Você está na página 1de 4

30/11/2015

30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore

Muitoàfrentenocontroledacorrosão

ProteçãoCatódicaOffshore

30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore
30/11/2015 Muitoàfrentenocontroledacorrosão ProteçãoCatódicaOffshore

ProteçãoCatódicaOffshore:

OQUEÉECOMOFUNCIONA?

RichardBaxter,JimBritton

Comooaçoécorroídonaáguadomar?

Paraentenderaproteçãocatódicaprimeiroéprecisoentenderomecanismodacorrosão.Paraqueacorrosãoocorra,trêscondiçõesdevemestarpresentes.

1.Doismetaisdiferentes

2.Umeletrólito(águacomqualquertipodesalousaisdissolvidosnela)

3.Umcaminhometálico(condutivo)entreosmetaisdiferentes

Osdoismetaisdiferentespodemserligastotalmentediferentescomoaçoealumínio,masmaisfrequentementesãodiferençasmetalúrgicasmicroou macroscópicasnasuperfíciedeumapeçaúnicadeaço.Seascondiçõesacimaexistirem,nasuperfíciemetálicamaisativa(nessecasoconsideraremosoaço

sendocorroídolivremente,oquenãoéuniforme),ocorreaseguintereaçãonoslocaismaisativos:(2íonsdeferromais4elétronslivres)

2Fe=>2Fe ++ +4e ­

Oselétronslivresviajampelocaminhometálicoatéoslocaismenosativosemqueocorreaseguintereação:(Ogásoxigênioconvertidoemíonsdeoxigênio–

atravésdacombinaçãocomosquatroelétronslivres–quesecombinamcomaáguaparaformaríonsdehidroxila)

O 2 +4e ­ +2H 2 0=>4OH ­

Asrecombinaçõesdessesíonsnasuperfícieativaproduzemaseguintereação,quegeraoprodutocorrosivodeferro,ohidróxidoferroso(Ferrocombinando

comoxigênioeáguaparaformarhidróxidoferroso):

2Fe+O 2 +2H 2 O=>2Fe(OH) 2

Essareaçãoémaiscomumenteexplicadacomoumfluxodecorrenteatravésdaáguadoanodo(localmaisativo)paraocatodo(localmenosativo).

Comoaproteçãocatódicainterrompeacorrosão?

Aproteçãocatódicaimpedeacorrosãoconvertendotodososlocaisanódicos(ativos)dasuperfíciedometalemlocaiscatódicos(passivos)fornecendouma

correnteelétrica(ouelétronslivres)deumafontealternativa.

Geralmenteissotomaaformadeanodosgalvânicos,quesãomaisativosdoqueoaço.Essapráticatambéméchamadadesistemasacrificial,poisosanodos

galvânicossacrificamasimesmosparaprotegeroaçoestruturalouatubulaçãocontraacorrosão.

Nocasodeanodosdealumínio,areaçãonasuperfíciedoalumínioé(4íonsdealumíniomais12elétronslivres):

4Al=>4AL +++ +12e ­

enasuperfíciedoaço(Ogásoxigênioconvertidoemíonsdeoxigênioquesecombinacomaáguaparaformaríonsdehidroxila):

3O 2 +12e ­ +6H 2 0=>12OH ­

Desdequeacorrente(elétronslivres)estejachegandonocátodo(aço)maisrápidodoqueooxigênioestáchegando,nãoocorrecorrosão.

Figura1:SistemadePCdeanododesacrifícioemáguadomar

30/11/2015

ProteçãoCatódicaOffshore

30/11/2015 ProteçãoCatódicaOffshore Consideraçõesbásicasaoseindicarsistemasdeanododesacrifício

Consideraçõesbásicasaoseindicarsistemasdeanododesacrifício

AcorrenteelétricaqueumanododescarregaécontroladapelaleideOhm,istoé:

Onde:

I=E/R

I=FluxodecorrenteemAmpère

E=Diferençadepotencialentreoanodoeocátodoemvolts

R=Resistênciatotaldocircuitoemohms

Inicialmenteacorrenteseráaltadevidoporqueadiferençadepotencialentreoanodoeocátodoéalta,masconformeadiferençadepotencialdiminuidevido

aoefeitodofluxodecorrentesobreocátodo,acorrentediminuigradualmentedevidoàpolarizaçãodocátodo.Aresistênciadocircuitoincluiocaminhoda

águaeocaminhodometal,incluindoqualquercabodocircuito.Ovalordominanteaquiéaresistênciadoanodocomaáguadomar.

Paraamaioriadasaplicaçõesaresistênciadometalétãopequenacomparadaàresistênciadaáguadomarquepodeserignorada.(Nãoverdadeiropara

trilhosoutubulaçõeslongasprotegidasnasduasextremidades).Emgeral,anodoslongosefinostêmmenorresistênciadoqueanodoscurtosegrossos.Eles

descarregarãomaiscorrente,masnãodurarãomuitotempo.Portantooprojetistadaproteçãocatódicadevedimensionarosanodosdemodoqueelestenham

oformatoeaáreadesuperfíciecorretosparadescarregarcorrentesuficienteparaprotegeraestruturaepesosuficienteparadurarotempodesejadoao

descarregaressacorrente.

Comoregraprática:Comprimentodoanododeterminaquantacorrenteelepodeproduzireconsequentemente,quantosmetrosquadradosdeaçopodem

serprotegidos.Seçãotransversal(Peso)determinaporquantotempooanodopodesustentaresseníveldeproteção.

Sistemasdeproteçãocatódicadecorrenteimpressa

Devidoàsaltascorrentesenvolvidasemmuitossistemasemáguadomar,nãoéincomumusarsistemasdecorrenteimpressa.Ossistemasdecorrente

impressausamanodosdeumtipoquenãosedissolvefacilmenteemíonsmetálicos,massustentamumareaçãoalternativa,aoxidaçãodosíonsdecloreto

dissolvidos.

2Cl ­ =>Cl 2 +2e ­

AenergiaéfornecidaporumaunidadedealimentaçãoCCexterna.

Figura2:Sistemadeproteçãocatódicadecorrenteimpressa

30/11/2015

ProteçãoCatódicaOffshore

30/11/2015 ProteçãoCatódicaOffshore Comosabemosquandotemosproteçãocatódicasuficiente?

Comosabemosquandotemosproteçãocatódicasuficiente?

Sabemossetemosounãocorrentesuficientemedindoopotencialdoaçocontraumeletrododereferênciapadrão,geralmenteprata/cloretodeprata(Ag/AgCl sw.),masalgumasvezes,zinco(Znsw.).Ofluxodecorrenteemqualquermetalmudaseupotencialnormalnadireçãonegativa.Ahistóriamostraqueseoaço

recebercorrentesuficienteparamudaropotencialpara(­)0,800Vxprata/cloretodeprata,acorrosãoéessencialmenteinterrompida.

Devidoànaturezadosfilmesformados,opotencialmínimo(­0,800V)raramenteéopotencialidealeosprojetistastentamalcançarumpotencialentre(­)0,950

Ve(­)1.000VxPrata/Cloretodepratasw.

Figura3:Mediçãodopotencialdeproteçãocatódica(Esquerdodesprotegido–Direitoprotegido)

http://www.cathodicprotection101.com/protecao­catodica.htm
http://www.cathodicprotection101.com/protecao­catodica.htm

30/11/2015

ProteçãoCatódicaOffshore

©2011DeepwaterCorrosionServicesInc.Tel:(713)983­7117Fax:(713)9838858

Especificaçõessujeitasaalteraçãosemnotificação | Baixeestepapel(PDF) | Perguntas?Contatoconosco