Você está na página 1de 1

Jor­nal do Com­mer­cio

A2 Manaus, 3 e 4 de setembro de 2010 OPINIÃO Contato: 2101-5522

Jornal do Commercio
Pre­si­dente Vice-Pre­si­dente
Gui­lherme Aluí­zio de Oli­veira ­Silva Só­cra­tes Bom­fim ­Neto

Empresa Jornal do Comércio Ltda.

Superintendente Di­re­tor de Mercado


Av. ­Tefé, 3.025, Ja­piim, ­CEP: 69078-000.
Ma­naus AM - Bra­sil OPINIÃO
Adalberto A. dos Santos Ubaldino Meirelles E-­mail: redacao@­jcam.­com.br
Telefone: (92) 2101-5500 - Fax: (92) 2101-5523
CNPJ - 04.561.791/0001-80 perfil@jcam.com.br
www.jcam.com.br te­le­fone: (92) ­2101.­5521
­fax: (92) ­2101.­5523

Editorial
Receita Federal virou todos os brasileiros, também expostos aos mesmos riscos por parte
de um governo bisbilhoteiro, que não diferencia a ética da política
pela recordação de que esse mesmo governo permitiu, e quem sabe,
até incentivou, a prática de bisbilhotar a vida dos cidadãos que não

um órgão que qualquer baixa dos inescrupulosos.


A política do governo policialesco já foi há muito tempo re-
compactuavam com suas teses.
Se não quiser passar para a história como o presidente que deixou

pessoa pode violar pudiada pela sociedade brasileira, cuja Constituição garante a
todos os cidadãos o sagrado direito aos sigilos fiscais, bancários
e de comunicação. Desrespeitar esse preceito, com o objetivo
os subalternos saírem dos porões para gerir os interesses do governo,
Lula deve dar uma resposta viril, de homem mesmo, à sociedade
sobre o infame escândalo do vazamento das declarações de imposto
de criar dossiês para constranger e achacar adversários políticos, de renda dos adversários políticos. E não adianta apontar o dedo aos
deve sempre merecer o mais veemente repúdio da sociedade, funcionários dos balcões, porque a ordem partiu dos gabinetes, onde
principalmente quando a intenção é tirar dividendos eleitorais e as decisões são tomadas, muitas vezes de forma aloprada.

A
democracia brasileira fica arranhada quando dados sigilosos solapar o processo de livre escolha dos eleitores. Não é possível que a máquina do governo, tão zelosa quanto a
dos cidadãos, protegidos pela Constituição Federal e guarda- Tais atitudes de desrespeito aos cidadãos será uma mácula a ser questão burocrática, se deixe enganar por pedido com assinatura
dos pelo Estado, passam a ser inadvertidamente manipulados levada em consideração quando a história, filtrada pela sabedoria do e reconhecimento público falsificados. Se a Receita Federal, que
em benefício dos interesses do governo. O vazamento das declara- tempo, julgar o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. En- guarda segredos importantes dos cidadãos é uma caixa de fácil
ções de Imposto de Renda de pessoas ligadas ao candidato à Pre- tão, todas as conquistas sociais, os avanços na economia, a retirada violação, então que se demita seus gestores, porque eles são in-
sidência da República José Serra, do PSDB, se torna uma afronta a de 35 milhões de brasileiros da linha da miséria ficarão obnubilados competentes para estar onde estão.

Frente & Perfil


Linhas Cruzadas
Parabéns, sr. Guilherme
Fotos: Márcio Rodrigues

Aluízio, presidente do JC baixaria ros. Apenas 21,7% reve-


lam saber a letra na ínte-
O presidente do Jornal do Commercio, Guilherme Aluízio de Em alguns bairros de gra. Os mais jovens, as
Oliveira Silva (foto), comemora nesta sexta-feira mais um ano de Manaus, a baixaria política pessoas com maior esco-
vida, sempre dedicado a levar adiante esse centenário matutino que é praticada na forma de ata- laridade e os das classes
enobrece e enriquece a história da imprensa amazonense. ques aos materiais de cam- A e B são os que mais di-
Além do empresário Guilherme Aluízio, merece parabéns sua panha de alguns candidatos. zem saber cantar o hino.
vontade férrea em manter o JC como o único veículo de comuni- Banners e cartazes são os
cação com mais de um século de circulação contínua no Norte do alvos principais dos agresso- interior
Brasil, enquanto outros jornais, com muito mais tradição, fecham res, que encontram na des-
suas gráficas e se estabelecem apenas no mundo virtual. truição um argumento para
A tenacidade do empresário faz fulgurar o respeito que on- calar a campanha daqueles
tem e hoje é a marca de Guilherme Aluízio na sociedade amazo- com os quais não compac-
nense. Nascido em Beruri, no interior do Amazonas, o empre- tuam. Falta de amadureci-
sário empreendeu à sua vida um longo caminho de vitórias, que mento político sempre se
atualmente compartilha com a esposa, senhora Selma Bomfim; revela assim.
o filho, Sócrates Bomfim Neto, vice-presidente do JC; a nora,
Adriana Paula; e a neta, Catharina. intolerantes
Pela passagem de seu aniversário, o senhor Guilherme Aluízio
recebe os parabéns de toda a equipe do JC. Muitos anos de vida. Cabos eleitorais des-
preparados politica-
mente deveriam fazer
um curso de tolerância
arthur verdade salta aos olhos: a dis- galho em galho de reprodução gráfica. Um em Parintins. A terra do O vereador Mário
Independente do resultado puta pelo governo do Estado O vereador Francisco da Jor- novo golpe é a reprodução de boi-bumbá é uma escola Frota (foto) colocou sua
das eleições de outubro, a não tem como escapar da pola- nada está com pouco mais cheques, para serem debita- de convivência civilizada campanha a deputado
grandeza do senador Arthur rização entre Omar Aziz e Al- de três de posse do man- dos mais de uma vez na conta dos divergentes, tanto estadual na rua e passou
Virgílio Neto ultrapassou fredo Nascimento. Já os demais dato, em substituição a Hen- dos clientes. É a tecnologia a que quando um boi está a visitar também o inte-
os limites do Amazonas e se postulantes ao cargo, não pas- rique Oliveira, cassado pelo serviço do crime. na arena, os torcedores rior em busca de votos.
espalhou por todo o Brasil, sam de simples candidatos 1%. TSE (Tribunal Superior # # # adversários se calam para Na quinta-feira, aprovei-
o que fez dele um dos parla- # # # Eleitoral), e já é candidato a melhor prestar atenção tando o fim das sessões
mentares mais influentes do deputado estadual. Jornada trânsito nos contrários. na CMM (Câmara Muni-
Congresso Nacional. Arthur saudade da favela é apenas um exemplo, mas Dois problemas que o cipal de Manaus), visitou
é hoje o único amazonense Moradores do residencial mostra o quanto os políticos IMTT precisa resolver com Hino Presidente Figueiredo.
com condições de dizer que Manaus, no Porsamim, gra- têm comprometimento com urgência. A abertura de al- Sexta e sábado faz visita
teria votos em todo o país se, vavam animados um filme o cargo que ocupam. guns retornos nas avenidas Dados do Projeto Bra- ainda aos municípios de
ao invés de buscar a reelei- para exibição na campa- # # # de Manaus e um meio de silidade revelam que o Silves, Itapiranga e Uru-
ção, se candidatasse à Presi- nha da coligação “Avança facilitar o socorro às vítimas Hino Nacional, um dos cará. Seus assessores afir-
dência do Brasil. Amazonas”, do governador virtual do trânsito para que sejam principais símbolos do mam que o vereador está
# # # Omar Aziz, quando uma vi- Os clientes dos bancos pre- atendidas com mais rapidez, Brasil, é uma incógnita muito disposto a retornar
zinha passa pelo local e grita cisam estar sempre atentos uma vez que as vias conges- para 58,4% dos brasilei- a Assembléia.
platéia que tudo era só enganação. às movimentações de suas tionadas prejudicam a che-
As pesquisas de intenção de Deve estar com saudade do contas para evitar prejuízos gada das ambulâncias. E não
votos dos eleitores amazonen- tempo em que ela morava pelos diversos golpes que são esquecer que trânsito tam- E-mails para esta coluna: perfil@jcam.com.br
ses podem até apresentarem na favela, sobre o igarapé. aplicados com a ajuda da in- bém é qualidade de vida.
números conflitantes, mas uma # # # ternet e das novas tecnologias # # #

Amazônia peruana: tributação com incentivos fiscais 1


Francisco Pantigoso Velloso da Silveira zônica (este quesito não é aplicá- país a taxa é de 30%. Mas cabe nica (cajá, castanha, mandioca, back (devolução dos direitos
vel às empresas comerciais). destacar que este benefício só se aipim e outras). de alfândega), que atualmente
Peru e Brasil compartilham se ter em conta também a Inte- Para as vendas feitas fora aplica às atividades de agropecu- Paralelamente a estes bene- chega a 6.5% do valor FOB do
uma linha fronteiriça de qua- roceânica Norte, que unirá, em da região amazônica, o contri- ária, produção agrícola, pesca, fícios, aquelas empresas dedi- bem exportado Como se pode
se 4.000 quilômetros na área breve, o porto de Manaus com buinte do IGV (ICM peruano) turismo, extração e transforma- cadas à atividade de comercio apreciar, o Peru oferece, bem
da Amazônia. É justamente na o porto marítimo de Paita (norte tem direito a um “crédito fiscal ção florestal, processamento e na Amazônia peruana e que perto do Brasil, na região da
Amazônia peruana que o inves- peruano), passando pelos portos especial”, adicional ao crédito transformação de bens; ativida- tenham reinvestido ao menos Amazônia, possibilidades con-
tidor tem até o ano 2039 um fluviais de Iquitos e Yurimaguas. das compras feitas, que oscila des manufatureiras vinculadas ao 30% da sua renda líquida em cretas de fazer negócios a um
tratamento tributário extraordi- Para se ter acesso aos benefí- em 25% ou 50% do débito fis- processamento, transformação e projetos de inversão na zona, custo fiscal baixíssimo, numa tri-
nário e especial, que é impor- cios na zona da Amazônia (Lei cal do mês. Igualmente, se o comércio de produtos primários poderão aplicar ao Imposto a butação que deve ser difundida
tante destacar, num momento nº 27037), deve-se cumprir com contribuinte comprar bens fora e para as empresas dedicadas ao Renda uma taxa de 10%. Se as aos empresários brasileiros que
em que as relações econômicas quatro quesitos básicos: a) ter da Amazônia para serem vendi- comércio. Estas atividades, dei- empresas comerciais investem pretendem entrar na economia
e de investimento entre o Brasil a sede central da empresa na dos ou usados nela, terá direito xando fora o comércio, podem em projetos na faixa de frontei- do país de maior crescimento e
e o Peru tem se estreitado mui- Amazônia; b) inscrição nos re- a uma devolução do crédito fis- ser feitas por terceiras pessoas, ra do Brasil e o Peru, aplicarão estabilidade financeira da Amé-
to, tanto mais com inauguração, gistros públicos da Amazônia; cal relacionado a essas compras não perdendo-se por isso o be- taxa de só 5%. rica do Sul.
este fim de ano, da estrada In- c) ativos e/ou produção devem (chama-se isso tecnicamente de nefício fiscal. Agora, se a empresa que se
teroceânica Sul, que unirá os estar na Amazônia numa por- “reintegro fiscal”). E importante mencionar que instalar na Amazônia for expor- FRANCISCO PANTIGOSO é advoga-
Estados do Norte do Brasil com centagem não menor ao 70% do O Imposto a Renda, na zona o Imposto a renda atinge 0% no tadora, pode aproveitar o saldo do tributarista formado na Univer-
os portos do sul peruano (San total dos ativos; e d) não se deve fronteiriça com o Brasil, é de so- cultivo e venda de plantas nati- a favor do exportador e terá, sidade Católica de Lima-Peru.
Juan, Ilo e Matarani), devendo ter produção fora da zona ama- mente 5%, quando no resto do vas próprias da região amazô- além disso, direito a um draw-