Você está na página 1de 10
FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito   AVALIAÇÃO UNIFICADA 2016/1 6°SEMESTRE – Caderno 6

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

 

AVALIAÇÃO UNIFICADA 2016/1 6°SEMESTRE – Caderno 6

 

LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

A

- Você está recebendo o seguinte material: este caderno de questões de múltipla escolha e cartão de resposta

personalizado.

B

- Verifique se no cartão de resposta seu nome e dados estão corretos. Caso exista alguma divergência, favor informar ao

responsável na sala.

C

- Após a conferência de seu nome no cartão de resposta, você deverá assiná-lo no espaço próprio, utilizando caneta

esferográfica de tinta preta ou azul.

D - Observe, no cartão resposta, as instruções sobre a marcação das respostas (apenas uma resposta por questão).

E - Tenha muito cuidado com o cartão de resposta para não dobrar, amassar ou manchar. Não haverá reposição do cartão.

- A prova é individual, sendo vedado o uso de equipamentos eletrônicos, a comunicação entre os presentes, a troca ou uso de material impresso ou manuscrito.

F

G - Quando terminar, entregue ao responsável pela sala o cartão de resposta e o caderno de questões.

H - Você terá 3h00min para responder as questões de múltipla escolha.

DIREITO CONSTITUCIONAL E DIREITOS FUNDAMENTAIS

1. Com relação às normas da Constituição Federal de 1988 e aos princípios fundamentais, assinale a opção correta:

a) A construção de uma sociedade livre, justa e

solidária constitui-se em um dos objetivos

fundamentais da República Federativa do Brasil. Por suas características, essa norma é definida como programática.

b) As normas de eficácia limitada são aquelas que

a CF regulou suficientemente.

c) É princípio fundamental da República Federativa do Brasil a dissolubilidade do vínculo federativo, dado o direito de secessão dos estados e municípios.

d) As normas constitucionais de eficácia plena não

admitem qualquer tipo de regulamentação legal.

2- Lei estadual de iniciativa do Deputado “X” previu a criação de 300 cargos de fiscal de rendas e determinou o seu preenchimento no mesmo ano, sem indicar a previsão da receita necessária para fazer frente a tal despesa. Realizado o concurso público e depois da posse e exercício dos 100 primeiros aprovados, o Governador ajuíza ação direta de inconstitucionalidade perante o Supremo Tribunal Federal, arguindo a invalidade do diploma

legal, por vício de iniciativa e por não indicar a fonte de receita necessária. Considerando as normas existentes a respeito do controle de

constitucionalidade, assinale a alternativa que indica o correto posicionamento do STF:

A) Não terá alternativa senão declarar a inconstitucionalidade da lei, por vício de iniciativa, com efeitos ex tunc, e julgar de plano inválido o concurso público, determinando a exoneração de todos os fiscais aprovados e a anulação dos atos por

eles praticados.

B) Não poderá acatar os argumentos da ação direta,

uma vez que o Governador foi quem autorizou a

realização do concurso e deu posse aos candidatos, de modo que a ação proposta por ele mesmo viola

a segurança jurídica, denotando conduta contraditória.

C) Deverá realizar uma ponderação de princípios e

poderá, ao final, decidir pela constitucionalidade da lei e pela sua manutenção no ordenamento jurídico, apesar da afronta à Constituição, caso em que julgará improcedente a ação. D) Poderá, ao declarar a inconstitucionalidade, e pelo voto de dois terços dos ministros, restringir os efeitos da decisão ou decidir que ela só tenha eficácia a partir de seu trânsito em julgado ou de outro momento que venha a ser fixado, preservando os atos já praticados pelos fiscais.

3- De acordo com entendimento consolidado do STF e da doutrina, qual, dentre os órgãos

3- De acordo com entendimento consolidado do STF e da doutrina, qual, dentre os órgãos e entidades listados abaixo, NÃO precisa demonstrar pertinência temática como condição para ajuizar Ação Direta de Inconstitucionalidade? A) Mesa de Assembleia Legislativa ou Câmara Legislativa (DF).

B) Conselho Federal da OAB.

C) Entidade de Classe de âmbito nacional.

D) Confederação Sindical.

4- As Comissões Parlamentares de Inquérito são:

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

objeto de nova proposta na mesma sessão

legislativa.

d. As Casas legislativas não podem fazer

mudanças em projetos de leis apresentados para a

discussão e deliberação.

7- Sobre o controle de constitucionalidade, indique a alternativa incorreta:

a. A ação de inconstitucionalidade é utilizada no controle difuso.

b. A inconstitucionalidade pode ser formal e

material.

a.

Comissões independentes dos órgãos de

c.

O Brasil adota dois sistemas de controle de

poder.

constitucionalidade: o difuso e o concentrado.

b.

Pertencentes ao Ministério Público para a

d.

É correto dizer que a Constituição é fonte de

realização da função de investigação.

c. Possuem o poder de quebrar o sigilo das

comunicações telefônicas, já que se trata de típico poder de investigação judicial.

d. Criadas para a investigação de um fato

determinado, bem como por um prazo certo.

5- No que diz respeito às diferenças entre o parlamentarismo e o presidencialismo, é incorreto afirmar:

a. Que no presidencialismo há uma maior

distribuição das funções executivas entre os

poderes.

b. No parlamentarismo, o legislativo poderá

exercer funções administrativas sem violar a separação dos poderes.

c. No presidencialismo, o chefe do executivo

acumula funções de Chefe de Estado e Chefe de

Governo.

d. Ambos são formas de governo possíveis de

serem adotadas.

6- Sobre o processo legislativo, indique a alternativa errada:

a. Para a aprovação de uma lei ordinária, há a

necessidade de deliberação executiva, o que não ocorre para a aprovação de uma emenda

constitucional.

b. Na fase de iniciativa é possível ter proposta

de iniciativa popular, desde que respeitados os

requisitos previstos constitucionalmente.

c. A matéria constante de proposta de emenda

rejeitada ou havida por prejudicada não pode ser

validade para as demais normas do ordenamento

jurídico.

8-Em relação ao Ministério Público, indique a alternativa incorreta:

a. A Constituição de 1988 alojou o Ministério

Público no capítulo “Das Funções Essenciais à

Justiça”.

b. Ele encontra-se organizado em dois planos:

Ministério Público da União e Ministério Público dos Estados.

c. Para o Supremo Tribunal Federal, o

Ministério Público de Contas não integra o

Ministério Público da União.

d. São princípios institucionais do Ministério

Público apenas a indivisibilidade e a independência

funcional.

9- Acerca dos direito e garantias fundamentais, é certo dizer que, ao tutelar o direito à vida, a

CRFB/88:

(a) proibiu totalmente a pena de morte e a remoção

de órgãos.

(b) permitiu excepcionalmente a pena de morte e a

remoção de órgãos.

(c) proibiu totalmente a pena de morte, mais autorizou a remoção de órgãos.

(d) permitiu excepcionalmente a pena de morte e

permitiu totalmente a remoção de órgãos.

DIREITOS HUMANOS

10 - Dentre os documentos reconhecidos internacionalmente e que limitaram o poder do

governante em relação aos direitos do homem, encontra-se o mais remoto e pioneiro antecedente que

governante em relação aos direitos do homem, encontra-se o mais remoto e pioneiro antecedente que submetia o Rei a um corpo escrito de normas, procurava afastar a arbitrariedade na cobrança de impostos e implementava um julgamento justo aos homens.

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

consequências pelo ato de improbidade administrativa:

a)cassação dos direitos políticos, perda da função pública, inscrição no serviço de proteção ao crédito;

b) pena privativa de liberdade, perda da função

a)

Magna Carta da Inglaterra.

pública, suspensão do cadastro de pessoa física;

b)

c) Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão da França.

Alcorão.

c)suspensão dos direitos políticos, perda da função pública, indisponibilidade dos bens e ressarcimento

ao erário;

d)

Bill of Rights.

d)proibição de figurar como sócio de qualquer

11 - Considerando o que a doutrina majoritária dispõe sobre o desenvolvimento e conquista dos direitos humanos, pode-se afirmar que esse desenvolvimento histórico, classificado por gerações de direitos, pode ser, cronologicamente, assim representado:

a) direitos de liberdade; direitos sociais e direitos

de solidariedade (difusos).

b) direitos individuais; direitos coletivos e direitos

sociais. c) direitos individuais, direitos coletivos e liberdades negativas. d) liberdades positivas, liberdades negativas e direitos sociais.

- analisados isoladamente, com prevalência de um

humanos não devem ser

12

“Os

direitos

sociedade empresária, perda da função pública e ressarcimento ao erário;

14. Se por ato jurídico perfeito a administração pública determinar que um imóvel destinado à instalação de um hospital público deixa de ter essa função e passará a ser um bem disponível, pode-se afirmar que tal ato trata-se de:

a)Incorporação. b)Usucapião Dominical. c)Desafetação. d)Desapropriação.

15. Não podem os Estados e Municípios decretar a

desapropriação de imóvel rural PORQUE

é competência exclusiva da União a desapropriação que se destine à reforma agrária.

conjunto

de

direitos

humanos sobre os

Assinale a alternativa correta.

demais.”Esse

conceito

representa a seguinte

a)

A primeira afirmativa é falsa e a segunda é

característica dos Direitos Humanos:

a) Indivisibilidade.

b)

c) Irrenunciabilidade.

d) Essencialidade.

Generalidade.

DIREITO ADMINISTRATIVO

13. O Tribunal de Contas do Estado da Bahia verificou que determinado gestor estadual percebeu vantagem econômica indevida e direta para facilitar a aquisição de bem imóvel pelo Estado, por preço superior ao valor de mercado. Assim, a Corte de Contas remeteu a documentação pertinente ao Ministério Público Estadual, que ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa. No caso em tela, o gestor está sujeito, no bojo do citado processo judicial, dentre outras, às seguintes

verdadeira.

b) A segunda afirmativa é falsa e a primeira é

verdadeira.

c) As duas afirmativas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.

d) As duas afirmativas são verdadeiras, mas a

segunda não justifica a primeira

16. Assinale a alternativa que entender CORRETA

quanto à modalidade de Intervenção do Estado na propriedade privada:

a)A servidão administrativa constitui ônus real

sobre bem imóvel, em prol de uma utilidade pública

e caracteriza–se como espécie de restrição parcial

da propriedade. b)O tombamento transfere a propriedade em razão da utilidade pública ou interesse social, podendo recair sobre bens imóveis ou móveis que tenham

valor patrimonial, razão pela qual é passível de indenização. c)A desapropriação pode recair sobre bens

valor patrimonial, razão pela qual é passível de indenização. c)A desapropriação pode recair sobre bens móveis, imóveis ou serviços, quando caracterizada a existência de perigo público iminente, de natureza transitória, e a indenização será ulterior. d)A requisição administrativa tem por finalidade proteger o patrimônio cultural, não gera direito à indenização e representa restrição parcial do bem.

17. No que tange aos princípios da Administração

Pública, considere:

I – Os atos e provimentos administrativos são

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

(C) aquisição ou restauração de obras de arte e

objetos históricos, de autenticidade certificada, desde que compatíveis ou inerentes às finalidades do órgão ou entidade.

(D) aquisição de bens destinados exclusivamente a

pesquisa científica e tecnológica com recursos concedidos por instituição de fomento a pesquisa credenciada pelo CNPq para esse fim específico.

20. É nulo e de nenhum efeito o contrato verbal

com a Administração

(A) salvo o de serviços comuns, de pronto

imputáveis não ao agente que os pratica, mas ao

pagamento, assim entendidos os que atendam a

órgão ou entidade da Administração Pública, que é

especificações usuais de mercado, de valor não

o

autor institucional do ato.

superior a 4 mil reais;

II

– A Constituição Federal exige, como condição

(B)

salvo o decorrente de dispensa de licitação;

para a aquisição da estabilidade, a avaliação

(C)

salvo o decorrente e inexigibilidade de

especial de desempenho por comissão instituída

licitação;

para essa finalidade.

(D)

salvo o de pequenas compras de pronto

As proposições citadas referem-se,

pagamento, assim entendidas aquelas de valor não

respectivamente, aos princípios da:

A) impessoalidade e eficiência.

B) hierarquia e finalidade pública.

C) impessoalidade e moralidade.

D) razoabilidade e eficiência.

18. Nos termos da Lei de Licitações (Lei nº 8.666/93), constituem, dentre outras, hipóteses em

superior a 4 mil reais, feitas em regime de adiantamento;

DIREITO PENAL

21. Se a mãe, sob estado puerperal, matar outro

filho, por erro, pensando estar matando o neonato,

responde por qual crime?

que será possível a licitação na modalidade tomada

(A)

Responde por homicídio

de preços:

(B)

Responde por homicídio, com redução de pena

(A) licitações internacionais, mesmo que o órgão

de 1/3 a 2/3 pela semi-imputabilidade;

ou entidade não disponha de cadastro internacional

(C)

É isenta de pena;

de fornecedores.

(D)

Responde por infanticídio.

(B)

compras e serviços, com exceção dos serviços

de engenharia, cujo valor seja de setecentos mil

22.

O legislador pátrio alterou o enfoque dado aos

reais.

chamados Crimes Contra os Costumes, passando a

(C)

casos em que couber convite.

denominá-los de Crimes Contra a Dignidade

(D)

obras e serviços de engenharia cujo valor seja

Sexual, através da edição da Lei Ordinária nº.

superior a um milhão e seiscentos mil reais.

19. É inexigível a licitação para

(A) contratação de serviço de gerenciamento de

obra, de natureza singular, com empresa de notória especialização.

(B) contratação de instituição brasileira incumbida

estatutariamente de pesquisa, com inquestionável reputação ético-profissional e sem fins lucrativos.

12.015/2009.

I) O tipo penal denominado “estupro de vulnerável” exige como condição do sujeito passivo do delito a idade inferior a 14 anos de idade ou ser possuidor de enfermidade ou doença mental capaz de reduzir sua capacidade de discernimento para a prática do ato, ou ainda, por qualquer outra causa, não possa oferecer resistência;

II) A conduta de constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal

II) A conduta de constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso, configura o delito de estupro.

III) O delito de estupro previsto no artigo 213 do Código Penal, com a nova redação dada pela Lei nº. 12.015/2009 é de ação penal pública incondicionada, independentemente da condição pessoal da ofendida.

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

26. Em relação ao concurso de pessoas é correto

afirmar:

(A) que no concurso necessário o crime, às vezes,

é plurissubjetivo.

(B) que no concurso eventual é subjetivo, por conta

do desvio subjetivo.

(C) que no concurso eventual o crime pode ser

unissubjetivo.

(D) que no concurso necessário o crime é objetivo

e subjetivo.

(A)

As três alternativas estão incorretas;

27.

É compatível com a modalidade culposa,

(B)

As três alternativas estão corretas;

conforme expressa previsão do Código Penal, o

(C)

São corretas apenas as alternativas I e II;

seguinte

crime praticado em detrimento à

(D)

Está correta somente a alternativa III

Administração Pública:

 

(A)

peculato;

23.

Se a tentativa de suicídio não provocar lesão ou

(B)

desacato;

apenas gerar lesão leve, como será considerado o

(C)

corrupção ativa;

fato?

(D)

corrupção passiva.

(A) Tentativa de suicídio punida como crime consumado;

28.

O Código Penal brasileiro:

(B)

Tentativa de suicídio em concurso formal com

(A)

quanto ao lugar do crime, adotou a teoria mista

lesão corporal leve ou vias de fato;

(C) Tentativa de suicídio em concurso material com

lesão corporal leve ou vias de fato;

(D) Fato atípico.

24. É considerado, conforme entendimento expresso em diversas doutrinas, crime bipróprio, por conta da exigência, para a configuração do crime, da presença de uma condição especial no

ou da ubiquidade.

(B) quanto ao lugar do crime, adotou a teoria da

atividade ou da ação.

(C) quanto ao tempo do crime, adotou a teoria mista

ou da ubiquidade.

(D) quanto ao tempo do crime, adotou a teoria do

resultado.

DIREITO CIVIL

 

que diz

respeito ao sujeito ativo e ao sujeito

passivo:

29.

Quanto aos vícios redibitórios é correto afirmar

(A)

Estupro;

que só dão direito:

(B)

Estupro de Vulnerável;

a)

à ação redibitória ou à estimatória, se houver

(C)

Assédio Sexual;

conhecimento do vício pelo alienante.

(D)

Violação Sexual Mediante Fraude.

b)

À pretensão indenizatória por perdas e danos, se

 

houver conhecimento do vício pelo alienante.

25.

A conduta de “exigir, para si ou para outrem,

c)

À opção pela ação estimatória, se forem vícios

direta ou indiretamente, ainda que fora da função

ou

vantagem indevida” é descrita, dentre os delitos

contra a Administração Púbica, no Código Penal, como crime de:

assumi-la, mas em razão dela,

antes

de

de fácil percepção.

d) À ação redibitória, se forem vícios de fácil

percepção.

30. João, mediante contrato firmado, prestava

(A)

concussão;

serviços de assistência técnica aos computadores de

(B)

prevaricação;

Mário. Por mútuo consenso, as partes resolveram

(C)

peculato;

por fim à relação contratual. De acordo com as

(D)

corrupção passiva.

regras de extinção dos contratos, trata-se de hipótese de:

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito a) Resilição unilateral. concentração cabe ao devedor, se

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

a)

Resilição unilateral.

concentração cabe ao devedor, se outra

b)

Resolução sem culpa.

coisa não se estipulou.

c)

Anulação do contrato.

II. na obrigação de dar coisa incerta, após o

d)

Resilição bilateral.

exercício do direito de escolha, torna-se obrigação de dar coisa certa.

31.

Com relação ao direito das obrigações, assinale

III. na obrigação de fazer personalíssima, o

a opção correta.

devedor poderá enviar terceira pessoa em

a)

É permitido transformar os bens naturalmente

seu lugar para cumprir a obrigação.

divisíveis em indivisíveis se a alteração se der para preservar a natureza da obrigação, por motivo de força maior ou caso fortuito, mas não por vontade

IV. na obrigação de não revelar segredo industrial, se o devedor revelar para apenas 1 pessoa o segredo, o credor não poderá

das partes.

exigir perdas e danos.

b)

As obrigações ambulatórias são as que incidem

Estão corretas:

sobre uma pessoa em decorrência de sua vinculação

a um direito pessoal, haja vista que da própria titularidade lhe advém a obrigação.

c) Não pode o devedor obrigar o credor a receber

parte em uma prestação e parte em outra. d) A desconcentração é característica das obrigações de dar coisa incerta. É configurada pela escolha, ato pelo qual o objeto ou prestação se

tornam certos e determinados, sendo necessário, para que possa produzir efeitos, que o credor seja disso cientificado.

32. Com relação a obrigação de DAR COISA

INCERTA:

I - Nas coisas determinadas pelo gênero e pela

quantidade, a escolha pertence ao devedor, se o

contrário não resultar do título da obrigação; mas não poderá dar a coisa pior, nem será obrigado a prestar a melhor.

II - Antes da escolha, não poderá o devedor alegar

perda ou deterioração da coisa, ainda que por força

maior ou caso fortuito. III - A coisa incerta será indicada, ao menos, pelo gênero e pela quantidade. IV - A coisa incerta será indicada, pelo gênero, quantidade e qualidade. São verdadeiras:

a) I, II, III e IV.

b) I, II e III somente.

c) I, II e IV somente.

d) I e II somente.

33. Analise as afirmativas e responda:

I. nas obrigações alternativas e nas obrigações de dar coisa incerta, a escolha ou

a) I, II e IV;

b) I, II e III;

c) I e II;

d) II e IV;

34. Tratando-se de negócio jurídico:

I. Sua validade requer agente capaz, objeto lícito e consentimento e, quando a lei exigir, a forma ou

solenidade;

II. O menor, entre dezesseis e dezoito anos, pode,

para eximir-se de uma obrigação, invocar a sua

idade se dolosamente a ocultou quando inquirido pela outra parte, ou se, no ato de obrigar-se, declarou-se maior;

III. Quando a lei dispuser que determinado ato é

anulável, sem estabelecer prazo para pleitear-se a

anulação, será este de quatro anos, a contar da data da conclusão do ato;

IV. A manifestação da vontade é imprescindível ao

negócio jurídico.

Aponte as assertivas incorretas:

a) I e II, somente.

b) II e IV, somente.

c) II e III, somente.

d) III e IV, somente.

35. Verifique os seguintes defeitos do negócio

jurídico e responda:

I. o erro, a coação e o estado de perigo são vícios de consentimento;

II. a lesão, a fraude contra credores e a coação são

vícios sociais;

III. o estado de perigo, a lesão e o dolo acarretam a

anulação do negócio jurídico;

IV. o dolo, o erro e a simulação provocam a nulidade do negócio jurídico. Pode-se

IV. o dolo, o erro e a simulação provocam a nulidade do negócio jurídico.

Pode-se afirmar que são verdadeiras as afirmativas:

a) I, somente.

b) I e II, somente.

c) I e III, somente.

d) II e IV, somente.

36. Tratando-se de responsáveis pela reparação civil:

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

DIREITO EMPRESARIAL

38. Considere as proposições abaixo acerca do

nome empresarial.

I. A sociedade em que houver sócios de

responsabilidade ilimitada operará sob denominação social.

II. A sociedade anônima poderá adotar firma ou

denominação social.

III. O nome de sócio que vier a falecer sempre pode

ser conservado na firma social.

I - os pais, pelos filhos menores que estiverem sob

IV. O nome empresarial não pode ser objeto de

sua

autoridade e em sua companhia;

compra e venda.

II - o tutor e o curador, pelos pupilos e curatelados,

V. A sociedade em conta de participação não pode

que

se acharem nas mesmas condições;

ter firma ou denominação.

III

- o empregador ou comitente, por seus

Está correto o que se afirma APENAS em

empregados, serviçais e prepostos, no exercício do trabalho que lhes competir, ou em razão dele;

IV - os donos de hotéis, hospedarias, casas ou

estabelecimentos onde se albergue por dinheiro, mesmo para fins de educação, pelos seus hóspedes,

moradores e educandos; V - os que gratuitamente houverem participado nos produtos do crime, até a concorrente quantia.

São verdadeiras as afirmativas:

a) I, II, III, IV e V.

b) I, II, III, somente.

c) I, III, IV somente.

d) II, III e V somente.

37. A respeito da interpretação do negócio jurídico:

a) II e V.

b) I e III.

c) II e III.

d) IV e V.

39. A personalidade jurídica da sociedade empresária se inicia:

a) Com o registro do ato constitutivo.

b) Com a assinatura do contrato social.

c) Após a expedição de alvará de

funcionamento pelo poder público.

d) A simples vontade de exercer a atividade

empresarial já dá início à personalidade jurídica da

sociedade empresária.

40. Sobre o Endosso:

I. Nas declarações de vontade será atendida mais a

a)

Os seus efeitos são: transferência de

intenção nelas consubstanciada do que o sentido

titularidade e criação de obrigação solidária do

literal da linguagem.

endossante quanto ao pagamento do título de

II. A fiança admite interpretação extensiva.

crédito.

III. Quando houver no contrato de adesão cláusulas

b)

É o meio de transmissão de títulos de

ambíguas ou contraditórias, deverá ser adotada a interpretação mais favorável ao aderente.

crédito nominativos ao portador e também aos nominativos não à ordem.

IV. Quando a cláusula testamentária for suscetível

c)

A transferência do título nominativo se faz

de

interpretações diferentes, deverá prevalecer a

com a simples tradição.

que

melhor assegure a observância da vontade do

d)

É válida a cláusula de endosso condicional.

herdeiro.

Responda:

41.

Acerca do instituto do Aval é correto afirmar

a) Todas as afirmativas I, II, III e IV são

que:

verdadeiras.

a)

Há o benefício de ordem, ou seja, o avalista

b) Todas as afirmativas I, II, III e IV são falsas.

c) As afirmativas III e IV são verdadeiras.

possui responsabilidade subsidiária.

b) O avalista possui responsabilidade solidária

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito c) Para a realização do aval se faz necessária

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

c)

Para a realização do aval se faz necessária a

qualquer momento no feito, pois deverá ser

criação de um instrumento específico, vinculando a obrigação ao título de crédito.

praticado no exato período de tempo definido pela lei processual.

d)

Possui as mesmas regras da cessão civil de

b)

Na contagem do prazo processual em dias:

crédito.

exclui-se o termo inicial, começando a contagem em dia útil seguinte ao termo inicial.

42. Acerca do protesto:

a) É obrigatório para possibilitar o

ajuizamento de Ação de Execução, em qualquer título.

b) É necessário para provar a falta ou recusa de

aceite na duplicata e na letra de câmbio.

c) É o meio utilizado para realizar a cobrança

judicial do valor contido no título de crédito.

d) Deve ser realizado no cartório de notas do

domicílio do devedor.

PROCESSO CIVIL

43: Sobre o tema Competência Jurisdicional, assinale a alternativa correta.

a) a incompetência do Juízo não pode ser alegada

em primeiro grau de jurisdição.

b) somente o réu pode alegar a incompetência

absoluta do juízo.

c) a incompetência absoluta do Juízo pode e deve

ser declarada de ofício pelo Juiz.

d) o Juiz pode alegar a incompetência relativa do

Juízo em qualquer fase processual.

44: Assinale a alternativa incorreta.

a) nulidade processual é a consequência de

invalidação de um ato processual eivado de vício

formal.

b) ato processual nulo surtirá efeito nos autos do

processo até o momento em que o juiz declare a

nulidade.

c) ato inexistente jamais surtirá efeito na relação

processual, posto que é considerado um ‘nada jurídico’.

d) o princípio da ‘instrumentalidade das formas’

estabelece que: ‘a formalidade do instrumento

procedimental apresenta uma importância maior em relação à finalidade do ato processual’

45: No que diz respeito ao tema ‘Prazos Processuais’, anote a alternativa incorreta.

a) Prazo processual próprio é aquele que não

permite a prática do ato processual pelas partes a

c) A ampliação de prazos processuais para o

Ministério Público e Fazendas Públicas, não ofende

o princípio constitucional da igualdade processual.

d) Os prazos que a lei processual estabelece para a

prática de atos pelo Juiz podem ser classificados

como próprios.

46: O assistente ingressa no processo para:

a) substituir a parte nas situações de ausência

processual;

b) praticar atos processuais que beneficiem o

assistido;

c) auxiliar as partes apenas na produção de provas;

d) atuar no processo sem que tenha os mesmos

poderes e deferes das partes.

47: Carência de ação é:

a) ausência de qualquer um dos elementos

identificadores da ação, quais sejam: ‘partes’; pedido; e ‘interesse processual’

b) falta dos pressupostos processuais: ‘capacidade

postulatória’ e ‘capacidade para estar em juízo’

c) ausência processual das condições genéricas

então definidas como: ‘legitimidade para ser parte’; ‘causa de pedir’: ‘pedido’ e ‘interesse substancial’.

d) ausência nos autos de qualquer uma dessas

condições genéricas: “interesse processual’;’ e

‘legitimidade para ser parte e ocupar os polos litigantes da relação processual’.

48: Causa de pedir consiste em:

a) elemento identificador da ação, e precisamente

aquilo que o juiz deverá julgar.

b) apresentação dos fatos, e também indicação dos

fundamentos jurídicos que apoiam o pedido.

c) uma das condições genéricas da ação.

d) apresentação dos fatos com todas as suas

circunstancias, e mera referência a uma fundamentação legal.

49: No que se refere aos recursos cíveis e à atuação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), assinale a opção correta:

a) A cognição do STJ, no julgamento do recurso especial, abrange as questões de fato,

a) A cognição do STJ, no julgamento do recurso

especial, abrange as questões de fato, podendo a Corte reexaminar a prova produzida.

b) Conhecimento e provimento de um recurso são

expressões equivalentes.

c) Pode o STJ conhecer de um recurso especial e,

no mérito, dar-lhe ou negar-lhe provimento.

d) Pode o STJ conhecer de recurso especial

interposto sob a alegação de que a decisão recorrida violou diretamente a Constituição Federal.

FILOSOFIA DO DIREITO

50. Hans Kelsen, ao abordar o tema da interpretação jurídica no seu livro Teoria Pura do Direito, fala em ato de vontade e ato de conhecimento. Em relação à aplicação do Direito

por um órgão jurídico, assinale a afirmativa correta da interpretação.

a) Prevalece como ato de conhecimento, pois o

Direito é atividade científica e, assim, capaz de

prover precisão técnica no âmbito de sua aplicação por agentes competentes.

b) Predomina como puro ato de conhecimento, em

que o agente escolhe, conforme seu arbítrio, qualquer norma que entenda como válida e capaz de regular o caso concreto.

c) A interpretação cognoscitiva combina-se a um

ato de vontade em que o órgão aplicador efetua uma

escolha entre as possibilidades reveladas por meio da mesma interpretação cognoscitiva.

d) A interpretação gramatical prevalece como

sendo a única capaz de revelar o conhecimento

apropriado da mens legis.

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito 1   2   3   4   5

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Curso de Direito

1

 

2

 

3

 

4

 

5

 

6

 

7

 

8

 

9

 

10

   

11

 

12

 

13

 

14

 

15

 

16

 

17

 

18

 

19

 

20

   

21

 

22

 

23

 

24

 

25

 

26

 

27

 

28

 

29

 

30

   

31

 

32

 

33

 

34

 

35

 

36

 

37

 

38

 

39

 

40

   
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50