Você está na página 1de 2

REVISÃO RÁPIDA DE TRIGONOMETRIA

O seno é uma função trigonométrica. Dado um triângulo retângulo com um de seus


ângulos internos igual a α, define-se sen(teta) como sendo a razão entre o cateto oposto
a α (b) e a hipotenusa (a) deste triângulo; ou seja:

(1)

O cosseno (usam-se ainda as formas coseno e co-seno) é uma função trigonométrica.


Dado um triângulo retângulo com um de seus ângulos internos igual a α, define-se
cos(α) como sendo a proporção entre o cateto adjacente (c) à α e a hipotenusa (a) deste
triângulo; ou seja:

(2)

Pelo Teorema de Pitágoras: b 2 + c 2 = a 2 do que fazendo-se a = 1, se obtém:

sen2 α + cos2 α = 1 (3)

A tangente é uma função trigonométrica que relaciona o cateto oposto (b) em relação
ao cateto adjacente (c), ou seja:

tan α = (sen α)/ (cos α) = (b/a)/(c/a) = b/c (4)

Propriedades da soma de ângulos:


Sejam os ângulos A e B adjacentes de mesmo vértice, pode-se escrever que:

sen (A ± B) = (sen A)(cos B) ± (sen B)(cos A) (5)

cos(A ± B) = (cos A)(cos B) m (sen A)(sen B) (6)

tan(A ± B) = [(tan A) ± (tan B)] / [ 1 m (tan A)(tan B)] (7)


Quando se faz A = B = θ, encontra-se então:

sen (2θ) = 2 (sen θ)(cos θ) (8)

cos (2θ) = cos2 θ - sen2 θ (9)

Da soma e subtração das expressões (3) e (9) encontra-se então:

1 + cos 2θ 1 − cos 2θ
cos θ = sen θ = (10, 11)
2 2

Fazendo agora das relações anteriores determinam-se os valores para o ângulo metade:

θ 1 + cosθ θ 1 − cosθ θ 1 − cosθ


cos = sen = tan = (12, 13, 14)
2 2 2 2 2 1 + cosθ

Relações do triângulo qualquer são válidas:

a b c
Lei dos senos: = =
sen A sen B sen C

c 2 = a 2 + b 2 − 2ab cos C
Lei dos cossenos:
c = a 2 + b 2 − 2ab cos C

Condições de proporcionalidade para o triângulo retângulo:

ch bh
m= n= h 2 = m.n b 2 = a.n c 2 = a.m
b c

Área do triângulo:

b.c a.h b.c


= ⇒h=
2 2 a