Você está na página 1de 19
Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 – opções 2

Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 – opções 2 ou 3 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br | web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 | Higienópolis 01230 909 | São Paulo SP

Presidente: Gildo Freire de Araujo Gestão 2016-2017

Autoestudo Escrituração Fiscal Digital - ECF Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos O conteúdo
Autoestudo
Escrituração
Fiscal
Digital - ECF
Elaborado por:
José Sérgio Fernandes de Mattos
O conteúdo desta apostila é de inteira
responsabilidade do autor (a).

A reprodução total ou parcial,

bem como a reprodução de apostilas a partir desta obra intelectual, de qualquer forma ou por qualquer meio eletrônico ou mecânico, inclusive através de processos xerográficos, de fotocópias e de gravação, somente poderá ocorrer com a permissão expressa do seu Autor (Lei n.º 9610/1998).

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS:

É PROIBIDA A REPRODUÇÃO

TOTAL OU PARCIAL DESTA APOSTILA, DE QUALQUER FORMA OU POR QUALQUER MEIO. CÓDIGO PENAL BRASILEIRO ARTIGO 184.

REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTA APOSTILA, DE QUALQUER FORMA OU POR QUALQUER MEIO. CÓDIGO PENAL BRASILEIRO
REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTA APOSTILA, DE QUALQUER FORMA OU POR QUALQUER MEIO. CÓDIGO PENAL BRASILEIRO

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

Escrituração Contábil Fiscal: Aspectos Contábeis e Gestão do Processo

Professor José Sergio Fernandes de Mattos

Escrituração Contábil Fiscal: Aspectos Contábeis e Gestão do Processo Professor José Sergio Fernandes de Mattos
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

Bloco 1º

O que está mudando nas rotinas das empresas com o advento da ECF?

com Excelência Gestão – 2016/2017 Bloco 1º O que está mudando nas rotinas das empresas com

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF - Introdução

A DIPJ - Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica, foi substituída a partir de 01/01/2014, assim como o LALUR e LACS em papel, pela ECF – Escrituração Contábil Fiscal, tendo como objetivo principal, aumentar o controle sobre a arrecadação de tributos, vinculando-se às obrigações acessórias já existentes, fazendo o cruzamento de informações; muito embora, isto já existisse no passado, porém, agora estando no ambiente SPED às auditorias eletrônicas serão mais eficazes, principalmente nas empresas optantes pelo Lucro Real e Presumido.

SPED às auditorias eletrônicas serão mais eficazes, principalmente nas empresas optantes pelo Lucro Real e Presumido.
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF - Pessoas jurídicas

A partir do ano de 2014 todas as pessoas jurídicas, inclusive as equiparadas, deverão apresentar a ECF de forma centralizada pela matriz, inclusive a SCP – Sociedade em Conta de Participação deverá ter a sua apresentação separada, além da transmissão da ECF da sócia ostensiva.

Não se aplica a obrigatoriedade: 1. As pessoas optantes pelo “Simples Nacional” durante o ano
Não se aplica a obrigatoriedade:
1. As pessoas optantes pelo “Simples Nacional” durante o ano calendário inteiro;
2. Aos órgãos públicos, às autarquias e às fundações públicas;
3. As pessoas inativas, de que trata a IN 1.536/2014.
Aos órgãos públicos, às autarquias e às fundações públicas; 3. As pessoas inativas, de que trata

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Prazo de entrega

A ECF deverá ser transmitida anualmente ao “SPED” até o último dia útil do mês
A ECF deverá ser transmitida anualmente ao “SPED” até o último dia útil do mês
de julho do ano seguinte ao ano calendário a que se refira. Com assinatura de um
certificado digital válido.
• No ano calendário de 2014 o prazo foi até 30/09/2015.
Eventos especiais: • Nos casos de extinção, cisão parcial, cisão total, fusão ou incorporação, a
Eventos especiais:
• Nos casos de extinção, cisão parcial, cisão total, fusão ou incorporação, a ECF
deverá ser entregue até o último dia útil do 3º (terceiro) mês subsequente ao
do evento.
• No caso do evento ocorrer entre janeiro a abril do ano calendário, o prazo será até o
último dia útil do mês de julho do referido ano.
entre janeiro a abril do ano calendário, o prazo será até o último dia útil do
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Informações

O sujeito passivo deverá informar, na ECF, todas as operações que influenciem a composição da
O sujeito passivo deverá informar, na ECF, todas as operações que influenciem a
composição da base de cálculo e o valor devido do Imposto sobre a Renda da
Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL),
especialmente quanto: (Art. 2º IN 1.422/2013, alterado pela IN nº 1.595/2015)

I - à recuperação do plano de contas contábil e saldos das contas, para pessoas jurídicas obrigadas a entregar a Escrituração Contábil Digital (ECD) relativa ao mesmo período da ECF; II - à recuperação de saldos finais da ECF do período imediatamente anterior, quando aplicável;

período da ECF; II - à recuperação de saldos finais da ECF do período imediatamente anterior,

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Informações

III

- à associação das contas do plano de contas contábil recuperado da ECD com

plano de contas referencial, definido pela Coordenação-Geral de Fiscalização (Cofis), por meio de Ato Declaratório Executivo (ADE);

Ato Declaratório Executivo COFIS Nº 46 DE 23/06/2016

Dispõe sobre o Manual de Orientação do Leiaute da Escrituração Contábil Fiscal (ECF).

COFIS Nº 46 DE 23/06/2016 Dispõe sobre o Manual de Orientação do Leiaute da Escrituração Contábil
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Informações

IV - ao detalhamento dos ajustes do lucro líquido na apuração do Lucro Real, no
IV - ao detalhamento dos ajustes do lucro líquido na apuração do Lucro Real, no
Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur), mediante tabela de adições e
exclusões definida pela Cofis, por meio de Ato Declaratório Executivo;

V - ao detalhamento dos ajustes da base de cálculo da CSLL, no Livro Eletrônico de Apuração da Base de Cálculo da CSLL (e-Lacs), mediante tabela de adições e exclusões definida pela Cofis, por meio de Ato Declaratório Executivo;

da CSLL (e-Lacs), mediante tabela de adições e exclusões definida pela Cofis, por meio de Ato

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Informações

III - à associação das contas do plano de contas contábil recuperado da ECD com plano de contas referencial, definido pela Coordenação-Geral de Fiscalização (Cofis), por meio de Ato Declaratório Executivo (ADE);

Ato Declaratório Executivo COFIS Nº 46 DE 23/06/2016

Dispõe sobre o Manual de Orientação do Leiaute da Escrituração Contábil Fiscal (ECF).

COFIS Nº 46 DE 23/06/2016 Dispõe sobre o Manual de Orientação do Leiaute da Escrituração Contábil
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Informações

VI - aos registros de controle de todos os valores a excluir, adicionar ou compensar
VI - aos registros de controle de todos os valores a excluir, adicionar ou compensar
em exercícios subsequentes, inclusive prejuízo fiscal e base de cálculo negativa da
CSLL; e

VII - aos registros, lançamentos e ajustes que forem necessários para a observância de preceitos da lei tributária relativos à determinação do lucro real e da base de cálculo da CSLL, quando não devam, por sua natureza exclusivamente fiscal, constar da escrituração comercial, ou sejam diferentes dos lançamentos dessa escrituração.

exclusivamente fiscal, constar da escrituração comercial, ou sejam diferentes dos lançamentos dessa escrituração.

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Informações

VIII - à apresentação do Demonstrativo de Livro Caixa, a partir do ano-calendário 2016, para
VIII - à apresentação do Demonstrativo de Livro Caixa, a partir do ano-calendário
2016, para as pessoas jurídicas optantes pela sistemática do lucro presumido que
se utilizem da prerrogativa prevista no parágrafo único do art. 45 da Lei nº 8.981,
de 20 de janeiro 1995, e cuja receita bruta no ano seja superior a R$ 1.200.000,00
(um milhão e duzentos mil reais), ou proporcionalmente ao período a que se
refere.
ano seja superior a R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), ou proporcionalmente ao período
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

Bloco 2º

Processos de informação para a geração da ECF.

Social com Excelência Gestão – 2016/2017 Bloco 2º Processos de informação para a geração da ECF.

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – PVA

Dados técnicos para geração do arquivo da ECF: • A empresa deverá gerar o arquivo
Dados técnicos para geração do arquivo da ECF:
• A empresa deverá gerar o arquivo da ECF com recursos próprios.
• O arquivo será obrigatoriamente submetido ao programa gerador da ECF para
validação de conteúdo, assinatura digital, transmissão e visualização.
• É possível o preenchimento da ECF no próprio programa gerador da ECF, em
virtude da funcionalidade de edição de campos.
• A recuperação de dados da ECD é obrigatória para empresas que são
obrigadas a entregar a ECD.
de campos. • A recuperação de dados da ECD é obrigatória para empresas que são obrigadas
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

0 - Abertura e Identificação : Abre o arquivo, identifica a pessoa jurídica e referencia
0 - Abertura e Identificação : Abre o arquivo, identifica a pessoa jurídica e referencia o período da ECF.

Registro 0000 – Identificação (abertura);

Registro 0010 – Parâmetros de Tributação;

Registro 0020 – Parâmetros Complementares.

(abertura); • Registro 0010 – Parâmetros de Tributação; • Registro 0020 – Parâmetros Complementares.

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

C - Informações Recuperadas das ECD (Bloco recuperado pelo sistema – Não é importado e
C - Informações Recuperadas das ECD (Bloco recuperado pelo sistema – Não é importado e não é
editado no programa)
• Armazena as informações do plano de contas e dos saldos mensais das ECD recuperadas.
• Armazena as informações do plano de contas e dos saldos mensais das ECD recuperadas. As ECD
recuperadas devem corresponder ao período da ECF.
• Os seguintes registros da ECD são recuperados na ECF:
• I050 – Plano de Contas - I051 – Mapeamento para o Plano de Contas Referencial - I053 – Subcontas Correlatas
• I100 – Centro de Custos - I150 – Data dos Saldos Periódicos - I155 – Saldos Periódicos
• I350 – Data da Apuração do Resultado - I355 – Saldos das Contas de Resultado Antes do Encerramento
Periódicos • I350 – Data da Apuração do Resultado - I355 – Saldos das Contas de
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

E - Informações Recuperadas da ECF Anterior e Cálculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD
E - Informações Recuperadas da ECF Anterior e Cálculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD (Bloco
recuperado pelo sistema – Não é importado e não é editado no programa)
• Armazena, da ECF recuperada do período imediatamente anterior, os saldos finais das contas referenciais
• Armazena, da ECF recuperada do período imediatamente anterior, os saldos finais das contas
referenciais e da parte B (do e-LALUR e e-LACS).
• Calcula os saldos contábeis de acordo com o período de apuração do tributo.
e da parte B (do e-LALUR e e-LACS). • Calcula os saldos contábeis de acordo com

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

J - Plano de Contas e Mapeamento
J - Plano de Contas e Mapeamento
• Apresenta o mapeamento do plano de contas contábil para o plano de contas referencial.
• Apresenta o mapeamento do plano de contas contábil para o plano de contas referencial.
• Caso a ECD recuperada possua o mapeamento para o plano de contas referencial válido na ECF, o
bloco J pode ser construído automaticamente e é permitida a sua edição.
• O bloco J também pode ser importado, independentemente da recuperação da ECD.
e é permitida a sua edição. • O bloco J também pode ser importado, independentemente da
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

K - Saldos das Contas Contábeis e Referenciais
K - Saldos das Contas Contábeis e Referenciais
• Apresenta os saldos das contas contábeis patrimoniais e de resultado por período de apuração
• Apresenta os saldos das contas contábeis patrimoniais e de resultado por período de apuração e o
seu mapeamento para as contas referenciais.
• Caso haja recuperação da ECD, o bloco K pode ser construído automaticamente e é permitida a
sua edição.
• O bloco K também pode ser importado, independentemente da recuperação da ECD.
e é permitida a sua edição. • O bloco K também pode ser importado, independentemente da

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

L - Lucro Líquido – Lucro Real
L - Lucro Líquido – Lucro Real
• Apresenta o balanço patrimonial, • a demonstração do resultado do exercício, • e apura
• Apresenta o balanço patrimonial,
• a demonstração do resultado do exercício,
• e apura o lucro líquido da pessoa jurídica tributada pelo lucro real.
a demonstração do resultado do exercício, • e apura o lucro líquido da pessoa jurídica tributada
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

M - e-LALUR e e-LACS – Lucro Real
M - e-LALUR e e-LACS – Lucro Real
• Apresenta os livros eletrônicos de escrituração e apuração: • do IRPJ (e-LALUR) e da
• Apresenta os livros eletrônicos de escrituração e apuração:
• do IRPJ (e-LALUR) e da CSLL (e-LACS);
• da pessoa jurídica tributada pelo lucro real;
• partes A e B.
• do IRPJ (e-LALUR) e da CSLL (e-LACS); • da pessoa jurídica tributada pelo lucro real;

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

N - Cálculo do IRPJ e da CSLL – Lucro Real: Calcula o IRPJ e
N - Cálculo do IRPJ e da CSLL – Lucro Real: Calcula o IRPJ e a CSLL com base no lucro real (estimativas
mensais e ajuste anual ou valores trimestrais).
P - Lucro Presumido: Apresenta o balanço patrimonial, a demonstração do resultado do exercício e
P - Lucro Presumido: Apresenta o balanço patrimonial, a demonstração do resultado do exercício e
apura o IRPJ e a CSLL com base no lucro presumido.
Q – Livro Caixa: Apresenta o demonstrativo do livro caixa para os casos previstos na
Q – Livro Caixa: Apresenta o demonstrativo do livro caixa para os casos previstos na legislação.
no lucro presumido. Q – Livro Caixa: Apresenta o demonstrativo do livro caixa para os casos
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos

T – Lucro Arbitrado: Apura o IRPJ e a CSLL com base no lucro arbitrado.
T – Lucro Arbitrado: Apura o IRPJ e a CSLL com base no lucro arbitrado.
U – Imunes ou Isentas: Apresenta o balanço patrimonial e a demonstração do resultado das
U – Imunes ou Isentas: Apresenta o balanço patrimonial e a demonstração do resultado das imunes
ou isentas. Apura o IRPJ e a CSLL quando forem obrigadas.
X – Informações Econômicas: Apresenta informações econômicas da pessoa jurídica.
X – Informações Econômicas: Apresenta informações econômicas da pessoa jurídica.
Y – Informações Gerais: Apresenta informações gerais da pessoa jurídica.
Y – Informações Gerais: Apresenta informações gerais da pessoa jurídica.
econômicas da pessoa jurídica. Y – Informações Gerais: Apresenta informações gerais da pessoa jurídica.

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Blocos envolvidos

Lucro Real Lucro Presumido Lucro Arbitrado Imunes Isentas
Lucro
Real
Lucro
Presumido
Lucro
Arbitrado
Imunes
Isentas
Blocos 0, C, E, J, K, L, M, N, X, Y Blocos 0, C, E
Blocos
0, C, E, J, K, L, M, N, X, Y
Blocos
0, C, E , J, K, P, X, Y
Novidade 2015
Blocos
0, T, X, Y
Todas as pessoas jurídicas ,
imunes e isentas estão
obrigadas a entregar a ECF
Blocos
0, C, E, J, K, U, X, Y
X, Y Todas as pessoas jurídicas , imunes e isentas estão obrigadas a entregar a ECF
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

Bloco 3º

A utilização do PVA e suas particularidades.

Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 Bloco 3º A utilização do PVA e suas particularidades.

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017
ECF - Criação
ECF - Criação
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 ECF - Criação
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017
ECF - Criação Parâmetros de Tributação. Momento da escolha: Real, Presumido, Arbitrado, Imunes ou Isentas.
ECF - Criação
Parâmetros de
Tributação.
Momento da
escolha:
Real, Presumido,
Arbitrado, Imunes
ou Isentas.
ECF - Criação Parâmetros de Tributação. Momento da escolha: Real, Presumido, Arbitrado, Imunes ou Isentas.

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017
ECF - Criação Parâmetros Complementares. Definição de informações específicas da atividade como também
ECF - Criação
Parâmetros
Complementares.
Definição de
informações
específicas da
atividade como
também
econômicas.
Parâmetros Complementares. Definição de informações específicas da atividade como também econômicas.
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Recuperação da ECD

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 ECF – Recuperação da ECD
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 ECF – Recuperação da ECD

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Recuperação da ECD

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 ECF – Recuperação da ECD
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 ECF – Recuperação da ECD
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Particularidades

BLOCO Q – Livro Caixa
BLOCO Q – Livro Caixa
Caixa;
Caixa;
Bancos conta movimento;
Bancos conta movimento;
Aplicações financeiras de curto prazo.
Aplicações financeiras de curto prazo.
Podemos afirmar que o livro caixa reporta as informações que estão contidas na DFC –
Podemos afirmar que o livro caixa
reporta as informações que estão
contidas na DFC – Demonstração dos
Fluxos de Caixa. (Método direto).
caixa reporta as informações que estão contidas na DFC – Demonstração dos Fluxos de Caixa. (Método

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Particularidades

ENTIDADES IMUNES
ENTIDADES IMUNES
Assistência social;
Assistência social;
Educacional;
Educacional;
Sindicato dos trabalhadores;
Sindicato dos trabalhadores;
Os templos de qualquer culto;
Os templos de qualquer culto;
Os partidos políticos;
Os partidos políticos;
Assistência social; Educacional; Sindicato dos trabalhadores; Os templos de qualquer culto; Os partidos políticos;
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

ECF – Particularidades

ENTIDADES ISENTAS
ENTIDADES ISENTAS

Associação Civil;

Cultural;

Entidade Aberta de Previdência Complementar (sem fins lucrativos);

Entidade Fechada de Previdência Complementar;

Associação de Poupança e Empréstimos;

Filantrópica;

Sindicato;

Recreativa;

Científica;

Fifa e Entidades Relacionadas;

CIO e Entidades Relacionadas; e

Outras;

• Científica; • Fifa e Entidades Relacionadas; • CIO e Entidades Relacionadas; e • Outras ;

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017 ECF – Penalidades – Falta de
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017
ECF – Penalidades
– Falta de entrega ou entrega extemporânea:
♦ Lucro Real
0,25% por mês-calendário ou fração, do lucro líquido antes do IRPJ e da CSLL, no período a que se
refere à apuração, limitada a 10% (dez por cento);
♦ Demais empresas
R$ 500,00 por mês-calendário ou fração, relativamente às pessoas jurídicas que estiverem em
início de atividade ou que sejam imunes ou isentas ou que, na última declaração apresentada,
tenham sido lucro presumido ou Simples Nacional;
R$ 1.500,00 por mês-calendário ou fração, relativamente às demais pessoas jurídicas;
– Apresentação com informações inexatas, incompletas ou omitidas:
3%, (mínimo de R$ 100,00) do valor omitido, inexato ou incorreto.
com informações inexatas, incompletas ou omitidas: 3%, (mínimo de R$ 100,00) do valor omitido, inexato ou
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017

BIBLIOGRAFIA

Básica:

Instrução Normativa RFB Nº 1422 DE 19/12/2013 - Dispõe sobre a Escrituração Contábil Fiscal (ECF).

Complementar:

Instrução Normativa RFB Nº 1515 DE 24/11/2014 - Dispõe sobre a determinação e o pagamento do imposto sobre a renda e da contribuição social sobre o lucro líquido das pessoas jurídicas, disciplina o tratamento tributário da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins no que se refere às alterações introduzidas pela Lei nº 12.973, de 13 de maio de 2014, e dá outras providências.

no que se refere às alterações introduzidas pela Lei nº 12.973, de 13 de maio de

CRC SP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e
Responsabilidade Social
com Excelência
Gestão – 2016/2017
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017
Transparência e Responsabilidade Social com Excelência Gestão – 2016/2017