Você está na página 1de 2

Nome:

3ª SÉRIE / CURSO TURMA: DATA: 07 / 04 / 2015

Professor: Manin Disciplina: Matemática


 11   x  3y  10 - (UERN/2013) A soma dos algarismos do termo independente de x no
01 - (ESPM SP/2014) Os binomiais   e   são complementares 8
 4x   y  2 
desenvolvimento do binômio de Newton   x
e, por isso, são iguais. Seu valor é: x 
a) 165. b) 330. c) 55. d) 462. e) 11. a) 3. b) 4. c) 6. d) 7.

02 - (PUC SP/2010) Considerando que todo número natural n, n  1, tem-se n


 1
1 1 1 , então a soma 1 1 1 1 11 - (UECE/2012) Se o desenvolvimento de  2x 2   possui 9 termos e
     ...  é  x
n  n  1 n n  1 1 2 2  3 3  4 1 999 2 000
um deles é 112.c.x7, o valor de c será
equivalente a
a) 8. b) 16. c) 24. d) 32.
a) 9,995  10–3. b) 9,95  10–2.
c) 9,995  10 .
–2
d) 9,95  10–1. e) 9,995  10–1.
12 - (FGV /2012) O termo independente de x do desenvolvimento de
12
03 - (UECE/2009) O quadro numérico a seguir é conhecido como o triângulo  1 
x  3  é
de Pascal-Tartaglia:  x 
1a linha 1 a) 26. b) 169. c) 220. d) 280. e) 310.

2 a linha 1 1 24
 1 
a 13 - (ESPM RJ/2012) No desenvolvimento do binômio  x 3   ,
3 linha 1 2 1  y2 
 
4 a linha: 1 3 3 1 quando o expoente de x é 36, o de y é igual a:
a) –12. b) –24. c) –6. d) –18. e) –4.
5 a linha: 1 4 6 4 1
14 - (UEPB/2011) O termo que independe de x no desenvolvimento
6 a linha: 1 5 10 10 5 1
4
.......... .......... .......... .......... .......... .......... .......... .......... .........  2
e assim sucessivamente.  3x   é:
 x 
Observando a lógica construtiva do quadro anterior, podemos concluir
a) –324. b) 324. c) 216. d) 96. e) 81.
que a soma do segundo elemento da 2009a linha com o penúltimo

 
elemento da linha imediatamente anterior é 30
a) 4015. b) 4017. c) 4019. d) 4021. 15 - (UEPB/2010) No desenvolvimento de 3 x  5 y , seja “n” o número
de termos que não contenham radicais, então “n” é:
a) 0. b) 2. c) 1. d) 30. e) 3.
 n  1  n  1 n2  n
04 - (FGV /2005) Se       , então n é igual a:
 5   6  2
27
a) 4. b) 6. c) 9. d) 5. e) 8.  1
16 - (UFU MG/2009) No desenvolvimento de  x 2   , o coeficiente
 x
 7   7 8   9 de x18 é igual a
05 - (UFAL/2005) Determine o valor da soma            . 27! 27! 27! 27!
2 3 4 5         a) b) c) d)
12! 15! 18! 9! 25! 2! 24! 3!

06 - (UNIFOR CE/2005) A soma 10


 1
n n n 2  n  n  2  n  n 1  n  n 17 - (UEPB/2009) No desenvolvimento do binômio  x   , a razão
    3   3  ...   3   3   3
 0  1  2  n  2  n  1 n
 x
é igual entre o quarto e o quinto termos é:
a) nn. b) 4n!. c) 2 .n n
d) 3 . e) 2 . 2n 4 4 2 5 2 4 2 4 3
a) b) x c) x d) x e) x
7 7 7 5 7
07 - (ITA SP/2003) Considere o conjunto S = {(a, b)  N x N : a + b = 18}. A 18 - (UnB DF/1999) Em um bosque, um caçador prepara diariamente 10
18! armadilhas para capturar lebres. Contando com muitos anos de experiência
soma de todos os números da forma , (a, b)  S, é:
a! b! o caçador sabe que a probabilidade diária de apanhar uma lebre em
a) 86. b) 9!. c) 96. d) 126. e) 12!. qualquer uma das armadilhas é de 0,4, sendo que cada armadilha captura,
no máximo, uma lebre por dia. Admitindo-se que o bosque seja
0 1 2 n suficientemente grande, de tal forma que uma armadilha não interfira na
08 - (PUC RS/2001) A soma Cn  Cn  Cn  ...  Cn é igual a atuação da demais, calcule, em percentagem, a chance de o caçador
a) n! . b) 2n. c) n2. d) 2n. e) 2. capturar exatamente 5 lebres em um mesmo dia. Despreze a parte
fracionária de seu resultado, caso exista.
m
 m
 k   512 é:
19 - (UFPE/2000) Um casal planeja ter 4 filhos. Supondo igual a chance de
09 - (FGV /1994) O valor de m que satisfaz a sentença um filho nascer do sexo masculino ou do sexo feminino, qual a
k 0 probabilidade de o casal vir a ter, no mínimo, dois filhos do sexo masculino?
a) 5. b) 6. c) 7. d) 8. e) 9. a) 0,6871. b) 0,6872.
c) 0,6873. d) 0,6874. e) 0,6875.
* Guardar 8 bolas distintas em duas caixas distintas. * 8 Tiros ao alvo, probabilidade de acertar 5 sabendo que p(A)=2/5
* A * 9 sinaleiros, probabilidades de 3 verdes, sabendo que p(V) =1/3
AP
AP R POLIEDROS
APRE
APREN 20 - (UEL PR/2015) Leia o texto a seguir.
APREND Originalmente os dados eram feitos de osso, marfim ou argila. Há
APRENDO evidências da existência deles no Paquistão, Afeganistão e noroeste da
Índia, datando de 3500 a.C. Os dados cúbicos de argila continham de 1 a 6
pontos, dispostos de tal maneira que a soma dos pontos de cada par de
faces opostas é sete.
(Adaptado de: Museu Arqueológico do Red Fort. Delhi, India.)
Atualmente, além dos dados em forma de cubo (hexaedro),
encontram-se dados em vários formatos, inclusive esféricos, como mostram
as figuras a seguir.

a) O icosaedro tem 30 arestas.


b) O icosaedro tem 14 vértices.
c) A área da superfície do icosaedro mede 20 3cm 2 .
Apesar do formato esférico, ao ser lançado, o dado mostra pontos de d) O icosaedro tem 66 diagonais.
um a seis, como se fosse um dado cúbico. Isso acontece porque no interior e) Usando 5 cores diferentes podemos colorir as faces do
da esfera existe uma cavidade em forma de octaedro, na qual existe um icosaedro, de tal maneira que faces adjacentes tenham cores
peso (um chumbinho) que se aloja em um dos vértices do octaedro. distintas.

25 - (UERJ/2008) Considere o icosaedro abaixo, construído em plástico


inflável, cujos vértices e pontos médios de todas as arestas estão marcados.

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a propriedade


dos poliedros regulares que justifica o fato de a cavidade no interior da
esfera ser octaédrica.
a) O número de vértices do octaedro é igual ao número de faces
do hexaedro.
A partir dos pontos médios, quatro triângulos equiláteros congruentes
b) O número de vértices do octaedro é diferente do número de
foram formados em cada face do icosaedro.
faces do hexaedro.
Admita que o icosaedro é inflado até que todos os pontos marcados
c) O número de arestas do octaedro é igual ao número de arestas
fiquem sobre a superfície de uma esfera, e os lados dos triângulos tornem-
do hexaedro.
se arcos de circunferências, como ilustrado a seguir:
d) O número de faces do octaedro é igual ao número de vértices
do hexaedro.
e) O número de faces do octaedro é diferente do número de
vértices do hexaedro.

21 - (UEFS BA/2014)

Observe agora que, substituindo-se esses arcos por segmentos de reta,


obtém-se uma nova estrutura poliédrica de faces triangulares, denominada
geodésica.

Um tipo de bola de futebol é inspirado no icosaedro truncado, que é


um poliedro convexo formado por 12 faces pentagonais e 20 faces
hexagonais.
O número de vértices desse poliedro é
a) 40 b) 48 c) 60 d) 64 e) 76

22 - (UECE/2014) Um poliedro convexo tem 32 faces, sendo 20 hexágonos e


O número de arestas dessa estrutura é igual a:
12 pentágonos. O número de vértices deste polígono é
a) 90 . b) 120. c) 150. d) 180.
a) 90. b) 72. c) 60. d) 56.

TEXTO: 1 - Comum à questão: 26


23 - (IFSP/2013) A figura mostra uma peça feita em 1587 por Stefano
Buonsignori, e está exposta no Museu Galileo, em Florença, na Itália. Esse
Em 1985, foi divulgada, numa publicação científica, a descoberta de
instrumento tem a forma de um dodecaedro regular e, em cada uma de
uma molécula tridimensional de carbono, na qual os átomos ocupam
suas faces pentagonais, há a gravação de um tipo diferente de relógio.
vértices de um poliedro convexo com 12 faces pentagonais e 20 faces
hexagonais. Em homenagem ao arquiteto norte-americano Buckminster
Fuller, a molécula foi denominada fulereno. (GIOVANNI, BONJORNO, 2011).
GIOVANNI, José Ruy, BONJORNO, José Roberto, Matemática:
uma nova abordagem. São Paulo: FTD, v. 2, 2011.

(www.europeana.eu/portal/record/02301/09A148
E006A2F3B5A6E202BB5B4F79735A2D2B6C.html -
DANTE, Luiz Roberto, Matemática: contexto e aplicações, São Paulo: Ática, v. 2,
Acesso em 15.10.2012. Adaptado)
2011, p. 354.
Em 1758, o matemático Leonard Euler (1707-1783) descobriu o
26 - (UEFS BA/2012) A partir dessa informação, pode-se concluir que o
teorema conhecido por relação de Euler: em todo poliedro convexo com V
número de átomos de carbono em uma molécula de fulereno é
vértices, A arestas e F faces, vale a relação V – A + F = 2. Ao se aplicar a
a) 56. b) 60. c) 64. d) 68. e) 72.
relação de Euler no poliedro da figura, o número de arestas não visíveis é
a) 10. b) 12. c) 15. d) 16. e) 18.
GABARITO:
01. A 02. E 03. A 04. E 05. EM SALA 06. E
24 - (FAVIP PE/2012) O icosaedro regular ilustrado a seguir, juntamente
07. A 08. B 09. E 10. B 11. B 12. C
com sua planificação, tem sua superfície formada por 20 triângulos
13. B 14. C 15. E 16. A 17. B 18. 20
equiláteros com lado medindo 2 cm. Assinale a alternativa incorreta
19. E 20. A 21. C 22. C 23. A 24. B
referente ao icosaedro.
25. B 26. B