AFIANDO O MACHADO A falta de tempo com Deus impede-nos de servi-Lo melhor.

E atualmente até mesmo muitos ministérios estão sendo formados de maneira errada! São ensinados a fazer, fazer e fazer, mas quando investimos tempo a sós com o senhor, aumentamos o proveito do serviço depois. Veja este princípio bíblico: "Se estiver embotado o ferro, e não se afiar o corte, então se deve por mais força; mas a sabedoria é proveitosa para dar prosperidade". - Eclesiastes 10.10 Quando o rei Salomão foi inspirado pelo Espírito Santo a escrever estas palavras, não nos deixou apenas um princípio natural, mas, paralelamente estabeleceu um fundamento espiritual. Assim como a sabedoria de afiar o corte do machado no rachar lenhas torna o trabalho mais eficaz, também há recursos espirituais que tornarão nosso andar em Deus mais frutífero. Se o machado de um lenhador encontra-se embotado, sem corte, ele tem que empreender muito mais força e energia em seu trabalho, consumindo assim mais do seu tempo. Mas ao investir uma parte do seu tempo afiando o corte do machado, no fim terá economizado tempo e energia. A partir do momento que a ferramenta tem melhor corte, será o corte que determinará o resultado, e não a força do golpe na lenha. Resumindo: Se tentarmos economizar o tempo que usaríamos dando manutenção à ferramenta, acabaremos perdendo mais tempo ainda no trabalho que executamos. O povo de Deus precisa aprender urgentemente esta lição! O que precisamos aprender e provar na prática, é que o tempo gasto com Deus é o machado sendo afiado. Se economizarmos nesta prática, perderemos muito mais tempo e energia depois e não conseguiremos fazer tão bem o serviço.
história de um jovem lenhador, forte, ambicioso, ansioso para mostrar sua grande habilidade em derrubar árvores. Certo dia desafiou o campeão da firma, um senhor bem mais velho, a um concurso para ver quem derrubava mais árvores em um dia de trabalho. O jovem cortador começou atacando árvore após árvore com uma fúria jamais vista entre lenhadores. O velho cortador também se aplicava à sua tarefa com toda a perícia que os anos de experiência haviam lhe concedido. Mas o jovem deu risada quando lhe contaram que o velho lenhador parava para descansar de tempo em tempos debaixo de uma árvore na floresta. “É vitória certa para mim” pensou o jovem lenhador. Qual foi a surpresa quando, no final do dia, o jovem ofegante encontrou o velho lenhador tranqüilo, e com 2 vezes mais árvores cortadas que ele. Foi então que descobriu que em cada período de “descanso”, o velho e experiente lenhador estava afiando machado. A moral da história: QUEM AFIA SEU MACHADO CUMPRE BEM SEU CHAMADO...

mas sendo treinado como pastorzinho. Afiamos o Machado pelo Preparo Adequado Mas não somos inativos neste processo. e faço misericórdia. sim. um esforço humano para preparar bem o machado e também o lenhador para realizar a obra do Senhor nos campos do mundo. vou gastar as primeiras 4 afiando meu machado. Jo 15. general até finalmente realizar a obra pela qual fora ungido muitos anos antes..7 Uns confiam em carros.24 Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria. e o descanso no Senhor da seara -“afiam o machado”. mas o que se gloriar. 40 anos aprendendo que Deus era tudo Josué: Uma vida inteira como “Office-boy” de Moisés.1-5 Eu. senão a Jesus Cristo. Abraão Lincoln. nem o forte na sua força. Jesus: 30 anos antes de assumir seu ministério de 3 anos. e o mundo a perecer! Mas foi a idade em que o sacerdote no AT assumia seu ministério. mas a sabedoria resolve com bom êxito! I. . soldado. anunciando-vos o testemunho de Deus.. 1 Co 2. músico. no poder de Deus. Davi: Anos a fio. Podemos dizer que ambos . Existe. mas em demonstração do Espírito e de poder.o preparo técnico. irmãos. O preparo “técnico” não é desperdício de tempo! Pense comigo sobre o preparo de alguns grandes líderes bíblicos. nada podeis fazer. 40 anos no fundo do deserto aprendendo que não era nada. 40 no palácio de Faraó sendo educado para pensar que era alguma coisa.10: Se o ferro está embotado e não se lhe afia o corte.. esperando nos corredores. segundo a sua boa vontade. e.12. até receber o bastão da liderança nos últimos anos de sua vida. passaram muitos anos “preparando o machado”: Moisés: 80 anos de preparo. não o fiz com ostentação de linguagem.6 Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel: Não por força nem por poder. mas pelo meu Espírito. ou de sabedoria. nós. (reconstrução do Templo) Jeremias 9. Porque decidi nada saber entre vós. Sl 20.5 Sem mim. Deus prepara bem os machados que serão usados em sua floresta. outros em cavalos. “Técnica e Dependência: Tenso Dualismo” diz respeito o equilíbrio que deve existir entre o preparo e o esforço humanos e a dependência divina na obra missionária.10 Aquietai-vos e sabei que eu sou o Senhor. para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana. nem o rico nas suas riquezas. e este crucificado.13 Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor. juízo e justiça na terra. Tanto tempo fazendo cadeiras e mesas. E foi em fraqueza. porém. Conforme o registro bíblico. temor e grande tremor que eu estive entre vós. no plano divino. porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como realizar. diz o Senhor dos Exércitos. que.Creio que essa história ilustra os dois aspectos principais do tema da nossa conferência missionária. Afiamos o Machado pela Dependência do Senhor Zacarias 4. Sl 46. atendente do rei. quando fui ter convosco. II. glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor. Encontramos o equilíbrio em textos como Fp 2.. Foi o ex-presidente dos Estados Unidos. porque destas coisas me agrado. É essa idéia que encontramos nas observações sábias de Salomão em Eclesiastes 10. é preciso redobrar a força. que disse certa vez.23. diz o Senhor. nos gloriaremos em o nome do Senhor nosso Deus. Se você me der 6 horas para derrubar uma árvore. sim. A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria.

. ou de sabedoria. 1 Co 2.. para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana. senão a Jesus Cristo.. diz o Senhor. (reconstrução do Templo) Jeremias 9. glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor. juízo e justiça na terra. sim.7 Uns confiam em carros.10 Aquietai-vos e sabei que eu sou o Senhor. mas em demonstração do Espírito e de poder. irmãos.. outros em cavalos.5 Sem mim.1-5 Eu. E foi em fraqueza. mas pelo meu Espírito. e. Jo 15.24 Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria. quando fui ter convosco. nem o rico nas suas riquezas. A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria.6 Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel: Não por força nem por poder. mas o que se gloriar. nos gloriaremos em o nome do Senhor nosso Deus. temor e grande tremor que eu estive entre vós. nada podeis fazer. Sl 46. . Porque decidi nada saber entre vós. DEUS NÃO DESPERDIÇA NADA NO PREPARO DOS SEUS SERVOS! Zacarias 4. Sl 20. nós.Paulo: O mesmo que falou que não dependia de eloqüência. não o fiz com ostentação de linguagem. e este crucificado. e faço misericórdia. porque destas coisas me agrado. teve uma formação formidável como vaso escolhido pelo Senhor. no poder de Deus. anunciando-vos o testemunho de Deus. nem o forte na sua força.23. diz o Senhor dos Exércitos. porém.

nos gloriaremos em o nome do Senhor nosso Deus. glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor. mas o que se gloriar. nem o forte na sua força.6 Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel: Não por força nem por poder. então se deve por mais força.7 Uns confiam em carros. segundo a sua boa vontade.24 Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria. e não se afiar o corte. Fp 2. juízo e justiça na terra. porque destas coisas me agrado. e faço misericórdia. diz o Senhor. porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como realizar.23. (reconstrução do Templo) Jeremias 9. porém.13 Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor. nós. outros em cavalos. diz o Senhor dos Exércitos. mas a sabedoria é proveitosa para dar prosperidade". . mas pelo meu Espírito. nem o rico nas suas riquezas.Eclesiastes 10:10 "Se estiver embotado o ferro. Zacarias 4. Sl 20.12.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful