Você está na página 1de 2

FUNDAMENTOS DE REDES velocidade de até 1Gbps.

Na década de 80, com a


chegada dos computadores pessoais, as redes locais
Prof° – Rogério Melo
começaram a ganhar impulso.
Aula 01 – Histórico e Conceitos

1. Conceitos 5. Comunicação em uma rede


Uma rede consiste no mínimo em dois
computadores conectados um ao outro através de um Para haver comunicação entre dois elementos
cabo para que possam compartilhar recursos, dados, em uma rede, são necessários 4 elementos importantes:
aplicativos e periféricos.
• Emissor: é a parte que trasmite/emite a
informação, ou seja, representa onde a
2. Objetivos da Disciplina
informação é gerada
• Receptor: é aquele que recebe a mensagem do
• Identificar e entender: os componentes de uma
emissor
rede, suas funções, classificação e organização
• Sinal: contém a mensagem composta por dados
das redes
e informações
• Meio de transmissão: interface ou caminho
3. Breve histórico entre o emissor e o receptor que tem a tarefa de
transportar o sinal ou mensagem
• Os computadores trabalhavam de forma isolada
• O processamento local
• Processos offline: perda de dados (interatividade
ausente)
• DPL/DPC era usado para a troca de informações
• Código: Protocolos de comunicação de dados
4. Arquitetura Ethernet: (software – dentro do sistema operacional – não
existe rede sem sistema operacional)
Um dos principais saltos tecnológicos que
permitiram a popularização das redes. A Ethernet não foi 5.1 O que é um protocolo
a única tecnologia de acesso para redes locais criada
nessa época, mas certamente se tornou o padrão mais No nosso dia-a-dia, o relacionamento humano
difundido, por sua simplicidade e eficiência. As exige alguns protocolos, ou boas maneiras, por
tecnologias Token Ring, da IBM, e a Arcnet, da exemplo, quando nos dirigimos a uma pessoa para
Datapoint, chegaram a ter seus dias de glória mas perguntar as horas. Há mensagens específicas que são
perderam terreno para a poderosa concorrente. enviadas, recebidas e respondidas, como se fosse uma
Foi padronizado pelas especificações do IEEE padrão por nós utilizado
(Instituto dos Engenheiros de Eletricidade e Eletrônica),
órgão que, entre outras funções, elabora normas técnicas
de engenharia eletrônica.
O protocolo Ethernet corresponde à especificação
802.3 do IEEE. A conexão Ethernet utilizava,
inicialmente, dois tipos de cabos coaxiais, um mais
grosso (10 Base5) e outro mais fino (10 Base2). A partir
de 1990, com o aumento da velocidade para 100Mbps, Como um exemplo de protocolo de rede,
passou-se a usar o cabo de par trançado (10Base-T e imagine quando você requisita uma página da internet:
100Base-T), mais flexível e de baixo custo. o seu computador envia uma mensagem requisitando
conexão com o servidor; o servidor recebe sua
mensagem e aceita a conexão, aviando um sinal de ok;
seu computador envia o pedido de uma página da web e
o servidor recebe o pedido e envia até o seu
computador a página.
Com o advento da fibra ótica, o padrão Ethernet
já esta em sua terceira geração. A Gigabit Ethernet, com
6.2 Baseada em Servidor: Apresenta um
computador dedicado (servidor), para garantir
compartilhamento, oferece recursos especializados,
desempenho e segurança.

• Servidores de: arquivo, impressão,


6. Tipos de redes aplicativo, correio, comunicação, web, etc.
• Servidor potente (dedicado)
Do ponto de vista da maneira com que os dados • Vantagens: centralização, numero maior de
de uma rede são compartilhados podemos classificar as usuários, computador do usuário pode ser
redes em dois tipos básicos: mais simples
• Aplicação: depende do tamanho da empresa,
• Ponto-a-ponto: que é usado em redes pequenas; nível de segurança requerido, intensidade do
• Cliente/servidor: que pode ser usado em redes tráfego na rede, orçamento da rede, etc.
pequenas ou em redes grandes.

Esse tipo de classificação não depende da


estrutura física usada pela rede (forma como está
montada), mas sim da maneira com que ela está
configurada em software.

6.1 Redes Ponto-a-Ponto : não existe servidor


dedicados entre estes computadores

• Em média 10 computadores
• Simplicidade (menor custo)
Vantagens e Desvantagens:
• Alguns Sistemas Operacionais gerenciam sem
precisar de software especifico para rede,
porem de desempenho e segurança menor • Usada em redes com mais de 10 micros ou redes
que necessitam de alto grau de segurança;
• Segurança não é importante, crescimento
limitado. • Custo maior que as redes ponto-a-ponto
• Configuração e manutenção na rede é feita de
forma centralizada;
• Implementação necessita de especialistas;
• Alta segurança
• Existência de servidores, que oferecem recursos
aos demais micros da rede;

Exemplos de servidores:

Servidor Serviço
Servidor de armazenamento de arquivos de dados - como
Vantagens e Desvantagens: Arquivos arquivos de texto, planilhas eletrônicas, etc
responsável por processar os pedidos de
Servidor de
• Usada em redes pequenas (até 10 micros) impressão solicitados pelos micros da rede e
Impressão
• Baixo Custo e fácil implementação enviá-los para as impressoras disponíveis
responsável por executar aplicações do tipo
• Baixa segurança Servidor de
cliente/servidor como, por exemplo, um banco
• Sistema simples de cabeamento Aplicações
de dados
• Micros funcionam sem estarem conectados à rede Servidor de Responsável pelo processamento e pela entrega
• Micros instalados no mesmo ambiente E-mail de mensagens eletrônicas
Servidor de Usado para comunicação da sua rede com outras
• Não existe um administrador de rede Comunicação redes, como a Internet
• Não existe micros servidores
• Problemas para crescer de tamanho