Você está na página 1de 1

MARANDINO, Martha. Museus de Cincias como Espaos de Educao.

In: Museus: dos Gabinetes


de Curiosidades Museologia Moderna. Belo Horizonte: Argumentum, 2005, pp. 165-176;

Apresentao: Texto curto sobre museologia e prtica educativa. A autora tenta construir um
paralelo entre uma educao formal escolar e a no formal museolgica, distinguindo a prtica
educativa entre supostos diferenciais do ensino extrainstitucional. Superado esse primeiro ponto,
intervm como um manual sobre a atuao do educador e na relao educador-pblico.

Notas:

Introduo

Aspectos da Pedagogia Museal

Falhas Textuais:

- O primeiro subcaptulo construdo ao redor do texto clssico de Van-Praet e Poucet (1989, Les
muses, Lieux de Contre-ducation et de Partenariat avec Lcole) acerca da relao histrica e
socialmente construda entre a escola e o museu. No entanto, no h uma aproximao entre o
objeto do texto prticas de ensino educativo no museu de cincias e a dimenso clssica de
museu abarcada por tais autores alm de curtas citaes destes aos museus de cincia natural. A
problemtica sobre o Museu de Cincias atual e o distanciamento (ou at mesmo a negao
deste) do Museu de Cincia Natural no simplesmente realizado.

- A ausncia de problemtica da Experincia. Por pelo menos duas vezes (atualizar) utilizada a
palavra experincia com significado pr-concebido relativo primeira experimentao do museu.
ignorada (ou desconhecida), todavia, o debate e desconstruo da experincia como jargo da
mediao extrainstitucional e o texto clssico de Larrosa no sequer mencionado. Sendo assim,
experincia atribudo um objetivo alcanvel e simplstico na relao entre o pblico e o espao.

O CDIGO DAS CORES. Manual de Formao de Mediadores. Museu Exploratrio de Cincias da


Unicamp.

- Guia expogrfico para acompanhamento do percurso.