberto Torres (o sociólogo)
Elisiário Matta, Stephane
Vannier, entre outros.
JSR: E quanto aos Institutos Históricos e Geográficos e de seus Patronos?
SMS: Pertenço também a
mais de dez, podendo citar
os Patronos Luiz Palmier,
Visconde de Beaupaire,
Olavo Freire, Estephania

ENTREVISTA:
SALVADOR MATA E SILVA
Por Hilário Franciscone (francisprov@hotmail.com)••••••••••••••••••••••

T

alvez o historiador
Salvador Mata e
Silva seja, entre
os intelectuais de
nossa cidade, aquele que mais tenha histórias
para contar. E todas reais.
Professor, orientador educacional, historiador, biógrafo, jornalista, escritor,
poeta, ocupante da Cadeira nº 1 da Academia Niteroiense de Letras, Salvador
é natural de Aracaju/SE e
residente em Niterói há
mais de sessenta anos.
Licenciado em História
pela UFF, é também diplomado em Geografia, Estudos Sociais, Jornalismo,
pós-graduado em Educação
no Ensino Superior, Mestre
em Ciências da Religião e
em Teologia Bíblica.
Pertencente a inúmeras
Instituições de Letras, História e Geografia sediadas
em várias cidades do Estado do Rio de Janeiro, Salvador tem já publicadas
mais de 130 obras versadas
em áreas que abrangem
História e Literatura.

de Carvalho e outros.
JSR: Em sua opinião, o que fomentaria o movimento literário em nossa cidade?
SMS: Mais apoio das autori-

Aprovada isenção de IPVA
para pessoas com deficiência
• A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, em primeira discussão, a ampliação do direito de isenção de IPVA
para pessoas com deficiência. O projeto, de autoria do deputado Samuel Malafaia (PSD), alterou a lei 2.877/97, que concedia
o benefício apenas para deficientes físicos, sem levar em conta
outros tipos de deficiência, como a intelectual. A proposta inclui também os representantes legais de pessoas com deficiência entre os beneficiados. ”A pessoa com deficiência costuma
precisar muito de automóveis. Esse projeto vem ajudar pessoas que têm grande necessidade de ter uma redução nos impostos para poder ter uma vida melhor”, explica o deputado. O
projeto ainda será votado em segunda discussão pela Alerj.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

JORNAL SANTA ROSA: Professor,
como foi que esse nobre espírito de historiador aportou em Niterói?
SALVADOR MATA E SILVA: Eu
nasci na cidade de Aracaju/SE, no dia 11 de julho
de 1943. Fiquei naquele estado, até os oito meses de
vida. Mudei para a cidade
do Rio de Janeiro e lá morei
até os sete anos. Fui morar
em Maricá e no ano seguinte vim para Niterói, isto é,
em 1952 e estou até hoje.
Há sessenta e três anos.

11

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

dades, um coordenador de
eventos e um calendário anual de atividades distribuído
no início de cada ano.
JSR: A Livraria Ideal, no cen-

II Circuito das
Artes Niterói
vai agitar Icaraí
• Neste final de semana a cidade terá um significativo evento
cultural, o II Circuito das Artes
Niterói. Estarão reunidos, na
Praça Getúlio Vargas, em Icaraí,
cerca de 70 expositores de artesanato, artes plásticas, moda,
grafite e gastronomia. Também
haverá apresentações musicais,
teatro, poesia, debates, oficinas
artísticas, além de workshops
de moda, tai chi chuan, estética

tro de Niterói, é um conhecido ponto de encontro entre os intelectuais de nossa
cidade. Há quanto tempo o
senhor a frequenta?
SMS: Desde 1958.
JSR: Algum lançamento
em vista?
SMS: O livro Provedores da
Imperial Associação da Irmandade de São Vicente, 3ª
edição, no dia 30 de julho,
às 19h, no Salão Nobre da
Irmandade, na Rua Miguel
de Frias 122, em Icaraí.
JSR: Além deste, outros já
marcados?
SMS: Sim. No dia 24 de
agosto, estarei lançando
em Santa Maria Madalena,
às 19 horas, o livro Madalenenses Adotivos, em parceria
com Geraldo José Machado e Neuza Feijó Machado.
Também o estarei lançando em Sergipe, em setembro, e em São Gonçalo no
mês de outubro, além de
em Niterói e outros locais.

O livro
Provedores da
Imperial
Associação da
Irmandade de
São Vicente,
3ª edição, será
lançado no dia
30 de julho, às
19h, no Salão
Nobre da
Irmandade.

e customização e meio ambiente. Tudo isso acontece sábado e
domingo, de 9h às 21 horas.
“Proposto pela classe artística,
durante debates promovidos
pela Câmara Setorial de Artes
Visuais, o Circuito das Artes Niterói teve sua primeira edição
no ano passado, no mesmo local,
tornando-se um grande sucesso,
parecendo um verdadeiro ateliê
a céu aberto em Icaraí. Com
apoio de vários segmentos públicos e privados, criou este
evento como forma de explorar
o novo momento que a cultura
da cidade vive, conta Mariana
Tauil, Conselheira Municipal de
Artes Visuais e organizadora do
evento.

JSR: Não poderíamos deixar de pedir ao ilustre professor que deixasse uma
mensagem aos nossos jovens estudantes de Niterói.
SMS: Será um prazer lembrar, nesta oportunidade,
que em 1972, durante o encerramento do Concílio Vaticano II, o Papa Paulo VI
já exortava a todos que tivessem ouvidos para ouvir
que “o homem precisa saber
mais para ser mais!”. Por
isto, nunca será um clichê
lembrar aos nossos queridos jovens e estudantes
que o conhecer e o saber
não ocupam lugar.

Plano Urbanístico —
Das seis audiências públicas
que serão realizadas para
debater o Plano Urbanístico
Regional (PUR) da Região
de Pendotiba, duas já estão
marcadas. A primeira acontece no dia 22 de junho, às 18
horas, no plenário da Câmara; e a segunda no dia 29,
também às 18 horas, no Ciep
do Badu, na Estrada Caetano
Monteiro. A audiência da
Câmara será presidida pelo
vereador Beto da Pipa
(PMDB), presidente da Comissão de Urbanismo, e a do
Badu pelo presidente da
Comissão de Meio Ambiente, Henrique Vieira (PSOL).

12

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE JUNHO • 2015

É HORA DE
ACABAR COM
SUAS DÍVIDAS
DE ISS.
DESCONTOS DE ATÉ 100%
NOS JUROS E MULTAS
A Prefeitura facilita sua vida para acabar com
suas dívidas de ISS. Agora as empresas e os
profissionais autônomos poderão regularizar
sua situação com desconto de 100% nos juros
e multas para pagamento à vista. Não perca.
Este benefício vai até o dia 23 de junho.

INFORMAÇÕES:
• www.niteroi.rj.gov.br
• Procuradoria Fiscal
Rua Visconde de Sepetiba, 519, 7º andar, Centro

• Secretaria Municipal de Fazenda
Rua da Conceição, 100, Centro

• Regional Fonseca – Horto
Alameda São Boaventura, 770, Fonseca

• Fórum da Região Oceânica
Est. Caetano Monteiro, s/nº, 4º andar
Largo da Batalha

FEITA POR VOCÊ

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful