ELIANE PIMENTEL MACIEL

THALITA MACIEL FERREIRA

ENTREVISTA PASTORAL

Teresópolis
2015

2 ELIANE PIMENTEL MACIEL THALITA MACIEL FERREIRA ENTREVISTA PASTORAL Projeto de Pesquisa apresentado ao IBADERJ. com a orientação do Professor Luciano Souza. Teresópolis 2015 . em exigência à disciplina de Teologia Pastoral.

caindo. e como tudo tremia. as quais deveriam ser ministradas nos cultos. e assistindo a uma pregação do pastor Cidaco. Este foi o inicio de pregações em grandes ajuntamentos. Chegando ao local do congresso o pastor Mauro se sentindo mal. estando saindo de férias. presidente do referido ministério. morrendo e pedindo socorro. No sonho ele via o mundo se perdendo. a notícia das suas ministrações se espalhou. o pastor Gaspar. Retornando do projeto missionário. O pastor Cidaco. recebendo então. Após terminada as férias do pastor Gaspar. O seu ministério se iniciou em Vitória no estado de Espírito Santo. onde permaneceu durante 5 anos. após isto. próximo a Nova Iguaçu. a uma cidade chamada Amontado. durante uma noite. o chamado direto do Senhor. Tendo um congresso de jovens. na igreja que permaneceram em Amontado. por sonho. permaneceu assim até aos 22. onde inscreveu-se. iniciando-se no dia seguinte. Belford-Roxo. Via uma montanha muito alta. O Senhor . no dia 27 de agosto de 2015. considerando que sua articulação nas ministrações era proveniente de uma boa retórica que havia adquirido com sua profissão de professor de exatas. na igreja na qual era membro. Sendo batizado aos 13 anos. Fogo para todo o lado. retornou a igreja. convites para mais ministrações. Perguntas estas que foram dirigidas ao pastor José Armando Soares Cidado. as pessoas caiam desta montanha e morriam. Neste período. pastor Mauro. Ainda não havia em mente o pastorado. no estado do Rio de Janeiro. pois tinha o chamado para o ministério. gente desesperada. começou a retomar os cuidados com os Caminhos do Senhor. recebeu um convite para pregar em Olinda. o Juízo Final acontecendo. sábado. Souza. também no estado do Rio de Janeiro onde atua até o dia de hoje. seguiu para São João de Meriti. partindo depois para Teresópolis. dez dias. incumbiu o pastor Cicado às ministrações. pediu ao pastor Cidaco que pregasse em lugar dele. Coelho da Rocha. Primeira Igreja Batista de São Gonçalo. Chegando numa sexta-feira. que além de pastor era amigo do pastor Cidaco. tem 34 anos de ministério. iniciou-se um projeto missionário no interior de Campos. Participou de um curso missionário voltado para este projeto e foi enviado.3 Este trabalho é baseado nas perguntas formuladas pelo pastor professor Luciano M. onde. e se afastando aos 16. onde atuou durante 1 ano. com mais quatro moças. o pastor Cidaco teve. Passado algum tempo. dirigindo-se a ele disse que este deveria orar. completando 35 em março de 2016. assim conhecido na cidade de Teresópolis.

o pastorado é um ministério de governo. “Porque se ela for pastora. destorcida. O pastor que tem uma família muito desequilibrada.” Ao acordar ofegante. Seminário Teológico Batista do Sul onde residia. as quais pertencem a sede Igreja Batista em Barra do Imbuí. Compreendendo que o cabeça da família é o esposo. chamou sua irmã a qual dividia o quarto. e o pastor terá uma reunião. Por lidar com o íntimo das ovelhas o pastor necessita de estar bem estrutural e emocionalmente. O equilíbrio familiar ajuda ao pastor a ter equilíbrio ministerial.4 neste momento chegou perto dele e disse. a mulher deve ser submissão ao marido o seguindo ou seguir com o ministério? A principal função da esposa é cuidar da sua casa. não limitando a outros ministérios. sendo estas: Missão Batista na Várzea.” O pastor declara em tom aberto que não apóia o ministério pastoral feminino. “Eu quero que daqui para frente de sua vida. e a partir deste dia. Após chegar a Vitória. Esta igreja se localizava em Porto de Santana. Já que. contou o sonho a ela e ela orou por ele. o ministério pastoral feminino. onde havia um casal de pastores. desarmoniza o ministério. O marido por motivos de dificuldade teve de deixar o ministério e partir para outra cidade. partia toda sexta-feira e retornava as segundas-feiras. dos filhos e auxiliar o marido no ministério e já a mulher sendo pastora deverá cuidar também da igreja. pois neste caso. Armando Cidaco seguiu para o ministério pastoral dando início ao seminário em março de 1978 concluindo em 1981. A igreja como gostava muito da pastora queria que ela ficasse. Missão Batista em Motas. . levava cerca de 7 minutos de lancha até a ilha. fazendo sempre o percurso do seminário. tristezas muito grandes. Santa Catarina. Recebendo um convite para pastorear uma igreja em Vitória. você me ajude a livrar estas pessoas do inferno. sobretudo conjugal e paternalmente. O pastor observa que a família é de suma importância para o ministério pastoral. no terceiro para o quarto ano de seminário. uma ilha próxima a costa de Vitória. aos seus 26 anos. terá em seu ministério muito desequilíbrio. Missão Batista no Alto e Missão Batista de Itaiópolis. Hoje. para pastorear a igreja que estava sob seus cuidados. principalmente se o esposo for também pastor. O pastor cita um fato que ocorreu em Teresópolis. encontra em muitos momentos dificuldades quanto ao relacionamento com o marido. à igreja na qual pastoreava. vai ter dia que acaba o culto. Este se torna um caso de dificuldade quanto ao ministério pastoral feminino. o pastor Armando Cidaco pastoreia um complexo de igrejas. do marido. “Quem já passou por situações difíceis na família sabe o quanto isso desequilibra.

Deus vai virar o jogo. […] a juventude está desenfreada no pecado achando que é normal. ele tem trabalhado . A segunda coisa. contudo. o povo evangélico está muito misturado com o mundo. Uma família saudável ajuda a criar famílias saudáveis na igreja. Mas que todo grande avivamento foi antecedido de um momento de escuridão. […] Falar pra um profeta não pregar é o mesmo que falar para o Curió não cantar. os crentes não sabem mais o por que são crentes. Todo momento assim dá a esperança a gente que a qualquer momento. A falha de caráter que mais prejudica o ministério. para que a igreja não venha sobrecarregar em cobranças a esposa e os filhos. se torna motivo para a pessoa “fazer um carnaval contra você”. segundo o pastor Cidaco. de acordo com ele. segundo ele. As demais coisas o pastor pode dividir com os outros irmãos. é importantíssima para o ministério. que seus filhos são crianças como as outras. Quando chega ao ponto de a pessoa mergulhar no pecado e a se autojustificar. que a esposa é antes de auxiliadora no ministério é esposa. A família é vital. é quando se perde uma ovelha para o pecado.5 a pastora terá outra e os filhos ficarão jogados daqui a pouco estão amaldiçoando ter nascido na casa de pastor. quando sua vida é uma mentira. mas a pregação é algo que o pastor deve fazer. moral. “Um pastor que não gosta de pregar é como um centro-avante que não gosta de fazer gol. Ele que deve alimentar o seu rebanho. Não devendo passar a igreja que sua família é perfeita. é a ingratidão. chamada por Deus para ser companheira que ajuda a decidir. mãe. financeiro. Há muitas coisas que causam um desgaste muito grande ao pastor. […] o momento espiritual é um momento fraco. vem o caráter. antes da pregação. é a desonestidade em todos os aspectos. O pastor por ser muito movido as emoções precisa saber que é amado. diz uma coisa e vive outra. “Não há mais compromisso. que devem ser instruídas nos Caminhos do Senhor. […] Mas ainda é um momento de escuridão. A característica mais marcante de um pastor é o seu caráter e a sua pregação. A situação da igreja hoje de modo geral é o pior momento de sua história.” A esposa do pastor. pessoas que de alguma forma receberam ajuda e numa pequena falha. Deve-se passar que a família dele é normal. Primeiro. Um caráter que caracterize um homem que realmente acredita naquilo que prega. Não ser honesto naquilo que fala. vive aquilo que prega. foi.” O pastor afirma que na igreja dele também está deste mesmo modo. familiar.” Porém.

Segundo o pastor. ele realiza os gabinetes. com cerca de três mil membros. o avivamento está mais perto ainda porque ele vai anteceder a Volta. um retorno a santidade. uma pessoa que deseja o pastorado tem que ter plena certeza do seu chamado. mas não é a vida da igreja. antes do retorno de Jesus. onde havia poucos membros e era possível visitá-los sempre e acompanhá-los com mais facilidade. O conselho que o pastor daria a um futuro pastor é a certeza do chamado. e não somente “Jesus te ama”. pois por ser uma igreja muito grande. Eu nunca fui pastor de ficar a vida inteira – olha. as visitas de “cortesia” se tornam complicadas de serem feitas por ele. promiscuidade. segundo a Bíblia. […] Eu acredito que a volta de Jesus está muito perto. Mas também. cumprir seu propósito que é a salvação do mundo. sou um bom crente – e Deus não está tão preocupado assim com o que você faz. o povo adora festa. Pela primeira vez eu falo isso. mas no ultimo tempo não resta muita coisa. se a volta de Jesus está perto. via haver uma grande colheita ainda. pois vai até ele os que têm a necessidade momentânea de auxilio.. O que mais tem é festa. mas com quem você é. a santidade diante Dele é muito mais importante do que o que você faz na igreja. A visitação mostra a necessidade do povo “das amostrar que você faz a partir das visitas”. ele fica muito limitado as visitações. O pastor Cidaco diz que se um futuro pastor . segundo ele. .. fazer discípulos. Eu não tenho nada contra festa. Então. Apostasia. são tiradas além das Escrituras. Por este motivo. Então. […] Então. da observação junto ao povo. a minha própria igreja eu posso admitir isso que ela cresceu muito em número. porque as melhores mensagens. eu percebo esse retorno a “ser” antes de “fazer”. festa da roça. Estamos lutando para isso. tudo. Então para Deus a sua vida. Jesus ta voltando! Jesus ta voltando! – eu nunca fui assim não. mas a espiritualidade não acompanhou este crescimento numérico. Ela ta aqui para uma missão e não para uma diversão. Neste momento no qual a igreja está vivendo. A igreja não é um clube de amigos que você vai Terra. “O povo tem confundido fazer com ser. vigílias e tem notado o começo de um quebrantamento. festa pra lá. E como a Bíblia diz que antes da volta de Jesus vai vir um avivamento ainda.” A visitação pastoral é muito importante.6 motivando o povo com jejum e oração. Ele faz referência ao ministério de Porto de Santana. Você olha para a Bíblia e você vê que está se cumprindo tudo. uma grande colheita de almas. também.desde que eu faça alguma coisa na igreja. Festa pra cá. A igreja tem que deixar de ser um clube de amigos para votar a ser uma igreja.

. ele nunca escolheria ser. “Todo homem que tem consciência do que é ser pastor.7 almejar outra coisa a não ser o ministério pastoral. que ele não seja pastor. a gente é escolhido. ele não seria se não fosse chamado. A gente só é (pastor) porque a gente não escolhe.”.