Você está na página 1de 3

Zonas Básicas:

natural, motivo tem que se manter

No Criativo Auto ( profundidade de campo) : Tornar o fundo desfocado/nítido

Zonas Básicas: natural, motivo tem que se manter  No Criativo Auto ( profundidade de campo)

imóvel mesmo após o flash disparar.

Utilize grande-angular (Se o motivo parecer escuro aproxime-se e dispare novamente).

Se mover a marca de índice para a esquerda, o fundo vai parecer mais desfocado. Se a mover para a direita, o fundo vai parecer mais focado.

Zonas criativas:  TV: Transmitir o Movimento do Motivo: Pag104 Técnicas:
Zonas criativas:
 TV: Transmitir o Movimento do
Motivo:
Pag104
Técnicas:

No modo <P > ( Programa AE) : A câmara define a velocidade do obturador e a abertura automaticamente para obter uma exposição padrão em função do brilho do motivo.

No modo Retrato : Desfoca o fundo para destacar a pessoa e suaviza também os tons de pele e os cabelos. Quanto maior a distância entre o motivo e o fundo, melhor. Foque o rosto (AF).

Modo paisagem : Panoramas amplos ou para uma boa focagem dos motivos em primeiro e segundo plano. Para azuis e verdes vivos e imagens nítidas com contornos bem definidos. Utilize Objetiva grande- angular (Assim tanto os objetos próximos como os distantes ficam bem focados). Também é adequado para cenas noturnas.

Abertura do Diafragma: O tamanho da abertura da Iris. Quanto mais aberta, mais luz entra. Menor o Numero (f/N), maior a profundidade. Para pontos de luz é bom usar diafragma fechado (f/22 ou 25). Para nitidez É melhor a Abertura do diafragma no meio (centro) e não nos extremos. ISO: Sensibilidade à luz do sensor de imagem. ISO 100 – 400:

Modo Grande plano (Símbolo da flor): Se quiser fotografar flores ou pequenos objetos de perto, Aproxime-se o máximo possível do motivo.

Exterior em dia de Sol. ISO 400 – 1600: Céu muito nublado ou fim de tarde. ISO 1600 – 6400:

Ambiente interior escuro ou à noite. Quanto mais elevada for a velocidade ISO, maior será o alcance do flash. As imagens com velocidades ISO elevadas ficam com um efeito granulado (ruído) e se for usado também um flash para fotografar um motivo próximo, pode ocorrer sobreexposição. Quando mais luz, menor pode ser ISO. Com pouca luz, use um ISO maior. Para utilizar uma velocidade rápida

Modo Desporto (Homem correndo):

Para fotografar um motivo em movimento, Utilize o ponto AF central para focar (carregue no botão do obturador até meio para fazer a focagem automática, Quando quiser tirar a fotografia, carregue no botão do obturador até ao fim).

Modo Retrato Noturno: Fotografar pessoas à noite e obter um fundo com uma cena noturna de aspeto

para congelar o salto, usar ISSO 800 (recomendado). O ISO considerado normal é o ISO 100, pois é o que permite obter fotografias mais vivas com o menor ruído (Em condições de iluminação ideais). -Se o motivo estiver afastado, aumente a velocidade ISO (pode alargar o alcance do flash). Em ambientes claros, diminua a velocidade ISO. Velocidade do obturador ou

tempo de exposição: A quantidade de tempo que o obturador leva para abrir e fechar, deixando passar a luz que irá sensibilizar o sensor. Quanto menor o tempo de exposição, menos luz é absorvida e maior a abertura do diafragma necessária para se obter uma exposição correta. Fotografia da luz (light painting):

baixa velocidade do obturador para capturar o “caminho” deixado pelos pontos de luz. É preciso registrar exposições longas, ambientes suficientemente escuros e ter fontes de luz como pequenas lanternas, aqueles chaveiros com leds ou até velas. Se a luz for muito forte, o ISSO tem valor baixo e uma abertura do diafragma intermediária. -Céu estrelado: ISO maior possível (3200), velocidade do obturador maior possível (18s), f/3.5 (Nos dois caso usar contagem regressiva para não tremer na hora do disparo). -Rastro de luzes: Muitos segundos de exposição, F8 e ISO 80(100). -Fogos de artifício: velocidade de 2 a 15 segundos, ISO máximo de

100, Use longa exposição, Desligue seu Flash, ISO baixo, foco baixo (f/8). -Técnica com Bombril (Steel Wool): Com obturador da câmera bem aberto, Use o Bombril em chamas e girando (com alguma coisa para segurar a Bombril, como um arame) e escolha lugares escuros. Exposição maior que cinco segundos, Comprimento focal de 24 mm, abertura F11 e ISO 200 ou velocidade de 5 segundos, abertura F8 e ISO 80 (algo próximo disso). Fotometria: Técnica usada para MEDIR a quantidade e intensidade de luz e o brilho em um ambiente. Para a leitura correta da luz o tracinho precisa ficar no meio ou no zero (Assim a quantidade correta de luz que atingirá o sensor da câmera).

Tipos:
Tipos:

-Medição Parcial: É útil

para fotografia de grupos grandes, quando as pessoas estão juntas na área central da imagem, Quando o motivo é maior do que a área central da foto e quando o fundo é muito mais claro do que o motivo devido a contraluz.

para congelar o salto, usar ISSO 800 (recomendado). O ISO considerado normal é o ISO 100
para congelar o salto, usar ISSO 800 (recomendado). O ISO considerado normal é o ISO 100

-Medição matricial: Esta pode ser enganada por motivos com grandes áreas de sombras ou altas luzes intensas. Serve para motivos em contraluz. Abrange uma média do quadro inteiro da imagem (de toda a luz que chegar, fará uma média e a

câmera apresentará o que deve ser correto no fotômetro).

câmera apresentará o que deve ser correto no fotômetro). -Medição ponderada com predominância ao centro: Adequado
câmera apresentará o que deve ser correto no fotômetro). -Medição ponderada com predominância ao centro: Adequado

-Medição ponderada com predominância ao centro:

Adequado para retratos com grandes planos. Paisagem: Para azuis e verdes vivos e imagens nítidas com contornos bem definidos. Neutro: indicado para utilizadores que preferem processar imagens com o computador. Cores naturais e imagens de tons suaves. Fiel:

Mais ênfase ao centro da cena, mas também levando em consideração o restante. Dá mais prioridade ao centro que nas bordas (avançados). Distância focal: Quanto menor o ângulo que a lente alcança, menor será a profundidade de campo. Truque é zoom no máximo e afastar a câmera. Desfocar o fundo (profundidade de campo- Bokeh): 1-Quanto mais próximo do motivo, mais desfocado ficará o fundo. 2- Conseguir a chamada distância focal. 3-Abertura do diafragma (f/4). (1/800s | ISO 400 ou 200) Características de Estilo Imagem:

câmera apresentará o que deve ser correto no fotômetro). -Medição ponderada com predominância ao centro: Adequado

utilizadores que preferem processar imagens com o computador. Para altas temperaturas. Produz imagens de tons suaves. Monocromática: Cria imagens a preto e branco. AF (Focagem Automática): One- Shot-Para Motivos Parados, para Quando fotografar um retrato muito próximo (foque os olhos.) AI Servo- Para Motivos em Movimento. AI Focus- Para quando o motivo parado começar a mover-se.

Tipos: Standard: A imagem parece viva, nítida e com contornos bem definidos. Retrato:

Para obter tons de pele bonitos. A imagem parece mais suave.