Você está na página 1de 11

Copyright2007 por

Marcos Stier Calixto.


Todos os direitos em língua
portuguesa reservados por:
Capa
A. D. SANTOS EDITORA
PROC Design
Al. Júlia da Costa, 215
80410-070 - Curitiba - Paraná - Brasil
Diagramação
+55(41)3324-9390
Manoel Menezes
www.adsantos.com.br
editora@adsantos.com.br
Impressão e acabamento:
Reproset

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)


CALIXTO, Marcos Stier
40 Dias Orando com a Família / Marcos Stier Calixto – Curitiba:
A.D. SANTOS EDITORA, 2007, 44 p.
ISBN – 97885-7459-135-3
1. Oração 2. Bíblia
CDD – 242

3ª Edição: Janeiro/2008 – 3000 exemplares.

Proibida a reprodução total ou parcial,


por quaisquer meios a não ser em citações breves,
com indicação da fonte.

Edição e Distribuição:
APRESENTAÇÃO
40 DIAS ORANDO COM A FAMÍLIA –
ABENÇOADO PARA ABENÇOAR
O SENHOR lembra-se de nós e nos abençoará
(Salmo 115:12a)

No final do ano de 2004, ainda como pastor da Igreja Evangélica


Árabe de Foz do Iguaçu (PR), na procura de momentos de comunhão
com Deus que se traduzissem em mensagens ao meu coração e àque-
les que me eram queridos, passei a procurar, em meditação, a Voz de
Deus.
Numa mistura de anseio por Sua Voz “à semelhança do cervo
que brama pelas águas” e visualizando a luta espiritual de cada um de
nós, fui escrevendo, à medida que Deus falava ao meu coração. Cada
noite uma mensagem escrita!
No início de 2007, envolvido como pastor de família da Igreja
Batista do Bacacheri em Curitiba, a visão de publicar as meditações foi
tomando forma. Compartilhando com minha esposa Silvana sobre a
carência de lares que têm perdido o temor e a devoção a Deus, a partir
da vida em família, surgiu no coração dela fazermos uma campanha
de restauração chamada: EU AMO MINHA FAMÍLIA. O “carro chefe”
seria a publicação de 40 devocionais para serem guia nas orações que
as famílias estariam fazendo juntas.
Já na primeira semana ouvimos testemunhos marcantes da
transformação que já estava realizando nos corações das pessoas. O
grande sonho de ver a restauração começa a se efetivar: Pais orando
com filhos, esposos e esposas retomando a vida de oração em parce-

3
ria. Por outro lado, filhos passaram a “cobrar” dos pais para orarem
juntos. Graças a Deus – esse era o caminho!
Que Deus seja sempre louvado através deste desafio e, que mui-
tos possam restaurar o tempo de comunhão em oração com a família.

Pr. Marcos Stier Calixto

4
D IA 01
ÍNTIMOS COM DEUS
Salmo 25:1-14

A Bíblia diz que a comunhão profunda com Deus é para aqueles


que o temem. Isto implicar em reconhecer que Ele é o Deus absoluto
de sua vida; não o seu eu.
Isto redundará em você acreditar que no trono da sua vida o que
deve prevalecer é a VONTADE DELE.
Por outro lado, esta intimidade provém da Santidade, produzida
por ele mesmo em nossas vidas pelo seu sangue purificador. Sem ela
ninguém poderá ver a Deus!
Você quer ter esta intimidade com o Senhor?
Peça ao Espírito Santo de Deus que sonde o seu coração e iden-
tifique qualquer coisa que o impede de experimentar esta comunhão
com o Pai Celeste.
Incrível como tantas pessoas ainda insistem em crer que Deus
não sabe o que está no profundo da alma! O próprio Adão teve essa
atitude ridícula de tentar esconder-se de Deus atrás de uma árvore.
Não faça o mesmo – DEUS O CONHECE e MUITO BEM!
A realidade é que nossos caminhos e pecados é que nos sepa-
ram da sua presença e comunhão (Isaías 59:1, 2)
Que neste dia você esteja atento à voz do Espírito de Deus e
confesse toda e qualquer coisa que o impede de experimentar esta
preciosa intimidade com o Senhor.

Oração: “Pai, que eu possa, e toda minha família, ter o coração aberto
diante de ti, sensível à tua voz. Que estejamos prontos a confessar o que
nos impede de experimentar esta íntima comunhão contigo”. Amém.

5
D IA 02
CANSADO E SOBRECARREGADO
Mateus 11:28-30

Você está se sentido cansado e esgotado? Está sentindo aquela


sensação de carregar o mundo nas costas?
Está passando por aqueles dias que ao lembrar o que precisa ser
feito começa a tremer e desesperar-se?
O nosso amado Jesus sabia de momentos como este; percebeu
que conflitos de nossa alma nos levariam a estas sensações.
Num momento de apelo carinhoso, pediu que você, sua família
e cada um de nós, lançasse sobre Ele esse peso que nos entristece.
Ele convida os seus queridos a lançarem sobre os seus ombros
preocupações, problemas, tomando sobre nós o jugo dele que é
suave.
Às vezes, é difícil entender isto, mas que realidade profunda e
aliviadora quando confiamos e lançamos sobre Ele o que nos faz sen-
tir pesados!
Não comece, tampouco continue o seu dia, sem a leveza na
alma que Cristo traz para aqueles que nele confiam.
Entregue o seu fardo agora mesmo. Lance toda sua ansiedade
sobre seus ombros. Faça isso em oração!

Oração: “Amado Pai, ensina-me a cada dia, ao sentir-me sem forças e


cansado para caminhar a colocar o meu fardo sobre seus ombros.”
Amém.

6
D IA 03
“O QUE NÃO É SONHO DE DEUS!”
João 10:10

Não é sonho de Deus para nossas vidas a morte eterna, pois


Cristo morreu para que tivéssemos vida eterna!
Não é sonho de Deus que tenhamos um coração sem paz, pois
Cristo tornou-se a nossa paz!
Não é sonho de Deus que vivamos para o louvor da NOSSA
GLÓRIA e exaltação, pois só Ele é digno de toda exaltação e razão de
todo louvor.
Refletindo:
Se ainda não tem no coração a certeza da vida eterna, reconheça
o sacrifício de Jesus na cruz e o receba como Salvador e Senhor de sua
vida. (Romanos 10:9, 10)
Se seu coração está aflito e sem paz, peça que o Espírito Santo,
ministre consolação através do bálsamo curador, restaurando seu inte-
rior e restituindo sua paz! (2 Tess. 3:16).
Que os sonhos de Deus, estes sim, sejam cumpridos na sua vida
e de sua família!

Oração: “Pai eterno, que todos de minha família tenham a certeza da


vida eterna em Jesus Cristo e que aprendamos dia a dia a viver os teus
sonhos para cada um de nós.” Amém.

7
D IA 04
POR QUE, ÀS VEZES, GRITAMOS UNS COM OS OUTROS?
Provérbios 15:1,2

Um sábio indiano disse: “Quando duas pessoas gritam é porque


seus corações estão afastados. Para cobrir a distância precisam gritar.
Quanto mais aborrecidos, mais forte precisam gritar para diminuir a
distância”.
Que verdade!
Hoje é um dia para avaliarmos o quanto nossos corações estão
distante uns dos outros em nosso relacionamento familiar, no relacio-
namento com os amigos e até com os colegas de trabalho.
Quando se perceber gritando, sugiro que peça a Deus que seu
coração seja quebrado pelo poder do silêncio de Deus e pelo trans-
bordar do seu amor que tudo suporta... tudo crê...tudo espera...e
JAMAIS ACABA (1 Coríntios 13).
Que a semelhança de Isaías, que um dia percebeu que seu
coração precisava ser sondado, você faça isso também, pedindo que
Deus elimine todo o rancor, mágoa e espírito de vingança.
Por outro lado, que assim como o profeta experimentou, em
seus lábios, a brasa do altar do Senhor, também ela nos purifique, pro-
duzindo palavras brandas e de misericórdia.
Deus abençoe cada um de sua família para que no trato uns com
os outros o impacto da palavra pacificadora e acalentadora, promova
a comunhão.

Oração: “Pai, o Senhor que é paciente e misericordioso, olhe para


dentro de mim, revele se há rancor e mágoa e permita que eu perdoe
em nome de Jesus. Coloque nos meus lábios palavra de brandura para
com os meus queridos, para o louvor da sua glória.” Amém.

8
D IA 05
O QUE DEUS ENFATIZA!
Provérbios 21:2

Geralmente nos preocupamos em primeiro lugar em fazer, sem


levar em conta que para Deus, o principal é aquilo que SOMOS!
O famoso missionário W.Nee escreveu certa vez com muita pro-
priedade: “Mais importante do que trabalhar para Deus é sermos tra-
balhados por Ele”.
Deus prioriza pessoas, a começar por nós mesmos. Ele tem uma
obra a fazer em mim e através de mim!
Quando você se depara com a dúvida de atender os negócios
em detrimento das pessoas, pense bem que para Deus o investimento
verdadeiro é em vidas!
Na medida em que Deus o transforma, na sensibilidade do seu
coração disposto à sua mão poderosa, você também se torna canal de
bênção e amor para as outras pessoas.
Preste atenção naqueles que Deus traz para perto de você, pois
ele o faz com o propósito de ver manifesto, através de sua vida, a
revelação das boas novas àquele coração.
Primeiro SEJA, deixando Deus agir em você, no seu caráter, na
sua vontade e nos seus planos. Certamente você estará pronto a
abençoar a outros que virão para perto do Senhor.

Oração: “Pai, que transforma vidas, estou pronto a submeter-me à


Sua Vontade para minha vida. Transforme o meu caráter à medida de
Cristo e leve-me a ser canal dessa bênção para os outros.” Amém.

9
D IA 06
A GRAÇA DE DEUS É SUFICIENTE
2 Coríntios 12:1-10

Certa vez, procurei um pastor sábio para compartilhar a dificul-


dade que estava tendo com um líder de nossa comunidade. Ele me
disse: Você já agradeceu a Deus pela vida dele? Não entendi o porquê,
mas ele continuou e disse: “Essa pessoa é o motivo de você permane-
cer na cruz de Cristo, dependendo totalmente dele”!
Às vezes, não entendemos o porquê de estarmos passando por
determinada situação ou suportando o convívio com alguém que
acreditamos ser desgraça para nossas vidas. Até não entendemos por-
que Deus não afasta aquilo que acreditamos ser o motivo de determi-
nada situação penosa.
Na vida de Paulo vemos o impacto da experiência de uma ora-
ção que teve uma resposta não compreendida na sua plenitude, mas
vivida de forma vitoriosa. Ele orou 3 vezes para que o Senhor lhe
tirasse um espinho que o atormentava. A resposta foi simplesmente:
MINHA GRAÇA TE BASTA!
Isso significou, entre tantas coisas, que o Senhor sabia o que
estava se passando com ele; estaria cuidando e protegendo... assegu-
rando que jamais provaria sua vida além do que poderia suportar!
Por isso, foi moldado por Deus e benção na vida de tantos.

Oração: “Pai, Senhor da GRAÇA, não entendo muitas coisas que


estão acontecendo, mas permita que essa graça realmente me seja
manifesta”. Amém.

10