Você está na página 1de 14

LENDO A SORTE

ATRAVÉS DOS DADOS


Cleromancia

1
LENDO A SORTE
ATRAVÉS DOS DADOS
Cleromancia

PAULO CESAR RAZEC

3
Índice
Introdução ..................................7
Energizando e Magnetizando os
dados .................................... 11
Consultando os Dados ............... 15
Primeiro Método - Com um
dado ...................................... 16
Segundo Método - Com dois
dados .................................... 19
Terceiro Método - Com os dois
dados jogados juntos e soman-
do-se os números da caída. ... 40
Setor Sentimental .............. 40
Setor Profissional ............... 62
Setor Financeiro ................. 85
Conclusão ................................. 92
Bibliografia ................................ 95
5
INTRODUÇÃO
Consultar o destino através
dos dados é uma prática antiga,
e fontes históricas indicam que
Gregos e Romanos já se utiliza-
vam desse método para consul-
tas.
Na Grécia Antiga, nos depa-
ramos com a personagem do
Príncipe Palamedes (filho de
Náuplius, Rei de Eubéia e da
Rainha Clymene), que recebeu
todo o conhecimento da medi-
cina, matemática e magia de
Quíron, o deus Centauro.

7
Seus conhecimentos cientí-
ficos influenciaram não só as
ciências dos gregos, mas também
dos egípcios e dos fenícios.
A Palamades são atribuídas
invenções como os dados, os
números, um sistema de pesos e
medidas e diversas letras do
alfabeto grego.
A utilização dos dados como
orientadores do destino é encon-
trada na lendária “Guerra de
Tróia”, quando Helena é levada
de Esparta pelo apaixonado
príncipe de Tróia.
Palamades tenta aliviar e
acalmar os sentimentos de ódio
e vingança de Menelau (marido
de Helena). Engajado na guerra
que se seguiu, Palamedes procu-
8
rava manter o ânimo das tropas
durante o longo cerco.
Numa noite, o astuto prín-
cipe ensinou a seus homens a
arte de prever o futuro utilizando
pequenos e lúdicos objetos cúbi-
cos com as faces marcadas. Essa
é uma das origens dessa arte
divinatória e talvez seja o relato
mais antigo da possível invenção
dos dados.
Essa forma de consultar o
destino através dos dados chega
em várias partes do mundo atra-
vés dos Ciganos, povos nômades
de provável origem indo-européia
ou indiana. Por serem povos que
transitam por terras estrangeiras,
costumam agregar à sua cultura
muitos costumes dos locais por
9
onde passam. Dessa forma,
torna-se difícil para os historia-
dores dar a origem precisa dessas
tribos ciganas e, consequente-
mente, da utilização dos dados
como oráculo.
Os dados assemelham-se
muito às figuras do dominó e da
geomancia, mas suas verdadeiras
origens perderam-se nas nebli-
nas dos tempos.
O meio esotérico nomeou
esta prática da leitura da sorte
através dos dados de Cleroman-
cia. Na verdade, esse é um nome
usado para todas as práticas de
consulta do destino que utilizam
sorteio com lâminas de chumbo,
pedrinhas, dados, caroços e se-
mentes.
10
ENERGIZANDO E
MAGNETIZANDO OS
DADOS
Para que possamos transfor-
mar os dados em um verdadeiro
oráculo que guiará o nosso des-
tino é aconselhável consagrá-los
nos quatro elementos da natu-
reza.
De posse dos dois dados que
acompanham esse livro, enterre-
os (elemento terra) em um lugar
tranqüilo e bonito, que pode ser

11
o jardim de sua casa, um vaso de
plantas ou aos pés de uma ár-
vore. Após vinte e quatro horas,
desenterre-os e diga:
— “Que a grande Mãe Terra
purifique estes dados eliminando
todas as cargas de energias ne-
fastas.”
Lave os dados, que tirou da
terra, com água corrente, que po-
de ser da torneira (elemento água)
e diga:
— “Que os elementais da
água me dêem a intuição neces-
sária para interpretar as mensa-
gens dos dados.”
Deixe-os secar ao Sol da ma-
nhã (elemento fogo), mesmo nos
dias nublados, pois o Sol está
atrás das nuvens e apenas não o
12
vemos, mas ele está lá. Depois de
secos diga:
— “Que o deus Sol dê vida a
estes dados.”
Segurando os dados com as
duas mãos em concha, assopre
(elemento ar) e diga:
— “Que eu tenha discer-
nimento para compreender as
mensagens dos dados”.
Após esse ritual, guarde os
dados em um saquinho feito de
tecido na cor do seu signo:

Vermelho para Áries, Leão e


Sagitário.
Verde para Touro, Virgem e
Capricórnio.
Amarelo para Gêmeos, Libra e
Aquário.
13
Azul para Câncer, Escorpião e
Peixes.

14
CONSULTANDO OS DADOS
Antes de começar a consul-
tar os dados, desenhe um círculo
em uma folha em branco ou se
preferir em uma toalha, que pode-
rá ser sempre utilizada para as
consultas, seja qual for o método
que será usado.
Existem diversas formas de
consultar o Oráculo dos Dados e
vamos mostrar três métodos de
interpretação.

15
Primeiro Método

Com um dado

Mentalize a pergunta que


deseja fazer e lance apenas um
dado dentro do círculo. Após a
caída, consulte a interpretação
básica a seguir:

Caída 1 (positivo):

Siga adiante, e se pensar


antes de agir impulsivamente,
você terá a sabedoria e a força
necessárias para conseguir o que
deseja.

16
Caída 2 (negativo):

O momento é de parar e
pesar bem os prós e contras antes
de prosseguir. A solução está
bem à frente de seus olhos, e você
não está enxergando. Se exis-
tirem dúvidas, já é um sinal de
que não dará certo.

Caída 3 (neutro):

A verdade irá libertá-lo. O


diálogo franco e aberto, com cer-
teza, esclarecerá todos os desen-
tendimentos. Se agir dessa forma,
tudo irá fluir a seu favor.

17