Você está na página 1de 2

A reintegrao social a partir da progresso da Pena

Habitualmente v-se na televiso ou l-se em jornais


e revistas notcias sobre crimes, nunca vistos antes de forma to continua,
muito menos imaginados. E cada vez mais v-se dissipando na sociedade
brasileira, o medo e a raiva com relao a aplicao da Lei penal. Crimes
comuns cada vez mais crescem em nmero, gnero e espcie. Qual seria a
melhor maneira de combater a criminalidade? Talvez com penas mais duras,
pena com regime integralmente fechado. Todas essas opes j foram
aplicadas e no surtiram o efeito desejado, que era prevenir e diminuir a
criminalidade. Alguns acreditam que a criminalidade tem que ser atacada em
suas razes, ou seja, no combate misria, a m distribuio de renda,
desemprego, pobreza. Talvez essas sejam algumas solues, mas os ditos
indivduos predestinados ao crime.

A partir do advento da lei n 7.210/84 que criou a


Lei de Execuo Penal, a qual objetiva no somente punir, mas tambm
humanizar e reeducar o condenado. J a lei n 8.072/90 dispe sobre os crimes
hediondos e vedava progresso de regime para esses crimes, e a lei n
8.930/94 incluiu o artigo 121, 2o, I, II, III, IV e V, como crime hediondo. No
entanto a lei n 11.464/07 considerou inconstitucional a lei de crimes
hediondos, dando o direito a Progresso de Regime para estes crimes, gerando
uma enorme polmica, e discusso sobre o assunto. Dentre essa contnua
mudana de pensamento da sociedade, e consequentemente de suas leis, de
que maneira pensar, de que maneira agir em relao a esta constante mudana
de legislao. Para se ter uma opinio formada sobre o assunto, antes de
qualquer coisa, temos que saber de onde se originaram as penas, as suas
espcies, suas formas de cumprimento, e qual a funo social da pena.
O objetivo pretendido com a consumao deste
estudo, basear-se com o firme propsito por pesquisa dedicada, expor os
problemas da no progresso de pena para todos os componentes do sistema
carcerrio nacional. Esquadrinharemos como funciona e como poderia funcionar a
progresso de regime nos diversos nveis carcerrios. Destacando especificamente
os requisitos fundamentais para progresso de regime e como se aplica a Lei de
Execuo Penal.

A Metodologia empregada ser por mtodo


dedutivo, via consulta a livros, reportagens, os quais sero elencados por
pesquisas bibliogrfica e acadmicas matrias e sites, analise de casos,
pesquisas em sentenas processuais e decises em tribunais superiores e de 1
Instncia, alm pesquisas junto a Defensoria Pblica Criminal.