TIPO DE PROVA: mini-teste 1

ANO LETIVO: 2014 / 2015

DATA: 30/10/2014

11h

1.º SEMESTRE

1.º CICLO EM Direito
UNIDADE CURRICULAR: DIREITO DA UNIÃO EUROPEIA - 2.º ANO
Duração da prova: 1 hora e 30 minutos

OBSERVAÇÕES

Este teste é constituído por dois grupos, devendo ler atentamente todo o enunciado da prova
antes de começar a responder. Todas as respostas devem ser completas e fundamentadas juridicamente. A
ponderação da prova é de 40 % para a parte escrita.
A estruturação e o grau de precisão das respostas são considerados na avaliação. Quando
presente um texto introdutório, as respostas deverão ter com ele uma relação objectiva, sendo essa
conexão elemento de avaliação.

I

(10 valores)

O surgimento dos Tratados institutivos das Comunidades Europeias deu origem a uma nova
“Comunidade de Direito” que corresponde à ideia de Estado de Direito. Esta União de Direito forma um
sistema que teve origem nos princípios e disposições que integram os Tratados, estes alterados por via de
revisão e com pequenas modificações introduzidas pelos tratados de adesão que consubstanciaram os
sucessivos alargamentos.

a) Explique a razão de ser, importância, lógica e alterações que os alargamentos
da União Europeia implicam. (5 valores)

b) O que entende por as fases de integração e caracterize uma delas.

IMP.GE.92.0

(5 valores)

para fazerem valer a vontade jurídica da respetiva organização. publicada pela Coimbra Editora em Junho de 2014.0 . estiveram na origem da criação dos tratados institutivos e. (5 valores) b) Escolha uma instituição da União Europeia que tenha estudado até ao momento. a) Refira a génese das instituições das Comunidades Europeias. criaram um conjunto inovador de instituições com poderes para criar uma nova ordem jurídica.92. com o ISBN 978972-32-2231-9. mencionando os tratados iniciais envolvidos no seu funcionamento.II (10 valores) Nos primórdios de fundação das primitivas Comunidades Europeias. presidência. competências e funcionamento.GE. (5 valores) NOTA Os textos introdutórios das questões foram inspirados na obra A Diretiva Comunitária. os sujeitos mais antigos do direito internacional. explicando a sua composição. IMP. de António Pinto Pereira. Nomeadamente consultadas as páginas 70 a 81. os Estados.

0 .º ANO Grelha de critérios de correção desenvolvidos.TIPO DE PROVA: mini-teste 1 ANO LETIVO: 2014 / 2015 DATA: 30/10/201 11h 1. o que foi acontecendo de forma faseada ao longo de sete alargamentos até desde 1972 a 2007. Esta vocação de abertura é importante para a vida de paz na Europa celebrada recentemente através da atribuição de um prémio Nobel em 2012. Total : 20 valores. bem como os anos de assinatura e de início de vigência dos tratados de adesão: Tratado de IMP. com o convite para a adesão ficou em aberto numa intenção de adesão/convite para todos os Estados europeus democráticos.º CICLO EM Direito UNIDADE CURRICULAR: DIREITO DA UNIÃO EUROPEIA .1. (1 valor) Identificação de algumas (não exaustiva) adesões aos tratados institutivos. (2 valores) O surgir das Comunidades Europeias: Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA). Comunidade Económica Europeia (CEE) e Comunidade Europeia da Energia Atómica (CEEA) e sucessivos alargamentos através de um procedimento específico dos respectivos tratados de adesão (artigo 49. na intenção de permanecerem como tópicos de estudo em futuros períodos de avaliação. I (sub-total: 10 valores) a) (total: 5 valores) O aluno deve construir um texto com a descrição pedida.º do TUE).GE.º SEMESTRE 1.92. Deve referir os seguintes aspetos: Desde a Declaração Schuman de 9 de Maio de 1950 o lançamento da união pacífica que põe fim a época de guerras periódicas no território da Europa.

nomeadamente nos artigos relativos à composição das instituições (1 valor) Menção ao texto para demonstrar a confirmação dos elementos pedidos (0. Tratado do Luxemburgo de 25 de Abril de 2005 .º 3. alínea a). e 30. n. n. Letónia. mencionando as fases de integração económica como uma proposta de explicar a evolução da União Europeia.5 valores) . Tratado de Atenas de 28 de Maio de 1979 .º Alargamento: Áustria.2. Estes tratados implicam sempre algumas pequenas modificações nos tratados institutivos. Polónia. Tratado de Lisboa e Tratado de Madrid de 12 de Junho de 1985 . Eslováquia. Tratado de Atenas de 16 de Abril de 2003 . ao mercado único ou mercado interno (artigo 3.7.º Alargamento: Estónia.º Alargamento: Roménia.5 valores) b) (total: 5 valores) O aluno deve construir um texto de enquadramento com a caracterização da noção. do TUE) ou à união política. Lituânia.1.º 1. do TFUE).º Alargamento: Grécia.º Alargamento: Reino Unido.0 .º.Bruxelas de 22 de Janeiro de 1972 . Chipre.3. Bulgária.4. explicar o conceito. boa construção do texto e completude da resposta. Dinamarca e Irlanda. E escolher referir-se: a uma zona de comércio livre.º Alargamento: Croácia. Tratado de Corfu de 23 de Junho de 1994 . do TUE e artigo 26. apenas o ano dos alargamentos que mencionar. Malta.6.5 valores) IMP. Suécia e Finlândia. tendo em conta os seus objectivos. Hungria. República Checa. (1 valor) Em cada caso. Apreciação global do texto elaborado atendendo às advertências feitas atempadamente nas aulas e na própria prova de fundamentação jurídica. à união aduaneira atingida em 1968 (hoje artigos 3. à União Económica e Monetária (artigo 3. n.5.92.º. mas indica-se aqui a referência completa). (3.GE.º 4.º a 32.º. conforme o texto (não se pede ao aluno que indique as datas com esta precisão. Tratado de Bruxelas de 9 de Dezembro de 2011 .º do TFUE). (0. Eslovénia.º Alargamento: Portugal e Espanha.º.

(1 valor) . e 14.Apreciação global do texto elaborado atendendo às advertências feitas atempadamente nas aulas e na própria prova de fundamentação jurídica.a necessidade de todas as organizações internacionais (dar o conceito) serem dotadas de órgãos.focar a ideia de fusão institucional operada (desejável menção aos tratados respectivos .GE. hoje procedimento legislativo ordinário. etc.identificar as (4) instituições originárias das Comunidades Europeias.menção ao texto. (0. (1 valor) .“Convenção relativa a certas Instituições comuns às Comunidades Europeias” de 25 de Março de 1957 e Tratado de 8 de Abril de 1965).o actual quadro institucional da União Europeia (artigos 13. comentando. surgir e reforço do poder de co-decisão.5 valores) .º.5 valores) IMP. (0.92. boa construção do texto e completude da resposta. boa construção do texto e completude da resposta. (0. (0.º 1.5 valores) II (sub-total: 10 valores) a) (total: 5 valores) O aluno deve identificar os seguintes pontos.5 valores) .5 valores) Apreciação global do texto elaborado atendendo às advertências feitas atempadamente nas aulas e na própria prova de fundamentação jurídica. n.exemplos de alterações através de revisão aos Tratados na matéria das instituições (reforço dos poderes do Parlamento Europeu.0 . (1 valor) .). em texto coerente: .º do TFUE). (0.º do TUE e 223.

7.regras sobre a presidência. em versão posterior a 2005 IMP. (0. (0. Direito da União. Coimbra: Wolters Kluwer | Coimbra Editora. A prova deve ser realizada com recurso e utilização dos textos: TUE – Tratado da União Europeia TFUE – Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia.ª ed. em texto coerente e sempre com os artigos necessários: (0.O sistema institucional.GE. 7.. CAMPOS.º ed. Coimbra: Livraria Almedina. ambos na versão alterada pelo Tratado de Lisboa de 2007 CRP – Constituição da República Portuguesa.5 valores) . 2014.. João Luiz Mota de e PEREIRA. João Mota de.5 valores) Apreciação global do texto elaborado atendendo às advertências feitas atempadamente nas aulas e na própria prova de fundamentação jurídica.b) (total: 5 valores) O aluno deve identificar os seguintes pontos.suas competências e composição.5 valores) . (0.5 valores) . (0. (2 valores) . depois de indicar uma instituição de entre o Conselho Europeu e o Parlamento Europeu ----------.0 . 2014. a ordem jurídica e o ordenamento económico da União Europeia. Miguel. António Pinto.menção ao texto. Manual de Direito Europeu . boa construção do texto e completude da resposta.5 valores) Para todas as respostas são indicados os manuais: CAMPOS. GORJÃO-HENRIQUES.92.5 valores) . (0.se se trata instituição originária das Comunidades Europeias.sua génese no respectivo tratado institutivo (CECA) ou sua introdução posterior se for o caso.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful